Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

A culinária italiana na gastronomia mundial

De Camila, publicado dia 12/02/2018 Blog > Artes e Lazer > Culinária > Influências da cozinha da Itália ao redor do mundo

A cozinha italiana é referência em diversos países do mundo, inclusive no Brasil. Quem é que não ama uma bela macarronada, uma pizza no fogão a lenha ou uma boa lasanha?

Tais pratos já estão incorporados na nossa culinária brasileira e, como sabemos bem, receberam versões com o gostinho do nosso tempero e da nossa maneira de cozinhar.

Devido à sua simplicidade, seus sabores mediterrâneos e sua popularidade, a gastronomia italiana conseguiu se “infiltrar” e se democratizar em vários cantos do nosso planeta.

Você sabia que a famosa pasta carbonara é uma das receitas mais executadas nos quatro cantos do mundo? Como não poderia deixar de ser, ela nem sempre conserva seus ingredientes e modo de preparo tradicionais, mas continua tendo como base a conhecida receita italiana.

As massas são as estrelas do cardápio italiano no Brasil, mas isso não quer dizer que as brusquetas, prosciutti e formaggi não tenham seu lugar na nossa cozinha.

Com a grande imigração italiana na nossa terra tupiniquim, a forte tradição culinária do país em forma de bota está incrustada na nossa história e prática gastronômica.

O espaguete à bolonhesa é o carro chefe sa gastronomia italiana em terras brasileiras. Espaguete à bolonhesa: um clássico da Itália no Brasil!

Para se ter uma ideia, existem comidas consideradas por nós como sendo italianas, mas que só existem aqui no Brasil mesmo. Ou seja, a influência é tanta que mal conseguimos detectar onde uma cultura começa e a outra termina!

A revista Exame publicou um exemplo de sete destas “pérolas” da cozinha “ítalo-brasileira”:

  • Palha italiana;
  • Fogazza;
  • Coberturas exóticas de pizzas;
  • Sardella (versão brasileira, claro!);
  • Cappuccino com chocolate;
  • Rondelli;
  • Bolognese.

É preciso levar em consideração que as duas últimas receitas existem na Itália, mas são conhecidas por nomes diferentes.

Conhecer bem a culinária italiana não é para qualquer um!

Abaixo propomos uma viagem através da história da gastronomia italiana e como ela influenciou vários continentes ao longo de séculos.

Saiba também como cozinhas deliciosas sobremesas italianas através de um bom curso de confeitaria no Superprof!

Receitas italianas na América do Norte

Tanto o Canadá quanto os Estados Unidos possuem forte representatividade italiana dentro das culturas gastronômicas locais.

Little Italy

Em Nova Iorque existe um famoso local chamado “Little Italy“, o que quer dizer “pequena Itália”.

Para aqueles com viagem marcada para NYC, vale acrescentar uma visita à região ao roteiro, pois ela é tão animada e interessante quanto a Estátua da Liberdade!

O nome de “Little Italy” foi dado, na verdade, a um aglomerado de bairros nos quais se instalaram grande número de imigrantes provenientes da Itália no passado.

Os EUA conheceram dois grandes períodos de imigração italiana:

  • 1860 à 1930: chamado de “A Grande Imigração”, este foi um momento no qual vários italianos resolveram se instalar nas Américas;
  • 1950: a partir deste ano começou um tipo de imigração chamada de “européia” ruma ao país do Tio Sam.

O motivo de tal “escape” do país de Leonardo da Vinci ocorreu devido a questões sanitárias, econômicas e sociais. Tanto os Estados Unidos quanto o Canadá eram (e ainda são) nações promissoras e os italianos imigravam em busca de uma vida melhor.

Para a grande felicidade dos nativos norte-americanos, os conterrâneos de Marco Polo levaram com eles delícias como o gnocchi, a focaccia, o presunto de Parma e diversas outras especialidades e tradições culinárias.

Quer saber quais são os pratos mais requisitados no cardápio italiano?

A focaccia é uma espécie de pão. Focaccia italiana.

Hoje em dia, a famosa região presente dentro de Manhattan não é mais habitada por imigrantes “puro sangue”, mas sim por americanos com raízes italianas. Ainda sim é possível encontrar uma grande variedade de restaurantes típicos (muito frequentados por turistas) e fábricas de massa fresca.

As mercearias italianas oferecem uma grande variedade de produtos como o tradicional pesto, mascarpone, gorgonzola dentre outros ingredientes indispensáveis para a execução de receitas típicas do país de Dante Alighieri.

A famosa festa de San Gennaro é organizada anualmente em “Little Italy“, transformando as ruas do local em uma verdadeira cozinha italiana a céu aberto durante onze dias.

Presença da Itália em outras regiões

Existem ainda várias outras regiões que sofreram – ou ainda sofrem – grande influência da cultura vinda diretamente da Itália no Canadá e nos Estados Unidos:

  • The Hill” em Saint-Louis, onde podem ser encontradas várias mercearias e restaurantes tradicionais;
  • Little Italy“, mas desta vez em Cleveland. Nesta região encontram-se várias galerias de arte italiana e reputadas trattorias;
  • Federal Hill” em Providence, muito conhecida pelas suas pizzarias e sorveterias típicas;
  • Petite Italie” em Montreal (sim, o nome é em francês mesmo!), que possui vários cafés e pizzarias;
  • Little Italy” em Toronto, pequeno bairro impregnado pelo astral europeu italiano levado pelos imigrantes.

Depois desta pequena amostra, deu para perceber o quanto regiões e restaurantes são influenciados pela gastronomia da Itália na América do Norte!

A cozinha italiana da América do Sul

As ressonâncias da gastronomia vinda da Itália estão presentes em todo o continente no qual se encontra nosso Brasil!

Argentina

Na parte sul das Américas, Buenos Aires seria a capital na qual se encontra a maior concentração de moradores de origem italiana de todo o continente!

Por causa de tal fato, a cozinha argentina é altamente inspirada na cultura culinária da Itália: massas e pizzas fazem parte do menu de praticamente todos os restaurantes clássicos do país!

O escalope de vitelo à milanesa, receita típica da culinária italiana na qual a carne é empanada com parmesão, farinha e farelo de pão se tornou um prato típico da Argentina!

Brasil

A influência da gastronomia italiana dentro da gastronomia brasileira é muito bem contada pelo blog “Cozinha Acadêmica“:

Após a libertação dos escravos em 1888, pela princesa Isabel, foi necessário contratar milhões de imigrantes da Europa, Oriente Médio e mais tarde do Japão, que vinha para o Brasil carregado de sonhos em busca de uma vida mais digna. (…) Para os trabalhos nos cafezais, os italianos eram a maioria. Os mesmos tinham um conhecimento gastronômico enorme e saboroso, preparavam deliciosas macarronadas caseiras com molhos ao sugo e à bolonhesa, que ficou conhecida entre eles como o “macarrão da mamma”. Acrescentaram sem seus conhecimentos as receitas com risotos, polenta, polpetones, berinjela e o pão italiano.”

O risoto de champigon é um clássico! O risoto é outro prato italiano que ganhou as mesas brasileiras.

No Brasil, com a chegada dos italianos, foram introduzidos aos pratos alguns alimentos no cardápio. Até sua chegada, não era utilizados variedades de frutas e verduras. Os próprios italianos construíam suas hortas onde os mesmos cultivavam hortaliças, ervas e legumes, não somente para consumo próprio, mas para venda. Segundo ARAÚJO e ALMEIDA (2011), ‘muitos alimentos trazidos pelos italianos para o Brasil foram introduzidos à mesa dos brasileiros’.”

Que tal redescobrir a culinária dos italianos?

Pratos da Itália na Europa

Uma pesquisa feita pelo famoso site Tripadvisor mostrou que a cozinha italiana é a preferida dos europeus!

É na França, Bélgica, Inglaterra e Alemanha que a culinária do país de Andrea Bocelli está mais presente. Tal fato é historicamente explicado pela diáspora italiana a esses países durante o século XX.

De Bruxelas a Paris, passando por Londres e Munique, tanto turistas quanto nativos podem encontrar facilmente opções ligadas à gastronomia italiana. Eles pode, por exemplo:

  • Comer em um restaurante típico inspirado na tradicional trattoria italiana;
  • Adquirir produtos vindos da Itália em mercearias especializadas;
  • Fazer aulas de culinária italiana com um chef nativo.

A abertura das fronteiras com a criação da União Europeia favoreceu enormemente a difusão das tradições gastronômicas da Itália em todo o continente.

O vinho italiano também é famoso no território europeu. Destaque para o prosecco, vinho branco gasoso muitas vezes chamado de “champagne italiano”.

Por falar nisso, você sabia que a Itália foi o primeiro produtor de vinho no mundo?!

A partir da década de 1960, vários restaurantes ditos “italianos” se espalharam com força total por toda a Europa, adaptando as receitas tradicionais e criando suas próprias versões dos pratos típicos.

Recentemente, vários chefs italianos espalhados por todo o velho continente passaram a propor receitas tradicionais nos restaurantes, executadas exatamente como na Itália.

Pinin Mongelli, por exemplo, é um chef italiano super conhecido (tricampeão do mundo na produção de pizzas) que abriu vários restaurantes no sul da França com o objetivo de difundir o sabor da verdadeira pizza italiana!

A pizza é mundialmente conhecida. Que atire a primeira pedra aquele que nunca comeu uma pizza!

Por que a gastronomia italiana é universal?

Claude Flischer, conhecido sociólogo francês, sugeriu em um de seus livros que a culinária italiana é, provavelmente, a mais popular do mundo.

Não é preciso ir muito longe para entender os motivos de tal constatação, pois o famoso macarrão à bolonhesa pode ser encontrado em praticamente todos os cardápios de restaurantes populares!

A utilização de ingredientes simples, naturais e de sabores únicos reforça a grande presença da Itália em diversos menus.

Encontramos muitas receitas de entradas, pratos principais e sobremesas de super fácil execução, tanto nos livros especializados quanto na internet.

Manjericão, alho, tomate, alcaparras e champignons são “figurinhas carimbadas” nos melhores pratos tradicionais. Prova disso é a famosa pizza napolitana!

Culinária tipicamente mediterrânea, a cozinha italiana é também muito prestigiada por seus benefícios à saúde.

Forte prova de que a gastronomia da Itália é uma super influenciadora na maioria dos países foi o acontecimento da 1ª Semana da Cozinha Italiana no Mundo. Ela foi feita em 105 países durante o mês de novembro de 2016.

Tal manifestação foi organizada com o objetivo de:

  • Difundir as verdadeiras tradições culinárias do país no exterior;
  • Valorizar o modo e as técnicas de produção da cozinha italiana;
  • Estimular a cooperação entre a Itália e outros países.

E o que você acharia de fazer um tour gastronômico por todo o território da Itália?

Caso prefira os doces italianos, procure por um bom curso de confeitaria sp ou em qualquer outra c idade do Brasil!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar