Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Como estruturar meus cursos e aulas da língua inglesa?

De Louizy, publicado dia 06/10/2017 Blog > Idiomas > Inglês > Como organizar minhas aulas de inglês?

Para chegar até você um aluno utilizará várias palavras-chave como busca: ‘curso de inglês online’, ‘como aprender inglês?’, ‘curso de inglês gratuito’, ‘aprender inglês rapidamente’ ou ‘curso de inglês para iniciante’.

Pode-se assim perceber que é necessário percorrer um longo caminho até encontrar um professor de inglês realmente bom! Agora que o aluno conseguiu chegar até você é necessário provar que você está a altura das expectativas que ele espera alcançar com as aulas de inglês para iniciante.

Como conseguir organizar suas aulas e alcançar o que o aluno espera como objetivo? Fizemos este artigo para te ajudar nisso.

 

Curso de inglês: a distância ou em domicilio?

Falar inglês é o sonho de muitas pessoas. No Brasil cada vez mais as pessoas buscam o conhecimento de uma segunda língua por entenderem que é necessário para seu crescimento pessoal ou profissional ser falante da língua de Shakespeare, somente 5% da população brasileira fala inglês, pois o que se aprender na escola como segundo idioma é muito escasso e quase sempre é necessário buscar outros meios para se aperfeiçoar na língua.

Um constato realmente alarmante, visto que o inglês está no TOP 3 de línguas mais faladas do mundo e é muito requisitada nas melhores vagas de emprego. Além disso, praticamente 50% de todo conteúdo online é em inglês, ou seja, mesmo para a pesquisa mais aprofundada de um tema os não falante do idioma ficam limitados ao acesso destas informações.

Mas, se a demanda é grande a espera por resultados também. Seja um pai de aluno buscando reforço para seu filho, um aluno de inglês para negócios ou uma aluna de conversação é necessário se organizar bem para conseguir atender as expectativas de seus alunos.

Conheça as necessidades de seu aluno, esteja sempre a escuta dos objetivos que ele possui com as aulas particulares

Para ensinar o idioma para um aluno é necessário, antes de tudo, organizar suas lições de acordo com o métodos de aula, pois um curso de inglês online é diferente de um curso presencial.

Se você prefere lecionar online é necessário testar seus dispositivos: audio, vídeo e internet precisam funcionar de maneira eficaz para que as aulas ocorram tranquilamente e o aluno aproveitar o máximo de suas aulas, sem se preocupar se o microfone falha ou a internet é muito lenta. Sugerimos que você se conecte com um conhecido alguns dias antes da aula e faça um teste de todo o material que você precisará antes da aula em si.

É importante que quando você se conecte com seu aluno ele sinta que você está seguro com a aula, que não existe nenhum desconforto ou problema que possa fazer com que ele perca seu tempo de aula com coisas aleatórias.

Saiba também que um curso presencial, online e também o nível do aluno podem influenciar no preço final da aula, saiba mais em nosso artigo especifico sobre valores de hora/aula.

 

Ensino fundamental, médio, universitário… Uma abordagem diferente para cada público

O curso de língua inglesa nas escolas é um tanto quanto básico. No Brasil as escolas começam realmente a se preocuparem em um bom ensino de inglês na preparação para vestibulares e ENEM.

Com isso, muitos alunos não saem do verbo ‘to be’ e esse entrave acaba prejudicando na hora de um teste importante, fazendo com que os pais busquem ajuda para melhorar o nível de inglês dos filhos, a fim de lhes proporcionar uma oportunidade de ter um segundo idioma e também mais oportunidades.

Que a dificuldade do aluno seja no vocabulário (palavras, frases, expressões, exercícios), expressão oral ou na compreensão escrita, a conjugação (presente, futuro simples, verbos irregulares), o inglês para negócios, a gramática (plural, adverbio, pronome, adjetivos), você possui uma enorme gama de oportunidades para fazer com que seus alunos alcancem seus objetivos!

Muitos dos estudantes depositam em seu professor os objetivos que desejam alcançar com as aulas particulares de inglês, seja uma boa nota em um teste de inglês como o TOEIC e TOEFL, por exemplo. O sonho de realizar um intercâmbio ou um curso que exija um nível avançado de inglês. Se aperfeiçoar na língua para alcançar vários tipos de objetivos diferentes.

Para cada idade, uma necessidade. É importante conhecer as dificuldades do aluno.

O aprendizado do inglês para melhorar o CV também é uma modalidade muito procurada. Como dito anteriormente, o inglês das escolas de nosso país é muito fraco e o aluno que deseja realmente adquirir um bom nível precisa buscar uma outra alternativa. Muitos empregos hoje em dia exigem um nível de inglês no mínimo intermediário.

Acredito que agora você consegue perceber que a estruturação do seu curso vai depender do objetivo de cada aluno, pois o aluno que busca um professor particular espera que este prepare um curso de ingles adaptado ao seu propósito e não um curso ‘quadrado’ de uma escola de inglês. Por isso um curso particular precisa seguir uma pedagogia própria: entendimento das dificuldades do aluno, objetivos esperados, a pressão que o aluno sente…

 

Faça uma análise dos objetivos que o aluno deseja alcançar e qual o melhor método para conseguí-lo

Essa etapa é um complemento do assunto precedente, pois geralmente você saberá as expectativas do aluno desde o principio. Mas é aconselhável que você o faça mesmo assim, pois é muito importante para o aluno que você se mostre interessando em suas necessidades e que ele sinta confiança em te falar abertamente sobre isso. Seja o curso de inglês para uma criança, adulto, adolescente, férias ou negócios, quais são os verdadeiros motivos que levaram ao aluno buscar uma formação linguistica?

Para conhecer todos os verbos irregulares e não errar mais?

Acabar com o bloqueio que o aluno possui ao falar em inglês?

Uma extensa revisão gramatical para não fazer mais erros de sintaxe na hora de escrever? 

Focar na obtenção de seu teste de inglês que ele passará daqui 5 semanas? 

Adquirir um bom vocabulário de inglês para enriquecer suas frases e não ficar usando sempre as mesmas palavras? 

Enfim, acredito que você tenha entendido o objetivo de um pequeno questionário: existem um mundo de expectativas e cada aluno é único. Por isso uma entrevista com o aluno é essencial para que o trabalho seja focado no que realmente ele busca, desta forma o aluno seguirá o curso seguro, sabendo que ele aprender exatamente o que precisa, além de te permitir criar vários programas de cursos especializados em cada tipo de objetivo.

Esta é a melhor maneira de desenvolver seus cursos de forma eficaz e também partir para o improviso caso necessário, pois você sabe qual a língua de raciocino seguir.

 

Um ponto importante: converse com os pais do aluno

Um ponto muito importante antes de começar as aulas particulares em domicilio: ter uma conversa aberta com os pais do aluno (em caso deste ser menor de idade ou serem os pais os responsáveis pelas aulas de ingles, mesmo ele já sendo maior).

Isso é importante por dois motivos, primeiramente para conhecer as dificuldades do aluno e saber quais são os objetivos que os pais esperam com as aulas particulares. Caso seja um reforço para ajudar nas provas e exercícios da escola, os pais irão  especificar as dificuldades,  evolução escolar e o que você precisa realmente ter como foco das aulas.

Antes de mais nada esta entrevista te ajudará a conhecer seu aluno, já que eles conhecem seus filhos melhor que qualquer outra pessoa. Eles serão os melhores aliados para te contar se o aluno é tímido, ansioso ou se não se sente seguro com o aprendizado. Além de poder conhecer como é o professor de inglês do aluno na escola, e assim entender o que pode não funcionar com o aluno quando for dar aulas para ele.

O aprendizado de uma língua estrangeira pode ser muito difícil para algumas crianças e adolescentes. Ele faz parte deste grupo de aluno?

Vale ressaltar que o curso com uma criança ou adolescente deve sempre contar com a presença dos pais ou responsáveis.

Se sim, o professor particular deve imperativamente se adaptar: como abordar o aluno, os cursos de inglês, sua forma de falar, etc. É preciso conquistar a confiança do aluno e fazer com que ele se sinta a vontade com você, para que ele perceba com o tempo que o aprendizado da língua inglesa não é um bicho de 7 cabeças e tenha os avanços que os seus pais projetam.

 

Cronometrar o seu curso de inglês para alcançar o objetivo proposto

Passando agora para a parte prática da coisa. Como ensinar um aluno de nível iniciante a falar em inglês?

Para conseguir um resultado satisfatório para todo mundo, é necessário que o professor esteja bem preparado. O objetivo aqui é: não deixe espaço para o acaso, para que o curso siga um outro caminho e ao final da aula você não tenha conseguido passar todo o conteúdo preparado.

O que sugerimos é que você cronometre seu curso de ingles, pois assim você otimizará ao máximo o tempo que passa com seu aluno.

Você preparou sua aula de inglês, separou todos o conteúdo necessário e encaixou ainda as dúvidas que o aluno teve na última aula, além da revisão do curso anterior e algumas observações que você precisa parar para o aluno do exercício que ele não conseguiu concluir, pensando que ele precisa de escrever algumas frases sobre um tema especifico que ele pediu há uns dias.

Mas, como fazer para encaixar tudo isso em 1 hora de aula?

Cronometre! Diga que cada etapa possui um tempo: 5 minutos para a conclusão de um exercício, 20 para o desenvolvimento oral, 10 para a revisão e assim vai seguindo até o fim da aula…

Não conseguir finalizar o conteúdo proposto para o dia da aula atrasa o aprendizado do aluno. Isso é um erro que você não pode se permitir, pois o aluno sentirá que as aulas estão sempre em atraso e pode pensar que você vem fazendo isso de propósito, para conseguir ter mais aulas. O melhor é que você se organize o máximo possível para evitar esse tipo de problema e possível desconforto por parte de ambos.

Administrar bem o tempo da aula é essencial para aproveitá-lo ao máximo.

Comece cronometrando o curso em sua casa. Faça um teste. Otimização do tempo é a palavra-chave!

Corrigir os exercícios da aula anterior nos primeiros minutos do curso

Acabamos de falar sobre isso: a importância da correção dos exercícios da aula anterior!

É sempre importante repassar o que foi aprendido na lição anterior, uma forma de fazer um checking rápido pelo que foi visto e verificar se o aluno realmente absorveu o assunto proposto, além de trabalhar a memória do aluno e poder felicitá-lo pelo bom trabalho feito, pois é sempre bom ter um pequeno reconhecimento do professor nas conquistas alcançadas.

 

Ministrar sua aulas 100% em inglês

E, finalmente, pode parecer evidente mas não custa reforçar: o inglês deve ser a única língua falada durante o curso ou reforço escolar.

Você sendo nativo, bilingue ou possui uma formação acadêmica em inglês, é indispensável que seus alunos possam imergir totalmente durante suas horas de curso particular, além de fazer com que ele desenvolva seu nível oral.

Claro que é preciso levar em consideração o nível de seu aluno, para que ele possa entender o que é proposto e não fique frustado em não conseguir avançar nos seus cursos por não compreender o que você diz, adapte a linguagem para que ele se sinta seguro.

Por isso é importante de se preparar para que seus cursos sejam ministrados da língua de Shakespeare!

Achou o artigo interessante? Ele te ajudou na organização de suas aulas? Compartilhe com seus amigos!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (média de5,00 sob 5 de 2 votos)
Loading...

2
Deixe um comentário

avatar
2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
Edna cardosoRicardo Recent comment authors
Mas recentes Mais antigos Mais populares
Ricardo
Convidado
Ricardo

Também sou professor de inglês – tanto presencial quanto a distância são bons, mas eu prefiro online

Edna cardoso
Convidado
Edna cardoso

Dicas ótimas, gostei muito. Sempre busco dicas construtivas como essas e também no Inglês Gratuito outro site que visito.