Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

As origens e a evolução da arte da foto!

De Fernanda, publicado dia 11/04/2019 Blog > Artes e Lazer > Fotografia > A grande história da fotografia

“Uma fotografia é um fragmento de tempo que não vai voltar”, Martine Frank

Arte praticada por muitos brasileiros, a fotografia é hoje acessível a todos graças à popularização dos dispositivos digitais.

Antes de aprimorar seu conhecimento prático em fotografia, pode ser interessante mergulhar na história dessa arte em particular.

Graças à história da fotografia, os alunos podem descobrir novas técnicas e estudar a evolução da oitava arte ao longo dos anos!

Vamos fazer um pequeno tour pela história da fotografia?

Os primórdios da fotografia

Inventada na década de 1830, a fotografia levou ainda uma boa década até que fosse finalmente reconhecida pelo grande público!

Como a fotografia evoluiu ao longo dos anos? É assim que a primeira câmera da história se parece!

Mesmo antes da criação da fotografia como a conhecemos hoje, os fundamentos da arte já estavam presentes: o fotógrafo profissional capturava uma imagem em sua câmera, sem que a impressão fosse ainda possível.

Para tratar a foto na pós-produção, o fotógrafo utilizava uma câmara escura, um processo ainda hoje utilizado para longa exposição, especialmente na fotografia analógica!

A câmara escura e seu mecanismo, chamado Camera Obscura em latim, existiam de fato desde o século XIV. No entanto, utilizar este processo não era algo bem visto: os grandes pintores da época pensavam que o desenvolvimento do que se tornaria a fotografia mataria a nobre arte da pintura sobre tela.

A máquina usada pelo artista estava longe de se assemelhar à nossa atual câmera SLR!

Esta grande máquina era reservada para uma elite que queria desenvolver imagens mais precisas do que as reproduções das pinturas. Hoje em dia, encontramos o mesmo tipo de processo na indústria da animação através do desenho (que pode ser encontrado nos filmes antigos de Walt Disney, por exemplo).

A fotografia via Camera Obscura (ou a câmera escura) passou quase despercebida. O fotógrafo utilizava uma espécie de grande gaiola na qual ele entrava para conseguir capturar uma imagem de seu modelo.

Este processo foi tão desaprovado que Giovanni Battista, seu inventor, foi preso e condenado por feitiçaria, pois os nobres não entendiam a função desta misteriosa sala portátil!

Em suma: imagine como deve ter sido bem difícil ser fotógrafo antes do século XIX!

A invenção da primeira câmera e do daguerreótipo

Você sabia que fotografia é uma invenção francesa?

A primeira fotografia foi tirada pelo inventor Joseph Niepce no ano de 1825 e mostra uma visão simples de uma janela em uma cidade francesa.

Quer descobrir quais são os melhores fotógrafos brasileiros?

Essa foto em si não é reconhecida por suas qualidades estéticas: é especialmente a inovação que a tornou uma referência para fotógrafos especialistas.

Quais são os períodos mais importantes da história da fotografia? Acima a primeira fotografia tirada por Joseph Niepce em 1827 em Gras.

A falta de técnica fotográfica pode ser vista de relance nesta foto: Joseph Niepce teve que expor sua câmera por mais de 8 horas pela janela. É por isso que podemos ver o sol a leste e a oeste do prédio!

Na época, os inventores eram capazes de projetar imagens, mas não sabiam como preservar e conservar a luz.

Depois de morrer, Joseph Niepce deixou seu trabalho inacabado e Louis Daguerre assumiu suas pesquisas. Louis Jacques Mandé Daguerre é certamente uma figura indiscutível na arte fotográfica.

Em 1835, ele descobriu como reduzir o tempo de exposição de várias horas para cerca de meia hora e dois anos depois resolveu o problema da fixação da imagem e baptizou, então, o processo de Daguerreotipia.

Basicamente, era uma imagem positiva em chapa de cobre coberta por uma fina camada de prata polida e sensibilizada com vapores de iodo.

O daguerreótipo logo se tornou uma técnica reconhecida, que deu origem a obras famosas como:

  • L’Atelier de l’artiste (o ateliê do artista), Louis Daguerre,
  • Boulevard du Temple, de Louis Daguerre,
  • Robert Cornelius, dele mesmo (autorretrato),
  • A Lua, de John William Draper,
  • O retrato oficial de Abraham Lincoln,
  • A primeira imagem da imprensa (1847),
  • A Sequência do Eclipse Solar, de William Langenheim e Frederick Langenheim,
  • O retrato de Joseph Jenkins Roberts, Augustus Washington.

A técnica do daguerreótipo, iniciada por Joseph Niepce e finalizada por Louis Daguerre, rapidamente se tornou um sucesso entre os aficionados da fotografia. Louis Daguerre chegou a patentear sua invenção na Grã-Bretanha, e cada pessoa que quisesse fazer um daguerreótipo teve que pagar uma grande quantia a seu inventor!

Ao longo dos anos, outros inventores deram suas contribuições ao projeto: podemos, por exemplo, citar William Henry Fox e seu famoso calótipo, uma melhoria do daguerreótipo clássico.

Por fim, o britânico Frederick Scott Archer desenvolveu o princípio do colódio úmido para fixar a emulsão no vidro; o inventor, no entanto, afastou-se de sua primeira invenção para se concentrar no processo de revelação do negativo.

Caso você esteja fazendo curso de fotografia, você também pode adquirir um livro sobre a arte.

O início do século 20 e a popularização da fotografia

Durante os anos que se seguiram à invenção de Louis Daguerre, os artistas ainda não estavam prontos para aceitar a fotografia como uma arte reconhecida como tal.

Como a fotografia se desenvolveu no século XX? E se você começasse uma carreira como fotojornalista para testemunhar os eventos mais importantes da história?

Já pensou em fazer curso de fotografia online?

Foi preciso esperar pela Exposição Universal de Paris de 1859 para que as fotos e as artes clássicas (escultura, pintura, gravura, fotografia de palco paris) ficassem expostas ao lado das demais. A comercialização da primeira câmera Kodak em 1888 também ajudou a tornar a foto acessível à famosa classe média. Mas foi só no século XX que a fotografia conheceu seu verdadeiro apogeu!

Os cientistas encontraram um interesse particular na arte da fotografia. De fato, os fotógrafos tiveram a oportunidade de documentar com grande precisão os eventos importantes da vida política, cultural ou científica graças às imagens. A foto foi capaz de competir com o olho humano, imortalizando momentos breves demais para o indivíduo.

Durante a Primeira Guerra Mundial, a fotografia e a tecnologia em geral se tornaram vetores de progresso e mudança na sociedade!

Os artistas de vanguarda combinaram tecnologia e história registrando as trincheiras, mas também o cotidiano das pessoas. Após a primeira guerra mundial, a fotografia se tornou um meio de imortalizar as mudanças na sociedade e a reconstrução do povo durante o período entre as duas guerras.

Confira as ofertas de curso de fotografia no Superprof!

Foi justamente durante este período que nasceu o fotojornalismo – a produção desses famosos fotógrafos que pretendiam fazer da sua arte uma verdadeira profissão (fotografia curso)!

Durante a primeira metade do século XX, os fotógrafos registraram os primeiros trens, a construção de indústrias e fábricas, o desenvolvimento de centros urbanos ou a utilização de carros na classe trabalhadora. A fotografia representou um verdadeiro impacto nas pessoas de todo o mundo, que viram novos desenvolvimentos na sociedade na contemporaneidade.

Por fim, a foto colorida começou a se tornar popular durante a década de 1930, décadas após o sucesso das pesquisas de Auguste e Louis Lumière.

Você sabe onde fazer curso de fotografia ?

Quais os melhores nomes da fotografia brasileira? O olhar peculiar de Vânia Toledo sobre Regina Casé. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2019.

A historia do fotojornalismo

O conceito do fotojornalismo independente surgiu na França após a Segunda Guerra Mundial.

O movimento de reconstrução da Europa e o progresso tecnológico exigido pela destruição da guerra proporcionaram a criação de uma forma nova de fazer e comercializar a fotografia e discutir sua função. A cidade de Paris, pela sua importância geográfica e ideológica, facilitava esse processo. A criação dessa nova forma de agenciar imagens viria modificar toda a história do fotojornalismo no mundo.

Agência Magnum

Em 1947, após as consequências da Segunda Guerra Mundial, quatro fotógrafos pioneiros fundaram uma aliança que hoje se tornou lendária. Combinando uma extraordinária variedade de estilos individuais em uma poderosa colaboração, Henri Cartier-Bresson, Robert Capa, George Rodger e David Seymour iniciaram a mais importante cooperativa de artistas já criada: a agência Magnum Photos.

A agência de fotógrafos tinha um único objetivo: ter liberdade de pauta, discutir os trabalhos realizados, se aprofundar nas reportagens e sobretudo lutar pelos direitos autorais e a posse dos negativos originais.

Quais os melhores fotógrafos do mundo? As escadarias de Montmartre, em Paris, sob o olhar insólito do fotógrafo Brassaï.

A Magnum Photos representa alguns dos mais renomados fotógrafos do mundo, mantendo seus ideais fundadores e mistura idiossincrática de jornalista, artista e contador de histórias. Seus fotógrafos compartilham uma visão para narrar eventos mundiais, pessoas, lugares e cultura com uma narrativa poderosa que desafia as convenções, quebra o status quo, redefine a história e transforma vidas.

Por quase 70 anos, a Magnum Photos fornece conteúdo fotográfico da mais alta qualidade a uma base internacional de mídia, instituições de caridade, editores, marcas e instituições culturais. A biblioteca Magnum Photos é um arquivo vivo atualizado regularmente com novos trabalhos de todo o mundo.

A Magnum documentou a maioria dos principais eventos e personalidades do mundo desde a década de 1930; cobrindo a indústria, a sociedade e as pessoas, locais de interesse, eventos políticos e noticiosos, desastres e conflitos. Resumindo, quando você imagina uma imagem icônica, mas não consegue pensar em quem a pegou ou onde ela pode ser encontrada, provavelmente veio da Magnum.

A Magnum Photos atinge uma audiência global e se estabeleceu como a marca fotográfica autêntica e narrativa. Permanece fiel aos seus valores originais de excelência intransigente, verdade, respeito e independência.

Quais são os melhores fotógrafos do mundo? A fotografia e o olhar de Elliot Erwitt, um dos fotógrafos da Magnum, representam um banho de esperança e alegria diante do mundo tão triste e cruel em que vivemos.

No Brasil

No Brasil, existem diversas agências de fotojornalismo que buscam a liberdade de escolher pautas hardnews, dando abertura para seus colaboradores buscarem as pautas que mais têm afinidades. As principais agência no Brasil são: Agência Estado, Agência O Globo, Futura Press, Brazil Photo Press, Agência RBF Press, Folhapress, entre outras.

A fotografia nos meios de comunicação é muito importante como fonte de informação. Matérias jornalísticas destacam-se com a presença da fotografia.

A fotografia em preto e branco publicada em jornais existe há mais de cem anos e é uma das características do fotojornalismo – embora a fotografia colorida tenha ganho espaço nessa categoria, no início dos anos 1970, com as revistas semanais brasileiras Manchete, Veja e Realidade, entre outras.

Alguns gêneros de fotografia jornalística podem ser destacados:

  • Fotografia social: nesta categoria estão incluídas a fotografia política, de economia e negócios e fotografias de fatos gerais dos acontecimentos da cidade, do Estado e do País, incluindo a fotografia de tragédia;
  • Fotografia esportiva: Nessa categoria, normalmente as informações de lances individuais influi na sua publicação;
  • Fotografia cultural: Este tipo de fotografia costuma chamar a atenção para a notícia antes dela ser lida;
  • Fotografia policial: Categoria associada a imagens de combate, apreensão e ou repressão policial, crimes, mortes. Este tipo de fotografia, muitas vezes, recebe destaque na sua publicação, o que provoca as mais variadas reações diante dos fatos.

Do século 20 até hoje: o surgimento da fotografia digital

Hoje, quase todo mundo é capaz de utilizar uma câmera digital. Mas você realmente sabe de onde vem a foto digital?

Durante as décadas de 1950 e 1960, houve um pico nas pesquisar de fotografia digital, graças em parte ao trabalho de George Smith e William Boyle. Ainda estávamos longe da qualidade fotográfica usada hoje em dia: na época, as fotos eram de apenas 100 pixels, contra os mais de 14 megapixels do século XXI.

Como escolher uma câmera digital? Hoje, bastam alguns segundos para imortalizar um momento!

Mora no Rio de Janeiro? Confira curso de fotografia rj!

Foto em preto e branco, foto em sépia ou foto colorida… Os fotógrafos finalmente puderam dar à luz a sua própria estética graças aos filtros digitais desenvolvidos pelos laboratórios de pesquisa Bell.

Aqui está uma pequena lista não exaustiva dos grandes fotógrafos do século XX:

  • Robert Capa,
  • Ansel Adams,
  • Philippe Halsman,
  • W. Eugene Smith,
  • Dorothea Lange,
  • George Hurrell,
  • Robert Frank,
  • Steve McCurry,
  • Garry Winogrand,
  • Sebastião Salgado
  • Richard Avedon, etc.

Influenciados pela arte abstrata, os fotógrafos profissionais começaram a ensinar sua disciplina nas universidades mais prestigiadas dos Estados Unidos (curso fotografia). Na década de 1960, a arte fotográfica também se tornou popular nos países asiáticos por meio de revistas especificamente dedicadas a ela.

No entanto, alguns países, como a China, impuseram alguma censura aos fotógrafos; foi preciso aguardar até o final do século XX para que os fotógrafos pudessem desfrutar de total liberdade em seus cliques.

Foi também durante o final do século XX que a fotografia de paisagem urbana se desenvolveu, uma arte muito popular hoje em dia!

Como evoluir a foto de moda? A fotografia de moda tornou-se uma verdadeira arte.

No século 21, a câmara escura deu lugar ao retoque de fotos digitais, incluindo o comercialização do software Photoshop. Na era digital, os fotógrafos amadores não querem mais gastar horas respeitando um tempo longo: a impressão é feita diretamente do computador, onde o aluno pode modificar sua imagem na pós-produção.

Hoje, assistimos à queda da venda de câmeras digitais. O motivo? O advento dos smartphones, que permitem tirar fotos diretamente com seu celular!

Há aficionados fotográficos que continuam a passar pela foto analógica, um estilo mais focado em arte e estética do que a fotografia digital. No entanto, pode ser complexo dominar essas técnicas por si mesmo: é por essa razão que os aprendizes precisam fazer aulas de fotografia!

Em escolas especializadas, por meio de aulas particulares ou em universidades, os alunos têm acesso a disciplinas que ensinam a controlar o diafragma, o zoom ou a distância focal da sua câmara.

Aprenda historia da fotografia: as melhores escolas do mundo

As melhores escolas de fotografia do mundo. Conheça o ranking das instituições de ensino da fotografia mais famosas do planeta!

Graças ao advento das câmeras digitais profissionais e aos smartphones com boas lentes, estamos testemunhando hoje uma democratização dos estudos nas artes fotográficas. Mais e mais novatos estão se interessando nesse passatempo e desejam fazer dele sua principal atividade.

É por esse motivo que as escolas de fotografia estão se proliferando em todo o mundo, recebendo tanto fotógrafos iniciantes quanto fotógrafos confirmados.

Os diplomas de fotografia são cada vez mais reconhecidos, e muitas vezes são necessários alguns anos de estudo para atender às exigências de uma agência de notícias respeitável ou até mesmo para obter muitos alunos para suas aulas particulares de fotografia.

Conheça algumas das escolas mais famosas do mundo em fotografia:

  1. Sir JJ School of Applied Arts, Mumbai, Índia
  2. California Institute of Arts, Valência, Califórnia, Estados Unidos
  3. Film and TV School of the Academy of Performing Arts em Praga, República Tcheca
  4. Tokyo Zokei University, Tóquio Japão
  5. Spéos, em Paris, França
  6. Parsons The New School for Design, Nova Iorque, EUA
  7. Royal College of Art, em Londres, Reino Unido
  8. Instituto New York of Photography, New York City, EUA
  9. Vevey Escola de Fotografia, Vevey, Suíça
  10. Ryerson University, em Toronto, Canadá
  11. Escola do Instituto de Arte de Chicago, Chicago, EUA
  12. European Academy of Fine Arts, Trier, Alemanha
  13. IED – Istituto Europeo di Design, em Roma, na Itália e Madrid, Espanha

Aprenda historia da fotografia: as melhores publicações

Revistas de fotografia: quais são as melhores? Nossa seleção das revistas de fotografia mais famosas do mundo

As revistas, os livros e as demais publicações de fotografia são uma ótima maneira de descobrir os fundamentos, a história e o que há de mais novo no universo das imagens.

Descubra sem demora as principais publicações periódicas para aprender a fotografar!

Revista Zum

A revista semestral Zum dedica-se sobretudo à divulgação de trabalhos de fotógrafos de carácter artístico e autorais contemporâneos, bem como de fotografia documental e fotojornalismo. A iniciativa é do Instituto Moreira Salles (IMS), cujo acervo de 550 mil imagens – especialmente dos séculos 19 e 20 – é um dos mais significativos do país. A Zum parte de um esforço de expandir fronteiras para além das exposições e catálogos. Segundo o coordenador-executivo do Instituto, Samuel Titan Jr., a proposta “é passar da coleção para a discussão e reflexão” da fotografia contemporânea, evitando-se publicar na revista o acervo histórico do IMS.

Além da publicação, promove workshops, encontros e eventos diversos. Um deles é o Zum na Escola, série itinerante de debates universitários sobre fotografia contemporânea. O objetivo é alimentar a reflexão acadêmica em torno de temas e questões destacados da revista ZUM, por meio de mesas redondas realizadas periodicamente com fotógrafos e/ou autores de textos publicados na revista (não necessariamente na mesma edição). Os debates são sediados em instituições de ensino superior em diferentes cidades do país, ao longo do período letivo.

O Instituto também promove a Bolsa de Fotografia ZUM. O objetivo da Bolsa é permitir que artistas e fotógrafos desenvolvam e aprofundem sua produção no campo da fotografia, nas mais variadas vertentes, sem restrição de tema, perfil ou suporte. O resultado final dos projetos selecionados é incorporado permanentemente à Coleção de Fotografia Contemporânea do Instituto Moreira Salles.

Historia da fotografia: onde aprender? A fotografia contemporânea é foco da Revista Zum.

Revista Fhox

A FHOX nasceu como escola de fotografia no final dos anos 80 em Curitiba. Traz em seu DNA conteúdo educacional. Criada por Carlos Dreher, já falecido, logo alcançou sucesso. Isso possibilitou a abertura de mais uma unidade que formou fotógrafos em todo o Brasil.

A Feira Fotografar e seu congresso, fóruns, workshops, eventos itinerantes como FHOX On The Road, organização da feira Alasul e seu congresso, revista FHOX RS e seu evento educacional, encartes Fine Art Inside e Informei (dedicado à empresas de formatura) são algumas das ações desencadeadas que visam o fortalecimento do ramo e o comprometimento de todos os seus agentes.

O portal online da revista é focado no fotógrafo profissional e também no amante da fotografia, ainda que seja apenas um admirador. O site tem o objetivo de manter viva a paixão pela imagem que move um mercado gigante no Brasil e em todo o mundo.

Revista digital Foto Grafia

A revista digital Foto Grafia é um projeto de incentivo à produção fotográfica, realizado de maneira colaborativa e independente.

Seu principal objetivo é destacar e apresentar aos leitores projetos contemporâneos que tenham relevância artística, cultural e documental, fornecendo, assim, base para estudos e análises ligados ao ramo da fotografia e, consequentemente, da antropologia e das artes visuais.

Todas as edições da revista estão disponíveis gratuitamente tanto para visualização online quanto para download.

Então, por que não começar a aprender técnicas de fotografia graças a cursos de fotografia ou curso online de fotografia?

Descubra o maravilhoso universo da fotografia!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (média de5,00 sob 5 de 2 votos)
Loading...
avatar