Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Nosso top dos 21 melhores artistas de fotografia no Brasil!

De Fernanda, publicado dia 05/03/2019 Blog > Artes e Lazer > Fotografia > 21 grandes fotógrafos brasileiros

E se você se inspirasse nos maiores fotógrafos brasileiros para melhorar sua técnica fotográfica?

Ao longo de cursos de fotografia ou numa aula particular, o aluno inevitavelmente será confrontado com os cliques mais famosos do Brasil para descobrir as diferentes técnicas da oitava arte.

Estudar o estilo da foto mas também a biografia desses ilustres artistas é essencial para se tornar um fotógrafo profissional e adquirir cultura artística.

Que tal uma pequena lista não exaustiva dos melhores fotógrafos brasileiros para você começar a estudar fotografia com muita inspiração!

1. German Lorca

Quais são os fotógrafos mais conhecidos do brasil? O paulista é reconhecido por seus retratos do cotidiano da megalópole.

O paulista German Lorca é formado em Ciências Contábeis e deu início à sua carreira registrando imagens da cidade de São Paulo, sobretudo os lugares que constroem a história da cidade, com fotos livres e que dão ênfase em sensações de estranhamento. Depois dessa primeira fase, German sofreu um processo de modernização que o fez mudar de rumo: ingressou a área da publicidade.

Ele não teme as novas tecnologias e até faz produções com seu aparelho de celular, apesar de sua carreira ser conhecida pelas fotos analógicas em preto e branco. O artista é conhecido por sua sensibilidade, que dá foco principalmente às cenas do cotidiano, capturando com muita liberdade imagens que beiram a poesia. Sua produção inicial teve uma participação decisiva na renovação da fotografia moderna no país.

Aos 95 anos de idade, German Lorca é um dos poucos fotógrafos brasileiros consagrados ainda em atividade. Ele acumula prêmios e tem fotos em acervos dos principais museus nacionais e internacionais, mas continua na ativa, organizando e produzindo exposições.

Você sabia que no Superprof é possível fazer curso de fotografia online? Cadastre-se hoje mesmo!

2. Sebastião Salgado

Como deixar de mencionar o celebrado Sebastião Salgado. Hoje em dia, é um dos artistas mais conhecidos dentro e fora do Brasil quando o assunto é fotografia. Sua linha se baseia sobretudo em fotos documentais, em branco e preto, e que registram questões importantes ao longo do tempo: o cotidiano de índios, trabalhadores, migrantes do campo para as cidades e, mais recentemente, flagrantes de como a natureza é explorada em nosso planeta.

Formado inicialmente em Economia, abandonou essa carreira pela fotografia, e hoje viaja pelo mundo para captar imagens cada vez mais surpreendentes. Sebastião Salgado é o mais novo integrante da Academia de Belas Artes da França e representante especial da UNICEF, além de ter sua trajetória contada no filme O Sal da Terra, de Wim Wenders.

Por que não aproveitar a oportunidade para aprender mais sobre a história da foto?

3. Bob Wolfenson

Quando o assunto é retrato, fotos de moda e publicidade, o primeiro nome na fotografia é o de Bob Wolfenson. No início de sua carreira, quando tinha apenas 16 anos, trabalhou junto de fotógrafos consagrados da época, como Francisco Albuquerque, Tripolli e Antônio Guerreiro, além de passar uma temporada em Nova York como assistente do fotógrafo Bill King.

Nos dias de hoje, Bob Wolfenson é sinônimo de escola de fotografia. Alguns de seus antigos assistentes já são conhecidos nacionalmente.

Apesar de ficar famoso sobretudo por seus nus da revista Playboy, Bob Wolfenson transita entre os mais diversos estilos – do nu artístico a registros inusitados, como as apreensões policiais que foram tema de uma de suas exposições.

Quer aprender a fazer fotos melhores? Encontre o melhor curso de fotografia na sua cidade.

4. Walter Firmo

Segundo a Funarte:

Aclamado como um dos mais importantes autores a trabalhar com fotografia colorida no Brasil, e um dos primeiros a valorizar e divulgar a contribuição da cultura negra em seu trabalho, Firmo nasceu na cidade do Rio de Janeiro, em 1937. Autodidata, começou a carreira no jornal carioca Última Hora, em 1957, passando a colaborar com o Jornal do Brasil em 1960. Cinco anos mais tarde integrou a equipe inaugural da revista Realidade, que o tornou nacionalmente conhecido. Depois de trabalhar para diversas publicações da Bloch Editores, criou em 1973 a agência Câmara Três, em associação com Sebastião Barbosa e Claus Meyer, mas a deixou no ano seguinte para fotografar para a sucursal da revista Veja no Rio de Janeiro.

Publicou os livros: Walter Firmo: Antologia Fotográfica (1989); e Nas Trilhas do Rosa (1996); Paris: Paradas Sobre Imagens (2005); Brasil: Imagens da Terra e do Povo(2009). Ganhador do prêmio Esso de reportagem de 1963, pela série de cinco reportagens “Cem dias na Amazônia de ninguém”, foi premiado sete vezes no Concurso Internacional de Fotografia Nikon, conquistando ainda o Prêmio Golfinho de Ouro concedido pelo governo do Estado do Rio de Janeiro em 1985.

Seu estilo é marcado por contrastes e composições que remetem à pintura. Autor de retratos icônicos da velha guarda do samba, como Dona Ivone Lara, Cartola e Pixinguinha, além de ser considerado um dos principais fotógrafos brasileiros a valorizar a beleza negra.

5. Márcio Cabral

Márcio Cabral está entre os 5 maiores do mundo em fotografia panorâmica. Ele coleciona premiações internacionais e bateu o próprio recorde no Guinness em 2016, ao mostrar imagens magníficas que se escondem sob as águas no Mato Grosso do Sul, com uma técnica que reproduz altas resoluções em 360º. Geógrafo por formação, começou a fotografar profissionalmente em 1996.

Participou de diversas exposições dentro e fora do Brasil. As principais exposições individuais (todas em Brasília/DF) foram: Fotoarte (2004 e 2008), 1ª e 2ª Bienal de Brasília e Mês da Fotografia SESC (2012). As principais exposições coletivas foram: Memorial Maria Luiza (Espanha), The Digital Show – Epson International Pano Awards (2012, 2013 e 2014, Melbourne, Austrália) e Photokina (2014, nos stands da Clauss e Epson, Alemanha).

Já publicou suas imagens nas principais revistas especializadas em fotografia e de natureza como a Outdoor Magazine, BBC Wildlife, Sportdiver, Geo Magazine, Biographic e New Science. Suas imagens também foram publicadas no livro Night Vision, da National Geographic, nos Estados Unidos.

Que tal aprender com curso de fotografia online?

6. Araquém Alcântara

Quem é Araquém de Alcântara Manacapuru, Amazonas. Seu principal tema é a natureza, a qual muitas vezes explora como andarilho – seja para mostrar a diversidade ecológica ou ressaltar questões ambientais.

Nasceu em Florianópolis, em 1951, mas estudou jornalismo na Universidade de Santos (SP). Começou a trabalhar como fotojornalista em São Paulo nos anos setenta, colaborando com os jornais O Estado de São PauloJornal da Tarde; e com a revista Isto É, antes de passar a trabalhar de forma independente em meados dos anos oitenta.

Seus temas giram em torno da natureza e de questões ecológicas. Araquém é o primeiro dos fotógrafos brasileiros a produzir uma edição especial para a National Geographic Society.

Já publicou mais de 15 livros, tendo ainda participado de uma vintena de obras coletivas e realizado mais de meia centena de exposições individuais. Seu livro Terra Brasil (Editora DBA e, em seguida, Edições Melhoramentos, 1998) é o livro de fotografia brasileiro mais vendido de todos os tempos, tendo ultrapassado a marca dos 100 mil exemplares.

Já imaginou encontrar o curso de fotografia dos seus sonhos e que caiba no seu bolso? Confira o Portal do Superprof.

7. Cristiano Mascaro

Formado em arquitetura e urbanismo pela FAU-USP em 1968, Cristiano Mascaro trabalhou na mesma década como repórter fotográfico na revista Veja. Mas seu foco sempre foi mais artístico e arquitetônico, realizando ensaio para a Pinacoteca do Estado poucos anos depois. Cristiano Mascaro é um dos mais importantes fotógrafos da urbe e da arquitetura da capital paulista, que documenta sistematicamente há mais de duas décadas.

É mestre em estruturas ambientais urbanas, com a dissertação “O Uso da Fotografia na Interpretação do Espaço Urbano” (1986) e “Doutor” (1994), com a tese “A Fotografia e a Arquitetura”, ambos pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, onde dirigiu o Laboratório de Recursos Audiovisuais entre 1974 e 1988. Foi professor de fotojornalismo da Enfoco Escola de Fotografia (1972-1975) e de Comunicação Visual na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo de Santos (1976-1986). Mascaro é ganhador de três Prêmios Abril de Fotojornalismo. Atualmente atua como fotógrafo independente e se dedica a projetos pessoais.

8. Maureen Bisilliat

Inglesa, se naturalizou brasileira e estudou artes nos Estados Unidos. Foi somente em 1962 que ingressou para a fotografia, trabalhando como fotojornalista na Editora Abril, na revista Quatro Rodas. Desde 2003, é possível admirar sua obra completa no Instituto Moreira Salles, que disponibiliza mais de 16.000 imagens de sua autoria. Maureen já publicou seis livros.

Seu trabalho é um dos mais sólidos na área de investigação fotográfica da alma brasileira, aliando a seu olhar de estrangeira um respeito profundo por seus temas – sobretudo sertanejos e índios – e a busca de apoio conceitual na antropologia e em grandes obras da literatura nacional.

Quer algumas dicas de livros sobre fotografia?

9. Maurício Lima

Foi o primeiro brasileiro a receber o prêmio Pulitzer de jornalismo na categoria fotografia noticiosa, junto a três de seus colegas do The New York Times. Há quinze anos trabalhando em zonas de conflito, Maurício registra a situação dos refugiados de guerra na Europa e no Oriente Médio. Como é de se esperar para qualquer trabalho de fotojornalismo ou fotodocumentarismo, ele chega a arriscar muitas vezes a própria vida.

Dentre seus reconhecimentos, estão o Pictures of the Year International (EUA, 2004, 2011 e 2014), Festival du Scoop et du Journalisme d’Angers (França, 2003), UNICEF Photo of the Year (Alemanha, 2005), Prix Bayeux-Calvados das Correspondants de Guerre (França, 2006), PDN Photo Annual (EUA, 2013 e 2014), um dos fotógrafos do ano pela NPPA Best of Photojournalism (EUA, 2012), Pictures of the Year Latin America (2011 e 2013) e o China International Press Photo Contest (China, 2014 e 2015)

10. Cássio Vasconcellos

Filho de um marchand, Cássio logo revela em sua produção sua afinidade com o universo das artes plásticas.

Os principais fotógrafos brasileiros. Cássio é um dos principais fotógrafos brasileiros especializados em aerofotografia. Também criou um banco de imagens com o mais extenso acervo de fotos aéreas do Brasil.

O trabalho de Cássio Vasconcellos é reconhecido pela simetria e pela plasticidade de suas composições que, muitas vezes, confundem o olhar.

E você já aprendeu como manipular uma câmera digital?

11. Rui Mendes

Certamente você já viu uma imagem clicada por Rui Mendes se você é da área de música ou afins. Ira!, RPM, Capital Inicial, Paralamas do Sucesso, Camisa de Vênus…. todos foram retratados pelo olhar de Rui em capas de álbuns e editoriais. Afinal, ele foi um dos um dos fotógrafos brasileiros mais solicitados no universo musical desde a década de 80 – época em que muitas bandas de rock nacional fizeram sucesso e divulgaram suas imagens na mídia…

Quem são os melhores fotógrafos brasileiros. Amantes de foto e de música: Rui Mendes fotografando os clássicos.

Rui Mendes tirou retratos dos eternos Renato Russo, Chico Science e Raul Seixas, além de artistas internacionais como BB King, James Brown e a banda Franz Ferdinand. O fotógrafo não para por aí: é eclético e já capturou momentos e figuras importantes da velha guarda do samba e do movimento punk.

Veja curso de fotografia rj e outras cidades!

12. Fred Pompermayer

Um dos principais fotógrafos de surf do Brasil. Surfista, embarca em aventuras e em viagens para retratar esse esporte e os personagens que ilustram a arte sobre as ondas. Fred é o fotógrafo brasileiro com mais prêmios internacionais no meio do surf. Hoje em dia já arrisca alguns cliques além das praias retratando outros esportes ao ar livre.

Quer conhecer nossa seleção dos melhores fotógrafos do mundo?

13. Luiz Tripolli

Um dos pioneiros da fotografia de moda no Brasil, imortalizou a nudez da mulher brasileira em capas de revistas como Fairplay, Homem e Playboy.

Os melhores fotógrafos brasileiros. Tripolli é um excelente retratista. ESTRIPOLIAS . In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras.

Autor de cliques icônicos para moda e publicidade, Tripolli é reconhecido por suas fotos dramáticas, com uma aura cinematográfica. O crítico e historiador da fotografia Rubens Fernandes Júnior retrata sua obra: “Suas imagens são registros de intenções bem definidas, pré-determinadas, que buscam flagrar nas sensações humanas, a explosão dos desejos do inconsciente coletivo”.

14. João Castellano

Natural de Porto Alegre, começou sua carreira como fotógrafo em uma agência de notícias. Morou em Nova York durante cinco anos, onde teve a oportunidade de estagiar no Departamento de Informações da ONU. Durante esse período fez diversos trabalhos como freelancer para veículos nacionais e locais, tendo a oportunidade de clicar os principais esportistas brasileiros – além de cobrir conflitos e realizar reportagens fotográficas.  Em um dos seus ensaios mais surpreendentes, de 2016, Sou Farofa, João Castellano consegue fazer um retrato delicado dos brasileiros que fazem piquenique na praia, estigmatizados como “farofeiros”.

15. Luisa Dorr

Luisa foi descoberta pela editora da revista Time pelo Instagram. Na época, a proposta era a de clicar um editorial inteirinho apenas com um iPhone. O desafio maior desse projeto é que as personalidades retratadas seriam as 46 mulheres mais influentes do mundo eleitas pela revista americana. Nada mais nada menos do que Oprah Winfrey, Hillary Clinton e Aretha Franklin! Em 2017, a brasileira de 31 anos foi indicada pela TIME como uma das 34 melhores fotojornalistas para ser seguida nas redes.

Os melhores fotógrafos de todos os tempos? A jovem brasileira teve a oportunidade de retratar Aretha Franklin pela lente de seu iPhone.

16. Jorge Bispo

Atualmente um dos principais fotógrafos famosos brasileiros. Filho de uma família de atores, o carioca Jorge Bispo começou pelo teatro, mas logo engrenou em uma trajetória de sucesso que tomou conta de revistas, editoriais de moda, publicidade e várias exposições de seus clássicos retratos cheios de personalidade. Bispo já retratou dos cineastas norte-americanos David Lynch e Spike Lee, aos atores Willem Dafoe, dos cantores Otto e Chico Buarque a Leandra Leal e Bruna Linzmeyar. Hoje é tido como um dos fotógrafos mais famosos do Brasil.

18. Vânia Toledo

Nascida em Paracatu, Minas Gerais, é socióloga e autodidata em fotografia, iniciando sua carreira em 1978 no jornal Aqui São Paulo. Destaca-se como retratista ao publicar os livros Homens, 1980, uma ousada e bem-humorada coleção de nus masculinos, e Personagens Femininos, 1992, uma interpretação fotográfica das fantasias de 54 conhecidas atrizes.

Quais os melhores nomes da fotografia brasileira? O olhar peculiar de Vânia Toledo sobre Regina Casé. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2019.

Segundo Itaú Cultural: a obra de Vania Toledo tem foco preciso: os retratos. Rostos, corpos, nus e personagens nos palcos teatrais são seus temas privilegiados. “Sou apaixonada pelo ser humano, pelo rosto, pela expressão, pelo olho”, afirma ela. O trabalho da retratista exige observação minuciosa e convívio prévio com o modelo – em geral, figuras conhecidas da cena cultural brasileira, sobretudo do teatro -, cada qual apresentado em ângulo específico, com luz particular, algumas vezes em tom claramente expressionista. “Fotografia é retrato da alma”, continua Vania. “Não tenho luz pronta. Faço a luz para ela. Tento valorizar o que acho que pode favorecer a pessoa”

19. Nana Moraes

Nana Moraes, fotógrafa, nasceu em 1963 no Rio de Janeiro. Formada em jornalismo pela PUC de São Paulo, colabora há 29 anos para os mercados editorial, cultural e publicitário. Hoje, também, está a frente do Retrato Espaço Cultural.

Foi seis vezes vencedora do Prêmio Abril de Jornalismo – a última em 2010 – e premiada pela Associação Brasileira de Propaganda como “Destaque Profissional/Fotografia”, em 2007 e 2011.

Em 1997, realizou a exposição individual, “Mulher, Tinta e Fotografia” no Centro de Cultura Laura Alvin. Participou de várias exposições coletivas, destacando-se,“A Imagem do Som da MPB” (2006) e “A Imagem do Som do Samba” (2008), no Paço Imperial e “Eternal Feminine Plural”, na International Labor Organization, em Genebra (2011).

20. João Roberto Ripper

Fotógrafo documentarista, humanista, que tem como proposta colocar a fotografia a serviço dos Direitos Humanos e da informação múltipla. Autodidata, inicia a carreira no jornal Luta Democrática, passando em seguida pelos jornais Última Hora e O Globo, antes de se tornar um dos fundadores (com Ricardo Azoury e Rogério Reis) da sucursal carioca da agência F4, em 1985.

Quais são os melhores fotógrafos brasileiros? ÍNDIOS Kaiowás – Guaranis – Aldeia Paraguaçu, Paranhos – MS. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2019.

Tem papel primordial na defesa dos direitos e na melhoria das condições de trabalho dos fotógrafos no Brasil, em virtude de militância trabalhista e sindical, na Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos do Rio de Janeiro (da qual é vice-presidente, em 1981) e no Sindicato dos Jornalista Profissionais do Rio de Janeiro (que preside em 1983).

Publicou, em 2009, o livro “Imagens Humanas”, que apresenta 195 fotos, algumas inéditas, selecionadas a partir de um acervo de 150 mil imagens, que arrebatam o olhar e traduzem a realidade desse país, com a sensibilidade que legitima o trabalho de Ripper.

21. Mario Cravo Neto

Fotógrafo, escultor e desenhista, nasceu em Salvador em 1947. Filho do escultor Mário Cravo Júnior, viveu em Nova Iorque entre 1968 e 1970, onde estudou na Art Student League. Participou da Bienal Internacional de São Paulo em 1971, 1973, 1975, 1977 e 1983 e recebeu diversos prêmios nacionais de fotografia.

Sua obra faz referências à sua cidade natal e faz parte do acervo de diversos museus como o Museu de Arte Moderna de Nova Iorque, o Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro e o Stedelijk Museum em Amsterdã, entre outros.

Quais são os melhores fotógrafos brasileiros? A obra Sacrifício, de Mário Cravo Neto. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2019.

Mario Cravo Neto faz na maior parte do tempo fotografias em preto e branco, transitando pelo imaginário religioso e místico, principalmente da religiosidade católica e do candomblé.

Brasil: fotógrafos famosos e talentosos

Sabemos que essa lista não é nada exaustiva! Na verdade, esses são apenas alguns dos fotógrafos brasileiros que podem inspirá-lo se você for um grande interessado pela arte de fotografar. A lista não está em ordem de relevância, tampouco baseada em um segmento específico, mas saiba que todos eles são grandes profissionais. E todos eles têm em sua obra características particulares, revelando seu talento e suas técnicas por meio de imagens impactantes e reflexivas.

Em um país rico em belezas naturais e humanas, mas ao mesmo tempo imerso em questões sociais complexas e profundas, muitas são as ocasiões de criar obras visuais por meio da fotografia. Cenários, natureza, retratos, vida selvagem, paisagens urbanas e rurais, manifestações culturais e artísticas…. A lista de objetos a serem fotografados no Brasil não se esgota. Além disso, adicionamos aos objetos fotografados o olhar de cada profissional, cada um com sua trajetória e sua história.

Ao usar diferentes técnicas, adquirir a capacidade de imergir no universo das pessoas e dos cenários sem perturbar a relação fotógrafo-fotografado, eles se tornam profissionais únicos e talentosos. A habilidade de contar histórias utilizando os elementos visuais e as expressões individuais são indispensáveis para qualquer pessoa que busque criar obras visuais únicas e que marcam história. O Brasil é cheio delas!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (média de5,00 sob 5 de 2 votos)
Loading...
avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Fotografo Brasileiro. Recent comment authors
Mas recentes Mais antigos Mais populares
Fotografo Brasileiro.
Convidado
Fotografo Brasileiro.

FOTOGRAFO BRASILEIRO.
Sem dúvidas, Sebastião Salgado.
O Fotógrafo, nascido no Brasil, que transporta respeito e autoridade para a grande nação de fotógrafos Brasileiros espalhados pelo mundo.
Na Itália, na França, … Em todos os lugares.
Parabéns pela matéria muito inspiradora. Tenho orgulho de ser Brasileiro! 🙂