Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Redação para concurso, como é?

De Fernanda, publicado dia 24/10/2019 Blog > Apoio Escolar > Redação > Produção de textos em concursos públicos

Está se preparando para prestar aquele esperado concurso público? Está em dúvida sobre como conduzir seus estudos de produção de texto? Se você se encontra nesse caso, certamente está preocupado com seu desempenho na hora de redigir a redação perfeita. Mas você sabe quais são as características principais de um texto dissertativo argumentativo?

Para produzir um bom texto desse gênero, é necessário estar atento às exigências de cada parte que o compõe – introdução, desenvolvimento e conclusão. Mas existem outras dicas que podem ajudá-lo a fazer uma ótima redação para a maioria dos concursos públicos.

Vamos conferir?

Técnica de redação para concurso

Escolha os melhores livros de língua portuguesa Seu sucesso profissional só depende de você!

De um modo geral, os concursos públicos anunciam em seu edital o tipo de texto que será cobrado na redação e quais são os critérios que serão avaliados. Assim como nas provas de vestibular, a dissertação é o gênero mais exigido nas provas, e o candidato deve abordar um assunto específico e atual.

Todas as bancas de concursos públicos possuem como critérios de pontuação a fidelidade ao tema, a coerência e a organicidade do texto. Se o candidato, portanto, não seguir alguns passos necessários a uma boa produção textual, e começa escrevendo aleatoriamente, sem ter planejado e estruturado o conteúdo de seu texto antes de escrever a introdução, certamente o texto não atenderá aos critérios exigidos pelos avaliadores.

Antes de entender como é a estrutura e o desenvolvimento de um texto dissertativo, damos algumas dicas essenciais para que você não fuja da técnica para escrever sua redação:

  1. Dê preferência a uma linguagem simples. Em geral, quanto mais simples e direta for a linguagem, maiores serão as chances de você conseguir comunicar suas ideias de forma correta. Seu texto deve ser coerente, fluído e fácil de ler, mas o uso correto da língua portuguesa e da norma culta é essencial;
  2. Tente não repetir palavras desnecessariamente, pois a repetição deixa o texto cansativo. Para evitar isso use  sinônimos.
  3. Vá direto ao ponto, seja objetivo! Um texto de qualidade consegue comunicar uma mensagem de forma clara e direta.
  4. A aparência do seu texto também é avaliada pelo leitor. Escreva um texto limpo, sem rasuras e com letra legível. Fique atento também à organização dos parágrafos e aos recuos;
  5. Proponha uma solução ao problema levantado. Seja coerente, aponte maneiras viáveis de solucionar a questão e não faça críticas desnecessárias.
  6. Por fim, mas não menos importante, releia o texto com muita atenção. Procedendo dessa forma você poderá corrigir pequenos erros e deixar o texto mais enxuto.

Como desenvolver uma redação para concurso

A proposta da redação dissertativa pode ser acompanhada por textos de apoio, que podem ser pesquisas científicas, notícias, quadrinhos ou outras ilustrações.

A dissertação é a modalidade de texto que tenta convencer o leitor sobre algo com base em raciocínio e evidências de provas. Nessa redação, você deverá defender uma tese – uma opinião a respeito do tema proposto –, apoiada em argumentos consistentes, estruturados com coerência e coesão, formando uma unidade textual. Seu texto deverá ser redigido de acordo com a modalidade escrita formal da língua portuguesa. Você deverá, também, elaborar uma proposta de intervenção social para o problema apresentado no desenvolvimento do texto que respeite os direitos humanos.

O objetivo da redação exigida nos concursos é você dissertar sobre um problema brasileiro e mostrar como resolver a questão proposta no tema. Por isso, é necessário que o candidato:

    1. Apresente o problema (introdução);
    2. Prove que o problema existe (tese);
    3. Mostre que é uma situação problemática (argumentação);
    4. Resolva o problema (proposta de intervenção).

Além disso, a estrutura do texto é um dos aspectos mais importantes para que uma redação seja bem escrita. Basicamente, um texto argumentativo-dissertativo é dividido em três etapas: introdução, desenvolvimento e conclusão.

A introdução nada mais é que uma apresentação do tema e da abordagem que será utilizada ao longo do texto. É também na introdução que o candidato deve expor sua linha de raciocínio, bem como seus argumentos. Essa é uma etapa importante na estruturação do texto porque ela deve conter todos os elementos que permitirão ao leitor identificar seu posicionamento com relação ao assunto debatido. Uma boa introdução tem como objetivo deixar o leitor com vontade de continuar lendo o texto.

Você apresentou sua tese e os argumentos para defendê-la na introdução. Agora chegou o momento de convencer os leitores de que essa tese tem uma lógica. Para que o seu ponto de vista seja compreendido, você precisa desenvolver os argumentos e exemplifica-los. Diferentemente de uma conversa, onde podemos utilizar diversos meios – e não somente o verbal – para transmitir a mensagem que queremos passar ao nosso interlocutor, num texto escrito a única maneira de comunicar nossas idéias é por meio das palavras. Sendo assim, a redação deve ser o mais objetiva possível. Descreva de forma clara e concisa suas idéias e dê exemplos concretos. Cada argumento deve ser apresentado em um parágrafo diferente e conter o máximo possível de elementos que ajudem o leitor a acompanhar sua linha de raciocínio.

Vale a pena fazer provas para subir em sua carreira Os esforços com os estudos podem ser recompensados depois!

Como começar uma conclusão

A conclusão merece a mesma atenção especial que foi dada à introdução e ao desenvolvimento, pois ela retoma as principais ideias expostas no texto para concluir seu ponto de vista. Muitas pessoas caem no erro de achar que a conclusão não tem tanta relevância e acabam apenas fazendo um copia e cola do que já foi dito anteriormente. Mas, é importante ter em mente que não se trata de repetir as mesmas frases e argumentos, se trata de propor uma solução ao problema levantado, tomando como referência os pontos abordados por você. Como dissemos no começo do artigo, os temas de redação propostos pelos concursos públicos estão na maioria das vezes ligados às questões sociais, políticas ou culturais. Assim, é interessante propor algum modo de solução que contemple a perspectiva dos direitos humanos, ou que traga uma intervenção por meio de ações sociais.

Dessa forma, pense em seguir alguns pontos:

  • Proponha uma solução ao problema levantado. Seja coerente, aponte maneiras viáveis de solucionar a questão e não faça críticas desnecessárias. Uma coisa é expor seu ponto de vista sobre o assunto, outra bem diferente é criticar de forma depreciativa e sem nenhum fundamento;
  • Faça uma boa proposta de intervenção social. Explicar alguns pontos é essencial como: quem vai fazer o quê; como vai fazer; e quem será responsabilizado pela solução proposta para o problema;
  • Por fim, mas não menos importante, releia o texto com muita atenção. Na hora da prova tente dividir seu tempo de forma a reservar pelo menos 15 minutos para a releitura da redação. Procedendo dessa forma você poderá corrigir pequenos erros, deixar o texto mais enxuto, e ter uma visão mais ampla para finalizar sua conclusão com coerência.

Quais temas costumam ter a redação para concurso?

Mesmo com o auxílio de cursinhos e apostilas, muitas vezes o tema da prova de redação de concursos públicos é alvo de surpresa para os candidatos.

Com base nas indicações do site Próximos Concursos, apontamos aqui alguns prováveis temas atuais que podem cair na maioria dos concursos públicos:

Direitos Humanos

Um tema que vem ganhando cada vez mais espaço na mídia alicerçado pela forte retomada dos movimentos sociais nos últimos anos. O movimento negro, o movimento indígena, as manifestações LGBTQI e feministas e as questões que envolvem imigrantes ao redor do mundo são temas fundamentais para estar atento.

Economia

Um assunto sempre presente na disciplina de Atualidades, a economia brasileira passa por um momento de turbulência. Da mesma forma, as relações econômicas no mundo todo vêm se transformando. A reforma trabalhista e as novas formas de trabalho, desemprego, poder de compra, desvalorização do real, greves e as questões envolvendo petróleo e pré-sal.

Meio ambiente

Outro tema que vem aparecendo de forma recorrente nos principais meios de comunicação — e também se tornando uma preocupação da população no dia a dia. Questões sobre desastres ecológicos (caso de Mariana, no Brasil, por exemplo) e seus efeitos a longo e médio prazo, aquecimento global, sustentabilidade e redução no consumo (especialmente plástico).

Crise política no Brasil

A turbulência política desencadeada pelo impeachment da presidente Dilma, as consequências e o destino incerto em ano de eleição movimentam a mídia brasileira e causam dúvidas e temor na população. Os desdobramentos da operação Lava Jato, o combate à corrupção, as prisões e as polêmicas do STF são assuntos importantes que certamente vão aparecer, de uma forma ou outra, nas provas discursivas.

O português no concurso público Como estudar português para um concurso?

Diversidade sexual

As agressões às pessoas LGBTQI tomaram conta dos noticiários recentes e aumentaram as discussões acerca do tema. Leis que atuem nesse sentido, questões de gênero, aumento da intolerância e conceitos teóricos sobre o assunto são pontos importantes de atenção.

Violência urbana

A guerra contra o tráfico e os seus resultados, a intervenção nas comunidades cariocas, índices de homicídio nas principais cidades, o aumento da violência em todo o país e suas causas. Ainda dentro desse mote, há a desmilitarização da PM, o desarmamento, violência contra mulheres (Lei Maria da Penha), crianças e idosos. Estes são temas, infelizmente, sempre presentes nas provas discursivas de concursos públicos.

Guerra na Síria

Causas e consequências da Guerra na Síria em todo o mundo, o envolvimento das principais potências nos conflitos, a onda de imigração, questões étnicas. Movimentos de apoio, xenofobia e a destruição do país são tópicos relevantes.

Donald Trump

O presidente norte-americano não sai das manchetes, e quase sempre por polêmicas de impacto negativo. As consequências das decisões de Donald Trump no mundo todo, sua política protecionista, as questões envolvendo os negros (movimento Black Lives Matter) e a recente questão das medidas contra a imigração ilegal devem ser tópicos para se atentar.

Tecnologia

As mudanças no mundo a partir das novas tecnologias, seu impacto em áreas como Saúde e Educação. A Era da Comunicação, acesso à informação, inclusão digital e seus impactos. As vantagens e desvantagens do uso de celulares e o acesso à internet, excessos e suas consequências. Os nativos digitais e os imigrantes digitais também são conceitos a se inteirar.

Acessibilidade

O tema da redação do ENEM em 2017 foi a educação de surdos e chamou a atenção para as questões de acessibilidade no Brasil. Esse assunto pode facilmente ser replicado em provas discursivas de concursos públicos quando o tema é Atualidade.  Por isso, é importante estar por dentro de dados da inclusão no país, trechos da Constituição que tratem da questão e casos recentes de discriminação ou abuso.

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar