Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Onde aprender a cozinhar como um chefe?

De Joseane, publicado dia 21/10/2019 Blog > Artes e Lazer > Culinária > Melhores cursos de gastronomia do Brasil

Cozinhar é, sem nenhuma sombra de dúvida, uma das mais belas artes! Certo, nem todo mundo gosta de cozinhar, mas quem gosta não mede esforços para agradar os paladares dos amigos e dos familiares.

Se você é um desses apaixonados por cozinha, se você ama cozinhar, é completamente atraído pelas artes culinárias, muito provavelmente você já pensou em fazer  um curso de confeitaria, ou talvez um curso de gastronomia para virar um grande chef de cozinha.

Se você gostaria de fazer da sua paixão pela cozinha, uma fonte de renda, você está no lugar certo.

Alguns países são conhecidíssimos pela sua gastronomia, como a França por exemplo. O Brasil tem começado discretamente a mostrar a sua gastronomia para o mundo. Inclusive temos chefes de cozinha brasileiro estampando a lista de melhores chefes de cozinha do mundo…mas isso é assunto para outro artigo.

Se você quer aprender a cozinhar como um verdadeiro chefe de cozinha, se deseja abrir o seu próprio restaurante ou criar a sua marca, terá mesmo que se fazer conhecer. Realizar uma formação na área de gastronomia é um dos primeiros passos se você deseja ingressar no mundo da culinária.

O futuro chef deve levar em conta o tipo de cozinha na qual pretende se especializar.

A partir de algumas listas encontradas na internet, criamos esse compilado de melhores escolas de gastronomia do Brasil. E se esse for o pontapé inicial para você por em prática o seu sonho de se tornar um chef?

Por que escolher uma boa escola de gastronomia?

Cozinhar como um verdadeiro chef? Isso é algo que pode ser aprendido! Se você trabalha na indústria de restaurantes, gosta de cozinhar e gostaria de se aprofundar no conhecimento das artes da mesa, as escolas de culinária podem ser um trampolim para sua carreira.

aula de gastronomia Estude gastronomia para abrir o seu próprio restaurante

Para trabalhar em cozinha, com catering coletivo e na área de AeB, escolher uma escola de culinária e gastronomia reconhecida no meio é essencial se você quer aprender com os melhores, mas também desenvolver o seu currículo para o futuro.

A escolha da boa escola de gastronomia pode fazer toda a diferença quando da sua procura por um emprego como cozinheiro, ou da abertura do seu restaurante e do desenvolvimento do seu portfólio de chef de cozinha.

É verdade que grande parte das formações de cozinheiro, isto é, os cursos de gastronomia custam realmente bem caro, sobretudo quando de trata de escolas de gastronomia reconhecidas internacionalmente. Mas vale pensar que uma boa formação tem o seu preço, certo?

Pensar nesses valores como investimento profissional ajuda a se motivar ainda mais a escolher um curso de culinária em uma escola de gastronomia que valha a pena!

No Brasil, temos algumas escolas bastantes conhecidas. Os cursos de gastronomia no Brasil estão espalhados por todo o país, sendo a maior parte deles localizados nas grandes capitais.

Lembre-se que estamos falando de fazer uma escola de gastronomia com grandes profissionais e com o objetivo de construir uma carreira na área gastronômica. Se você só está começando e quer aprendera  cozinhar de forma amadora para começar, existe a opção de fazer um curso de culinária online, ou, ainda melhor, aprendera  cozinhar com um professor particular de culinária!

Quer saber mais sobre os diferentes diplomas da área da Gastronomia? veja aqui.

Senac: cursos de gastronomia e culinária

Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC) é uma instituição brasileira de educação profissional aberta a toda a sociedade. Sua missão é desenvolver pessoas e organizações para o mundo do trabalho com ações educacionais e disseminação de conhecimentos em Comércio de Bens, Serviços e Turismo.

Onde aprendera cozinhar? Seja o chef que você sempre sonhou!

O Senac oferece cursos de graduação, pós-graduação, extensão universitária, cursos técnicos, e cursos livres na área de gastronomia. Com presença em todos os estados do Brasil, o Senac já preparou mais de 40 milhões de pessoas para o setor de Comércio e Serviços, contribuindo para a valorização do trabalhador.

Os cursos da área de gastronomia e alimentos do Senac são reconhecidos por todo o país. São centenas de opções desde Tecnologia em Gastronomia a Estética no Prato, confeitaria, bebidas e gestão.

O Senac do Rio de Janeiro, por exemplo, tem 44 cursos de bebidas e harmonização, confeitaria, cozinha, gestão e serviços, nutrição e panificação. O curso Chef Executivo de Cozinha tem duração de dois anos e custa 30 parcelas de R$ 644. Já o Confeitaria Clássica é realizado em dois meses com 4 parcelas de R$ 157,25.

O grande barato do Senac é justamente o fato de que a instituição está presente em todo o Brasil, muito provavelmente você vai encontrar um polo do Senac perto de você, ou seja, o seu sonho de se tornar chef de cozinha pode está mais próximo do que o que você pensa! E não podemos deixar de lembrar que o Senac também oferece formações a distância na área de gastronomia! Uma facilidade sobretudo para os alunos que já exercem uma atividade profissional e que não possuem tempo para realizar uma formação em horário regular.

Procurando emprego de cozinheiro?

Le Cordon Bleu: reconhecimento internacional

A escola “Le Cordon Bleu” tem uma história que vai além do simples estabelecimento de formação em culinária.

fazer aula de culinária Se torne um chef de cozinha conhecido mundialmente…

A história começa com a criação de uma revista de culinária no final do século XIX. Em 1895, Marthe Distel, jornalista, inventa a revista La Cuisinière Cordon Bleu.

O desenvolvimento desta revista leva a criação das aulas de culinária. Reservadas a priori para os leitores da revista, as aulas de culinária interessam cada vez mais ao mundo.  E foi assim que essa famosa e renomada escola de culinária nasceu.

Atualmente, esta grande escola de gastronomia ensina diferentes áreas desde a restauração, incluindo enologia, padaria, pastelaria, culinária, mas também hospitalidade e administração.

A atratividade da escola? Cursos curtos que preparam os alunos em pouco tempo para ser operacionais na cozinha!

A escola é famosa em todo o mundo e por boas razões: vários campi foram instalados em todo o mundo. França, Canadá, China, Japão, Espanha, Inglaterra, Austrália e aqui no Brasil.

As cidades do Rio de Janeiro e de São Paulo são as primeiras a inaugurar o Le Cordon Bleu no Brasil. Os campus seguem a estrutura padrão das escolas internacionais e os alunos estudam com materiais originais da escola.

Certificados

 

  • Basic Cuisine
  • Intermediate Cuisine
  • Superior Cuisine
  • Basic Pâtisserie
  • Intermediate Pâtisserie
  • Superior Pâtisserie
  • Cordontec – Rio de Janeiro
    • Certificat d’Assistant de Cuisine
    • Certificat d’Assistant de Pâtisserie
    • Certificat de Cadet de Cuisine
    • Certificat de Cadet de Pâtisserie
    • Certificat de Commis de Cuisine
    • Certificat de Commis de Pâtisserie

Diplomas

 

  • Diplôme de Cuisine
  • Diplôme de Pâtisserie
  • Le Grand Diplôme
  • Dipôme de Commis Cuisinier – Cordontec Rio de Janeiro

Saiba como se tornar cozinheiro profissional!

PUC-PR Tecnólogo em Gastronomia

A Pontifícia Universidade Católica do Paraná iniciou suas atividades em 1958 e é uma das instituições mais tradicionais do estado.

mandar bem na cozinha Aprenda a cozinhar e a impressionar!

Situada em Curitiba, ela oferece diferentes tipos de cursos, entre eles, claro, o de Tecnologia em Gastronomia – pioneiro na região e que oferece um diploma reconhecido no Brasil e no exterior.

Para um aprendizado completo do aluno, a PUCPR oferece uma cozinha didática moderna, biblioteca com um ótimo acervo bibliográfico específico do curso, além de laboratórios de bioquímica.

Objetivos

Formar profissionais de excelência na atuação como cozinheiro, gestor de empreendimentos gastronômicos e consultor em gastronomia através de uma formação multidisciplinar onde teoria e prática caminham lado a lado.

Duração e disciplinas

Por ser um curso técnico, ele tem duração de apenas 2 anos, sendo composto de 4 períodos (1 período por semestre).

Cada período compreende as seguintes matérias:

  • 1º período
    – Técnicas Culinárias Básicas
    – Segurança de Alimentos
    – História da Alimentação
    – Cozinha Fria
    – Medidas em Alimentos e Bebidas
    – Nutrição Básica
    – Língua Portuguesa
    – Antropologia da Alimentação
    – Meio Ambiente e Sustentabilidade
    – Origem, Produção e Identificação de Alimentos
  • 2º período
    – Ciências dos Alimentos
    – Técnicas Culinárias Avançadas
    – Planejamento de Cardápio
    – Empreendedorismo
    – Filosofia
    – Confeitaria
    – Estrutura Física e Ergonomia em Restaurantes
    – Matéria Eletiva
    – Matemática
  • 3º período 
    – Gestão de Pessoal em UPRs
    – Técnicas de Serviço Eventos Gastronômicos e Hospitalidade
    – Gastronomia Hospitalar, Diet & Light
    – Panificação
    – Cozinha Brasileira
    – Ética
    – Matéria Eletiva
    – Projeto Comunitário
    – Metodologia de Pesquisa
  • 4º período
    – Introdução à Enologia e Bebidas
    – Trabalho de Conclusão de Curso em Gastronomia-
    – Cozinha Clássica Internacional
    – Cultura Religiosa
    – Cozinha Contemporânea Internacional
    – Gestão Financeira e Administrativa em Restaurantes
    – Projeto Integrador – Bioética
    – Atividades Complementares
    – Matéria Eletiva
    – Leitura e Escrita de Textos Técnico-Científicos

Quer saber quanto ganha um cozinheiro profissional, veja aqui.

Universidade Estácio de Sá (UNESA)- Cursos na área de gastronomia

Objetivos

  • Executar as técnicas básicas da gastronomia nacional e internacional, bem como as de panificação e confeitaria nas mais diversas tendências mundiais;
  • Identificar e classificar os diversos insumos utilizados no preparo de alimentos, resguardando os critérios da qualidade para aquisição, armazenamento e métodos de conservação;
  • Identificar os equipamentos e utensílios utilizados na cozinha profissional, sua aplicabilidade, funcionamento, manuseio e higienização;
  • Reconhecer a importância das regras indicadas pela ANVISA de higiene pessoal, ambiental e de manipulação de alimentos;
  • Gerenciar cozinhas profissionais, dimensionando cardápios a partir da demanda e de suas variáveis na prestação de serviços do segmento de alimentos e bebidas.
  • Duração e disciplinas

    2 anos e meio, divididos em 5 períodos de 6 meses, durante os quais as disciplinas abaixo são apresentadas:

    • 1º período
      – Antropologia da alimentação humana
      – Higiene e segurança de alimentos
      – Língua portuguesa
      – Nutrição básica
      – Preparações preliminares na cozinha
    • 2º período
      – Francês técnico
      – Gastronomia saudável e sustentável
      – Panificação e confeitaria
      – Técnicas de cozinha
    • 3º período 
      – Administração de negócios gastronômicos
      – Cozinha brasileira (Sul, Sudeste, Centro Oeste)
      – Cozinha na Hotelaria
      – Custos em restaurantes
      – Eventos gastronômicos
    • 4º período
      – Cozinha asiática
      – Cozinha brasileira (Norte, Nordeste)
      – Cozinha mediterrânea
      – Marketing em gastronomia
      – Seminários integrados em gastronomia
      – Tópicos especiais em gastronomia
    • 5º período 
      – Cozinha contemporânea e tendências
      – Cozinha regional francesa
      – Enologia, drinks e aperitivos
      – Gerência de cozinhas.
Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar