Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Top formações para chefs ao redor do globo

De Camila, publicado dia 17/02/2018 Blog > Artes e Lazer > Culinária > Os melhores cursos de gastronomia do mundo

Você ama cozinhar, é completamente apaixonado pelas artes culinárias e a única certeza que tem na vida é que deseja seguir um curso de confeitaria ou um curso de gastronomia para virar um grande chef de cozinha.

E que tal saber um pouco mais sobre como fazer cursos de cozinha com profissionais?

São muitas as opções ao redor do mundo, o que torna a nossa tarefa de selecionar as melhores bem difícil.

O futuro chef deve levar em conta o tipo de cozinha na qual pretende se especializar. Afinal de contas, nada melhor do que aprender sobre a culinária francesa na própria França ou sobre a gastronomia tailandesa em uma escola na Tailândia.

Listas encontradas na internet que apresentam algumas das melhores escolas de culinária do mundo, englobam apenas uma região (“as melhores dos Estados Unidos“, por exemplo) ou fazem um apanhado muito pequeno comparado com o número de critérios a serem levados em conta.

Uma escola pode ser a melhor do mundo no ensino de culinária contemporânea, mas ser fraca em gerenciamento de restaurante, por exemplo. Sendo assim, tudo depende de qual foco você deseja dar a seus estudos.

Apresentamos um apanhado geral com escolas presentes nos 5 continentes. Vale a pena conhecer um pouquinho de tudo para depois tomar uma decisão.

Nossa seleção foi feita a partir de listas preexistentes que apontam instituições com reputação e reconhecimento internacional.

África

Cass Abrahams (Cidade do Cabo, África do Sul)

Cass Abrahams é uma renomada chef sul-africana que organiza cursos de culinária na região de Cape Winelands, na Cidade do Cabo.

Ela é famosa pelos seus conhecimentos e habilidades ligados à gastronomia típica local chamada de Cape Malay, e é convidada para viajar o mundo inteiro com o objetivo de disseminar a cultura culinária sul-africana.

Atualmente, Abrahams se dedica a oferecer cursos de cozinha no aconchego da sua casa, localizada no sul da Cidade do Cabo.

Cape town, South Africa. Cidade do Cabo, África do Sul.

Tanto nativos quanto estrangeiros podem integrar os grupos de aprendizes, aos quais ela ensina como fazer delícias locais como currys, guisados e sobremesas tradicionais como o Koeksisters.

Cada aula tem duração de 3 horas e são adaptadas de acordo com o interesse de cada grupo.

Institute of Culinary Arts (Stellenbosch, África do Sul)

Também conhecida pela sigla ICA, este instituto de artes culinárias foi o primeiro a ser oficialmente registrado e credenciado como escola para formação de chefs profissionais em toda a África do Sul.

Localizado na região de Winelands, o curso ministrado pelo ICA tem o objetivo de treinar seus alunos para se tornarem chefs de cozinha com capacidade de atuar em nível internacional.

Nomeada a melhor escola sul-africana na formação de chefs pela City & Guilds International, o curso ministrado não é focado somente na qualificação dos estudantes enquanto chefs, mas também enquanto empreendedores do ramo gastronômico.

Rhode School of Cuisine (Marrakech, Morrocos)

Nos subúrbios de Palmeraie, a escola de culinária na capital do Marrocos oferece cursos com duração de uma semana que ensinam os alunos a preparar as principais comidas típicas do cardápio marroquino, desde harira (sopa de lentilhas) até sorvetes tradicionais.

Quer saber um pouco mais sobre a evolução da arte de se cozinhar?

Américas

Pacific Institute of Culinary Arts (Vancouver, Canadá)

O Pacific Institute of Culinary Arts proporciona uma formação 90% prática. Exemplo disso são é a presença de um bistrô, um café e um restaurante geridos pelo instituto e no qual seus alunos podem trabalhar.

O instituto oferece vários tipos de cursos com enfoque profissional ou casual. Ele oferece ainda cursos sobre vinhos e formações focadas em culinária para eventos.

Alguns dos cursos profissionais são:

  • Arte de panificação e curso de confeitaria (6 meses)
  • Arte culinária (6 meses)
  • Arte culinária, panificação e confeitaria (1 ano).

Vista da cidade canadense de Vancouver. Vista de Vancouver.

New England Culinary Institute (Montpelier, Vermont, EUA)

Chamado igualmente de NECI, o instituto culinário da Nova Inglaterra tem por missão educar seus alunos para que eles virem experts em seus campos de atuação.

O programa educacional em gastronomia é customizado pelo estudante, que escolhe quantos créditos pretende fazer, de acordo com o diploma e a especialização desejados.

  • Programa de Artes Culinárias – o aluno recebe um certificado de cozinheiro profissional, se torna um associado aos estudos ocupacionais e conclui o curso como Bacharel em Artes Culinárias;
  • Programa de Artes de Panificação e Confeitaria – oferece certificado profissional de padeiro e confeiteiro. O aluno se torna um associado aos estudos ocupacionais e conclui o curso como Bacharel em Artes de Panificação e Confeitaria;
  • Programa de Gerência e Controle de Comidas e Bebidas – o aluno se torna um associado aos estudos ocupacionais e conclui o curso como Bacharel em Artes em Gerência e Controle de Comidas e Bebidas.

Culinary Institute of America (Nova Iorque, EUA)

O CIA – como também é conhecido instituto – é reconhecido e respeitado como um dos líderes mundiais no ensino da gastronomia. Ele forma chefs de cozinhas e empresários com habilidades em diversos campos de atuação como pesquisa culinária, gestão de comidas e bebidas, dentre outros.

A escola possui uma equipe com mais de 150 chefs e instrutores provenientes de 19 países que ensinam e acompanham os alunos durante a jornada do aprendizado.

Com a filosofia de “aprenda fazendo”, o curso é altamente prático, colocando os alunos face a desafios do mundo real da restauração.

Los Dos, (Mérida, Mexico)

Primeira escola dedicada exclusivamente ao ensino da cozinha de Iucatã.

As aulas são ministradas pelo Chef Sterling em sua própria cozinha, tornando a experiência do aprendizado gastronômico ainda mais peculiar. O curso foi desenvolvido para passar conhecimento não só sobre como se cozinhar, mas também sobre a cultura culinária mundial.

Vários tipos de cursos estão disponíveis, inclusive a possibilidade de aulas particulares ou em pequenos grupos.

A cidade de Mérida fica na região de Iucatã, em terras mexicanas. Mérida, México.

Você sabia que existem diferentes tipos de aulas de culinária?

Asia

Issaya Cooking Studio (Bangkok, Tailândia)

O ateliê culinário é liderado pelo Chef Ian Kittichai, o primeiro chef tailandês a virar “celebridade” e ser reconhecido internacionalmente.

Kittichai e sua equipe oferecem 4 tipos de aulas em um ambiente sofisticado e com equipamento de ponta. Além de aulas sob medidas, os alunos podem ainda participar de grupos em aulas de pratos criados por Issaya Siamese, aulas especializadas e curso sobre bebidas.

Martha Sherpa (Hong Kong, China)

Com aulas diárias, os cursos de Martha Sherpa contam com a participação de chefs profissionais e empresários do meio gastronômico de todas as partes do mundo.

No menu do aprendizado, aulas sobre cozinha chinesa, BBQ chinês e cozinha Dim Sum. Os cursos são direcionados tanto para profissionais quanto para amadores das artes culinárias.

Ozeki Cooking School (Seki, Gifu, Japão)

O Master Chef Shuji está à frente da escola japonesa de culinária. Com mais de 35 anos de carreira, ele aplica uma abordagem holística e consciente, resultando em uma gastronomia harmoniosa.

As aulas de culinária exploram a prática e procuram integrar aspectos culturais à preparação e às técnicas tradicionais.

Os cursos podem ser adaptados ao perfil dos estudantes, que podem fazer aulas de:

  • Washoku
  • Confecção de massa (soba ou udon) e tempura
  • Kaiseki
  • Shojin-ryori
  • Obento
  • Pratos combinados;
  • Técnicas de plantio e colheita de ingredientes.

Existem vários cursos de culinária super reputados também no Brasil.

Europe

Le Cordon Bleu (Paris, França)

Esta é, sem sombra de dúvidas, a escola de culinária mais famosa do mundo! Sem falar que não existe nada mais prestigioso do que estudar a alta gastronomia francesa em Paris.

Le Cordon Bleu Paris oferece cursos há mais de 120 anos e já formou vários dos melhores chefs do planeta. Os alunos ainda têm a oportunidade de fazer estágios nos mais renomados restaurantes parisienses.

School of Artisan Food (North Nottinghamshire, Reino Unido)

Com o objetivo de transmitir conhecimentos sobre todos os aspectos que giram em torno da produção culinária artesanal, a School of Artisan Food oferece ao aluno a oportunidade de concluir seus cursos como um diploma de Artesão na Arte de Panificação Avançada.

Além de cursos de panificação, a escola que existe desde 1870 oferece cursos de curta duração em:

  • Fabricação de cerveja;
  • Açouque e charcutaria;
  • Fabricação de queijo;
  • Fabricação de sorvete;
  • Fabricação de conservas;
  • Fabricação de chocolate;
  • Empresas e negócios.

Italian Culinary Institute (Calábria, Itália)

O instituto foi criado para manter viva e constante a pesquisa em novas tecnologias culinárias, desenvolvimento de menus e formação de chefs especializados em vários tipos de cozinhas e preparados para entrar em um mercado gastronômico competitivo.

Alguns dos cursos oferecidos são:

  • Mestrado em cozinha italiana
  • A evolução da cozinha italiana
  • Exploração da cozinha italiana
  • Cozinha mediterrânea avançada
  • Confeitaria, sobremesas e pães especiais
  • Artesão de sorvete italiano: técnica e produção; dentre outros.

Oceania

James St. Cooking School (Brisbane, Austrália)

A Austrália também oferece bons cursos de culinária. Bar em Brisbane, Austrália.

Esta escola de culinária propõe um acompanhamento dos alunos por chefs profissionais com o objetivo de motivar os aprendizes a atingir seu potencial culinário.

As aulas podem ser práticas ou apenas demostrativas, para grupos grandes ou pequenos. Existem aulas públicas, com temas preestabelecidos e aulas sob medida.

Alguns exemplos de aulas abertas ao público são:

  • “Ásia rápida e fácil”
  • “Além do prato: peixe”
  • “Frutos do Mar Velozes e Furiosos”
  • “Além do prato: picante, salgado, azedo e doce”
  • “Currys do mundo”
  • “Frango Gourmet”
  • “Banquete mediterrâneo”; dentre outros.

NSIA – The Professional Hospitality Academy (Auckland, Nova Zelândia)

NSIA é a maior escola de formação em Culinária e Hospitalidade em toda Nova Zelândia. Ela ganhou o prêmio nacional de excelência 8 vezes consecutivas e o Prêmio Nestlé Toque d’Or de 2014, 2015 e 2015.

Em um ambiente internacional e multicultural, alunos provenientes de mais de 30 países podem escolher entre os cursos de:

  • Panificação
  • Gastronomia
  • Hospitalidade (Hotelaria).

E que tal fazer um curso de cozinha com seu chefe favorito?

Encontre também um bom curso de confeitaria rj ou em qualquer outra cidade Brasil!

Caso prefira, pode também optar por um curso de confeitaria online!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (média de4,67 sob 5 de 3 votos)
Loading...

Deixe um comentário

avatar