Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Estudar para se tornar dançarino profissional

De Glicia, publicado dia 11/07/2018 Blog > Artes e Lazer > Dança > Como se preparar para entrar em uma faculdade de dança?

A dança é hoje em dia um dos esportes mais praticados. Seja em escolas especializadas ou em academias, as opções de aulas são variadas: aulas de zumba, dança de salão, dança do ventre, balé, hip-hop, entre outras.

Para a maioria das pessoas a dança é um hobby ou simplesmente uma maneira de se exercitar e manter a boa forma física, entretanto a dança é, antes de qualquer coisa, uma expressão artística que usa o corpo de diferentes maneiras afim de suscitar emoções no espectador. Assim, podemos dizer que o dançarino é um artista.

O profissional da área de dança deve conhecer técnicas de movimentação corporal como ritmo, equilíbrio, alinhamento e controle respiratório. Ele utiliza essas técnicas para criar  e executar coreografias em espetáculos de dança, teatro, shows, etc. Para se tornar um dançarino profissional é necessário fazer uma formação ou especialização, seja em uma faculdade ou em uma escola de dança profissional.

o dançarino é um artista que se expressa através do corpo. A dança usa o corpo como forma de expressão artística e estética.

A carreira acadêmica é uma das mais procurada por quem deseja dançar profissionalmente. Uma das razões é que ao término da graduação em dança, o profissional está apto a ministrar aulas de Educação Artística para o ensino formal (ensinos fundamental e médio da educação básica). Ele  também pode atuar como professor ou instrutor de dança em cursos livres, academias e até hotéis e resorts.

Se você deseja se tornar dançarino profissional, nós preparamos algumas dicas neste artigo que com certeza irão ajudá-lo a escolher a melhor formação.

Também não deixe de conferir nosso guia com dicas para se tornar dançarino.

Como é a faculdade de dança?

Muitos jovens sonham com os palcos e buscam a carreira de bailarino ou dançarino profissional. Todavia, como o mercado de trabalho é mais restrito para esse profissional, alguns bailarinos optam por desempenhar outras atividades profissionais, como a produção artística de espetáculos, escrever críticas na área de dança ou até mesmo atuar como dramaturgo.

É por essa razão que muitos preferem fazer uma graduação em dança, pois a grade dos cursos costuma ser mais completa, permitindo assim maiores possibilidades de carreira.

A graduação em dança forma profissionais capazes de atuar em qualquer aspecto relacionado a essa forma de arte: bailarinos, pesquisadores, docentes, dramaturgos, coreógrafos, produtores e muito mais. Dependendo da faculdade e da linha do curso, o estudante pode, depois de formado, optar pela carreira de professor ou trabalhar com produção artística e cultural.

Além disso, há também a opção de seguir carreira acadêmica e se tornar pesquisador e/ou professor universitário. Para isso, é necessário, após o termino da graduação, fazer mestrado e doutorado. Um caminho longo e nem sempre fácil de trilhar, mas com certeza muito instigante para aqueles que sonham em trabalhar nessa área.

A faculdade de dança geralmente tem duração de 4 anos e possui dois tipos de habilitações: bacharelado e licenciatura. Um dos objetivos dessa graduação é formar profissionais capazes de criar, produzir e ensinar a arte da dança.

a faculdade de dança exige que o estudante trabalhe seu senso estético e criativo Diferentes aspectos, teóricos e técnicos, são abordados no curso de dança.

No bacharelado os estudantes são preparados para atuar como bailarinos, coreógrafos ou pesquisadores. Já na licenciatura, as aulas são voltadas a preparar futuros professores que poderão atuar na educação básica – seja no ensino público ou particular – ou em escolas especializadas em dança.

Na grade curricular o aluno verá disciplinas teóricas como História da Dança, Estética e Expressão Corporal, bem como disciplinas práticas que visam ensinar as técnicas de movimento corporal, equilíbrio, flexibilidade, respiração, etc.

Veja nossas dicas para aprender técnicas corporais.

aqui está uma lista com as principais disciplinas ensinadas em uma faculdade de dança:

  • Cinesiologia Aplicada à Dança
  • Comportamento Motor
  • Dança Clássica
  • Dança Contemporânea
  • Dramaturgia da Dança
  • Elementos Musicais e Dança
  • Elementos Visuais e Sonoros do Espetáculo
  • Ensino da Dança
  • Estética Coreográfica
  • Estudos Coreográficos
  • Estudos do Movimento
  • História da Arte
  • História do Corpo
  • Improvisação
  • Montagem Cênica
  • Técnicas de Dança (análise, expressão, investigação, percepção e processo criativo)
  • Teoria da Dança

Essas disciplinas podem variar de acordo com a universidade e o tipo de habilitação escolhida pelo estudante (bacharelado ou licenciatura).

Para ingressar em uma faculdade de dança é preciso passar por um processo seletivo. A maioria das universidades brasileiras selecionam os candidatos por meio de vestibular. Você também pode ser selecionado através da sua nota no Enem, no entanto terá que fazer teste de habilidades específicas como os demais candidatos.

Esse teste consiste em uma prova sobre conhecimentos específicos sobre dança, arte e/ou teatro e dependendo da universidade pode conter igualmente testes práticos, nos quais os candidatos precisam criar uma coreografia ou encenar uma apresentação. Para saber como é o processo seletivo das universidades que lhe interessam, leia com atenção o edital do curso que você deseja fazer.

Como se preparar para as provas práticas?

Alguns cursos de graduação exigem a realização da uma prova de habilidades específicas. Essa exigência acontece quando o curso aborda temas que não são normalmente vistos no ensino médio ou mesmo por se tratar de competências que nem todos possuem. Esse é o caso do curso de dança.

A prova de habilidade específicas em dança exige conhecimento prévio de alguns aspectos ligados à área. O objetivo do teste é selecionar aqueles que realmente têm capacidades para desenvolver o que é proposto na grade curricular do curso e se tornarem profissionais qualificados.

conhecimentos em história da arte são importantes para o vestibular de dança A preparação para o vestibular de dança passa tanto pela parte técnica como pela teórica.

Normalmente a prova de habilidades específicas é marcada para uma data diferente à da prova de conhecimentos gerais, de acordo com o cronograma de cada universidade, e o candidato tem que levar materiais específicos para o exame. Não se preocupe, pois normalmente você encontrará todas as informações importantes no edital.

No exame específico para o curso de dança, o candidato deverá fazer uma prova teórica além de passar por uma avaliação de técnica e criatividade. Na prova teórica você precisa ser capaz de demonstrar um bom conhecimento geral da dança e sua história e ser capaz de justificar suas respostas.  Já na prova prática, você terá que demostrar conhecimentos técnicos e fazer diferentes atividades que demandam criatividade e sensibilidade estética.

Nós aconselhamos que você estude e leia revistas especializadas em crítica de arte, que vá à espetáculos e que, se possível, tente conversar com pessoas da área. Você pode, por exemplo, fazer algumas perguntas ao seu professor de dança, se você já pratica a disciplina.

Aqui vão mais algumas dicas que poderão ajudá-lo:

  • expanda seus conhecimentos em artes indo ao teatro ou à espetáculo de dança;
  • estude os teóricos mais conhecidos da área;
  • leia atentivamente o edital e anote o que será cobrado no dia do teste;
  • veja quais serão as abordagem das questões e crie um cronograma de estudos;
  • treine criando coreografias e encenações à partir de uma temática;
  • Trabalhe suas habilidades em improvisação, montagem cênica e expressão corporal.

Vale ressaltar que se você pretende fazer uma graduação em dança, precisa ter certa aptidão, conhecer as técnicas básicas, já ter estudado dança antes e ter bons conhecimentos em história da arte. Mas se você estiver bem preparado e seguir o que é estipulado e orientado pela universidade, não tem como errar.

Outra dica é procurar cursos preparatórios específicos para a prova de habilidades. Algumas universidades já oferecem esses cursos para os candidatos. Além disso, há também cursos preparatórios de instituições especializadas, que lhe ajudarão a se sair bem na prova.

Não deixe de ler nosso artigo para aprender  o aquecimento correto para as aulas de dança.

Oportunidades profissionais e mercado de trabalho

As melhores oportunidades de trabalho para profissionais da área de dança, assim como de diversas outras áreas, estão em grandes centros urbanos, onde existe uma forte concentração de atividades culturais.

Os profissionais da dança podem atuar como bailarinos, coreógrafos, diretores ou dramaturgos, isso significa que podem trabalhar com a montagem de espetáculos musicais para televisão, teatro e cinema. Existe ainda a possibilidade de atuar como professor de Educação Artística em escolas públicas e privadas, como professor de dança em uma escola especializada ou como instrutor de dança em academias ou à domicílio.

conhecer o mercado de trabalho para dançarinos profissionais Dançarino, bailarino, coreografo, diretor artístico…as oportunidades profissionais na área de dança são múltiplas.

Outra possibilidade oferecida é optar pela carreira acadêmica e se tornar pesquisador e professor universitário. Essa é uma área com grandes oportunidades, pois é menos saturada. A maioria dos jovens dançarinos sonham em atuar como bailarinos nos palcos, em grandes espetáculos ou musicais. Assim, existem muitas oportunidades profissionais para aqueles que escolhem atuar em áreas mais teóricas.

Se você ficou interessado e deseja ingressar em uma faculdade de dança, nossa dica é que você procure aprimorar seus conhecimentos e sua técnica antes. Você pode, por exemplo, contratar um professor particular de dança que irá ensiná-lo os conceitos básicos e algumas técnicas que o ajudarão a se sair bem no vestibular.

Não se esqueça que o gosto pelas artes, a sensibilidade estética e a criatividade devem ser características naturais a quem deseja trabalhar com a dança. Enquanto profissional dessa área você trabalhará quase que essencialmente com a expressão corporal. Ter consciência do seu próprio corpo e de seus movimentos, assim como boas habilidades físicas como equilíbrio e flexibilidade é importante também.

Saiba como aumentar a flexibilidade e melhorar suas habilidades de dançarino.

 

 

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar