Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Método de Joseph Pilates: qual o preço de uma sessão?

De Glicia, publicado dia 04/04/2019 Blog > Esporte > Yoga > Quanto custa uma aula de Pilates?

O Pilates é uma atividade física muito em voga e a procura por aulas tem crescido cada vez mais no Brasil e no mundo. Aliando exercícios de força, concentração, alongamento e relaxamento, os adeptos explicam que além de manter o corpo em forma, o Pilates permite manter uma conexão profunda com a mente.

Com a vida corrida, o estresse e a pressão gerados pelo trabalho, as pessoas hoje em dia têm buscado formas de aliviar as tensões do dia a dia e cuidar da saúde e bem-estar através de atividades que proporcionem o autoconhecimento. O Pilates é uma dessas atividades!

No entanto, toda essa popularidade em torno das aulas de Pilates acabaram gerando um negócio extremamente rentável, o que faz com que os preços sejam, em muitos casos, inexplicavelmente elevados. Esses custos elevados às vezes podem afetar a forma como consumimos, assim como nossa visão sobre o valor das coisas, nos levando a questionar a legitimidade de praticar atividades físicas.

De fato, as aulas de Pilates são caras, mas isso não deve fazer com que você se questione se cuidar da sua saúda vale a pena ou não. A resposta é muito óbvia: cuidar do seu bem-estar é um gasto que muitas vezes pode vir a ser elevado, mas é algo indispensável. Claro que existem outras opções ao Pilates, mais acessíveis do ponto de vista financeiro. Entretanto, neste artigo nós queremos mostrar que é possível fazer aulas de Pilates pagando menos.

Se você ficou curioso e quer descobrir quanto custam as aulas de Pilates e conhecer opções mais em conta, puxe uma cadeira, sente-se confortavelmente e leia nosso artigo até o final.

Leia também: Pilates: guia para iniciantes.

Porque investir nas aulas de Pilates?

Essa é uma pergunta que muitas pessoas se fazem, tendo em vista a variedade de atividades físicas propostas nas academias hoje em dia. A resposta para essa questão não é tão simples quanto parece!

Antes de decidir fazer uma atividade física tomando como base o preço cobrado pelas aulas, reflita bem sobre seus objetivos, sobre o que você busca praticando aquela atividade física em questão. Quem procura por aulas de Pilates, geralmente tem objetivos precisos, que seriam dificilmente alcançados através de outros tipos de atividades físicas.

Sabia que você pode fazer aulas de yoga online?

o pilates traz muitos benefícios se praticado com um profissional Investir em aulas de Pilates é a garantia de obter bons resultados com a orientação de um profissional experiente.

Já pensou em testar uma yoga para iniciantes? Veja nossos anúncios de aulas de Yoga aqui na comunidade Superprof!

O método desenvolvido pelo alemão Joseph Pilates traz benefícios que vão muito além da forma física. Trata-se de uma verdadeira terapia para o corpo e o espírito, uma forma de se reconectar consigo mesmo, de se auto conhecer e tomar consciência do seu corpo e dos cuidados que ele precisa. Os aspectos ligados à aparência física não são o foco principal de quem pratica Pilates.

Hoje em dia, com a explosão da internet, uma nova forma de consumo surgiu. Graças às milhares de informações que circulam gratuitamente pela web, é possível aprender (quase) tudo sem pagar um centavo sequer. Todavia, certas disciplinas necessitam dos conhecimentos e da expertise de um profissional qualificado, especialmente quando se trata de exercícios físicos.

Se você fizer uma busca rápida no Youtube, encontrará algumas dezenas de vídeos de aulas de Pilates. Mesmo que alguns vídeos possam até ser interessantes para se iniciar e conhecer melhor esse método, saiba que a longo prazo praticar apenas com o auxílio de videos gratuitos pode se tronar perigoso para a sua saúde.

Quanto mais complexos se tornam os exercícios de Pilates, mais a presença de um professor qualificado será necessária. Sem as orientações e a supervisão de um profissional, você não terá a menor ideia se seus movimentos e postura estão corretos, correndo assim o risco de se machucar gravemente.

De fato, a má postura geralmente leva à complicações musculares e corporais, como dores nas costas, que podem vir a se tornar ainda piores sem o acompanhamento necessário.

O método Pilates permite justamente tratar diferentes patologias, aumentando a força física e melhorando a resistência. Mas, para obter os resultados desejados é necessário combinar diferentes técnicas de movimento, respiração e concentração.

Dessa forma, mesmo que o custo das aulas seja elevado, se você deseja progredir e obter bons resultados praticando Pilates, os conselhos de um professor competente são primordiais.

Ficou interessado? Então descubra como é uma aula de Pilates.

Joseph Pilates nasceu na Alemanha em 1883. Enquanto criança, foi asmático, raquítico e com febre reumática. Devido a essa condição frágil, Pilates dedicou-se ao estudo e à prática da construção de um corpo forte e sadio.

As origens do Pilates

Para Joseph Hubertus Pilates (1883-1967), o criador do método Pilates, “um corpo livre de tensão nervosa e fadiga é o abrigo ideal fornecido pela natureza para acolher uma mente equilibrada, totalmente capaz de atender com sucesso todos os complexos problemas da vida moderna.” Por meio dessa afirmação fica claro observar que esse método busca pelo máximo de equilíbrio entre corpo e mente.

Nascido em uma cidade próxima a Düsseldorf, em 1883, Pilates foi filho de um ginasta premiado e uma naturopata que recomendava o uso apenas de fitoterapia a seus pacientes. Portanto, desde o início, Pilates teve uma grande influência nas áreas da saúde e do corpo humano, viabilizada pelos seus pais.

No entanto, durante toda a infância, Pilates foi uma criança frágil: asmático, sofria de raquitismo e também febre reumática. Por causa disso, ele decidiu que melhoraria sua condição física e, ainda na adolescência, começou a estudar e a se dedicar à anatomia e fisiologia humanas, à medicina tradicional chinesa e à meditação, dentre outras disciplinas.

Autodidata, Pilates estudou diversas atividades físicas, como Musculação, Ioga, Boxe, Mergulho, Esqui, Kung Fu e várias modalidades de ginástica. Por meio desse conhecimento, ele desenvolveu alguns exercícios em aparelhos rústicos improvisados por ele mesmo.

Foi praticando esses exercícios centenas de vezes e analisando seus efeitos no corpo e na mente, que Pilates, aos poucos, desenvolveu seu sistema único de exercícios, dando origem a seu método. É interessante a gente notar que o método Pilates não se centra em exercícios padronizados, repetidos de praticante a praticante.

Esse método possui uma característica fundamental de ser totalmente ajustado a cada indivíduo. Ou seja, diante de uma pessoa com certas debilidades, Pilates alterava radicalmente as cartelas padrões de exercícios e as ajustava mediante as necessidades de cada pessoa.

Pilates em seu estúdio orientando uma aluna na correta execução dos exercícios.

Um fato marcante em sua vida foi que Pilates, durante a Primeira Grande Guerra (1914-1918) foi preso por autoridades britânicas. Em 1914, levado a um campo de internamento, Pilates enfrentou situações muito precárias e, nesse momento, decidiu aplicar todo o conhecimento acumulado até então na prática.

Pilates insistia que todos os demais colegas presos também se exercitassem e fizessem os movimentos junto com ele, para que todos se mantivessem da forma mais saudável possível. E chegou a afirmar que a razão pela qual nenhum de seus colegas morreu de influenza na epidemia de 1918 foi devido a esse regime de exercícios diários.

Logo após a guerra, Pilates retorna à Alemanha e transmite seus conhecimentos e experiência a vários bailarinos famosos, como Rudolph Laban, além de realizar treinamentos de policiais de Berlim e do exército alemão.

Em 1926, decepcionado com a situação social e política da Alemanha, ele se muda para Nova Iorque e abre seu primeiro Studio de Pilates. É nessa viagem que ele conhece sua futura esposa, Anna Klara Zeuner.

Inicialmente, seu método foi chamado de Contrologia, por utilizar a mente para controlar o corpo. Seu trabalho, no entanto, só começa a ter repercussão a partir dos anos 40, sobretudo entre diversos dançarinos americanos como Martha Graham, Ted Shawn, Jerome Robbins e outros.

Pilates afirmava que sua técnica é um método de exercício físico que utiliza o peso do próprio corpo para a sua execução. Aos 83 anos, veio a falecer, após a inalação de muita fumaça ao tentar salvar seu estúdio de um incêndio. Pilates não deixou herdeiros. No entanto, sua esposa Klara assumiu a direção do estúdio, dando continuidade ao trabalho do marido. Muitos dos seus discípulos abriram, então, seus próprios estúdios pelos EUA e ajudaram a disseminar seus ensinamentos em todo o mundo.

As aulas de Pilates oferecem um aumento da resistência física e mental, tonificam a musculatura e melhoram a concentração e a flexibilidade, dentre outros benefícios.

Principais benefícios do Pilates

Os benefícios que o Pilates oferece a seus praticantes são muitos e uma ótima notícia é que os mesmos já são sentidos logo nas primeiras aulas. Pilates costumava dizer que “com 10 sessões você perceberá a diferença, com 20 sessões os outros irão perceber a diferença e com 30 sessões você vai ter um novo corpo.” Ou seja, o resultado das sessões é algo que vem rápido e depende bastante da dedicação e do comprometimento do praticante.

Nesse sentido, alguns dos seus principais benefícios são:

  • Melhoria da resistência física e mental,
  • Aumento da flexibilidade,
  • Melhor equilíbrio de todas as funções do corpo,
  • Significativa melhora da postura corporal e resistência muscular,
  • Tonificação da musculatura,
  • Correção de problemas posturais,
  • Ajuda no controle do peso,
  • Incremento da concentração,
  • Fortalecimento dos músculos abdominais,
  • Melhoria da coordenação motora,
  • Promoção de menor atrito nas articulações,
  • Expansão da consciência corporal,
  • Alívio de dores musculares,
  • Melhora da respiração,
  • Auxílio na prevenção contra osteoporose,
  • Promoção do relaxamento e bem-estar,
  • Elevação da autoestima,
  • Eliminação de toxinas e
  • Promoção da drenagem linfática, dentre outros.

Pilates é um método que corrige a postura, recupera a coordenação motora, e previne a incontinência urinária em pessoas da terceira idade.

O papel fundamental da Respiração na prática de Pilates

É através da respiração que se é possível conectar seu corpo com sua parte mais íntima, seu “eu interior”. Ao sentir suas costelas abrindo, inflando e desinflando, oxigenando seus tecidos, órgãos e músculos, você se torna uma pessoa menos tensa e mais relaxada.

Para quem ainda não conhece, transcrevemos aqui o passo a passo de como dar início à respiração do método Pilates.

Passo 1:

  • Deitado(a) de barriga para cima, alinhe sua cabeça, apoie seus ombros no chão e mantenha seus braços estendidos com as palmas das mãos viradas para baixo.
  • Com sua coluna centralizada, neutra, não force para nenhum dos lados.
  • Mantenha o quadril firme no chão.
  • Force os pés para que permaneçam firmes no chão.
  • As pernas devem estar levemente afastadas na largura do quadril.

Passo 2:

  • Faça as inspirações pelo nariz e as expirações do ar pela boca.
  • Você pode colocar suas mãos sobre as costelas para sentir seu movimento, se quiser. Quando você inspira, suas costelas vão se abrir, se expandir, e ao expirar, elas vão se fechar.
  • Inspire e sinta a barriga, costelas e peito se enchendo de ar.
  • Na expiração, empurre seu umbigo contra sua coluna, e sinta suas costelas se aproximarem umas das outras e as leve em direção ao osso do quadril (como se estivesse afinando sua cintura – pode imaginar que está colocando uma calça que não serve mais, para “murchar” bem sua barriga).

Passo 3:

  • Contraia o músculo chamado períneo (como se você estivesse fazendo uma força para segurar o xixi). Com isso você fortalece seu centro.
  • Essa região do centro é o conjunto de músculos responsável pelo nosso equilíbrio e pela adequação postural do tronco em qualquer movimento.

Passo 4:

  • Esforce-se por manter essa respiração ao longo de toda a aula, fortalecendo toda a região abdominal.
  • Lembre-se que a velocidade da respiração depende diretamente da velocidade dos exercícios, que na sua grande maioria é lenta.

Durante essa respiração é comum que você note a presença de vários músculos e tendões encurtados, doloridos por diversas razões, talvez devido a maus hábitos, más posturas, adquiridos ao longo da vida.

Nas aulas de Pilates, no entanto, é quando você percebe que as resistências desses encurtamentos começam a diminuir e, assim, ocorre uma ampliação de muitos de seus movimentos, de uma forma geral.

Por que é importante contratar um professor de Pilates

Na verdade, a principal razão para que você contrate um professor de Pilates é o fato de poder se beneficiar das orientações e conselhos de um profissional qualificado. Além disso, o papel do professor também será o de te motivar, para que você progrida cada vez mais e alcance seus objetivos.

as muitas vantagens de contratar um professor de pilates Além de se beneficiar de aulas interessantes e eficazes, contratando um bom professor de Pilates, você valoriza o trabalho dos profissionais da área.

O que pode ser melhor e mais seguro para nossa saúde do que se exercitar com um verdadeiro instrutor, especializado no método Pilates, capaz de corrigir nossos movimentos, nossa postura e proporcionar uma verdadeira aula bem estruturada?

Outra boa razão para contratarmos um professor de Pilates é a valorização do trabalho dos instrutores. Ninguém nasce predisposto a se tornar um professor de Pilates, portanto o caminho para chegar ao nível de conhecimento exigido é longo. Para se tornar um instrutor, é necessário muito estudo e dedicação, então nada mais justo do que pagar pelos serviços oferecidos.

Pilates é uma disciplina muito rica. Como dissemos, Joseph Pilates se inspirou em diferentes atividades físicas como musculação, hatha-yoga, boxe, mergulho, kung-fu e ginástica. Ele era também um grande conhecedor da anatomia humana, o que permitiu que ele desenvolvesse seu método pensando em cada movimento para evitar lesões.

O Pilates é justamente uma atividade física para quem quer se exercitar sem forçar o corpo. Através de movimentos fluidos e estrategicamente pensados para trabalhar os músculos mais profundos do corpo, o curso de Pilates é o aliado perfeito de quem busca melhorar a postura corporal e o condicionamento físico.

Seja em aulas em grupo ou individuais, você só tem a ganhar contratando um professor de Pilates. As aulas em grupo são excelentes para quem busca conhecer outros adeptos, trocar informações e buscar motivação mútua.

Já as aulas particulares ajudarão aqueles que buscam uma experiência mais personalizada. O professor fará cada sessão de acordo com seus objetivos. Além de progredir mais rápido, você poderá se aprofundar nos conhecimentos sobre Pilates e ter uma experiência de autoconhecimento muito mais intensa.

Se você deseja saber como escolher suas aulas de pilates, leia nosso artigo.

Quanto custam as aulas de Pilates em grupo?

Como em qualquer outra área, as aulas em grupo costumam apresentar tarifas mais interessantes em comparação com as aulas individuais. Aulas coletivas são uma ótima opção para quem busca cuidar da forma física economizando mais.

economize fazendo aulas de pilates em grupo As aulas de Pilates em grupo são uma excelente forma de economizar.

O valor médio das aulas coletivas de Pilates na cidade de São Paulo está em torno de R$250,00 (aulas apenas uma vez por semana). Esse valor parece bastante elevado, levando em consideração que se trata de apenas uma aula por semana, entretanto, deve-se analisar igualmente a qualidade das aulas, se os professores são competentes, se o ambiente é adequado para a prática da disciplina, etc.

Talvez você encontre aulas mais baratas, todavia é bom estar ciente de que ofertas muito abaixo do preço médio cobrado são duvidosas. Por trás de um preço muito baixo pode se esconder uma cilada. Dê preferência a studios de Pilates que possuam uma certa reputação e que contem com boas avaliações de outros usuários.

Outra forma de fazer aulas em grupo é entrando em contato com um professor particular. Alguns instrutores de Pilates aceitam dar aulas particulares para pequenos grupos. Essa é uma oportunidade incrível de chamar seus amigos ou familiares para se exercitar e ainda pagar um preço bem mais em conta!

Se você ainda não sabe onde encontrar um bom professor, não deixe de conferir aqui o site de nossa comunidade Superprof: uma plataforma online que conecta alunos e professores de diferentes disciplinas e a maioria deles aceita aulas particulares em grupo.

Saiba, também, que é possível fazer yoga em casa!

Quanto custa uma aula individual de Pilates?

Depende! Tomando como base a cidade de São Paulo, o valor médio de uma aula individual em um studio de Pilates está custando em torno de R$330,00. Esse valor pode variar de acordo com o bairro e/ou a cidade, mas de forma geral as aulas individuais são bem mais caras.

Consequentemente, esse valor é um gasto a mais no orçamento mensal, e nem todo mundo pode se dar esse luxo. No entanto, assim como abordado antes, quando explicamos os preços das aulas em grupo, deve-se avaliar diversos aspectos antes de aceitar a oferta daquele que cobra mais barato.

Encontre as melhores aulas de yoga online na plataforma Superprof!

aulas individuais de pilates com professor particular Porque não contratar um professor particular para ter uma experiência mais aprofundada no Pilates?

Será que vale a pena pagar metade do preço em um estabelecimento de reputação duvidosa? Talvez seja mais interessante investir em um professor particular que, certamente não cobrará super barato, mas que sem dúvidas oferecerá valores mais justos, se comparados aos de um studio de Pilates.

Os estabelecimentos tais quais academias ou studios costumam cobrar mais caro porque têm muito mais gastos, como aluguel do local, serviço de limpeza, salário dos funcionários, etc. Já um professor particular costuma atender em domicílio ou online, o que reduz consideravelmente os gastos e permite que ele cobre um preço mais em conta.

Mas, atenção! Antes de contratar um professor particular, certifique-se de que se trata de um profissional realmente qualificado. Fazer uma aula de teste antes de confirmar sua intenção de trabalhar com o profissional em questão é uma boa forma de avaliar as competências dele ou dela.

Para ter certeza de escolher o professor ideal, nós lhe aconselhamos a dar uma olhada na oferta de aulas de Pilates aqui na Superprof. Como já mencionamos, essa bela plataforma, que conta com uma comunidade de milhares de alunos e professores, permite que você facilmente se conecte a professores em todo o Brasil. Além disso, a Superprof possui um sistema de avaliações reais, o que garante a qualidade das suas aulas.

Se você quer de fato progredir no Pilates, não há alternativas gratuitas. O método Pilates é muito complexo e fazer aulas com pessoas que não possuem todas as competências requisitadas constitui un risco para sua saúde e acreditamos que isso é exatamente o contrário do que você busca.

E para ir além, entenda melhor as diferenças entre pilates e yoga.

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (média de4,25 sob 5 de 4 votos)
Loading...
avatar