Antes de mais nada, podemos afirmar que o português é um idioma fantástico ao ponto de formular muitas histórias e se propagar em diversas regiões.

Com isso, dizemos que a língua portuguesa é um dos idiomas de maior importância em todo o mundo, com 230 milhões de falantes distribuídos, categorizando o idioma como o terceiro mais ativo no meio linguístico, perdendo apenas do inglês e do espanhol.

Ou seja, as palavras que você lê e pronuncia agora, é fruto de um importante meio de comunicação entre povos e culturas, integrando todas as pessoas que fazem parte de uma considerável comunidade da língua portuguesa.

No entanto, sabemos que um idioma tão vasto não ficaria isolado em suas origens. Considerando este fato, o português expandiu seus inícios e ergueu novas modelações, normas, características culturais, regionais e sociais. E nada que um breve curso de portugues não possa te explicar um pouco mais sobre todas essas histórias.

Tanto professores, quanto alunos, basearam-se na alfabetização correta e atualizada. Pensando por este ângulo, pode-se imaginar que a língua portuguesa tenha passado por alterações, cada uma de acordo com seu respectivo país. Desse modo, todos os falantes deveriam conhecer positivamente mais sobre as bases de seu idioma.

E pensando na propagação de informações referentes ao português, o Superprof separou um conteúdo rico e informativo sobre as principais questões que englobam o desenvolvimento e aperfeiçoamento da língua.

No post de hoje, você poderá conferir assuntos que talvez nunca te ensinaram ou que você não teve a oportunidade de entender.

Acompanhe!

Comece seu curso de português online agora!

Os melhores professores de Português disponíveis
Maria alice
5
5 (103 avaliações)
Maria alice
R$105
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Samira
5
5 (18 avaliações)
Samira
R$100
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Sirene
5
5 (22 avaliações)
Sirene
R$65
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Victor
5
5 (24 avaliações)
Victor
R$55
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Kevin
5
5 (24 avaliações)
Kevin
R$80
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Nina
5
5 (10 avaliações)
Nina
R$90
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Vitor
5
5 (60 avaliações)
Vitor
R$50
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Camila
5
5 (21 avaliações)
Camila
R$70
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Maria alice
5
5 (103 avaliações)
Maria alice
R$105
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Samira
5
5 (18 avaliações)
Samira
R$100
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Sirene
5
5 (22 avaliações)
Sirene
R$65
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Victor
5
5 (24 avaliações)
Victor
R$55
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Kevin
5
5 (24 avaliações)
Kevin
R$80
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Nina
5
5 (10 avaliações)
Nina
R$90
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Vitor
5
5 (60 avaliações)
Vitor
R$50
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Camila
5
5 (21 avaliações)
Camila
R$70
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Vamos lá

A variedade de expressões entre Brasil e Portugal

pessoas com balão de diálogo
As diferentes expressões da língua portuguesa vieram através de diversas influências e culturas que vão para além da indígena.

Para iniciar nossa jornada dentro da língua portuguesa, começamos com a variedade de termos que Brasil e Portugal comportam em seus vocabulários. E sim, existem muitas palavras que se diferem, ainda que algumas pessoas pensem que o idioma seja padrão. 

Algumas de suas peculiaridades, por exemplo, podem gerar motivos de risos, dúvidas e estranhamento.

Ao mesmo tempo, todas essas palavras passaram por muita história, quando os colonizadores estavam descobrindo nossas terras, implantando toda a cultura e linguagem. Durante esse processo, alguns vocabulários foram difundidos, e você poderá entender isso mais à frente.

No início, o Brasil foi descoberto por portugueses que fomentaram a mistura de línguas com a povoação nativa, ou seja, os índios. Os mesmos garantem consigo o idioma Tupi, que ao passar do tempo, mesclou suas raízes com a língua europeia. Tal adaptação, permitiu que ambos os povos se comunicassem facilmente, perdurando o idioma até os dias de hoje.

Talvez você se pergunte onde está o sentido da colonização com os termos que usamos. E a resposta é simples!

Você pode perceber que algumas das palavras que fazem parte de nosso vocabulário entoam a língua indígena. É possível tomar como exemplo, alguns nomes de cidades, frutas ou rios.

E como se já não bastasse toda a influência européia, o Brasil também recebeu consigo a cultura africana, portada de fortes dialetos trazidos dos escravos, e todos eles ainda estão ativos em nossas falas cotidianas. 

Com o tempo, novos imigrantes chegaram ao Brasil, (italianos, franceses, alemães e espanhóis) e com eles novas mudanças vieram. Neste ponto, você já conseguiu entender que cada região do mundo proporcionou incontáveis modificações em apenas um idioma, criando palavras e expressões variadas.

E foi desse modo, que Brasil e Portugal tiveram como resultado suas tão inusitadas palavras e seus respectivos significados. Em nosso post sobre as Diferentes Expressões de Brasil e Portugal, você poderá encontrar algumas delas.

Um novo acordo ortográfico

livros e canetas
O novo acordo ortográfico reuniu mudanças em até 0,8% das palavras da língua portuguesa.

Em seguida, trataremos de um assunto consideravelmente importante dentro da língua portuguesa: a reforma ortográfica.

Com tantas informações, você talvez se pergunte o motivo de instalarem uma nova norma linguística em nosso idioma.

Mas entenda: com uma grande variedade de palavras, acentuação, influências, expressões, gírias e termos, o que seria de nosso idioma sem uma regra que os organizasse e equilibrasse o conceito correto da escrita? Bom, certamente seria um caos!

E com o intuito de reger simplicidade, coerência e exclusividade, o governo brasileiro unificou toda a língua em uma única norma.

Luiz Inácio Lula da Silva, o presidente que regia o país quando a reforma foi anunciada, apresentou em seu discurso, a explicação pela qual a norma ortográfica estava sendo aplicada no país.

Ele disse: “O acordo ortográfico é o reencontro do Brasil com suas raízes mais profundas. Como avançar sem fortalecer a língua, como produzir bens culturais e didáticos sem uniformidade?”.

Além dos motivos que citamos acima, a norma ortográfica também garante segurança e praticidade em termos políticos, possibilitando a assinatura de assuntos diplomáticos, ligações com o comércio exterior e cooperação entre os países que praticam a língua portuguesa como idioma.

Segundo o MEC (Ministério da Educação), a taxa de palavras que passaram por alteração no Brasil corresponde a 0,8%. Em outros países, como Portugal, por exemplo, o índice pode chegar até 1,6%.

Todas essas alterações precisam estar na ponta do lápis de alunos e professores, contando que as duas partes necessitam acompanhar todo o processo de aprendizado, incluindo as aulas de portugues para concurso e principalmente o grupo de crianças que estão em fase de alfabetização.

Ainda que pareça improvável, grande parte da população atual possui muitas dúvidas quanto à ortografia e às normas da língua portuguesa. Questões como: acentuação, verbos, singular e plural, permanecem na lista das principais dificuldades.

Por outro lado, devemos reforçar o fato de que toda a correção da norma ortográfica foi atualizada em todos os conteúdos acadêmicos e também no dicionário. Para que tais informações sejam fixadas, o estudo dedicado pode otimizar o entendimento e possibilitar novos caminhos para pessoas que desejam aprofundar na área.

De modo geral, o Brasil pode se orgulhar pelo fato de estar entre o país mais adiantado na reforma ortográfica, quando comparado com os outros países do mesmo segmento: Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste. 

Países que possuem o Português como idioma

multidão próxima ao mapa mundi
Dentre os países que falam português ao redor do mundo, podemos destacar Moçambique, Cabo Verde e Angola.

Se por um momento você imaginou que apenas o Brasil e Portugal falavam português, sentimos em dizer que você se enganou. Mas se estamos aqui, é para entender quais são os outros países que também possuem a língua portuguesa como padrão.

Antes de mais nada, é motivo de comemorar que o nosso idioma seja tão vasto e abrangente em regiões totalmente distintas, longe de nossas fronteiras.

E como te dissemos anteriormente, o português garante a sua presença em milhares de falantes distribuídos pelo mundo.

Ao todo, podemos citar nove países que possuem o português como o seu principal idioma. Vale destacar que grande parte deles são de terras africanas. 

Toma-se por exemplo, países como: Angola, Moçambique e Cabo Verde. Você pode conhecer mais sobre a história de cada um deles em nosso post exclusivo sobre os países que também falam português.

O que ninguém te contou, é que a língua portuguesa também atua em regiões da China, índia, Malásia e até Caribe. Em alguns países da América do Sul, por exemplo, como Uruguai e Venezuela, existem regiões exclusivas que praticam o idioma, ainda que não seja oficial.

O português em si, foi difundido através de imigrações espalhadas por diversos territórios entre os continentes. Em Portugal, por exemplo, o idioma foi difundido do Galego-português através de ancestrais e regiões da Península Ibérica. O português moderno, por outro lado, iniciou sua desenvoltura a partir do século XVI.

Já na África, a língua portuguesa pôde ser descoberta e fomentada através da imigração de países lusófonos africanos.

O Português de Portugal não é o mesmo do Brasil

mulher na biblioteca lendo
A língua portuguesa conta com diferenças no vocabulário, fonética e regionalização entre os países.

Por último, é importante que você compreenda que o português do Brasil não é o mesmo de Portugal, assim como citamos algumas vezes ao decorrer do texto por intermédio de fatos históricos.

Em um curso de português online, é muito provável que você aprenda sobre os pontos distintos do idioma e suas histórias. Como o período de colonização deixou grandes heranças linguísticas ao mundo, é normal encontrar termos similares ou não, uma vez que eles se formaram baseados em inúmeros critérios.

O que queremos dizer com este ponto, é que o português de Portugal sofreu alterações linguísticas assim como o Brasil, tornando o português europeu parcialmente diferente do que estamos acostumados.

Com isso, muitas pessoas se perguntam qual português seria considerado o mais correto. Nesse caso, estudiosos enfatizam a força do português brasileiro, uma vez que o mesmo mantém sua influência até mesmo na Europa.

Também podemos considerar que o Brasil tem o português mais praticado do mundo. No caso, as falas, escritas e leituras, são fortemente baseadas na língua portuguesa brasileira.

E mais do que a diferença de vocabulário, também podemos contar com a fonética e as regionalizações, ou seja, termos que são utilizados em determinadas regiões, dentro de seus respectivos países. Por exemplo, alguns termos podem ser usados em determinada região de Portugal e não em outras, e no Brasil da mesma forma.

Escrita e significado também são pontos que fundamentam a diferença do português entre os países. Algumas palavras podem ser escritas iguais, porém com significados diferentes. Por este motivo, estudar o idioma com atenção é fundamental para evitar imprevistos durante um diálogo. 

E se você é uma pessoa que possui interesse, mas ainda não mergulhou profundamente em assuntos sobre o idioma, um curso de português online é ricamente interessante para o fomento do seu aprendizado e descoberta. Assim como uma aula de português para concurso, seus estudos garantirão a mesma validade e eficiência.

E agora que você tomou nota dos principais tópicos da língua portuguesa, não deixe de conferir nossos artigos exclusivos sobre ela.

Te esperamos aqui novamente.

Até a próxima!

>

A plataforma que conecta profes particulares e alunos

1ª aula gratuita

Gostou desse artigo? Deixe uma nota!

5,00 (1 note(s))
Loading...

Malu