Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

curso italiano onlineComo passamos da língua latina para a italiana?

De Carolina, publicado dia 18/10/2017 Blog > Idiomas > Italiano > Evolução do latim para o italiano

Sabemos que os primeiros romanos falavam em latim.

Sabemos também que os romanos são ascendentes dos italianos!

No entanto, ao estudar ambas as línguas, percebemos que são bastante diferentes entre si.

Como essa evolução da língua italiana aconteceu ao longo dos anos?

O que permitiu que o latim se tornasse o italiano que conhecemos hoje?

Este texto lhe dará todas as respostas às perguntas que você está se perguntando.

História do latim: as origens do idioma

E se olharmos de um ponto de vista que não é abordado necessariamente nas aulas de italiano?

Na sua origem (qual é a do italiano?), o latim vem das línguas itálicas. Mas o que são essas línguas? Um conjunto de dialetos falados na área geográfica correspondente à Itália que conhecemos hoje.

Ou seja: o latim não era o único idioma na região. O território foi dividido em várias partes, cada uma pertencente a pessoas com hábitos e linguagens diferentes.

Para se situar melhor, estamos no século VI a.C.

Se quiser escutar o idioma latino, vá a uma missa na língua no Vaticano

Quanto aos povos itálicos, eles estavam no que hoje corresponde ao centro e ao sul da Itália.

Essa região é chamada de Latium. Ela ainda existe e abrange o Vaticano!

As línguas itálicas pertencem a uma subfamília de línguas indo-europeias.

Entre elas, encontramos um grande número de línguas que desapareceram, mas também as línguas romanas ( italiano, francês, português, espanhol e romeno).

O interessante é notar que os falantes itálicos não são originários da Itália.

De acordo com os historiadores, essas pessoas teriam emigrado dos Bálcãs por volta de 1500 a.C. Antes disso, alguns estudiosos pensam (embora isso não possa ser verificado com precisão) que os grupos que ocupavam a Itália eram os lígures. Esses especialistas falam de uma população pertencente ao sub-ramo Ítalo-Céltico.

Mesmo antes da fundação de Roma (753 a.C.), assumimos que essas linguagens itálicas foram fortemente influenciadas pelo grego e o etrusco (grupos linguísticos vizinhos).

Uma vez que a cidade de Roma foi criada, foi de grande importância na difusão da língua latina em toda a região.

Importante, encontramos o latim em 6 casos gramaticais em 8 relacionados às línguas indo-europeias.

Entre estes, encontramos:

  • Genitivo: marca o complemento do nome e significa posse ou parentesco;
  • O vocativo: diz respeito ao questionamento direto de uma coisa ou de uma pessoa;
  • O acusativo: ligado ao complemento de objeto direto ou COD;
  • O dativo: expressa a pessoa ou objeto a quem é dado (ou seja, o objeto indireto ou COI);
  • O ablativo: tudo o que diz respeito à origem ou à questão de uma coisa;
  • O nominativo: o que determina as relações entre o sujeito e o verbo.

Mesmo antes de se falar em latim clássico ou popular, devemos evocar o latim arcaico, que é o nome da língua dita no século I a.C…

O idioma de Dante deve muito a ele! A língua italiana conta muito sobre a história do país

Latim Arcaico: Evolução e Decadência

Após a fundação de Roma e expansão romana, o latim começou a se espalhar amplamente nas regiões ocupadas.

Isso se deve à colonização que se estende para os limites ocidentais da Europa, da Ásia e do Norte da África.

Já no século III a.C., o latim era a língua oficial do Império Romano.

Foi usado na administração romana, mas também para direito, política e religião.

Apesar de coexistir com outros dialetos e o grego, o latim rapidamente assumiu outras línguas.

A razão para isso: os líderes que proibiram a população de falar grego e os forçaram a se comunicar em latim.

O latim arcaico (de outra forma chamado latino clássico) era, então, utilizado na idade de ouro entre 75 a.C. e 14 a.C.. A literatura latina desempenhou um papel importante nessa extensão.

Os dois séculos que se seguiram foram chamados de a era de prata da língua latina clássica.

Então, enquanto Roma era o precursor do apogeu do latim clássico, a dissolução do Império Romano do Ocidente provocou sua queda.

Como nós passamos do latim clássico para o latim vulgar?

Com a chegada dos hunos pelo leste e a migração de muitas tribos para o oeste, o Império Romano tornou-se frágil.

No século V, certos povos germânicos tomaram posse das terras da Itália. O Império Romano do Oriente, entretanto, sobreviveu aos ataques e viu a cultura grega ganhar impulso.

No entanto, o latim enfraquece moderadamente…

Podemos dizer que, em vez de desaparecer, foi transformado em contato com outras línguas (principalmente germânicas).

Além disso, o latim clássico era líder do Império, dos intelectuais e da literatura. Os colonos e os soldados, por sua vez, falavam um latim popular, também chamado de  latim vulgar.

A partir desse latim vulgar, várias línguas nasceram. Entre elas, contamos com as línguas romanas, incluindo o italiano.

Já declinando a partir do século II, o latim clássico começou a perder sua importância e dando lugar ao latim vulgar.

Na verdade, desde o momento em que os escribas e os clérigos começaram a escrever documentos civis e religiosos em latim vulgar, esse começou a prevalecer sobre o latim clássico.

A igreja católica ainda fala o idioma latino O Vaticano é o único Estado que tem o latim como língua oficial junto com o italiano

O latim clássico (que já não era usado pelos cidadãos) perdeu seu esplendor no momento em que o Império caiu.

Embora as ligações entre Roma e as cidades da Itália fossem muito difíceis, a região começou a experimentar uma verdadeira fragmentação linguística do italiano.

No entanto, uma vez que os romanos estabeleceram um alfabeto latino extremamente preciso e detalhado, a língua latina manteve-se entre outras como meio de comunicação.

Do latim para o italiano

Com a chegada de novas populações ao longo dos séculos, o latim se transformou e evoluiu.

No século 5, a Itália experimentou a invasão dos ostrogodos.

Então foi a vez dos lombardos no século VI. Os francos, durante o reinado de Carlos Magno, também vieram para a Itália no século VIII. Para não esquecer que o sul da Itália foi governado pelos bizantinos e pelos muçulmanos.

Esse país dividido por diferentes culturas permitiu que a linguagem fosse enriquecida com novos termos.

Evolução do latim do século IX até hoje

Entre os séculos IX e XV, os historiadores falam do latim medieval.

Embora a língua latina seja cada vez menos popular, sacerdotes e estudiosos ainda a utilizam até hoje. Eles adicionam muitos termos do hebraico e do grego nela.

Durante o Renascimento (entre os séculos XV e XVI), a forma latina usada foi chamada de latim humanista.

Instilado por Petrarca, o movimento humanista ganha a Europa. Os muitos textos de Platão foram traduzidos para o latim. Além disso, a invenção da impressão no século XVI possibilitou a publicação da Bíblia em latim.

Aos poucos, o latim tornou-se a língua da religião, mais que a língua do povo.

Após o século XVI, falaremos de neo latim para designar essa nova forma de latim usada pelo ensino e no vocabulário (aprenda o básico italiano) científico internacional.

Hoje (desde o século 20), o latim é falado apenas pelo Vaticano (é uma das línguas oficiais desse micro-estado).

Menos e menos pessoas em todo o mundo podem ler e entender o latim. Ao longo do tempo, o latim passou de uma linguagem de uso para uma língua de cultura.

Em que momento o latim se tornou italiano?

A partir de certo período, entendemos que a forma da língua italiana que conhecemos hoje tem muita influência do latim falado e escrito.

Na verdade, essa passagem foi feita durante o Renascimento, graças aos autores florentinos italianos, incluindo Dante Alighieri, Giovanni Boccace e Francesco Petrarca.

Com seu trabalho (A Divina Comédia), Dante foi o verdadeiro precursor do nascimento do italiano. Esse escritor florentino queria ser entendido por toda a população, e não apenas pela elite.

Aprenda italiano e saiba algumas palavras latinas A Itália é um pequeno país mas com muita história

Ele escreveu em uma forma da língua toscana, o florentino, e emprestou muitas palavras de diferentes dialetos (incluindo latim, francês, lombardo ou provençal).

Seu objetivo: demonstrar que o idioma popular era tão nobre quanto o latim.

Seguido por muitos outros poetas, sua aposta foi bem sucedida, pois o florentino se tornou o símbolo da unidade italiana.

Como língua falada mais próxima do latim, o florentino era a língua viva usada por toda a população: do mais educado ao mais humilde.

Assim, a partir desse idioma derivado do latim e com novas transformações ao longo dos séculos (incluindo uma forte influência espanhola), chegamos ao italiano moderno. Hoje existem professores especializados em linguisticas que oferecem curso italiano online ou presencial sobre a evolução da língua, possibilitando um grande aprofundamento no tema para os amantes de história e línguas.

Exemplos de palavras italianas próximas ao latim

Mesmo hoje, o latim tem uma grande influência (qual é a do italiano no mundo?) na língua italiana.

Como prova, selecionamos alguns termos latinos e italianos próximos ou idênticos.

Nós lhe damos as palavras italianas, depois as palavras latinas e, finalmente, a tradução portuguesa (para contar um pouco no curso de italiano):

  • Accelerare – accelerare : acelerar;
  • Biblioteca — bibliotheca : biblioteca;
  • Calamità – calamitas : calamidade;
  • Diploma – diploma : diploma;
  • Encyclopaedia – enciclopedia: enciclopédia;
  • Fondamentale – fundamentalis : fundamental;
  • Gladiatore – gladiator : gladiador;
  • Indeterminato – indeterminatus : indeterminado;
  • Lacrima — lacrima : lágrima;
  • Maggiordomo — major domus (maitre de la maison) : mordomo;
  • Negoziatore – negotiator : negociador;
  • Occasionare – occasionari : ocasionar;
  • Pacificazione – pacificatio : pacificação;
  • Querimonia – querimonia : lamentação;
  • Radiazone – radiatio : radiação;
  • Selezione — selectio : seleção;
  • Taciturno – taciturnus : taciturno;
  • Umiliazione – humiliatio : humiliação;
  • Verificare – verificare : verificar;
  • Zodiaco – zodiacus : zodíaco.

Se você é apaixonado pela cultura italiana e língua italiana, você entenderá que aprender latino vai ajudá-lo a entender melhor seus cursos de italiano (e português).

Você terá mais facilidade em aprender a língua italiana (história e evolução) na escola de idiomas, com um professor particular de italiano ou durante seus cursos de italiano online!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (média de5,00 sob 5 de 2 votos)
Loading...

Deixe um comentário

avatar