Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Dicas para elaborar uma aula de culinária

De Fernanda, publicado dia 16/08/2018 Blog > Artes e Lazer > Culinária > Como criar um curso de gastronomia?

Se a frase “ele cozinha como um chef” aparece frequentemente quando seus amigos se referem a você, e se você gosta de ficar atrás do fogão e transmitir sua paixão pela gastronomia, por que não dar aulas de culinária?

Oprah Winfrey disse que “a verdadeira culinária é uma forma de arte. Um presente para compartilhar”. Isso é verdade! Nada mais caloroso do que um jantar compartilhado entre amigos ou familiares!

Siga nossas dicas deste artigo e se torne um excelente cozinheiro, organizado, metódico e impecável!

Seja impecável!

Onde aprender a cozinhar? Torne-se um Jamie Oliver brasileiro!

Calma, tudo no seu tempo. Você tem que ser um cozinheiro experiente antes de começar a dar suas aulas de culinária. Mas não se desespere: ninguém vai exigir dez anos de estudos superiores para tal!

Na verdade, nenhum diploma é exigido se você quiser dar aulas particulares em casa.

Por outro lado, a experiência é essencial! Você nunca dirigiria um carro se nunca tivesse aprendido sequer a iniciá-lo, não é mesmo? Bem, com a culinária é o mesmo!

Seus entes queridos costumam dizer que todos os ingredientes que você toca se transformam em alimentos saborosos? Você costuma surpreendê-los com pratos dignos de um chef?

Você tem que saber cozinhar e ir além! Você tem que ser capaz de trazer algo para seus alunos, que, aliás não serão necessariamente iniciantes, dependendo do público escolhido.

Pense em praticar, praticar e praticar antes de começar a ensinar a arte da culinária!

Você deve ser capaz de dar dicas concretas para seus alunos, ensinar técnicas complexas. A execução adequada de uma receita não é suficiente, você deve conhecer todas as técnicas relacionadas a esta receita.

Sinta-se livre para praticar com a família e os amigos. Ofereça-lhes uma aula de culinária. As observações deles irão ajudá-lo a progredir e melhorarão sua didática e seu método de ensino!

Pense no seu conceito

O que você quer transmitir aos seus alunos?

Esta é a pergunta que você precisa responder antes mesmo de começar a elaborar sua aula de culinária básica!

Você pode ser um generalista e decidir que pode ensinar todos os estilos e técnicas. Mas tenha cuidado: é preciso ser um bom cozinheiro em todas as áreas de culinária!

Para se diferenciar, atrair seus clientes e definir uma estrutura, você pode se concentrar em um determinado tipo de culinária ou de ingredientes, ou um tipo de técnica.

Isso vai facilitar seu trabalho! Na verdade, em vez de ser bom em tudo, já basta falar bem sobre o assunto que escolheu.

Por exemplo, você pode decidir ensinar confeitaria e especialmente a técnica de macaron e massa folhada. Você só terá que praticar com os elementos escolhidos até se tornar um especialista confeiteiro!

Além disso, a abordagem será diferente se você optar por ensinar uma culinária em particular, como a culinária japonesa, a culinária baiana ou a culinária italiana.

Além disso, um curso geral não é preparado e ensinado da mesma forma que um curso técnico ou uma preparação específica. Veja a diferença com nossos exemplos:

  • Um curso geral: evitar o desperdício, ingredientes básicos para cozinhar, faça uma receita com os restos de sua geladeira, crie novas receitas para as crianças, faça um aperitivo, um prato e uma sobremesa em três horas, etc.
  • Um curso técnico: o corte do frango nas regras da arte, o cozimento dos biscoitos, a realização de um creme, como fazer o caramelo perfeito, a preparação de sushi etc.
  • Uma preparação: torta de limão, coq-au-vin, vitela assada, paella, lasanha vegetariana, etc.

Faça a si mesmo as perguntas certas:

  • Quais receitas eu faço melhor?
  • Eu sou melhor para fazer pratos ou sobremesas?
  • Adquiri uma técnica refinada específica na cozinha?
  • O que eu quero passar para meus alunos?

Depois de ter definido o seu conceito e o que você quer ensinar ou não, você pode chegar ao cerne da questão: criar sua aula.

Escreva uma resumo do seu curso

O know-how de um chef com estrela Michelin mostra o estilo de vida francês em todo o mundo. Pense nos recursos necessários para todos os seus alunos ou peça para eles tragam os seus.

Para ministrar uma aula de culinária, é importante saber para onde você está indo!

Para fazer isso, elabore um resumo do curso, uma espécie de ficha descritiva, com o conteúdo programático e outros detalhes, como:

  • A duração do curso: uma aula de uma hora e outra aula de três horas, é óbvio, são bem diferentes. Seu curso deve ser estruturado de acordo com a sua duração. Tenha cuidado para não sobrecarregar com muita informação ou, pelo contrário, acabar o conteúdo meia hora antes do fim …
  • Local do curso: Você pode dar aulas na sua casa, na casa do aluno, em um laboratório ou na cozinha de um restaurante privado. Se estiver em casa, preste atenção aos padrões rigorosos de higiene a serem respeitados.
  • Objetivos a atingir: terminar um prato e uma sobremesa no decorrer do tempo, conseguir utilizar produtos sazonais em três receitas diferentes, dominar as principais regras de harmonização de vinhos, etc. Lembre-se de manter os objetivos atingíveis pela maioria de seus alunos, dependendo do nível deles.
  • Materiais necessários: utensílios, produtos, ervas, especiarias e avental! Certifique-se de não esquecer nada de acordo com a sua receita e o material que vai usar.
  • Receitas a seguir: ei! Se você pedir a seus alunos para fazerem um bife bourguignon, você precisa conhecer a melhor a receita e saber isso na ponta da língua e dos dedos!

Fazer um resumo geral do seu curso permite que você veja com mais clareza como vai criar seu próprio curso.

Depois de ter todos esses elementos, você pode atacar o assunto principal, ou seja, o conteúdo.

Especifique cada etapa a seguir

Em geral, antes de fazer uma refeição gourmet e saborear uma boa comida, devem ser seguidos três passos, e que precisam ser detalhados a seus alunos:

  • A preparação: lembre-se de indicar quais utensílios são essenciais, quais produtos serão usados ​​na receita e em qual quantidade, detalhe as técnicas necessárias!
  • O cozimento: no forno, em banho-maria, em uma panela, em uma frigideira … Que temperatura, quanto tempo, que cor deve ser o produto, como você vê que está cozido … Tantas dicas indispensáveis ​​para ajudar seus alunos.
  • A montagem: Para um curso completo, dê aos seus alunos algumas ideias de montagem para valorizar os produtos no prato e fazê-los querer saboreá-lo.

Aprender a cozinhar como um verdadeiro chef exige paciência, organização e metodologia. Estas são as qualidades que você deve transmitir aos seus alunos e, para isso, seja intransigente!

Nosso conselho é que você registre suas as dicas e truques para dar ao longo da preparação, culinária e treinamento.

Além disso, sugerimos que você tire fotos de sua receita. E caso você tenha um “ajudante”, pode até pedir a ele para filmar suas ações técnicas durante a realização da receita.

As fotos e os vídeos podem ser usados ​​para enviar um resumo aos alunos, além da própria receita, para que eles acompanhem seu curso.

Defina o conteúdo do seu curso

Para se tornar um grande chef, você tem que sujar as mãos! Você pode sugerir uma degustação após a aula!

Agora que você tem o conteúdo do seu curso, é hora de formalizar sua aula. Vários elementos devem ser definidos antes de poder ativar as papilas gustativas do seu primeiro aprendiz de culinária gastronômica ou de culinária molecular:

  • O preço: dependendo da duração do seu curso, o preço varia. Também varia dependendo do conteúdo que você oferece. No Superprof, uma aula de culinária geral custa, em média, 62 reais por hora. Isso obviamente depende da formação, da experiência e da localização geográfica do professor. Os preços podem duplicar de acordo com o ensino. Uma aula de confeitaria precisa custar um pouco mais, por exemplo. Tente manter a média dos cursos ministrados e ofereça seus serviços no Superprof detalhando sua oferta 😉
  • O número de pessoas: você pode querer dar apenas aulas particulares, pelo menos para começar, se achar que é um pouco difícil ensinar para um grupo de alunos. Se você der aulas para várias pessoas ao mesmo tempo, é importante limitar o número de pessoas. Se você tem o lugar, faça de acordo com ele. É verdade que uma cozinha pequena não acomoda uma multidão de estudantes; já um laboratório de cozinha especializado acolhe uma dezena de aprendizes.
  • A degustação: Você propõe aos seus alunos que comam o que eles criaram no final da aula ou que eles apenas realizem a sua receita? Você deve levar este parâmetro em conta ao calcular a duração do seu curso.
  • O diferencial do seu curso: para expandir sua clientela e atrair alunos, você pode intervir e criar workshops personalizados, por exemplo para uma festa de despedida de solteiro, para uma empresa como trabalho de equipe, como seminário ou na noite com os amigos. Você também pode, por que não, oferecer bons presentes para clientes que gostariam de oferecer o conceito a um de seus parentes. Liberte sua imaginação para personalizar sua oferta e expandir seu mercado!

Em síntese:

  • Cozinhar para você e seus amigos e dar aulas de culinária em casa não é a mesma coisa! A segunda opção requer um pouco mais de organização!
  • Torne-se um especialista em uma área antes de começar a conduzir uma aula de culinária.
  • Defina bem seu conceito e sua configuração: dar um curso de principiante não é o mesmo que ensinar confeitaria a um grupo que intermediário.
  • Seja organizado e metódico! Um resumo com a duração, o local, os objetivos a serem alcançados, o material necessário e a receita do seu curso é essencial para ver com mais clareza.
  • Mantenha o mesmo rigor para organizar seu curso, desde a preparação até a montagem, passando pelo cozimento.
  • Por fim: não se esqueça de definir o seu público-alvo e a sua oferta de curso adaptada a ele.

Quem sabe o próximo Rodrigo Hilbert pode estar nas suas aulas de culinária!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar