"Gastronomia é a arte de usar comida para criar felicidade." - Theodore Zeldin

Segundo o portal Terra, nos últimos 15 anos, a área de gastronomia teve um forte crescimento no Brasil, dentre os cursos de ensino superior. De acordo com um levantamento feito pelo Inep/MEC, as faculdades especializadas em gastronomia cresceram 64%, entre os anos de 2010 e 2016. Além disso, no último dado divulgado pelo órgão, o número de alunos matriculados no curso ao redor do Brasil era 27.724. Com tanto interesse no setor, foi possível notar uma mudança nas televisões brasileiras também: nesse período, mais de 100 programas de culinária foram adicionados à programação - tanto na televisão aberta, quanto na fechada.

Portanto, as aulas de culinária estão em alta! Aproveite e leia nossas dicas para dar aulas de culinária em casa!

Os melhores professores de Culinária disponíveis
Harry
5
5 (143 avaliações)
Harry
R$80
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Maria alice
5
5 (94 avaliações)
Maria alice
R$20
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Claudia
5
5 (26 avaliações)
Claudia
R$120
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Thiago
5
5 (12 avaliações)
Thiago
R$85
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Milene
5
5 (11 avaliações)
Milene
R$80
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Chef alessandro
5
5 (8 avaliações)
Chef alessandro
R$50
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Jussara
5
5 (9 avaliações)
Jussara
R$85
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Alberto
5
5 (21 avaliações)
Alberto
R$50
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Harry
5
5 (143 avaliações)
Harry
R$80
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Maria alice
5
5 (94 avaliações)
Maria alice
R$20
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Claudia
5
5 (26 avaliações)
Claudia
R$120
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Thiago
5
5 (12 avaliações)
Thiago
R$85
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Milene
5
5 (11 avaliações)
Milene
R$80
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Chef alessandro
5
5 (8 avaliações)
Chef alessandro
R$50
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Jussara
5
5 (9 avaliações)
Jussara
R$85
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Alberto
5
5 (21 avaliações)
Alberto
R$50
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Vamos lá

Como preparar seu curso de gastronomia em casa

Um chef preparando massa fresca
curso culinaria: Qual é a sua especialidade? Se você domina perfeitamente a preparação de massas frescas, pode transformá-la em um prato!

Antes de procurar seus primeiros alunos, você precisa pensar sobre o que deseja como conceito para seu curso gastronomia. Não basta querer para se tornar um bom professor de culinária! Você precisa ter certeza de sua experiência e habilidades antes de pensar em ensinar.

Você não precisa necessariamente ter uma formação superior em gastronomia ou trabalhar por 10 anos ao serviço de um grande chef, mas se você não conhece o básico de cozinha e as técnicas culinárias mais simples, deixe pra lá: você não vai poder ensinar.

Nem todos os seus alunos serão do mesmo nível, a menos que você esteja lidando somente com iniciantes. Nunca pare de praticar e aprender novas técnicas. Isso é um dos segredos para se tornar um grande professor.

Você tem um conceito?

Ok, você quer dar aulas de culinária, mas cozinhar compreende um universo imenso. É como dizer que você quer ensinar esportes. Sim, mas qual especialidade?

Você pode oferecer aulas de culinária geral ou se concentrar em uma especialidade:

  • Aula de culinária regional brasileira,
  • Aula de culinária japonesa,
  • Aula de culinária italiana,
  • Aula de culinária tailandesa,
  • Curso de confeitaria
  • Gastronomia molecular,
  • Cozinha vegana,
  • Cozinha gastronômica,
  • Cozinha internacional,
  • Cozinha do dia a dia...

Definir o conceito do seu curso torna tudo mais fácil para você. Você não precisa ser bom em todas as áreas da cozinha, mas é aconselhável ser bom na(s) especialidade(s) que você escolher.

E se você começar pelas necessidades do seu aluno?

Definido o seu conceito, o ideal é personalizar o curso ao máximo possível. Se um aluno entra em contato com você, geralmente é com um objetivo muito específico:

  • Fazer uma receita com os ingredientes da própria geladeira,
  • Aprender a comer com saúde,
  • Conhecer receitas simples e rápidas para toda a família,
  • Criar um menu completo para um aniversário ou uma ocasião especial
  • Oferecer um jantar degustativo original,
  • Aprender a fazer sushi,
  • Aprender confeitaria
  • Fazer especialidades brasileiras

Partindo do objetivo do aluno, é mais fácil estruturar sua aula de culinária e oferecer aconselhamento personalizado.

Um homem preparando sushis
Qual é o conceito de suas aulas de culinária? Quanto mais especializado você for, melhor se sairá diante da concorrência!

Crie uma estrutura para seu curso!

Para economizar tempo na preparação de suas aulas, recomendamos que você estabeleça uma estrutura comum e a adapte ao objetivo do aluno.

Para cada oficina de culinária, escreva o programa do curso de acordo com o objetivo e o conceito:

  • Duração: você não consegue passar a mesma quantidade de informações em uma ou em três horas de uma oficina de culinária. Tenha o cuidado de estruturar o seu curso de acordo com a duração para evitar que você não saiba o que dizer meia hora antes do final ou, ao contrário, não consiga completar a receita ...
  • O objetivo do curso: fazer uma receita de sucesso, fazer um menu de sobremesa, oferecer produtos sazonais em três receitas, entender a harmonização de comida e vinho... Mesmo que os objetivos dos seus alunos possam variar, cada um de seus cursos deve ter um objetivo em si,
  • O número de alunos: você pode dar aulas para vários alunos. Mas atenção: lembre-se de adaptar a duração e conteúdo e se preparar para ajudar duas ou mais pessoas simultaneamente a fazer a receita. Este parâmetro tem influência na duração do curso, que deve ser maior,
  • Os materiais necessários: anote os utensílios e alimentos de que vai precisar para realizar o curso; não deixe para a última hora!
  • A receita a seguir: se seu aluno quiser fazer a receita de uma salada gourmet, um cordeiro assado ou um risoto, não só você terá que dominar a receita na ponta dos dedos praticando antes, mas, além disso, deverá ser capaz de fornecer a receita para o seu aluno.

Não se esqueça de refazer a receita antes de dar a aula e anote todos os passos para não esquecer de nada. Lembre-se de destacar dicas e conselhos importantes para seus alunos.

Quer fazer curso de confeitaria online?

Hora da aula de culinária

Antes de começar a aula particular, chegue a um acordo com o seu aluno: ou você compra os ingredientes e ele paga o excedente, ou você dá a ele uma lista de compras e ele se encarrega de comprar o que você precisa.

A fim de se preparar o melhor possível para a aula, dê também a ele a lista de utensílios de que ele precisará, a menos que você traga os seus próprios. Você pode pedir ao seu aluno para enviar uma foto da cozinha dele para que você possa ver como o espaço está organizado, para que ele possa trabalhar com mais facilidade.

Pergunte também se ele tem forno, micro-ondas e forno elétrico ou a gás. Dependendo do equipamento, as receitas podem variar e também os tempos de cozimento.

Durante uma aula de culinária caseira, há três etapas a seguir:

  • Preparação dos alimentos: limpar os legumes, descascar, picar, cortar em juliana, desossar uma ave, marinar o salmão, descascar os tomates, bater claras em neve ...
  • Cozinhar: em banho-maria, escaldar, guisado, ferver, fritar, assar...
  • Molho: no final do curso, é hora de temperar a comida no prato para deixar tudo apresentável de maneira a dar vontade de saborear tudo.
Pessoas picando pimentão
Como acontece uma aula de culinária? Cada receita começa com a preparação dos ingredientes.

Cada etapa é uma oportunidade de ensinar vocabulário culinário ao aluno e aconselhá-lo sobre como melhorar a receita. Cozinhar como um chef significa ser paciente, organizado e metódico. Seguimos passo a passo, limpamos nosso espaço de trabalho em cada etapa, mantemos o foco e não esquecemos um preparo no forno.

Ao redigir a ficha técnica de sua receita, não hesite em anotar qualquer conselho que possa dar ao aluno em cada etapa da preparação. Isso garante que você não se esqueça de nada ao praticar antes da aula.

Você cozinha ao mesmo tempo que seu aluno?

Você tem três opções ao dar aulas de culinária:

  • Você cozinha e o aluno observa você e faz anotações,
  • Você cozinha juntamente com ele, seguindo o que você faz,
  • Seu aluno cozinha, você diz a ele o que fazer e o ajuda quando ele precisa.

A primeira e a segunda possibilidades são mais adequadas a cursos ministrados a vários alunos. Também é mais fácil fazer essas duas maneiras em uma sala/cozinha com uma superfície de trabalho adequada.

A terceira possibilidade é recomendada quando você ensina em casa. A cozinha do aluno geralmente não permite que duas pessoas cozinhem ao mesmo tempo. Portanto, é melhor lhe dizer o que fazer e acompanhá-lo em cada passo da receita.

Adapte-se a um novo espaço de trabalho todos os dias

A principal dificuldade que você encontrará ao dar aulas em casa é se adaptar a um novo ambiente de trabalho a cada vez.

Algumas cozinhas são espaçosas e perfeitamente adaptadas. Outras são limitadas e exigem da sua imaginação e organização perfeita para concluir com sucesso sua aula de culinária. Alguns de seus alunos não tem todos os equipamentos ou talvez não tenham os mais adequados.

Seu papel é se adaptar e oferecer o melhor ao seu aluno. Você pode ajudá-lo a cozinhar em qualquer ambiente.

O acompanhamento após a aula de culinária

Uma pia de uma cozinha
Como se adaptar a cada ambiente de trabalho? As cozinhas nem sempre são espaçosas e adequadas para cozinhar!

Se desejar, você pode fornecer um resumo para seu aluno no final da aula, para que ele possa manter um registro de tudo o que aprenderam naquela sessão.

Pode ser um curso único ou pontual, mas se você tiver alunos regulares, terá que pensar no acompanhamento de seu aprendiz. Por exemplo: se o objetivo é aprender dez receitas rápidas e fáceis de reproduzir em casa, ele vai precisar de dez aulas com você.

É fundamental dar um feedback sobre seu aprendizado para que ele possa ver seu progresso. Você pode fazer isso na forma de um resumo de todas as técnicas e receitas aprendidas. Você também pode filmar a si mesmo e tirar fotos para que ele acompanhe o que aprendeu e possa replicar facilmente as receitas.

No final das dez aulas, reserve um tempo para fazer um balanço com ele e perguntar o que ele achou de suas aulas e de seu ensino. Isso permitirá que você melhore a cada novo aluno.

Então, pronto para dar aulas de culinária em casa?

>

A plataforma que conecta profes particulares e alunos

1ª aula gratuita

Gostou desse artigo? Deixe uma nota!

5,00 (1 note(s))
Loading...

Fernanda

Socióloga e mestre em Letras Modernas pela Sorbonne. Entre França e Brasil, trabalho com jornalismo e projetos socioeducativos há 20 anos. Apaixonada por música, cinema e yoga. Acredito na cultura e na educação como pilares de transformação da sociedade.