Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Saiba tudo sobre as tarifas de cursos da língua espanhola

De Anna, publicado dia 31/07/2017 Blog > Idiomas > Espanhol > Quanto ganha um professor de espanhol?

Falada por mais de 500 milhões de pessoas e o segundo idioma mais utilizado no mundo todo, de acordo com estimativas, o espanhol se tornará a língua da área de negócios e oportunidades.

A língua de Cervantes tem cada vez mais ganhado espaço e tornado seu aprendizado algo incontornável.

Para os brasileiros, em especial, esse processo é mais pratico do ponto de vista geográfico, uma vez que o nosso país está cercado de vizinhos latinos hispanofalantes. Além do mais, a proximidade entre o português e o espanhol não é nenhuma novidade para nós que muita das vezes, mesmo sem ter conhecimentos da língua, conseguimos compreender muito bem nossos hermanos. Quem aí nunca se gabou de falar “portunhol”?

Brincadeiras a parte, por que não usarmos essa vantagem natural para aprendermos esse vernáculo tão belo e sedutor? As opções variam desde pegar aulas particulares, aulas em escolas de idiomas, curso de espanhol online, aprender por conta própria, etc. O importante é saber que existem muitos meios, basta escolher o que mais se adapta a sua rotina diária.

Mas se o seu caso for diferente e você já possuir conhecimentos aprofundados em espanhol e desejar dar aulas de espanhol, não se preocupe! Há um lugar ao sol dedicado a você. Com o crescimento da demanda por cursos particulares, esse pode ser o momento ideal para começar a lecionar.

Se possui um nível muito bom de espanhol e é reconhecido por suas qualidades pedagógicas, você poderá se tornar professor de espanhol. Mas quais seriam os primeiros passos administrativos e financeiros a seguir?

Quais critérios levar em conta para fixar o preço das aulas?

Fixar uma tarifa de curso de espanhol não é uma tarefa fácil e não pode ser feita de qualquer maneira. Para o fazer, leve em conta quatro critérios:

Seu nível

Prpponha cursos que combinem com o seu nível de formação Seu nível definirá qual o tipo de aula que vai dar e o tipo de aluno.

Qual é o seu nível de espanhol?

Se você tiver um bom nível e estiver apto a dar aulas de espanhol para estudantes do ensino fundamental e médio, não seja muito ganancioso! Você deve propor cursos com excelente relação preço x qualidade.

Talvez os alunos se atraiam mais por professores nativos ou certificados. A língua de Cervantes é sua língua materna? Você é bilíngue? Possui dupla nacionalidade?

Crie um anúncio que exalte suas características pessoais. Um perfil hispanófono chama muito mais atenção e isso fará com seus alunos tenham a impressão de estar aprendendo com um professor nativo sem precisar sair do país.

Se você é latino, ou já viajou pela América Latina ou Espanha, não deixe de mencionar isso. Diga que você poderá contribuir para o enriquecimento não somente gramatical, mas também cultural do seu aluno.

Um professor de nível intermediário pode cobrar valores que variam desde 35 a 60 reais, conforme a qualificação, a nacionalidade (se é nativo ou não), se faz aula presencial ou à distância (ou os dois)…  Já um professor de nível avançado por ir um pouco mais além e cobrar em média 70 reais a hora/aula. Tudo dependerá do seu perfil, logo cabe a você avaliar a sua situação e propor um preço justo.

Na plataforma Superprof, por exemplo, Amanda oferece cursos por 30 reais a hora/ aula, porém Juan, enquanto professor nativo e certificado, oferece o mesmo por 70 reais hora/aula.

Seus alunos serão sua melhor propaganda! Invista seu tempo para fazer um bom anuncio e conseguir novos alunos.

Suas experiências devem ser igualmente levadas em consideração quando o assunto é competência para ser professor de espanhol (como dar aula?). Se for for debutante, não poderá cobrar um valor muito alto. Em geral, os alunos são mais atraídos por professores experientes, mas se esse não for o seu caso, busque estabelecer uma tarifa mais baixa. Assim você vai conseguir alunos e com eles experiência para enriquecer seu currículo.

Se, todavia, você dispõe de anos de experiência, está liberado para aumentar o valor da tarifa cobrada para 70 reais, conforme as estatísticas.

Seus alunos

Seu aluno precisa reforçar suas competências linguísticas para o vestibular? Para seus estudos universitários? Para um exame? Para viajar e se comunicar com os nativos?

Se seu estudante deseja simplesmente se familiarizar com a língua espanhola antes de partir em férias para algum país da América latina ou Espanha para uma imersão total no idioma, seu trabalho será mais leve comparado ao trabalho que teria se fosse o formar para um exame importante.

De fato, um aluno debutante exigirá bem menos esforços da sua parte que outro aluno que necessite passar exames como DELE, por exemplo.

Se o seu pupilo quiser apostar todas as suas fichas para passar em um vestibular, você poderá facilmente usar provas e correções dos anos anteriores. Fundamente suas aulas na compreensão oral e escrita, expressão oral, pronúncia e vocabulário.

Se você tiver que ensinar espanhol para negócios, ou fazer com que um aluno se torne bilíngue, você deverá adaptar seu curso.

Enfim, as tarifas devem ser adaptadas às necessidades do estudante, bem como a frequência das aulas devem ser levadas em consideração. Se a demanda for por curso várias vezes durante a semana ou durante os finais de semana, o valor a ser cobrado não será o mesmo. Para aulas nos finais de semana, pode ser cobrado 10 reais adicionais, por exemplo. Se o que ele quer é aulas regulares seja de dia ou à noite ou cursos intensivos, proponha uma tarifa atrativa. Um aluno fiel merece ser recompensado!

Você pode também oferecer a primeira aula grátis como vários outros professores o fazem no Superprof!

Sua localização

O deslocamento do professor interfere diretamente no valor do curso Antes de fixar seus valores, fique atento à distância entre o local onde será a aula e a sua casa.

A localização é o último critério a ser levado em conta

Se você morar em alguma cidade grande ou capital no Brasil, poderá cobrar uma tarifa mais elevada  em relação aos outros que moram em outras cidades.

Mas não esqueça que você pode também propor cursos à distância seja por Skype ou qualquer outra plataforma de videos chamadas online. Isso fará com que você ganhe tempo e poupe despesas de deslocamento. Fazer os dois permitirá a você otimizar seu trabalho e aumentar seu número de alunos de espanhol.

Quais são as tarifas de um professor de espanhol?

Se você leu tudo até agora, compreendeu quais os critérios a serem aplicados na hora de cobrar um preço justo pelas aulas lecionadas, como o tipo de curso a ser dado, os objetivos do aluno, presencial ou à distância…

Para ser um bom professor de espanhol você deve ficar atento às necessidades dos discentes e os valores se acordarão.

Segundo um estudo recente, ser metódico, pontual, organizar seus cursos e ser criativo estão entre as qualidades primordiais de um educador.

Mais criativo ou segundo o método tradicional de ensino, adapte-se para que seu pupilo possa progredir!

Se você conseguir visualizar qual o tipo de trabalho que deve ser feito, ficará mais fácil estipular um valor.

Mas, enfim, quais os preços utilizados de verdade?

Média no Brasil

A média aplicada no Brasil é de 55  reais a aula. Mas não se esqueça de que esse valor pode variar segundo a experiência do profissional, o nível e a localização precisa do professor.

Média nas grandes cidades

Não é nenhuma surpresa que se você residir em São Paulo, por exemplo, suas tarifas serão mais elevadas chegando a uma média de 60 reais a hora/aula, segundo o seu perfil.

Se, porém, você vem de uma cidade pequena, os valores aplicados devem ser mais baixos, de acordo com a sua qualificação, podendo variar entre 30 e 45 reais a aula.

Tarifas mais elevadas

Os preços podem se elevar se você cumular vários critérios e qualificações: um professor que more em São Paulo, que tenha 10 anos de experiência e diplomas poderá propor cursos por 70 reais a hora. Você deve, portanto, verificar quais quesitos você cumpri antes de estabelecer suas tarifas.

E não se esqueça  de apresentar as provas de sua experiência e formação!

Tarifas mais baixas

Em outra mão, um professor que more em uma pequena cidade, com pouca experiência e sem diploma deve acordar suas tarifas. Esse valor pode variar de 20 a 35 reais cada uma das aulas de espanhol para iniciantes ou nível mais avançado.

Como funciona a fixação de tarifas?

Qual o tipo de curso que o seu aluno deseja? Os valores dependem disso e de outros fatores. O preço é uma variável na vida de um professor. Ele vai depender do tipo de curso e nível.

Assim que você decidir se tornar professor de espanhol, duas opções serão apresentadas: se inscrever em uma escola de idiomas ou em uma plataforma online.

Escola de idiomas

Nas escolas de idiomas, as tarifas são fixadas segundo tabela própria da instituição. Isso é positivo porque significa que você não precisa se preocupar com valores, mas ao mesmo tempo é negativo, pois não leva em consideração as características pessoais do profissional. O valor é estipulado e aplicado a todos de maneira igual, conforme, é claro, o tipo de aula (como preparar as suas de espanhol?).

Plataforma online

Mas se você preferir se inscrever por conta própria numa plataforma de ensino online, como o Superprof por exemplo, você terá mais flexibilidade quanto às tarifas. Caberá a você decidir quanto vale o seu trabalho!

Quais as escolhas jurídicas para propor o melhor preço?

Se você decidiu se lançar nessa aventura, convém saber como funciona o pagamento dos impostos relativos ao trabalho prestado.

Filiação a uma escola

Mais uma facilidade de trabalhar com um organismo, todo e qualquer imposto que você deverá pagar será deduzido do seu salário como professor. Para tanto é necessário que você possua a famosa “carteira assinada”, ou seja, que você esteja sob o regime da CLT – Consolidação das Leis do Trabalho.

Trabalhador autônomo

Como trabalhador independente, caberá a você declarar seus rendimentos e pagar os impostos devidos. Fique atento aos prazos e formulários a preencher no site da Receita Federal.

 

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (média de5,00 sob 5 de 2 votos)
Loading...

Deixe um comentário

avatar