Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Devemos dançar desde a infância?

De Fernando, publicado dia 15/09/2018 Blog > Artes e Lazer > Dança > Com que idade devemos entrar na escola de dança?

As aulas coletivas são sempre muito populares nas academias e escolas de dança. Esse tipo de atividade é muito procurado por ser mais do que um exercício físico, trazendo também benefícios para a socialização, criatividade e concentração.

Você com certeza conhece pessoas que já fizeram Zumba e gostaram de suas músicas animadas, passos fáceis e turmas sempre cheias. Além disso, o balé faz parte da infância de várias crianças, trazendo flexibilidade e disciplina. E essas são apenas dois exemplos de danças esportivas que exigem algum treinamento.

Mas é possível embarcar em aulas de dança em todas as idades? Oficinas de dança podem trazer um despertar para essa arte, inclusive com aulas para idosos e adolescentes, que estão em busca de descobrir como aprender a dançar.

E não importa a idade, sempre é possível aprender um movimento novo!

é valido colocar as crianças nas danças? A dança infantil pode ir além do balé

Registre seus filhos em aulas educativas

Praticar esportes às vezes pode ser difícil e pode-se imaginar se isso pode realmente beneficiar as crianças.

A resposta é que a atividade física obviamente não é proibida para crianças, pelo contrário, mas você deve saber como dosar .

A prática da dança não é exceção.

Centros de dança, como escolas de dança, conservatórios ou mesmo as academias, costumam impor um limite de idade para iniciar aulas de dança . Estima-se que cerca de 6 anos é a idade mínima para começar a aprender a dança.

Os pequenos podem aprender a se mover com ritmo também!

Mas isso significa que é impossível inscrever jovens em aulas de dança? Claro que não.

Existe uma alternativa às aulas de dança mais pesadas para quem está começando. Também usado na música, o despertar para a dança permite descobrir a dança suavemente para os mais pequenos, assim como as aulas de musicalização.

Esses cursos, então, evitam posturas de trabalho muito complicadas e inadequadas para crianças cujo desenvolvimento muscular e ósseo ainda não está completo.

As sapatilhas de ponta na dança clássica também são proibidos para crianças menos de 6 anos. Exercícios muito intensos poderiam ter um impacto na saúde das crianças – elas precisam se divertir em primeiro lugar, para assim sentirem satisfação ao dançar.

As aulas de conscientização corporal incluem exercícios para ajudar as crianças a descobrirem seus corpos e movimentos no espaço. Coordenar seus movimentos, em seguida, torna-se o principal objetivo que o professor de dança tem para ensinar os alunos.

Mas sem obrigação de resultados. A criança deve primeiro descobrir a prática da dança e não se sentir obrigada a fazer algo que não é de seu gosto.

Em uma entrevista para o jornal Le Monde , o psiquiatra francês Patrice Huerre explicou que ” isso só funcionará se a atividade for considerada um jogo, uma diversão”. E isso só mostra que não existe idade para começar.

As aulas de dança nunca devem ser vistas como uma restrição para a criança , independentemente da idade. A maioria do programa é, portanto, realizada por professores de dança de acordo com os jogos e a realização de espetáculos criados para crianças.

Conheça seu corpo para dançar Sem pressão, a criança que dança pode se tornar profissional

Comece a aprender a dançar aos 6 anos

Aprender a dançar começa com a idade de 6 ou 7 anos . Muitas instituições oferecem aulas de dança para iniciantes adaptadas à idade. A maioria dos estudantes dessa idade é iniciante, embora alguns tenham participado de aulas de conscientização corporal.

O professor geralmente recomeça tudo do zero para não fazer diferença entre crianças que já realizaram alguns exercícios físicos antes e as que estão entrando agora na vida de bailarino.

Aos 6 anos, as aulas de dança se tornam mais técnicas. A partir desta idade, as aulas tornam-se mais técnicas sem se tornar um esporte radical.

As aulas de dança se alternam entre os movimentos e expressão corporal. Porque a dança é tanto uma disciplina artística quanto o esporte.

As articulações das crianças estão prontas para apoiar posições mais complexas, mas você ainda precisa ir com tranquilidade.

Também procuramos desenvolver uma cultura artística geral em crianças pequenas para abrir seu horizonte e desenvolver sua imaginação.

É também nesta idade que as crianças podem escolher entre diferentes estilos de dança (dança clássica, jazz moderno, introdução ao hip hop, aulas de zumba, etc.).

Pode ser interessante inscrever seu filho em um curso de descoberta de dança para aprender diferentes estilos . Haverá tempo nos anos a seguir para escolher uma especialidade (salsa, dança de salão, breakdance, danças tradicionais, valsa, flamenco, tango, etc.).

Começar as aulas de dança nessa idade também é uma boa maneira de gastar a energia das crianças e socializá-las fora da escola . Pode deixá-los se sentindo bem depois da escola e ser capaz de fazer novos amigos.

Mas cuidado, se a criança se sentir forçada a ir à aula de dança, isso terá o efeito oposto. Seu filho pode não gostar da dança e se calar.

Por isso, é importante conversar com o professor de dança para conhecer o interesse de seu filho e sua evolução ao longo do ano. E claro, fale com a pessoa em questão, a criança deve ser ouvida!

Os benefícios da dança estão bem estabelecidos e são muito claros.

Dançar é bom em toda idade Já pensou em fazer uma aula de break?

Interesse os adolescentes na dança

Muitas vezes, na adolescência, as crianças optam por iniciar aulas de dança. Por paixão, seguir um interesse amoroso, por um futuro profissional, todos os motivos podem levar os adolescentes a escolher a dança.

E obviamente não é tarde demais para começar .

Muitas escolas de dança ou associações oferecem aulas para adolescentes de todos os níveis (iniciante, intermediário, avançado). Assim, os jovens não se perdem entre os menores ou maiores e fazem turmas com pessoas de idades próximas e socializar.

Porque na adolescência também procuramos desfrutar de lazer extracurricular para fazer amigos. As danças modernas de jazz e hip hop costumam ter uma boa reputação junto aos jovens. Mas alguns também são dedicados à dança clássica.

Aulas de dança para adolescentes devem ser dinâmicas!

Começar a dançar quando adolescente é uma boa maneira de canalizar sua energia e exercício . As articulações ainda são flexíveis e podem fazer muito movimento.

A coisa mais difícil para alguns adolescentes dançarem é manter o foco e ter uma boa motivação para comparecerem às aulas.

A adolescência é uma época em que a pessoa procura a si mesma. Alguns alunos começam as aulas de dança e querem parar durante o ano. O professor de dança deve encontrar o caminho certo para manter os jovens motivados.

Isso pode ser feito reproduzindo coreografias de celebridades ou deixando que a música que os jovens queiram usar seja escolhida .

Muitos filmes apresentam dança, como os famosos filmes Dança Comigo, Ela Dança Eu Danço e muitos outros.

No entanto, as aulas de dança não correspondem necessariamente ao que os jovens vêem no cinema. Devemos, portanto, dialogar com eles desde o início para conhecer suas expectativas para guiá-los bem.

Dançar entre adultos é bom para a socialização O palco pode ser o seu lugar!

Comece a dançar como adulto

Aprenda a dançar aos 40, 50 ou até mesmo 60? E porque não?

Isto é mais uma vantagem do que uma desvantagem porque os ossos são bem formados e fortes para suportar todos os tipos de movimentos.

Claro que para isso você tem que estar fisicamente em forma, mas nada impede que você tenha aulas de dança como um adulto.

A única dificuldade pode estar no nível de flexibilidade. Com o tempo, as pessoas perdem a flexibilidade. Os alongamentos podem ficar mais difíceis e os movimentos precisam ser bem planejados para a boa execução.

Não há idade para começar a dançar! No entanto, é apenas uma questão de voltar à forma para poder fazer as aulas de dança – e entender como serão as primeiras aulas para um bailarino.

Também devemos encontrar a estrutura certa. Associação, escola de dança, oficina de dança, todos os meios são bons. Aulas para adultos iniciantes são frequentemente oferecidas nesses estabelecimentos.

E se você está muito longe de uma escola de dança, pode sempre olhar para os professores particulares de dança.

E acima de tudo, tenha confiança em si mesmo!

Muitas vezes, tendemos a pensar, de maneira errada, que é tarde demais para iniciar uma atividade como um adulto. Muitas vezes falta tempo e achamos que precisamos conversar com outros alunos.

Enquanto o mais importante é ganhar autoconfiança e aprender a movimentar seu corpo . A dança é uma atividade artística que possibilita ser liberada, é preciso aproveitá-la.

Não desanime se você não pode dar um passo de dança ou salsa nas primeiras horas de aula. Tempo deve ser permitido ao tempo – e não faltam dicas para quem quer começar.

Salsa, merengue, samba, tcha tcha tcha, country, jazz, valsa, tango, hip hop, dança de salão, dança do ventre, rumba, break dance, dança contemporânea, todas as danças são possíveis.

Preparação, aquecimento e alongamento são etapas essenciais, inclusive se você está iniciando a dança, aulas em grupo ou aulas particulares. Você terá que treinar regularmente para obter um bom nível físico, mas certamente esse momento vai chegar.

Por exemplo, você também pode dançar fora do horário de aula em um estúdio de dança ou à noite. É bom ser um adulto!

Agora é a hora de pensar as suas prioridades, buscar as melhores referências, calçar as sapatilhas ou sapatos e sair para dançar – e não importa a idade, o material de dança é essencial e precisa ser bem escolhido!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar