Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

O que você precisa saber para se sair bem na prova de português do ENEM

De Glicia, publicado dia 22/12/2017 Blog > Apoio Escolar > Português > Saiba como se preparar para a prova de língua portuguesa

Em 1998 o Ministério da Educação (MEC) criou o Exame Nacional do Ensino Médio, conhecido como ENEM. O intuito desse exame é avaliar o desempenho dos estudantes ao fim da escolaridade básica. O exame é hoje em dia a forma mais democrática e acessível de ingressar no ensino superior.

Um dos diferenciais da prova do ENEM é a interdisciplinaridade das questões, cuja principal proposta é avaliar os estudantes pelo seu raciocínio lógico, assim como pelos conhecimentos e habilidades adquiridos no ensino médio. O exame acontece todos os anos desde a data de criação, e é disponibilizado em todos os estados brasileiros.

O objetivo principal do exame é avaliar a qualidade do ensino no país a fim de orientar a elaboração de políticas públicas na área da educação. Os estudantes podem usar os resultados obtidos no exame para participar de programas de bolsas de estudo parcial ou integral (PROUNI – Programa Universidade para Todos); obtenção de financiamento de um curso de graduação (FIES – Fundo de Financiamento Estudantil); complemento da nota do vestibular (SISU – Sistema de Seleção Unificada); ou até mesmo para prestar um concurso público.

Umas das provas mais temidas por alguns alunos é a prova de português, na qual é necessário responder questões de gramática, literatura e interpretação de texto, além de ter que fazer uma redação sobre um tema imposto. Neste artigo listamos as dúvidas básicas sobre como é o exame do ENEM, as ferramentas para estudar e se preparar para a prova de português e alguns conselhos para se sair bem e evacuar o estresse.

Como é a prova e quais as matérias exigidas?

Avaliação do ensino médio O ENEM existe desde 1998 e tem como principal objetivo avaliar a qualidade do ensino no país.

O exame do ENEM é composto por 180 questões de múltipla escolha, aplicadas em dois dias de provas que normalmente ocorrem em dois finais de semana. As questões são divididas em quatro grandes áreas do conhecimento:

  • Ciências Humanas e suas Tecnologias;
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias;
  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias;
  • Matemática, Códigos e suas Tecnologias.

Além de responder questões dessas quatro áreas do conhecimento, o estudante também é submetido a uma prova de redação, na qual deve desenvolver um texto dissertativo-argumentativo sobre um tema de ordem social, cultural, política ou científica. O texto deve conter no máximo 30 linhas e deve respeitar a norma culta padrão da língua portuguesa.

Como funciona a prova e quais são os diferentes tipos de cadernos?

Existem cinco tipos diferentes de cadernos, identificados cada um por uma cor: amarelo, azul, cinza, branco e rosa. Todos os cadernos contêm as mesmas questões, a única diferença entre eles é a ordem em que essas questões estão organizadas.

O exame acontece em dois domingos consecutivos. No primeiro domingo de prova, o candidato deve responder 90 questões. É também no primeiro dia que o candidato fará a redação. As questões são sobre:

  • Ciências Humanas e suas Tecnologias (45 questões);
  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias (45 questões);
  • Redação (texto dissertativo-argumentativo)

Na prova de Ciências Humanas o aluno reponde questões sobre história, geografia, sociologia e filosofia, e na prova de Linguagens as questões são sobre português (gramática, literatura e interpretação de texto), língua estrangeira e artes.

No segundo domingo de prova, o candidato deve responder igualmente 90 questões sobre as seguintes áreas:

  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias (45 questões);
  • Matemática, Códigos e suas Tecnologias (45 questões).

Na prova de Ciências da Natureza você responde questões de química, biologia e física. A prova de Matemática consiste em questões de matemática e lógica.

O exame do ENEM tem 180 questões A prova é dividida em quatro grandes áreas do conhecimento. No total são 180 questões, além de uma redação.

Como citamos no início do artigo, o ENEM tem como particularidade a interdisciplinaridade das questões, ou seja, a prova exige  que o candidato utilize conhecimentos de duas ou mais áreas para responder cada questão. Mesmo nas questões de exatas, o candidato pode ser levado a recorrer aos seus conhecimentos em humanas, linguagens ou outras áreas.

No primeiro domingo a duração da prova é de 5h30 (cinco horas e meia) e no segundo domingo, a prova dura 4h30 (quatro horas e meia), ou seja, você tem em média 3 minutos para responder cada questão de múltipla escolha e por volta de 1 hora para escrever a redação e passa-la para a folha de respostas.

O que esperar da prova de português e como se preparar

O grande desafio  dos candidatos na prova de português do ENEM é a interpretação de texto. Durante muito tempo o ensino foi baseado na capacidade de memorização de conceitos, fórmulas e até mesmo trechos de livros e poemas. Hoje em dia, busca-se cada vez mais um ensino que mostre aos alunos como pensar por si próprios, e como resolver problemas e situações que não se aplicam apenas à sala de aula de portugues, mas também à vida cotidiana.

Nós sabemos que a educação no Brasil ainda não prima por sua excelência, e que ainda estamos longe dessa realidade de ensino na maioria das escolas do país. Mas, o ENEM trabalha com essa visão e o objetivo do exame, em especial da prova de português, é avaliar se o candidato sabe interpretar dados, refletir e aplicar conhecimentos em situações específicas.

Para se preparar para a prova de português – e também para as demais provas – a leitura é sua maior aliada para obter bons resultados. A leitura é uma ferramenta importante no desenvolvimento do senso crítico e analítico, por isso leia com frequência diferentes gêneros textuais. Faça fichamentos e compare as informações, em seguida tente fazer um resumo usando suas próprias palavras.

Você precisa estar ciente que existem várias formas de veicular uma informação ou comunicar uma idéia. Desta forma, é preciso saber ler todos os gêneros textuais: gráficos, tiras, mapas, cartuns, editoriais, textos literários, artigos de jornal, etc. Alguns tipos de comunicação utilizam apenas imagens e nenhuma forma verbal. Saber fazer uma análise do discurso, seja ele veiculado através de um texto escrito ou de uma imagem, é indispensável para conseguir se sair bem na prova de português.

A leitura desenvolve o senso crítico Ler com frequência e debater temas da atualidade é uma das melhores formas de se preparar para a redação.

Entender a linguagem usada no texto também é muito importante. Numa charge, por exemplo, os autores costumam usar bastante a ironia e a ambiguidade. Já num texto dissertativo, o estilo é normalmente o argumentativo e o autor apresenta argumentos e contra-argumentos para defender sua tese sobre um determinado assunto.

O candidato precisa ser um leitor competente, capaz de diferenciar todos esses elementos e de debater sobre eles. Nenhum texto é escrito sem uma intenção por trás. Se você for capaz de entender isso e conseguir “ler” as intenções do autor, você não terá nenhum problema para interpretar os textos da prova do ENEM.

Você deve estar se perguntando como desenvolver todas essas habilidades. Apesar de parecer um bicho de sete cabeças, se tornar um leitor competente, como tudo na vida, é uma questão de prática. Seguem algumas dicas que podem te ajudar nessa tarefa:

  • Debata com as pessoas à sua volta. Para se tornar um leitor competente, que não apenas lê as palavras, mas que busca entender o sentido por trás de um texto, é necessário construir o hábito de questionar. Porque a mídia está divulgando este fato ou esta informação? Porque ela foi veiculada desta forma? Qual o objetivo por traz do discurso usado? Faça esse exercício com frequência e seu senso analítico ficará cada vez mais apurado;
  • Sempre que for ler sobre um determinado assunto, separe dois ou três textos diferentes e tente fazer uma comparação entre eles. Esse tipo de exercício é interessante para mostrar como um mesmo assunto pode ser abordado de diversas maneiras e sob diferentes pontos de vista. Na prova de redação, por exemplo, o tema é embasado por textos de apoio que o candidato deve ler e interpretar antes de construir uma dissertação com seus próprios argumentos e ponto de vista.
  • Substitua o conceito de “certo” e “errado” por “adequado” ou “inadequado” para entender a linguagem e o contexto usados. Existem inúmeras maneiras de se dizer a mesma coisa. O que determina a forma escolhida é o contexto. Isso se chama adequação linguística, ou seja, cada situação demanda um tipo de linguagem apropriada e entender esse conceito te ajudará na hora de ler as questões da sua prova;
  • Não se desespere com a gramática! Diferentemente de outros concursos ou exames, no ENEM ela é abordada dentro do texto, não de forma abstrata e descontextualizada. Você precisa, obviamente, conhecer as principais conjugações verbais, bem como as regaras de concordância, acentuação e ortografia, mas não se trata de decorar e reproduzir tudo na prova. O que os corretores do exame esperam de você é que você saiba entender os efeitos de sentido transmitidos por cada uma dessas regras: causa, comparação, explicação, consequência, etc.

Oito conselhos para fazer o ENEM sem estresse

Não estude na véspera, isso aumenta o estresse. Use esse dia para descansar.

  1. Na véspera do exame, descanse bastante, se alimente corretamente e durma o suficiente;
  2. Verifique com antecedência o horário e o local da prova;
  3. Para evacuar o estresse na véspera da prova, faça algo que você goste: ir ao cinema, encontrar os amigos, jogar video-game, comer uma comida que você adora, etc;
  4. No dia do exame, certifique-se de chegar cedo ao local indicado. Isso evitará atrasos e estresse desnecessário;
  5. Não esqueça de levar sua carteira de identidade, sem ela você não poderá fazer a prova;
  6. Dê uma atenção especial à aparência do seu texto na hora de passar a redação para a folha de respostas. Os corretores costumam fazer uma rápida análise da aparência do texto antes de começar a corrigir o conteúdo. Escreva um texto limpo, sem rasuras e com letra legível;
  7. Se você sentir que está com dificuldades em uma questão, passe diretamente para a seguinte, para evitar perda de tempo. Só não se esqueça de conferir se todas as questões foram respondidas antes de entregar a prova;
  8. Organize bem o seu tempo para conseguir passar todas as repostas para o gabarito.

Esperamos que nossos conselhos e dicas possam ajudar todos os candidatos a passarem por essa fase de forma mais serena. O ENEM é um acontecimento importante para sua vida enquanto estudante e vai, certamente, influenciar na escolha da universidade onde você pretende estudar. Porém, não deixe que a ansiedade toma conta da sua mente. Estude e se dedique para não acabar nas famosas pérolas do ENEM, mas se permita momentos de descanso e lazer também.

Encontre um bom profe para seu curso de portugues no Superprof!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar