Existem alunos que nos surpreendem por sua inteligência. E existem aqueles que nos surpreendem por sua criatividade na hora de escrever a redação do ENEM, única prova que exige que o candidato escreva e discorra sobre um determinado tema. As demais questões da prova são de múltipla escolha.

São muitos os fatores que podem levar os candidatos a cometerem erros e os principais deles são a falta de preparo para as provas e o estresse. No entanto, os corretores não vão levar esses fatores em consideração na hora de corrigir a redação, então a melhor maneira de evitar que uma nota baixa é revisar muito e se preparar para o dia do exame.

A seguir preparamos algumas dicas para te ajudar a evitar erros recorrentes que aparecem nas provas de redação do ENEM.

Os melhores professores de Português disponíveis
Maria alice
5
5 (109 avaliações)
Maria alice
R$110
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Sirene
5
5 (22 avaliações)
Sirene
R$85
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Samira
5
5 (19 avaliações)
Samira
R$130
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Nina
5
5 (13 avaliações)
Nina
R$100
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Victor
5
5 (31 avaliações)
Victor
R$50
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Michele
5
5 (55 avaliações)
Michele
R$55
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Thayná
5
5 (22 avaliações)
Thayná
R$75
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Vitor
5
5 (75 avaliações)
Vitor
R$60
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Maria alice
5
5 (109 avaliações)
Maria alice
R$110
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Sirene
5
5 (22 avaliações)
Sirene
R$85
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Samira
5
5 (19 avaliações)
Samira
R$130
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Nina
5
5 (13 avaliações)
Nina
R$100
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Victor
5
5 (31 avaliações)
Victor
R$50
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Michele
5
5 (55 avaliações)
Michele
R$55
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Thayná
5
5 (22 avaliações)
Thayná
R$75
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Vitor
5
5 (75 avaliações)
Vitor
R$60
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Vamos lá

Como se preparar para a prova de redação do ENEM e evitar erros recorrentes

Para se sair bem na prova de português e, sobretudo, na de redação, é preciso se planejar e saber o que estudar. Rever os conteúdos trabalhados em sala de aula ou no curso de português é importante para se sentir mais confiante e ter maiores chances de atingir uma boa nota.

O ideal é se preparar ao longo do ano e não deixar para revisar toda a matéria na última hora. Você também pode participar de simulados para testar seus conhecimentos e descobrir o que precisa melhorar e os pontos a serem aprofundados.

Faça um bom cronograma de estudos. No hora de escrever sua redação, dê preferência a uma linguagem simples, mas que respeite a norma culta da língua portuguesa. Não se esqueça de revisar também as regras ortográficas, pois de nada adianta um texto bem escrito do ponto de vista informativo, mas cheio de erros de ortografia. Se necessário, procure ajuda de um professor particular de português. Ele poderá te orientar quanto ao conteúdo a ser revisado.

Comece agora seu curso de portugues online!

E se uma playlist de músicas que ajudam na concentração fosse a cereja do bolo para te ajudar a estudar para a próxima aula de redação?

O que é analisado nos textos na hora da correção de uma redação do ENEM?

Se você faz aula de redação de preparação para o enem, então já deve ter escutado seu professor falar durante o curso quais os critérios analisados na hora da correção dos textos do vestibular e do enem. Ficar por dentro das competências analisadas na produção é uma das melhores dicas na hora de estudar, pois ela permite ao aluno ter consciência das habilidades que ele precisa desenvolver para alcançar um bom desempenho.

As principais competências analisadas pela banca de correção de redações são:

  • Domínio da Língua Portuguesa e sua norma padrão;
  • Compreensão do tema proposto;
  • Capacidade de combinar diferentes áreas de conhecimento na hora de dissertar sobre o tema proposto;
  • Habilidade de interpretação, de escolha de argumentos, de organização de ideias e utilização coerente de dados;
  • Domínio da produção de um texto argumentativo;
  • Capacidade de elaborar uma proposta de intervenção ao problema abordado.

A seguir te ajudamos a entender melhor cada uma dessas competências.

Domínio da Língua Portuguesa e sua norma padrão

Nas redes sociais escrevemos de uma maneira muito parecida com a qual falamos. No entanto, em uma redação para o enem ou para qualquer outro vestibular, é preciso demonstrar a capacidade de escrever um texto de maneira formal. Afinal de contas, não escrevemos do mesmo jeito que falamos... só nos aplicativos de conversa mesmo!

Sendo assim, uma das primeiras habilidades que deve ser desenvolvida nos alunos que se preparam para fazer a redação do enem é a a de utilização da escrita formal utilizando a norma padrão da Língua Portuguesa.

Mão escrevendo sobre caderno
Qualquer guia de estudos para redação de vestibulares vai falar que a melhor maneira de estudar para esta avaliação específica é escrevendo e praticando. | Imagem: Unsplash

Compreensão do tema proposto

O segundo passo para ter sucesso na hora do desenvolvimento de um texto digno de um estudante do Ensino Médio é entender o que é pedido. E a primeira parte deste entendimento passa pela compreensão da temática proposta. Não adianta nada fazer um texto impecável se ele estiver completamente fora do tema.

Por exemplo, se o enunciado pedir para falar sobre uma temática relacionada ao lazer e o vestibulando confundir "lazer" (tempo que sobra do horário de trabalho) com "laser" (radiação eletromagnética monocromática), então ele fará uma redação completamente diferente do que foi pedido, e sua nota final será muito mais baixa do que seria se ele tivesse discorrido sobre o tema correto.

Capacidade de combinar diferentes áreas de conhecimento na hora de dissertar sobre o tema proposto

A cada ano acontece quase que uma "loteria" para tentar adivinhar qual será a temática da redação do Enem. Geralmente, ele está diretamente relacionado a assuntos da atualidade e por isso a importância de acompanhar as notícias do Brasil e do mundo durante o período de preparação para esta e outras provas.

Tais temas podem estar ligados a diversas áreas de conhecimento, podendo, inclusive, envolver várias delas ao mesmo tempo. Sendo assim, saber combinar conhecimentos de áreas distintas para construir uma argumentação sólida sobre o tema proposto é umas das habilidades avaliadas pelos corretores.

Habilidade de interpretação, de escolha de argumentos, de organização de ideias e utilização coerente de informações

Selecionar, interpretar, organizar e relacionar determinados conteúdos. Segundo o site do Villa Global Education, todos esses quatro verbos são fundamentais para se obter uma boa nota na redação, além de estarem relacionados à capacidade do vestibulando de "defender um ponto de vista a partir de diferentes argumentos".

Sendo assim, a dica dada pelos experts do mesmo site é a de construir um texto argumentativo-dissertativo que relacione fatos e opiniões de maneira coerente e bem argumentada. Ou seja, que o redator saiba mostrar aos avaliadores que sabe utilizar ideias dos textos apresentados ou lidos por ele anteriormente sem copiá-los.

Para fazer uma redação nota 1000 é preciso conhecer bem a estrutura do texto demandado. O vídeo acima te dá acesso ao assunto.

Domínio da produção de um texto dissertativo

Dentro de um texto dissertativo argumentativo, é preciso defender um ponto de vista, apresentando motivos para tal. Tendo isso em mente, o redator precisa se posicionar dentro da temática apresentada e apresentar argumentos sólidos para sustentar sua opinião. Se isso não acontecer, não adianta a apresentação de um português impecável, pois a nota não será elevada.

Por isso é de extrema importância que o estudante saiba a estrutura de um texto dissertativo. Além de informações adquiridas através dos professores de cursinhos ou da escola, os alunos ainda têm acesso cursos online inteiramente grátis sobre o assunto. O que não falta é material gratuito na internet sobre texto dissertativo para a redação enem.

Capacidade de elaborar uma proposta de intervenção ao problema abordado

Depois de deixar claro o ponto de vista diante da temática da redação, o aluno precisa propor um solução para o problema levantado. Esta solução também pode vir sob a forma de uma intervenção, termo mais utilizado pelos professores de preparação para o enem, já que obter uma solução definitiva para um problemas complexos é algo muito pretensioso.

As intervenções apresentadas precisam estar de acordo com os argumentos mostrados durante o texto. Elas ainda precisam interferir positivamente na vida da população como um todo, já que a maioria das temáticas lançadas no enem envolvem questões sócio-econômicas e ambientais.

O site Projeto Redação dá dicas muito interessantes para que os alunos consigam alcançar um bom desenvolvimento de uma intervenção e, consequentemente, melhorar a nota da redação. Eles apontam sete agentes que podem ser utilizados na hora de criar um parágrafo de conclusão. São eles:

  1. Governo;
  2. ONG's - Organizações não governamentais;
  3. Iniciativas privadas ou individuais;
  4. Família;
  5. Escola;
  6. Sociedade.

Tendo estes agente em mente, na hora da conclusão basta escolher um ou vários deles como encarregados de executar a proposta de intervenção apresentada. A escolha deve, obviamente, ser coerente com os argumentos apresentados anteriormente no texto.

Mulher estudando no quarto com computador
Estude a partir dos temas lançados nas provas de redação dos anos anteriores. | Imagem: Unsplash

Erros gramaticais frequentes nas redações e suas correções

Erros na hora de empregar as regras de gramática corretamente dentro da redação do enem e de outros vestibulares são os principais desencadeadores das famosas "pérolas" que aparecem todos os anos dentro das redações. Para evitar de entrar para esta lista, é importante saber de antemão quais as dificuldades mais frequentes dos alunos durante a produção de texto. Ao tomar consciência dos aspectos gramaticais que são constantemente empregados de maneira errônea fica mais fácil prestar atenção para não reproduzi-los na hora da redação.

A seguir listamos alguns deles e mostramos como um emprego errado de detalhes aparentemente simples podem mudar completamente o sentido da frase.

Má utilização da crase

A crase é empregada antes de palavras femininas já que ela representa junção de a+a, um sendo uma preposição e o outro um artigo. Isto porque, se a palavra em questão for masculina, o artigo utilizado será um "o", eliminando a crase e passando para a utilização de um "ao" (preposição "a" + artigo "o").

Exemplo:

"Dei uma resposta ao diretor da escola."
"Dei uma resposta à diretora da escola."

Outra dica é ficar atento para NUNCA se utilizar a crase antes de um verbo. Sendo assim, o certo é dizer, por exemplo, "Estou disposto a ajudar", sem crase no "a".

Existem ainda outras dicas a serem seguidas sobre a utilização da crase. Para uma aula completa sobre o assunto, aconselhamos a consulta de um guia de gramática para o enem.

Escutar podcasts nos quais professores falam sobre as avaliações de redação pode ser uma excelente maneira de continuar estudando mesmo quando dentro de um transporte público ou preso no trânsito.

Uso da palavra "onde" sem intenção de especificar um lugar

O subtítulo acima já explica tudo: a palavra "onde" deve ser utilizada para indicar um lugar. O problema recorrente em redações de vestibulares é que o "onde" é empregado para indicar outras coisas, como a temporalidade.

Exemplo errado: "Amy Winehouse morreu em um momento onde sua carreira estava no auge."

Exemplo correto: "Amy Winehouse morreu quando sua carreira estava no auge."

Uso incorreto da vírgula

Outro erro gramatical recorrente nas dissertações de vestibular é a utilização incorreta da vírgula. Isso porque uma pontuação tão pequena e aparentemente simples pode mudar completamente o sentido da sua frase ou comprometer o desenvolvimento de uma escrita formal digna de um aluno com educação de Ensino Médio.

Um exemplo simples e recorrente é a sua utilização antes das palavras "pois" e "mas". Muitas pessoas esquecem que a vírgula é extremamente necessária neste momento.

Exemplo errado: "Comprei uma blusa de manga comprida pois estava com frio."

Exemplo correto: "Comprei uma blusa de manga comprida, pois estava com frio."

Existe ainda um equívoco que muitas pessoas cometem e ele também inclui a ausência da vírgula em determinadas frases. Ao fazer uma enumeração, ou seja, citar determinados elementos que fazem parte de um conjunto, muitos redatores abusam do emprego do pronome conectivo "e". O "e" é utilizado para mostrar uma relação de soma, mas não precisa ser repetido dentro de uma mesma listagem. Ao invés, é preciso utilizar a vírgula para separar os elementos desta enumeração, deixando para empregar o "e" apenas entre os dois últimos elementos citados.

Exemplo errado: "Flávio comeu arroz e feijão e legumes frescos e salada na hora do almoço."

Exemplo correto: "Flávio comeu arroz, feijão, legumes frescos e salada na hora do almoço."

Pessoa lendo e escrevendo
Ler também é muito importante para que se preparar para avaliações de produção de texto. | Imagem: Unsplash

Erros que já apareceram em provas do ENEM em todo o Brasil

Depois destas dicas preciosas que mostramos acima e que podem salvar a nota final de redação de muitos estudantes Brasil afora - além de deixar professor e professora de português aliviados! - chegou a hora de rir um pouco com alguns erros cometidos por vestibulandos na hora da produção de texto.

Podemos constatar que as dificuldades encontradas pelos candidatos vão desde problemas com a ortografia, passando por dificuldade em estruturar frases, em articular ideias e argumentos, muitas vezes acarretando na completa falta de nexo da frase. Alguns usam o senso de humor  para não deixar a questão em branco e outros demostram falta de preparo.

1/ Falta de conhecimento sobre o significado das palavras

"O calor é a quantidade de calorias armazenada em uma unidade de tempo."

Pelo visto esse candidato não entendeu que caloria é uma medida de energia que se refere ao calor trocado quando a massa de 1 grama de água passa de 14,5° C para 15,5° C.

Quando a usamos para nos referir ao valor energético dos alimentos, por exemplo, ela se refere a quantidade de energia necessária para elevar a temperatura de um quilograma de água de 14,5° C para 15,5° C.

2/ Uso de uma argumentação pobre na hora de defender uma ideia

"A floresta está cheia de animais já extintos. Tem que parar de desmatar para que os animais que estão extintos possam se reproduzirem e aumentarem seu número respirando um ar mais limpo"

Aparentemente o candidato não sabe o que significa a palavra "extinto"! Ou ele confundiu animais extintos com animais em risco de extinção. De qualquer forma, além do problema de interpretação, há também um sério problema de argumentação. Esse é um claro exemplo de alguém que não sabe escrever um texto dissertativo-argumentativo e precisa melhorar seu desempenho em língua portuguesa.

3/ Falta de entendimento sobre unidades de medida

"Uma tonelada pesa pelo menos 100 kg de chumbo"

Uma tonelada, seja ela de pena ou de chumbo, equivale a 1000 kg. Esse candidato pelo visto matou muitas aulas de matemática e de física!

Se você estiver estudando e encontrar alguma dúvida sobre a matéria, lembre-se que a internet está cheia de material inteiramente grátis que você pode consultar a qualquer momento. Seja em um blog de um professor específico, em aulas gratuitas online ou ainda no canal do youtube de algum professor conhecido, vale a pena gastar alguns minutos se informando. Afinal de contas, ninguém deseja entrar para a lista das pérolas do Enem, não é mesmo?!

O vídeo acima mostra como fazer uma introdução, como desenvolver suas ideias e como fazer uma conclusão.

4/ Deficiência no aprendizado de história e dificuldade na memorização de nomes

"Os portugueses, depois que descobriram Fernandes de Noronha, assinaram o Tratado de Tortas Ilhas"

Se o candidato se refere ao Tratado de Tordesilhas - e não Tortas Ilhas - se trata de um acordo assinado entre O Reino de Portugal e a Coroa de Castela para dividir as terras descobertas (e a descobrir) fora da Europa por ambas as coroas.

5/ Incoerência na argumentação

"Na China o presidente Maose Tung continua vivo, apesar de morto"

Nesta frase, o erro apareceu não só no nome do presidente chinês - o correto é Mao Tse Tung - como também não parece estar muito certo se o mesmo está vivo ou morto.

A título de curiosidade, Mao Tse Tung morreu em 1976 aos 82 anos, vítima de uma crise cardíaca.

6/ Deficiência no aprendizado de física

"O piloto que atravessa a barreira do som nem percebe, porque não escuta mais nada"

Nada simples de entender o que esse candidato quis dizer, mas segundo sua linha de raciocínio, pelo visto todos os pilotos de caça supersônicos ficam surdos ao atravessarem a barreira do som!

7/ Erro no emprego de substantivos parecidos, mas que significam coisas completamente diferentes

"Cada vez mais as pessoas querem conhecer sua família através da árvore ginecológica"

Na realidade as pessoas recorrem à árvore genealógica para saber mais sobre suas origens. Se trata de um longo estudo que traça o perfil das pessoas que participaram direta ou indiretamente na vivência passada de uma pessoa ou família.

Para os descendentes que buscam conhecer a árvore genealógica de suas famílias é como decifrar o mistério de um passado desconhecido. É uma chance de se conhecer avôs, bisavôs, entre outros parentes até então existentes apenas no imaginário e nas histórias relatadas pelos familiares. Esse estudo nada tem a ver com a ginecologia, especialidade médica que se dedica ao estudo da fisiologia e da patologia do corpo da mulher e de seu aparelho genital.

Procurando por aula de portugues? Confira!

Caderno com folhas amassadas e óculos de grau
Sim, tem dias que é mais difícil estudar o material passado pelo professor de redação. | Imagem: Unsplash

8/ Falta de habilidade para articular informações e empregá-las de maneira correta

"Apóstrofes são os doze homenzinhos que comeram com Jesus e que Michelangelo bateu a foto"

Apóstrofe é uma figura de linguagem que permite interromper a narração para dirigir a palavra a pessoas ausentes ou ao leitor. Esse recurso estilístico da linguagem nada tem a ver com os 12 apóstolos de Jesus. Uma boa maneira de conhecer as figuras de linguagem é estudando poesia.

Sobre quem "bateu a foto", o candidato conseguiu colocar dois anacronismos na mesma frase: Michelangelo, que definitivamente não viveu na mesma época que Jesus, e fotografia, que só foi inventada muitos séculos depois.

9/ Falta de compreensão sobre química e física (e tentativa de seguir uma lógica falha utilizando a criatividade)

"As moléculas de água quando congelam viram duréculas"

Bom, se esse candidato não entende nada de física, uma coisa temos que admitir: ele tem um ótimo senso de humor e uma imaginação extremamente fértil!

10/ Falta de fundamento em biologia e anatomia

"Vasos capilares são aqueles potinhos em que plantamos os pés de cabelo"

Mais um candidato que está demostrando seu "talento" humorístico na redação do ENEM!

Os capilares sanguíneos, ou simplesmente vasos capilares, são pequenos vasos sanguíneos do sistema circulatório. Eles tem a forma de um tubo que possui diâmetro milimétrico, ou seja, de pequeníssimo calibre, por isso a alusão aos cabelos.

Esperamos termos contribuído para seus estudos neste momento de preparação para a prova de redação Enem. A partir desta introdução sobre como melhorar suas habilidades redacionais para o Exame Nacional, a equipe Superprof incentiva o aprofundamento da preparação para as provas de redação através cursos específicos sobre a disciplina.

E se você procura por um acompanhamento individualizado e personalizado, então um professor particular pode ser a alternativa ideal. A plataforma Superprof está cheia de profissionais experientes no assunto prontos para dar aulas em todo o Brasil.

Ficou interessado(a)? Então cadastre-se no nosso site, entre em contato com quantos professores desejar e ainda desfrute de uma primeira aula inteiramente grátis!

Gostou das nossas dicas? Então compartilhe com a gente nos comentários suas impressões, dicas e dificuldades na hora de estudar redação!

>

A plataforma que conecta profes particulares e alunos

1ª aula gratuita

Gostou desse artigo? Deixe uma nota!

4,00 (1 note(s))
Loading...

Glicia

Mestre em linguistica e fotógrafa. Mineira morando em Paris há quase uma década. Apaixonada por idiomas, fotografia e café.