Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Algumas expressões de sobrevivência em espanhol!

De Carolina, publicado dia 27/03/2019 Blog > Idiomas > Espanhol > As frases espanholas que salvarão sua vida!

Você gostaria de partir de férias para a Espanha (conheça 50 curiosidades sobre a sua cultura) ou um país da América Latina (exceto o nosso, Guiana, Suriname e Guiana Francesa)? Mas você não sabe falar espanhol?

Se você está nessa situação, você está no lugar certo!

Portunhol (mistura de espanhol com português) pode funcionar em algumas situações, mas não chega nem perto do espanhol! O melhor jeito é aprender algumas frases na língua local para não passar vergonha, fome, sede, não dormir na rua…

Sem exageros, algumas expressões como “obrigada(o)”, “por favor” (é a mesma coisa!), “desculpa”, “quanto é?”, etc., são essenciais para não se passar como mal educado ou não levar cano na hora de comprar alguma coisa.

Tente a experiência de aprender a língua espanhola e você vai se virar em qualquer situação!

Leia este post e você vai aprender as frases úteis para trocar informações em espanhol e aprender a língua rapidamente.

E para ir mais longe e falar espanhol fluentemente, encontre um bom curso de espanhol aqui na comunidade Superprof!

Espanhol: uma língua ao alcance de todos

Para um locutor brasileiro, o espanhol, mesmo com seus diferentes sotaques, está longe de ter a complexidade do mandarim, árabe, japonês…

De fato, o espanhol provavelmente é a língua mais fácil de ser aprendida por nós por causa da sua proximidade com o português. A gente pode atingir um bom nível em pouco tempo (claro, isso vai depender da dedicação de cada um para o idioma).

Se o espanhol é uma língua fácil, é porque ela tem origem romana como a nossa. Da mesma forma que o italiano, romeno, francês… É por isso que muitas palavras em espanhol são iguais ou se parecem muito com as do português. Aliás, há quem diga que 90% do léxico das duas línguas são iguais.

Saiba quais são os pratos tradicionais da Espanha Que tal você arriscar comer e beber também em español?

Mas calma, não ache que sabe falar espanhol só por ter o português como língua nativa… Há quem diga também que nós brasileiros entendemos mais o espanhol que os espanhóis ou latino-americanos hispano falantes entendem o português.

Esse fato não tem nenhum embasamento científico. Mas muitas pessoas que já tiveram essa experiência falam a mesma coisa!

Ou seja, o que adianta entender se você não conseguir se comunicar? Então, aprenda espanhol (qual é a diferença entre essa língua e o catalão?), que é a maneira mais fácil de ser entendido!

Se você é disciplinado e motivado, não terá dificuldades. Mas se você não quer aprender o idioma ou agora não é o momento certo, pelo menos aprenda algumas frases úteis em espanhol.

A importância da língua espanhola

Pesquisas apontam que, ao redor do globo, existem mais de 400 milhões de pessoas falantes de espanhol. E outras 110 milhões possuem esse idioma como segunda língua. Por isso, o espanhol é considerado a segunda língua mais falada do mundo – só perde para o chinês. Além disso, a língua espanhola é considerada a segunda língua de comunicação do mundo, atrás apenas do inglês.

Em outras palavras, o espanhol é a língua oficial de 21 países, 90% deles encontram-se em território do continente americano. Interessantemente, os europeus e os norte-americanos são os que mais buscam o espanhol como segunda língua.

Em suas origens, o espanhol provém do latim vulgar falado por parte da população da Península Ibérica por volta do século IX.

A base do idioma espanhol é o latim vulgar, propagado na Espanha a partir do final do século III a. C. até se impor às demais línguas ibéricas da época.

Algumas curiosidades lexicais

Tanto o português quanto o espanhol são línguas românicas do grupo ibero-românico, portanto, comungam de vários traços, semelhanças, palavras parecidas e falsos cognatos.

Pensando nisso, veja aqui alguns casos nos quais as palavras parecem significar uma coisa mas que, na verdade, são outra:

Borracha: imagine que você está escrevendo algo, erra e pede uma borracha emprestada, ok?

Na Espanha é melhor que isso não aconteça, pois você estará se referindo à pessoa como bêbada e tal coisa não pega nada bem!

A borracha que apaga erros no papel é chamada de goma em espanhol.

Cadera: note que falta a vogal “i” no meio da palavra, como a temos em português – cadeira. No entanto essa palavra significa “quadril”, em espanhol.

Oficina: se por acaso algum dia um espanhol convidar você para ir à sua oficina, não espere um local meio suho e cheio de ferramentas. Oficina significa escritório.

Papa: pronto, você foi convidado para comer papa! Não se preocupe, não se trata de nada que seja religioso ou envolva canibalismo! Papa, simplesmente, quer dizer batata!

Pastel: você saiu de casa e decidiu lanchar numa cafeteria. Para comer, você pede um pastel. Não se assuste quando o garçon trouxer um bolo. Sim, lá na Espanha, pastel quer dizer bolo!

Salada: quem não gosta de uma saladinha fresquinha como parte do almoço? Contudo, caso você esteja na casa de algum espanhol e, ao apontar para a comida, você disser “salada”, estará dizendo que ela está salgada.

Vaso: quando falamos “vaso” no Brasil, logo logo pensamos em banheiro ou vaso para flor. Só que em espanhol vaso significa simplesmente copo.

A expressividade da dança flamenca é algo que ferve nas veias de muitos espanhóis e demais amantes dessa expressão artística.

Mesmo se você não conheça nenhuma palavra em espanhol, nunca é tarde para se lançar! Mas é preciso ser honesto com você mesmo: você não vai se tornar bilíngue do dia para noite, mesmo nessa língua (aprenda também a fabulosa história do espanhol) tão próxima da nossa, ok?

Mas não se preocupe porque a gente não precisa ser fluente no idioma para conhecer seus países! Muitas vezes, a comunicação básica já salva a gente de muitas situações desagradáveis.

O Flamenco apresenta fortes traços vindos da cultura cigana, embora tenha raízes na cultura mourisca, influência de árabes e judeus.

As palavras e as frases úteis

O básico é a base: cumprimentar as pessoas, dizer um bom dia, boa tarde, boa noite, falar seu nome, dizer de onde você vem… Começaremos por aí!

  1. As frases para cumprimentar alguém: Dizer bom dia: “¡Buenos dias!”, boa tarde: “¡Buenas tardes!” e boa noite: “¡Buenas noches!“. Você vai perceber que o espanhol (saiba tudo sobre a língua) utiliza o ponto de exclamação ao contrário, no começo das frases, e um ponto normal, no final delas.
  • Para dizer “oi” para um amigo: “¡Holà!“. Essa é uma maneira informal de cumprimentar.
  • Para dizer “tchau” ou melhor, “adeus”: “Adiós“.

2. “Hasta ahora“: até daqui a pouco.

3. “Hasta pronto“: até breve.

4. “Hasta mañana“: até amanhã. “Mañana” significa amanhã ou de manhã em espanhol.

5. “Lo siento, pero tengo que irme“: desculpe, mas tenho que ir.

6. “Quieres dejarme tu numero de telefono/tu correo?“: Quer deixar o seu número de telefone ou email?

7. “Dales recuerdos a tus amigos“: “Dê lembranças a seus amigos”.

Assim, fica fácil reparar as semelhanças entre o português e o espanhol, não é?

Mapa do território da Espanha e seu brasão oficial.

Complete suas aulas de espanhol online ou presencial trabalhando algumas palavras da lista essencial do espanhol.

Veja aqui algumas palavras indispensáveis para o dia a dia em um país hispanófono:

  • Sí: sim.
  • No: não.
  • Por favor (mesmo significado em português).
  • Muchas gracias: muito obrigada(o).
  • Perdón: desculpe. A gente também pode dizer “disculpe“.
  • Muy bien: muito bem!
  • ¿ Y usted ?: E você? (se for alguém mais velho que você e deva ter mais respeito.)
  • ¿ Y tú?: e tu? (para amigos, pessoas da mesma idade, familiares.)
  • No hay de qué: não há de quê, não se preocupe, imagina… (como dizem em São Paulo!)
  • De nada (mesmo significado em português).

Fale o idioma do Peru A América do Sul é um excelente destino para aprender a língua espanhola.

Veja aqui as frases utilizadas para se apresentar para uma pessoa:

  • Me llamo Daniel: Eu me chamo Daniel.
  • Bienvenido(a): Bem-vindo(a).
  • ¿Cómo se llama?: Como você se chama?
  • Soy brasileño/soy brasileña: Sou brasileiro/sou brasileira.
  • ¿De donde es?: De onde você é?
  • Soy de São Paulo: Sou de São Paulo.
  • Este es el señor Martin: Este é o senhor Martin. A gente pode dizer também: “Le presento a Martin“. Se é uma mulher: “Le presento la señora“. Se é a sua esposa: “mi mujer“. Atenção, o “j” se pronuncia “r” em espanhol.
  • Me encanto de haberle conocido: muito prazer em te conhecer. Se é uma mulher: “haberla“. Para dizer somente “prazer”: “Encantado” ou “Encantada“, se você for uma mulher.
  • Fue un placer conocerte“: Foi um prazer te conhecer.
  • Tengo 12 años: Tenho 12 anos.
  • Igualmente (mesmo significado que em português).

Veja aqui as palavras para utilizar para perguntar algo em espanhol:

  • ¿Me podriá ayudar a…?: Você poderia me ajudar a…
  • ¿Tiene la sal?: Tem sal?
  • ¿Qué hora es?: “Quantas horas?”
  • ¿Hay… ?: Tem…?
  • ¿Dónde está el metro?: Onde está o metrô?
  • Estoy buscando el metro: Estou procurando o metrô.
  • ¿Dónde se compran los billetes?: Onde compro as entradas? Note que o verbo concorda com os bilhetes.
  • ¿Qué es esto?: O que é isso?
  • ¿Cómo?: Como?

Saiba o idioma no parque Guell A obra fantástica do arquiteto catalão Antoni Gaudí vai inspirar você a se aproximar mais da cultura e línguas espanholas!

Para dizer que você quer alguma coisa: “Queria” (Eu queria…).

Atenção com a pronúncia das palavras em espanhol! Ainda mais nos casos em que elas são iguais à do português!

Algumas outras frases úteis em todas as situações:

  • Estaba muy bien“: Foi muito bom. Para falar de um espetáculo, show. Se quiser falar em relação à comida: “¡Estaba muy bueno!”
  • Me gusta” para dizer que você gosta de algo. Se você quer dizer várias coisas que gosta: “Me gustan“.
  • No me gusta/an“, “Ne me gusta(n) mucho” para dizer algo que não gosta ou não gosta muito.
  • Estoy de acuerdo con usted/tú“: Concordo com você (formal e informal).
  • No estoy de acuerdo“: Não concordo com você.
  • Me gustaría (ir al teatro)“: Eu gostaria (de ir ao teatro).
  • Para mí (no es una buena idea)“: Para mim (não é uma boa ideia).
  • No entendio“: Eu não entendo ou “Disculpe, pero ne he entendido“: Desculpe, eu não tinha entendido.
  • No, gracias“: Não, obrigada(o)!
  • Lo siento mucho“: Desculpe, sinto muito.
  • No pasa nada“: Não tem problema.
  • ¡Enhorabuena!“, quando queremos parabenizar alguém por um feito, uma conquista, uma vitória, etc.: Parabéns!

No entanto, na hora de dar os parabéns pelo aniversário, dizemos: ¡Feliz cumpleaños! ou ¡Felicidades!

Atualmente, as cerca de 550 arenas espanholas de touradas empregam mais de 200 mil pessoas, movimentando mais de R$4,5 bilhões ao ano. Além da Espanha, as touradas são disputadas em países como México, Peru e Colômbia. Contudo, na maioria das nações são proibidas devido à crueldade a que os animais são submetidos.

Além disso, veja 5 citações de artistas espanhóis!

Para explicar que você não fala bem o espanhol e para entender melhor o que eles falam com você:

  • Hablo un poquito español“: Eu falo um pouco de espanhol.
  • No hablo español“: Não falo espanhol.
  • ¿Le puedo hacer una pregunta?“: Posso fazer uma pergunta?
  • ¿Podería repetirlo más despacio, por favor?“: Poderia repetir devagar, por favor? Ou simplesmente: “¿Puede repetir?
  • No he oído lo que ha dicho“: Eu não escutei o que você falou. Para pedir ao seu professor para repetir.

Frases em espanhol para utilizar em algumas situações comuns

Veja aqui as frases em espanhol que ainda podem salvar sua vida na España ou em outro país hispano falante.

Primeiro, quando você quiser perguntar o caminho a um hispanófono:

  • ¿Perdone, me puede indicar comme ir al metro/al centro?“: Desculpe, você poderia me indicar como ir ao metrô/ao centro?
  • ¿Estoy perdido, me puede ayudar?“: Estou perdido, você poderia me ajudar?
  • ¿Dondé está el supermercado?“: Onde fica o supermercado?
  • A la derecha“: À direita. “A la izquierda“: À esquerda.
  • Derecho“: “Seguir reto“. “Al lado de“: Ao lado de.

Além dessas, aprenda outras frases fazendo curso de espanhol!

Não deixe de visitar Granada Aprenda espanhol e passe as férias falando a língua!

Quando você quiser se deslocar (de ônibus, trem, avião):

  • Quisiera un billete para Madrid, por favor“: Eu gostaria de comprar uma passagem para Madrid, por favor.
  • ¿A qué hora sale el autobus para la playa?“: A que horas é o ônibus para a praia? Se for um trem: “el trén“. Se é um avião: “el avión“.
  • ¿Donde puedo comprar los billetes?“: Onde posso comprar as passagens ou bilhetes?
  • “¿Donde está la estación de trén más cercana?“: Onde é a estação mais perto?
  • ¿Donde está la parada de autobús?“: Onde é o ponto de ônibus?
  • ¿Donde está la taquilla?“: Onde está o guichet?
  • Un billete sencillo“: Uma passagem simples.
  • Un billete ida y vuelta“: “Uma passagem ida e volta”.
  • ¿Puedes darme los horarios?: Poderia me passar os horários?
  • ¿En qué dirección debo ir?: Em qual direção devo ir?

No hotel ou no restaurante:

  • ¿Tiene une habitación libre, por favor?“: Tem um quarto livre, por favor?
  • “¿Quiziera reservar una habitación para 3 personas?”: Gostaria de reservar um quarto para 3 pessoas.
  • “¿Quisiera alquilar une habitación/una casa/un apartamento durante 7 días”: Eu gostaria de alugar uma moradia/casa/apartamento durante 7 dias.
  • ¿Que restaurante me recomendia en la zona?“: Qual restaurante você me recomendaria na área?
  • Una cerveza, por favor“: Uma cerveja, por favor!
  • Una copa de vino“: Um copo de vinho.
  • Un cafe“: Um café.
  • Un agua sin gas“: Uma água sem gás.
  • ¿Nos podria traer la cuenta, por favor?“: Poderia trazer a conta, por favor?
  • ¿Donde se encuentran los servicios?“: Onde se encontra o banheiro?

Conheça duas das obras mais famosas da Literatura Hispânica!

Aqui no Brasil, talvez a literatura hispânica (produzida não apenas na Espanha, mas em todos os países falantes de espanhol) não seja tão conhecida quanto seu futebol… No entanto sua produção literária é bastante prolífica e de qualidade.

Apontada como uma das que mais produz obras clássicas no mundo, desde nomes como Miguel de Cervantes e Gabriel García Márquez, a lista de clássicos da literatura hispânica é enorme e detém nomes de diversos países, do Chile, Colômbia e até a Nicarágua. Dentre eles, encontramos também o de Pablo Neruda, Julio Cortázar, Pérez Reverte, Gioconda Belli, Ruan Rulfo, Carlos Ruiz Zafón, Isabel Allende e Roberto Bolaño, para citarmos alguns.

Já que você está aprendendo a língua espanhola, que tal começar, também, a ler um livro no original?

Essa prática vai enriquecer muito o seu volcabulário e te possibilitará um contato direto com a cultura e os costumes hispânicos. Vamos lá?!

A obra de Miguel de Cervantes, Dom Quixote de La Mancha, é considerada a maior obra da literatura espanhola.

1. Dom Quixote de La Mancha

El Ingenioso Hidalgo Don Quixote de La Mancha, escrita pelo escritor espanhol Miguel de Cervantes (1547-1616), foi publicada em duas partes; a primeira, em 1605 e a segunda parte, em 1615. Considerada o primeiro romance moderno, sua contribuição para a cultura ocidental é incalculável.

Pesquisas apontam Dom Quixote como o segundo livro mais lido da História. A obra narra as desventuras de um homem de meia idade que resolveu se tornar um cavaleiro andante, após ter lido dezenas de romances de cavalaria.

De posse de um cavalo e armadura, Dom Quixote consegue um escudeiro, Sancho Pança, que o segue em suas aventuras na promessa de que será recompensado. Dom Quixote decide-se a provar seu amor por uma donzela imaginária, Dulcineia de Toboso.

Derrotado e espancado várias vezes, recebendo a alcunha de “Cavaleiro da Fraca Figura”, Dom Quixote nunca desiste. Só retorma para casa após ser vencido em batalha por outro cavaleiro e forçado a abandonar a cavalaria. Afastado da estrada, Dom Quixote adoece e acaba morrendo. Em seus últimos momentos, nosso protagonista recupera a consciência e perde perdão à família e aos amigos.

A obra mistura fantasia e realidade, como se o mundo inteiro se resumisse a um romance de cavalaria, transformando obstáculos comezinhos e banais, como os moinhos de vento, em acontecimentos épicos, acompanhados de vastos exércitos de inimigos.

 

Capa feita pelo artista mexicano Vicente Rojo para a primeira edição (1967) da obra de Gabriel García Márquez.

2. Cem Anos de Solidão

Cada vez mais Cien Años de Soledad vem sendo considerada a segunda obra mais importante de toda a literatura hispânica, atrás apenas de Dom Quixote de La Mancha. Concebida pelo escritor colombiano Gabriel García Márquez, Prêmio Nobel de Literatura em 1982, essa obra se destaca por ser uma das mais lidas e traduzidas ao redor do mundo.

Cem Anos de Solidão utiliza-se do estilo conhecido como realismo mágico, cativando milhares de leitores ao longo de sua narrativa. Sua primeira edição foi publicada em Buenos Aires, Argentina, em 1967, com uma tiragem inicial de apenas 10 mil exemplares. De lá pra cá, já foram vendidos cerca de 50 milhões de exemplares, em 35 idiomas diferentes.

Apontado como um dos melhores livros de literatura latina já escritos, a história dessa obra se passa na fictícia e remota aldeia Macondo, fundada pela família Buendía-Iguarán.

A primeira geração dessa família é formada por José Arcadio Buendía e Úrsula Iguarán. Esse casal gera três filhos: José Arcadio, um rapaz forte, viril, e muito trabalhador; Aureliano, um grande contraste de seu irmão mais velho, já que era extremamente introvertido, mais calmo e filosófico e Amaranta, uma típica dona de casa de família de classe média do século XIX. A estes, junta-se a órfã Rebeca, enviada da antiga aldeia de José Arcadio e Úrsula.

O enredo desenvolve-se em torno dessa geração e dos seus filhos, netos, bisnetos e trinetos, sendo todas as gerações acompanhadas pela matriarca Úrsula, que viveu entre 115 e 122 años. É essa centenária personagem quem percebe que os traços físicos e psicológicos dos seus herdeiros associam-se a um nome: todos os José Arcadio são extrovertidos, impulsivos, e trabalhadores, enquanto que os Aurelianos são introvertidos, pacatos, estudiosos e muito centrados em seu próprio mundo interior.

Lembra que a obra encompassa o estilo realismo mágico? Pois é, são os Aurelianos que terão ao longo da narrativa a missão de descobrir os misteriosos pergaminhos de Melquíades, o Cigano, que foi amigo próximo do patriarca, José Arcadio Buendía. Nesses pergaminhos temos a dramática história da família e somente serão decifrados quando o último da estirpe estiver às portas da morte.

Agora que você já conhece um pouco mais sobre essas obras, esperamos que essa pequena apresentação tenha instigado sua curiosidade e sua língua!

Que tal iniciar suas aulas em español de uma vez por todas? Você só tem a ganhar com isso! Encontre um bom professor para seu curso de espanhol aqui na nossa comunidade Superprof!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (média de4,43 sob 5 de 7 votos)
Loading...
avatar
3 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
3 Comment authors
RogerMilena Anízio da silvaJosé Bruno Batista De Mendonça Recent comment authors
Mas recentes Mais antigos Mais populares
José Bruno Batista De Mendonça
Convidado
José Bruno Batista De Mendonça

Muito bom, parabéns!

Milena Anízio da silva
Convidado
Milena Anízio da silva

Eu amo essa aula

Roger
Convidado
Roger

Muito bom