Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Por que aprender a língua espanhola no Ensino Médio?

De Fernanda, publicado dia 15/08/2017 Blog > Idiomas > Espanhol > O espanhol e os estudantes

Tanto para passar pelo Enem – Exame Nacional do Ensino Médio – quanto para prestar um vestibular é preciso escolher uma língua estrangeira.

Ambas essas etapas representam, hoje em dia, uma das principais preocupações dos estudantes e das pessoas que já concluíram o ensino médio e desejam voltar a estudar para construir uma carreira.

O conteúdo dessas provas é amplo e cada vez mais exige reflexão e interpretação de texto. Isso é sinônimo de dedicação exclusiva e muito trabalho para os estudantes. Na maioria dos casos, as questões de Língua Estrangeira não costumam ser prioridade nos estudos, ao passo que as disciplinas como Matemática, Física, Biologia e Química são as mais temidas. Mas isso é pura ilusão, uma vez que o desempenho nas questões linguísticas pode afetar bastante a nota final!

Assim, a primeira dúvida que surge nos candidatos é em relação a qual língua estrangeira optar nesses exames. A maioria das universidades e o Enem exigem que o aluno escolha entre o inglês ou o espanhol. Embora sejam minoria, existem instituições que também oferecem a opção de francês, italiano e alemão.

E nós estamos aqui para defender o espanhol! Língua internacional, segundo idioma mais praticado no planeta, segundo o Instituto Cervantes, mais de 500 milhões de falantes estão espalhados no mundo!

O instituto também prevê que até 2030 mais de 7,5% do planeta vai falar o espanhol. Ou seja, 535 milhões de pessoas.

Então, se você ainda está em dúvida sobre qual língua optar na hora de passar pelos exames nacionais, aqui estão algumas boas razões para começar com o nosso querido castelhano!

Aprenda espanhol no Ensino Médio e comece a treinar desde já!

Como é um curso de espanhol? Descubra a alegria e a solidariedade ao falar castelhano!

Quanto mais cedo começar, mais depressa vai dominar a língua espanhola. Na verdade, foi provado que para aprender bem uma língua estrangeira é preciso estudar com regularidade. Melhor: estudar poucos minutos diariamente é muito mais eficiente do que passar horas a fio mergulhado nos livros.

Pois bem, se você está ingressando no Ensino Médio e precisa escolher uma instituição de ensino, informe-se se a escola de seu interesse oferece o espanhol como disciplina (importantíssimo). Ainda que o idioma infelizmente não faça parte da grade curricular obrigatória brasileira, existem algumas escolas públicas e muitas instituições particulares que optam pelo castelhano como língua estrangeira.

Nesses casos, você vai ter a oportunidade de estudar o vocabulário espanhol (palavras e frases), gramática, conjugação (verbos e tempos), expressão oral, alfabeto, conversação, sintaxe, exercícios, tradução…

Os professores de espanhol dedicarão seu tempo para ensinar cada conceito, um por um. Você não precisa ter pressa: tem à sua frente 3 longos anos para se preparar para os exames e, ainda, se quiser continuar seus estudos de espanhol pode optar por um curso universitário que ofereça essa disciplina (até como um programa de extensão, se preferir).

Apesar de todas semelhanças com a língua portuguesa – sim, o espanhol também tem sua origem no latim! – acredite em nós: o castelhano não é tão simples quanto parece! Existem muitas pegadinhas na hora de aprender todos os aspectos da língua, como os falso amigos, conjugação, concordância… Portanto, fique de olho!

Estudar espanhol, uma língua internacional

Você sabia que o espanhol é falado no mundo todo? As diferentes conquistas espanholas ao longo dos séculos permitiram aos hispânicos exportar sua cultura para diversos países e nações.

Aprender a falar espanhol para negócios ou mesmo o espanhol informal também significa descobrir todos os povos que praticam essa língua pela América Latina, América Central e África:

  • Argentina,
  • Costa Rica,
  • Panamá,
  • Colômbia
  • México,
  • Cuba
  • Chile
  • Peru
  • República Dominicana,
  • Nicarágua
  • Guatemala,
  • Honduras,
  • El Salvador,
  • Guiné Equatorial
  • E Equador.

Os países sul-americanos são ideais para estudar o espanhol. Que tal estudar castelhano e dançar uma bachata numa praia em Punta Cana (República Dominicana) ?

Assim, há tantos destinos que esperam por você… Sem mencionar o fato de que a população hispânica é a maior minoria étnica nos Estados Unidos. Na Califórnia, 40% da população fala espanhol. De acordo com um estudo, é provável que os EUA se tornem o primeiro país de língua espanhola no mundo em 2050, com entre 102 e 138 milhões de praticantes!

A Europa também não fica para trás, uma vez que encontramos comunidades espanholas em todos os países da União Europeia.

Além disso, hoje, o espanhol ocupa o segundo lugar entre as línguas mais faladas no mundo. Na frente dele está apenas o mandarim, justificado pelo número de habitantes do país. Com mais de 468 milhões de pessoas que utilizam o espanhol como primeira língua e mais de 500 milhões de pessoas que falam espanhol em suas vidas diárias, podemos dizer que ele está no seu auge. Além disso, juntamente com o inglês e o francês, está entre as 3 principais línguas de comunicação internacional.

É simples: se você quiser descobrir o mundo, conheça a língua espanhola. Caso contrário, terá problemas!

Escolher o espanhol por ser parecido com o português

É um fato: a língua de Cervantes e a língua de Camões têm a mesma raiz linguística. Isso pelo fato de que essas duas línguas possuem o latim como mãe, importado na época da invasão romana.

Hoje, se compararmos o português e o espanhol (juntamente com o italiano e o francês), podemos identificar uma série de semelhanças. Apesar disso, é complicado afirmar que “para um brasileiro é moleza aprender castelhano”. Aliás, sabemos que muita gente afirma que domina o idioma e, no fundo, fala mesmo é um portunhol.

A verdade é que o espanhol não é uma língua fácil. Assim, mesmo se a sintaxe das frases, palavras, pronúncia, o tempo de conjugação e algumas palavras do vocabulário são extremamente similares, a língua espanhola tem as mesmas dificuldades que o português. Para não mencionar os falsos amigos que certamente vão confundi-lo em algum momento dos estudos.

Se você tem problemas com as numerosas exceções de regras do português, terá as mesmas dificuldades em suas aulas de castelhano (o que você está esperando?). No entanto, devido à semelhança entre as duas línguas, provavelmente vai achar mais fácil de aprender do que o inglês ou o alemão, por exemplo. Basta compreender a lógica da linguagem. Você vai adquirir a pronúncia automaticamente, ao longo dos estudos.

Então, se você quiser aprimorar ou dominar totalmente uma língua estrangeira, optar pelo espanhol com certeza vai ser uma escolha sábia!

Como se tornar fluente em um idioma? Você vai se sentir assim quando for trilingue Português-Inglês-Espanhol.

Com nossos vizinhos ao lado que falam espanhol, fica difícil evitar essa língua ao longo de nossas vidas. A verdade é que cada vez mais o Brasil fortalece relações políticas, econômicas e culturais com seus parceiros hispanófonos de continente.

Então, se você pretende se lançar profissionalmente, aprender a falar espanhol é uma ótima escolha principalmente no comércio ou no turismo, para não dizer uma obrigação! Como mencionado mais acima, ser bilíngue espanhol e português lhe permite ir longe, tanto em sua vida pessoal quanto profissional ou acadêmica. Em seguida, basta completar com estudos de inglês ou alemão para se tornar um verdadeiro poliglota 😛

Se você deseja ter habilidades importantes e valorizadas no mundo corporativo de hoje, comece a procurar seu programa ideal desde já e não perca tempo! Pense no futuro agora e opte por uma língua estrangeira em expansão!

Faça aulas de espanhol para estar mais conectado com a cultura latina

A cultura latina está em ascenção hoje. De celebridades à literatura e ao cinema, o fato é que, finalmente, apesar de aos poucos, os hispanófonos ganham importância a nível mundial. Culturalmente, sabemos que até então os EUA e sua influência internacional não deixavam espaço para outras nacionalidades florescerem. Mas isso é passado! É preciso ter orgulho de suas origens e levantar a sua bandeira! Se você quiser ser solidário com o posicionamento da cultura latina, nada melhor do que aprender o espanhol.

Ao escolher o castelhano como língua estrangeira você vai ter contato com a história do país, do continente e de seus antepassados. Num país mestiço como o Brasil, você certamente deve ter alguém na família ou conhecer amigos que possuem ascendentes espanhóis ou oriundos de outros países sul-americanos.

Na aula de história, seu professor provavelmente não vai ter tempo suficiente para se aprofundar na história da Espanha ou dos países sul-americanos. Da mesma forma, seus pais provavelmente não têm o conhecimento específico para falar sobre isso. Seu professor nas aulas de espanhol vai, portanto, preencher esta lacuna.

Para aprender uma língua, não basta estudar a gramática, a conjugação ou uma lista de vocabulário. É também essencial aprender mais sobre sua cultura e sua história.

E depois disso, sem dúvida você terá ainda mais vontade de conhecer a Espanha. Que tal um passeio em Madri ou Barcelona? Ou uma temporada em Buenos Aires? Esta é uma oportunidade para se tornar bilíngue espanhol!

Estudar espanhol na escola para conversar com os amigos

Onde aprender castelhano na Espanha? Uau! O espanhol pode abrir as portas para um mundo maravilhoso! Que tal ver de perto as obras de Gaudí?

O último argumento (não menos importante) para convencê-lo a aprender espanhol: é altamente provável que seus amigos também escolham essa língua estrangeira!

Se você é daqueles que ainda não decidiu qual idioma escolher, este argumento vai ser decisivo. Imagine você partindo numa viagem incrível para Santiago do Chile com seus amigos e todo mundo falando espanhol? Parece mesmo serem as férias dos seus sonhos!

Para não mencionar que, para aprender uma língua, temos que, acima de tudo, nos divertir. Mas se você acha que consegue ter disciplina suficiente para aprender o espanhol com seus amigos de turma, saiba que você vai progredir muito mais rápido!

Obviamente, a melhor razão para aprender espanhol é simples: a paixão pelo idioma. Se você prefere aprender espanhol do que inglês ou alemão, vai fundo. Você não precisa encontrar outras razões.

Dito isto, acho que agora você já tem motivos suficientes para começar a aprender espanhol no Ensino Médio. Não perca a oportunidade de começar o mais cedo possível. Depois disso, você vai poder até mesmo passar algum tempo em um país hispânico para melhorar seu espanhol e enfim se tornar bilíngue!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar