"O espírito do homem encontra seu alimento em meditação e estudo."
Cícero

Em nosso dia a dia, são muitos os elementos que aparecem para nos estressar, perturbando nossos pensamentos e, consequentemente, a nossa saúde mental. Trabalho, família, dinheiro... Nossa serenidade acaba sendo constantemente prejudicada, transformando nossa paz interior em ansiedade e pensamentos negativos cada vez mais fortes e frequentes. É justamente nesse momento que a prática da meditação, associada à aula de yoga em casa ou de maneira independente, é ainda mais benéfica.

Uma prática regular de yoga permite a melhora da respiração profunda, o que auxilia muito na hora de gerenciar o estresse ou redirecionar a atenção para um verdadeiro relaxamento, lucrativo para todos.

Hoje em dia não é novidade para ninguém que o homem moderno se sente cada vez mais estressado por causa do ritmo de vida frenético imposto pela nossa sociedade contemporânea. Se esse é o seu caso, então grude os olhos nessa matéria, pois Superprof te dá várias dicas a serem colocadas em prática no seu dia a dia. Elas vão, com certeza, contribuir para a diminuição da ansiedade cotidiana, fazendo com que você recupere as rédeas do seu bem-estar físico e mental! O bom de tudo é que você pode conjugar esse prática com aulas de yoga online ou ainda com yoga iniciantes!

O grande professor e mestre Pedro Kupfer fala um pouco sobre para que serve o yoga:

Originalmente, o yoga nasceu como uma visão muito especial sobre o ser humano e seu papel na ordem das coisas, que incluía um caminho prático para o crescimento pessoal.

Um caminho que conduz o ser humano à compreensão de si mesmo. Uma das possíveis traduções da palavra Yoga que figuram no dicionário sânscrito é união, mas igualmente significa aplicação.

Ou seja, o Yoga seria o meio e o fim ao mesmo tempo. Jaideva Siṅgh, no comentário do Vijñānabhairava (p. XIII), um antigo texto tântrico, afirma:

“A palavra Yoga é usada tanto no sentido de união (com o Divino) como no de veículo (upāya) para essa união. […] Desafortunadamente, nenhuma palavra foi tão profanada nos tempo modernos como a palavra Yoga.

“Andar sobre o fogo, tomar ácido lisérgico, parar o batimento cardíaco, etc. se consideram Yoga quando, a bem da verdade, não têm nada a ver com ele.

“Mesmo os poderes psíquicos [siddhis] não são Yoga. Yoga é Consciência; transformação da consciência humana em Consciência Divina.”

Um homem meditando e olhando para o por do sol
Aproveite o momento através do yoga

Assim, podemos considerar que ele seja um meio e um fim ao mesmo tempo. Tudo o que fazemos na vida são meios para obter coisas.

O que fazemos agora é um fim em relação a outra coisa, que por sua vez será um meio para realizar uma terceira, e assim sucessivamente.

Porém, deve haver alguma coisa que seja apenas um fim em si mesmo, um fim último, que não sirva como meio para mais nada.

Cabe lembrar igualmente que não existem fins separados dos seus meios. Para o yogi, a liberdade é esse objetivo supremo.

Depois desses ensinamentos, confira nosso guia sobre como fazer yoga em casa ou na academia das melhores maneiras possíveis!

Os melhores professores de Yoga disponíveis
Ana beatriz
5
5 (36 avaliações)
Ana beatriz
R$160
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Caroline
5
5 (26 avaliações)
Caroline
R$100
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Lívia
5
5 (19 avaliações)
Lívia
R$150
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Carolina
5
5 (30 avaliações)
Carolina
R$90
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Andréa
5
5 (15 avaliações)
Andréa
R$120
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Samuca
5
5 (9 avaliações)
Samuca
R$47
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Debora
5
5 (13 avaliações)
Debora
R$100
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Isadora
5
5 (12 avaliações)
Isadora
R$150
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Ana beatriz
5
5 (36 avaliações)
Ana beatriz
R$160
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Caroline
5
5 (26 avaliações)
Caroline
R$100
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Lívia
5
5 (19 avaliações)
Lívia
R$150
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Carolina
5
5 (30 avaliações)
Carolina
R$90
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Andréa
5
5 (15 avaliações)
Andréa
R$120
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Samuca
5
5 (9 avaliações)
Samuca
R$47
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Debora
5
5 (13 avaliações)
Debora
R$100
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Isadora
5
5 (12 avaliações)
Isadora
R$150
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Vamos lá

Yoga diário: 5 minutos ao acordar ou antes dormir

Tenha sempre um plano de prática, mesmo que você vá adaptá-lo no andamento da prática, ou que ele não seja usado. Não improvise. Use seu bom-senso! - Pedro Kupfer

A meditação é geralmente associada a práticas religiosas ou esotéricas, entretanto, o ato de meditar nada tem a ver com uma religião em especial. Um outro mito em torno do meditar é a ideia de que ela é uma atividade reservada somente a quem pratica yoga.

Na realidade, todas essas ideias são errôneas. Qualquer pessoa pode meditar! Para isso, ela só precisará de um lugar calmo e tranquilo, longe de distrações, para que possa se concentrar.

Diferentes estudos na área de neurociências mostram como meditar age no nosso cérebro e o impacto positivo que ela tem no bem-estar e a na saúde mental. A prática frequente do meditar ajuda a diminuir os efeitos negativos do estresse e aumenta o autocontrole.

Ela é uma poderosa  ferramenta que permite desenvolver o autoconhecimento e pode ser usada por qualquer pessoa que deseje despertar sua consciência, independentemente de crenças religiosas. Todavia, você não aprenderá a meditar em livros.

A melhor forma de aprender é praticando. A primeira vez será um pouco complicada, pois não se trata de algo que se aprende do dia para a noite. Mas não desanime, pois a persistência é a chave do sucesso.

Aqui vão nossas dicas para começar a meditar:

  • Encontre o bom momento,
  • Escolha um lugar calmo,
  • Defina a duração do ato de meditar,
  • Escolha uma posição confortável,
  • Controle sua respiração,
  • Solte as rédeas da sua mente.

Os benefícios são muitos. Ela tem, inclusive, um efeito positivo em pessoas que sofrem de pressão alta, doenças cardíacas e dores crônicas. Também melhora a concentração e ajuda a superar a depressão, a ansiedade e os vícios.

Não deixe de testar uma aula de yoga para iniciantes e de começar a meditar alguns minutos por dia, assim você aumentará seus conhecimentos sobre o assunto e poderá progredir rapidamente.

Uma mulher praticando yoga e fazendo um ássana num quintal.
É possível meditar a qualquer hora do dia.

Quando alguém procura por técnicas diárias de ioga, muitas vezes existe um certo desejo de:

  • Tornar-se consciente do seu potencial;
  • Concentrar-se melhor;
  • Libertar-se de uma depressão;
  • Obter sabedoria;
  • Aliviar o estresse;
  • Dentre outros.

Tudo isso pode ser conquistado ao fazer meros cinco minutos de exercícios tanto na hora de dormir ou logo depois de acordar. Nada melhor do que criarmos o hábito de ter tempo para si mesmo, trabalhando em um desperta gentil consigo próprio ou com um adormecimento calmo e sereno!

Deitado ou sentado, em um estado de espírito propício ao relaxamento, é preciso concentrar-se em seus pensamentos, sem permitir que sua atenção se desvie para outros assuntos que não sejam o de relaxar e meditar.

Caso não tenha sucesso nas primeiras tentativas, é inútil ficar chateado ou estressado, pois isso só servirá para aumentar ainda mais a ansiedade presente. A melhor maneira de conseguir meditar de forma produtiva é praticando, sempre tentando voltar ao seu pensamento original, com calma, serenidade e profundidade.

Meditar é ir atrás de um momento de apaziguamento. Ao final de cinco minutos, é possível perceber que essa prática também passa pelos pequenos momentos da vida cotidiana, ou seja, que essas técnicas de relaxamento, simples e eficazes, permitem que sejamos mais felizes, respiremos melhor e conheçamos nosso corpo mais profundamente.

Quer fazer aula de yoga para iniciantes?

Mulher deitada na grama com uma margarida na boca
A ioga contribui para obtermos a paz interior e, consequentemente, sermos mais felizes.

Que tal começar um curso de yoga online?

Yoga e cabeça sã: escute a si próprio

Práticas guiadas também significam ouvir o corpo, os pensamentos, os desejos, as dores. Em resumo, meditar é uma genuína maneira de escutar a si mesmo! Isso porque a busca pela felicidade também passa por uma dimensão mais espiritual de suas crenças e sensações.

Mas como se escutar?

Por exemplo, quando se preparar para uma sessão de exercícios matutinos, procure primeiro entender se prefere ficar dormindo porque está com sono, ou se o esforço da construção muscular lhe trazem mais felicidade do que ficar na cama dormindo mais duas horas. Escute o que o seu corpo tem a dizer no momento presente.

A prática também acontece quando aprendemos a aproveitar cada momento para alcançar a paz interior, ou seja, quando conseguimos seguir o que se passa no aqui e no agora.

Veja ainda dicas sobre as poses de yoga mais empregadas durante as aulas.

Exemplos de resolução interior - por Pedro Kupfer

A resolução interior deve ser sempre afirmativa. Por exemplo, é muito melhor repetir mentalmente “estou saudável” ao invés de “não estou doente”. As nossas recomendações são as seguintes:

1. Focalize a força de vontade.

2. Separe o essencial do supérfluo.

3. Repita seu saṅkalpa em estado de relaxamento profundo. Saṅkalpa significa “construção mental”, mas pode traduzir-se corretamente como “resolução interior”. O saṅkalpa é uma fórmula breve, clara e carregada de significado, que tem como objetivos criar foco na mente e potenciar os aspectos mais positivos da personalidade.

4. Evite quaiquer conflitos com suas afirmações interiores.

5. Mantenha claras as suas prioridades no cotidiano.

6. Busque a causa mais profunda ao construir sua resolução.

7. O saṅkalpa deve ser curto, claro e simples.

8. Escolha sempre frases afirmativas.

9. Escreva sua resolução e cole na porta da geladeira, no espelho do banheiro e perto do computador.

10. Associe uma visualização a seu saṅkalpa para reforçá-lo.

11. tenha cuidado com o que você mentaliza, pois você pode conseguir.

Escutar o que acontece ao seu redor durante as aulas

Embora a prática seja vinculada a uma atividade solitária - e para muitos, até mesmo egoísta -, esse não é o caso. Meditar trata-se de saber como se reorientar tomando o mundo externo como referência.

Quer um exemplo?

Você está sozinho em seu quarto e não há barulho na casa. Uma boa técnica seria concentrar-se no que está acontecendo na rua.

Este exercício, a ser feito a qualquer momento e com frequência diária, nos possibilita perceber, em plena consciência, o que está acontecendo neste momento. Desta maneira é possível viver o momento presente, levando em conta o ruído dos pássaros, carros e transeuntes. Em resumo, meditar é aprender a viver a vida como um todo!

Mulher sentada numa ponte observando as flores da vitória-régia
Meditar também é aprender a utilizar a seu favor os ruídos que se encontram ao seu redor.

Alimentar-se com consciência também é nutrir

Conscientemente ou não, nós comemos todos os dias, várias vezes ao dia. Esta é a razão pela qual comer em plena consciência pode ser interessante para todos os iniciantes e avançados na prática. Praticar enquanto se come: você nunca poderia imaginar que duas ações tão prazerosas poderiam estar associadas! Para tal, é preciso simplesmente estar ciente do que você come, ou seja, do que você coloca dentro do seu organismo.

O sabor de um feijão verde, a acidez de um limão, a água contida em uma melancia... Esses são apenas alguns exemplos de um monte de sensações que, quando aprendemos a meditar de uma forma consciente, aguçam nossa concentração dia após dia, nos fazendo descobrir cada dia mais como alcançar a prática utilizando uma atenção plena.

Descubra como ter um bom alinhamento no yoga.

Os melhores professores de Yoga disponíveis
Ana beatriz
5
5 (36 avaliações)
Ana beatriz
R$160
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Caroline
5
5 (26 avaliações)
Caroline
R$100
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Lívia
5
5 (19 avaliações)
Lívia
R$150
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Carolina
5
5 (30 avaliações)
Carolina
R$90
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Andréa
5
5 (15 avaliações)
Andréa
R$120
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Samuca
5
5 (9 avaliações)
Samuca
R$47
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Debora
5
5 (13 avaliações)
Debora
R$100
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Isadora
5
5 (12 avaliações)
Isadora
R$150
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Ana beatriz
5
5 (36 avaliações)
Ana beatriz
R$160
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Caroline
5
5 (26 avaliações)
Caroline
R$100
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Lívia
5
5 (19 avaliações)
Lívia
R$150
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Carolina
5
5 (30 avaliações)
Carolina
R$90
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Andréa
5
5 (15 avaliações)
Andréa
R$120
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Samuca
5
5 (9 avaliações)
Samuca
R$47
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Debora
5
5 (13 avaliações)
Debora
R$100
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Isadora
5
5 (12 avaliações)
Isadora
R$150
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Vamos lá

Focar a atenção nos momentos de respiração diária

A mente é comparável a um jardim. Assim como você pode cultivar boas flores e frutos num jardim, arando e adubando a terra, removendo as ervas daninhas e espinheiros e regando as árvores e as plantas, da mesma forma você pode cultivar a flor da devoção no jardim da sua mente retirando as impurezas dela, assim como a luxúria, o rancor, a cobiça, a ilusão, o orgulho etc., regando-as com pensamentos divinos. - Swami Sivananda.

Existem exercícios mais fáceis do que outros nas práticas. Focar a atenção é um deles e não podemos dizer que ele é um dos mais simples. Trata-se de trabalhar a concentração no momento presente, com o pensamento em plena consciência. Imagine um dedo que exerce uma pressão imaginária sobre uma parte bem definida do nosso corpo que escolhemos.

Este dedo, então, se move das narina às omoplatas, chegando até o dedo do pé sem deixar de exercer essa pequena pressão. O objetivo é o de se sentir a fictícia pressão do dedo de maneira imaginária. Esse é um verdadeiro trabalho da cabeça (a meditação também pode te ajudar durante momentos de estresse no trabalho) que sugere como uma auto hipnose, pois é preciso estar totalmente presente no aqui e agora.

Yoga todos os dias: use seus sentidos

Uma prática de yoga em uma sala
A prática também pode acontecer durante uma aula de yoga em casa ou em grupo.

Na vida cotidiana, o simples ato de perceber e ter consciência do que se está sentindo é um ato de meditar em si. Um odor, seja especial ou normal, um toque, mesmo que apenas dentro do nosso bolso, um gosto, mesmo que não tenhamos nada na boca.

O que estou sentindo agora, agora mesmo?

Meditar é, acima de tudo, saber identificar as sensações que se apresentam durante o nosso dia-a-dia; é saber reconhecer e distinguir os estímulos sensoriais e os pensamentos do momento, identificando o que somos no instante exato deste exercício. Cabe a nós saber como compreender os efeitos benéficos desta prática para conseguir viver plenamente no momento presente.

Outra técnica que contribui na prática é a fala. Nesse caso, estamos falando de mantras.

Muitas pessoas encontram realmente bastante dificuldade para parar se concentrar durante a prática. Para que os pensamentos se acalmem sem esforço, muitas vezes usa-se um mantra, que é pessoal e confidencial. Um mantra é um som ou uma palavra usada em silêncio, que não tem significado e tem sempre uma frequência positiva.

Quanto custa uma aula de yoga? Mulher praticando ioga.
Você pode praticar a MT de qualquer lugar

Este mantra é geralmente dado por um professor treinado. A técnica é ensinada em quatro dias consecutivos e durante a primeira entrevista, o professor vai lhe dar o mantra que servirá como um veículo a partir de agora. Esse mantra deverá ser repetido continuamente cada vez que você começar o seu processo de meditar, ele vai te ajudar a ter foco e a entrar mais rapidamente em estado meditativo.

Yoga: meditar deixando cabeça e espírito livres

Um cidadão diz para outro: “meu filho está fazendo meditação”. O colega pergunta: “e o que é isso?” O primeiro responde: “não sei, mas prefiro que ele faça meditação, a que fique sentado sem fazer nada”. Esta piada ilustra aquela visão de que fazer meditação equivale a nada fazer.

Ela está baseada num dos muitos mitos que circundam o folclore do Yoga. Muitas vezes vemos comentários sobre os textos tradicionais que nos apresentam versões curiosamente deformadas da maneira em que o Yoga funciona. Uma dessas curiosas distorções diz respeito ao mito da mente vazia e ao que realmente acontece com a mente humana durante a meditação. - Pedro Kupfer

Pensar é algo totalmente permitido durante a prática. O trabalho de concentração também pode ser feito ao deixar a mente vagar por um pensamento, percebendo o que está acontecendo, imaginando o porque de tal ação ou de tal cheiro.

Tornar-se consciente do ambiente diretamente ao seu redor é um elemento primordial. Tal atitude contribui para o relaxamento, assim como para domar o corpo e a mente. Um verdadeiro monge budista medita com os olhos abertos!

Meditar dormindo é possível?

Juntamente ao ato de comer, dormir é provavelmente uma das coisas mais cotidianas que fazemos. E dormir pode sim ser considerado como um exercício em si, já que nossa mente, que deveria estar em repouso, ingere e digere toda a informação que foi armazenada ao longo do dia.

Dormir permite que nossos pensamentos se concentrem em uma única ideia, mesmo que inconscientemente. Ao dormimos chegamos muito perto de uma meditação Zen para relaxamento, mas que não nos beneficia diretamente... porque estamos dormindo!

Uma mulher meditando com nuvens e pássaros voando
Você sabia que dormir também é um ato de yoga?

Mostramos ainda dicas para melhorar a respiração através do curso de yoga.

Importante para a processo em vigília:

O sono é um dos maiores obstáculos à meditação. De fato, meditar é o momento em que muitos dormem e alguns mais ousados ressonam. Isto acontece porque estamos relaxados e sempre que dormimos também estamos relaxados. Não é que sempre que estamos relaxados dormimos, mas de facto para adormecer, relaxamos primeiro.

O sono é, regra geral causado por cansaço físico ou mental. Deve, por isso, preparar-se a meditação com descanso suficiente. O que se faz antes de meditar assume um papel determinante no evitar do sono.

Um dos métodos para evitar o sono é a autossugestão. Não é incomum acontecer que quando temos de nos levantar a uma hora de manhã cedo fora do comum, acordarmos ainda antes do despertador. Isso acontece porque antes de adormecer temos o pensamento determinado que não podermos adormecer depois de o despertador tocar e temos de estar alerta. Essa mesma autossugestão pode ser usada. Isto é muito eficaz.

A respiração, pranayama, é outra ferramenta útil para ser usada para preparar a mente para meditar. 

Medite todos os dias: escreva

Assim como dormir, escrever pode ser inserido de agora em diante dentre seus exercícios diários de ioga. Quem entre nós não escreve todos os dias? Não estamos falando de escrever um romance ou um livro de memórias, mas sim algo que canalize a nossa atenção, colocando nossa concentração para funcionar.

Assim, uma lista de compras pode ser uma boa ideia para praticar todos os dias. Nós nos concentramos no que compramos, o que queremos comprar, sem nos preocuparmos com o resto. E isso é tudo que pedimos durante a prática: foco no aqui e agora, aproveitando cada momento e os benefícios proporcionados por eles.

Concentrar-se no que faz é uma prática diária

A meditação em si pode aparentar ser fácil, mas não o é. Meditar com o sem barulho faz a diferença, todos nós sabemos. Mas para aquele que verdadeiramente medita, meditar com a presença de barulho ou não, não faz qualquer diferença. Por um lado, aquilo que nos perturba, aquele barulho insistente que aparece no momento que reservamos à meditação, nada mais é do que um suporte, uma ferramenta, que virá nos assessorar no desenvolvimento desta arte. - Humberto Meneghin

Por fim, uma última pequena técnica, e provavelmente a mais simples, é a de se concentrar no que se faz. Falamos sobre concentração e foco da mente durante toda a matéria. A verdade é que a cada minuto, a cada segundo, fazemos algo em que podemos nos concentrar.

Quer alguns exemplos?

  • No trabalho, quando tocar no teclado no computador, defina o objetivo de não pensar em nada além do som das teclas.
  • Ao coar um café, não se concentre em mais nada além da sensação do calor nos dedos.

O mesmo vale para todas as atividades diárias, das mais simples às mais complexas. Agora ioga é mais fácil do que se imagina, não é mesmo?

Hatha ioga, posturas com maos, braco, pés, joelhos, coluna, ásanas, fortalecimento dos músculos, posicoes de perna, postura corporal...  saiba mais sobre essa arte milenar!

>

A plataforma que conecta profes particulares e alunos

1ª aula gratuita

Gostou desse artigo? Deixe uma nota!

5,00 (1 note(s))
Loading...

Camila

Aventureira linguística, curiosa por natureza, artista por opção, viajante apaixonada e redatora por vocação.