A literatura pode ser definida de várias maneiras. O dicionário Michaelis de Língua Portuguesa propõe 10 significados diferentes para a palavra.

  1.  Arte de compor escritos, em prosa ou em verso, de acordo com determinados princípios teóricos ou práticos;
  2. Atividade ou profissão de um homem de letras; o trabalho, a arte do escritor;
  3. O conjunto das obras literárias de um país, um gênero, uma época etc. que, pela qualidade de seu estilo ou forma e pela expressão de ideias de interesse universal ou permanente, têm reconhecido seu alto valor estético;
  4. O conjunto das obras literárias de um agregado social, ou em dada linguagem, ou referidas a determinado assunto;
  5. A história das obras literárias do espírito humano;
  6. O conjunto dos homens de letras em atuação em determinada sociedade;
  7. O conjunto de conhecimentos relativos às obras literárias e a seus autores;
  8. Disciplina escolar voltada para o estudo da produção literária e dos escritores;
  9. Qualquer dos usos estéticos da linguagem, mesmo quando não escrita;
  10. Palavreado artificial, desvinculado do que se entende por realidade.
Existem várias definições para a palavra literatura.
A história da literatura brasileira é vasta.

Tão vasta quanto suas definições são as manifestações históricas ligadas à literatura desde a aparição da escrita. Os diferentes tipos de produção literária podem ser chamados de "Escolas Literárias", "Manifestações Literárias" ou "Movimentos literários".

Cada país ou nação possuindo o mesmo idioma possui suas próprias Escolas Literárias. No Brasil, elas aparecem, obviamente, a partir de 1500.

A literatura brasileira é dividida em movimentos literários, cada qual com características e estilos próprios. Superprof separou os 10 principais deles, de 1600 até os dias de hoje.

Maria alice
Maria alice
Profe de Português
5.00 5.00 (89) R$100/h
1a aula grátis!
Samira
Samira
Profe de Português
5.00 5.00 (12) R$110/h
1a aula grátis!
Roberto
Roberto
Profe de Português
5.00 5.00 (16) R$50/h
1a aula grátis!
Lucas
Lucas
Profe de Português
4.96 4.96 (6) R$35/h
1a aula grátis!
Mared
Mared
Profe de Português
5.00 5.00 (13) R$55/h
1a aula grátis!
Samuca
Samuca
Profe de Português
5.00 5.00 (11) R$60/h
1a aula grátis!
Anna
Anna
Profe de Português
5.00 5.00 (7) R$55/h
1a aula grátis!
Alexandre
Alexandre
Profe de Português
5.00 5.00 (24) R$89/h
1a aula grátis!

1/ Barroco

No século XVII, os escritores já nascidos na colônia teriam adaptado pela primeira vez uma estética européia à realidade brasileira, colocando em prática uma espécie de “abrasileiramento” da linguagem literária. - Globo Educação

O Barroco teve seu início na Europa no século XVII. Ele está intensamente ligado à Unificação da Península Ibérica em 1580 e surgiu em um período de grandes dúvidas econômicas e conflitos religiosos na Europa.

No Brasil, ele chegou em 1601 e teve como ponto de partida a publicação do poema Prosopopeia, de Bento Teixeira. Para muitos especialistas, esse movimento faz parte dos primórdios da literatura brasileira.

Principais características

  • Obras marcadas pela angústia e pela oposição entre o mundo material e espiritual;
  • Grande uso de metáforas, antíteses e hipérboles como figuras de linguagem;
  • Dualismo entre espírito e razão.

Principais autores

  • Padre Antônio Vieira;
  • Bento Teixeira
  • Gregório de Matos (também conhecido como "Boca do Inferno").

Principais Obras

  • Sermão de Santo Antônio ou dos Peixes (Padre Antônio Vieira)
  • Prosopopéia (Bento Teixeira)

2/ Arcadismo

Também conhecido como "Neoclassicismo" e "Setecentista", pois tomou forma durante o século XVII. O nome Arcadismo apareceu por causa da fundação da Arcádia Lusitana (1756), movimento de reação à escola barroca.

Seu contexto histórico foi marcado pela ascensão da burguesia juntamente com seus valores. Nessa época também acontecia o Iluminismo na Europa, a independência dos Estados Unidos da América, a Revolução Francesa e a Inconfidência Mineira.

No Brasil, o Arcadismo teve seu lugar no século XIX e apresentou aspectos de valorização da história do Brasil colônia, o nacionalismo, a luta pela independência, bem como a mostra da tropicalidade.

O Arcadismo fazia adoração à natureza.
O Arcadismo tinha uma predileção por assuntos ligados à natureza.

Principais características

  • Adoração da natureza (símbolo de felicidade e harmonia);
  • Restabelecimento do equilíbrio, harmonia e simplicidade da literatura renascentista, rompida pelo período da contra-reforma protestante (Barroco);
  • Objetivismo e razão entram em cena;
  • Crítica à vida do meio urbano;
  • Escrita fácil e simples.

Principais autores

  • Cláudio Manuel da Costa;
  • Tomás Antônio Gonzaga;
  • Basílio da Gama;
  • Santa Rita Durão;
  • Silva Alvarenga.

Principais obras

  • Obra Poética (Cláudio Manoel da Costa);
  • O Uraguai (Basílio da Gama);
  • Cartas Chilenas (Tomás Antonio Gonzaga);
  • Marília de Dirceu (Tomás Antonio Gonzaga);
  • Caramuru de Frei José (Santa Rita Durão).

3/ Romantismo

O Romantismo brasileiro foi influenciado por dois eventos chaves do século XIX: a chegada da família real portuguesa (saiba algumas profissões e curiosidades da língua) no Brasil (1808) e a Independência do nosso país (1822).

A aparição do movimento em terras brasileiras foi marcada pela publicação de Suspiros poéticos e saudades, de Gonçalves de Magalhães em 1836.

Existiram 3 gerações românticas. A primeira apresentava um lado lírico, cheio de sonhos e emoções. A segunda mostrava o gosto por coisas ruins, regada de pessimismo. A terceira se aproximava do movimento que seguiu o Romantismo - o Realismo - e mostra a possibilidade de se alcançar a mulher amada.

Principais características

  • Individualismo;
  • Nacionalismo;
  • Retomada dos fatos históricos importantes;
  • Idealização da mulher;
  • Espírito criativo e sonhador;
  • Valorização da liberdade;
  • Uso de metáforas.

Principais autores

  • Casimiro de Abreu;
  • Álvares de Azevedo;
  • Junqueira Freire;
  • Teixeira e Souza;
  • José de Alencar;
  • Gonçalves Dias;
  • Castro Alves;
  • Gonçalves de Magalhães.

Principais obras

  • O Guarani (José de Alencar);
  • Suspiros Poéticos e Saudades (Gonçalves de Magalhães);
  • Espumas Flutuantes (Castro Alves);
  • Primeiros Cantos (Gonçalves Dias).

4/ Realismo

O movimento surgiu no século XIX, na França e foi encabeçado na Europa por nomes de peso como Augusto Comte, Karl Marx e Charles Darwin. Eles criaram as correntes do Positivismo, Socialismo e Darwinismo. Veja qual é o conteúdo de português no primeiro ciclo do ensino fundamental!

Tais filósofos foram uma grande influência para que essa escola literária se focasse na observação da realidade através da razão e da ciência. Os escritores e poetas realistas falavam da realidade social e dos principais problemas e conflitos do ser humano.

Principais características

  • Objetivismo;
  • Linguagem popular;
  • Trama psicológica;
  • Valorização de personagens inspirados na realidade;
  • Uso de cenas cotidianas;
  • Crítica social;
  • Visão irônica da realidade.

Principais autores

Principais obras

  • Memórias Póstumas de Brás Cubas (Machado de Assis);
  • Quincas Borba (Machado de Assis);
  • Dom Casmurro (Machado de Assis);
  • O Alienista (Machado de Assis);
  • O Ateneu (Raul Pompéia).

Encontre um bom profe para sua aula de portugues no Superprof!

Maria alice
Maria alice
Profe de Português
5.00 5.00 (89) R$100/h
1a aula grátis!
Samira
Samira
Profe de Português
5.00 5.00 (12) R$110/h
1a aula grátis!
Roberto
Roberto
Profe de Português
5.00 5.00 (16) R$50/h
1a aula grátis!
Lucas
Lucas
Profe de Português
4.96 4.96 (6) R$35/h
1a aula grátis!
Mared
Mared
Profe de Português
5.00 5.00 (13) R$55/h
1a aula grátis!
Samuca
Samuca
Profe de Português
5.00 5.00 (11) R$60/h
1a aula grátis!
Anna
Anna
Profe de Português
5.00 5.00 (7) R$55/h
1a aula grátis!
Alexandre
Alexandre
Profe de Português
5.00 5.00 (24) R$89/h
1a aula grátis!

5/ Naturalismo

Esse movimento teve como marco inicial as publicações de Germinal O romance experimental, de Émile Zola, em 1881 na Europa. Alguns dizem que o Naturalismo é apenas uma manifestação dentro do Realismo, pois também se concentra em retratar a realidade. No entanto, as diferenças são bem visíveis.

No Brasil, no final do século XIX, escritores também começaram a conceber seus romances como instrumento de análise da sociedade brasileira e não apenas como entretenimento para a classe média, como fizeram os autores românticos. Diferentemente do Realismo, o Naturalismo tentava explicar que o homem é modificado pelo ambiente em que vive e que a natureza influi na razão.

O meio molda o ser humano segundo o Naturalismo.
O homem é modificado pelo ambiente em que vive, dizia o Naturalismo.

Principais características

  • Objetividade;
  • Ser humano como resultado do meio em que vive;
  • Comum tratar de sexo abertamente.

Principais autores

  • Aluísio de Azevedo;
  • Domingos Olímpio;
  • Inglês de Sousa;
  • Júlio Ribeiro;
  • Manuel de Oliveira Paiva.

Principais obras

  • O Mulato (Aluisio de Azedo);
  • O Cortiço (Aluisio de Azedo);
  • Casa de Pensão (Aluisio de Azedo).

6/ Parnasianismo

Assim como o Naturalismo e vários outros movimentos literários, o Parnasianimo foi originado na França no século XIX. O nome da escola apareceu depois da publicação, em 1866, de O Parnaso contemporâneo. Parnaso era o nome de um monte consagrado a Apolo e às musas na Grécia.

Ele foi um movimento contemporâneo ao Naturalismo e ao Realismo. Seus autores foram apontados como criadores de uma literatura (e ensino superior de português) alienada, pois não retratavam os problemas sociais que ocorriam na época.

Principais características

  • Temas clássicos;
  • Vigor formal e vocabulário culto
  • Poesia descritiva (descrições detalhadas);
  • Objetividade e impessoalidade;
  • Temática Greco-Romana (temas mitológicos);
  • Linguagem rebuscada.

Principais autores

  • Alberto de Oliveira;
  • Francisca Júlia;
  • Olavo Bilac;
  • Raimundo Correia;
  • Vicente de Carvalho.

Principais obras

  • Canções românticas (Alberto de Oliveira);
  • Primeiros sonhos (Raimundo Correia);
  • O Caçador de esmeraldas (Olavo Bilac);
  • Ardentias (Vicente de Carvalho).

7/ Simbolismo

O Simbolismo no Brasil é iniciado por Cruz e Sousa a partir da publicação das obras Broquéis Missal.

Dentro do Simbolismo, o misticismo, o sonho, a fé e a religião passam a ser valores utilizados para a busca de novos caminhos.

Principais características

  • Linguagem abstrata e sugestiva;
  • Obras cheias de misticismo e religiosidade;
  • Mistérios da morte e dos sonhos;
  • Subjetivismo.

Principais autores

  • Cruz e Sousa;
  • Alphonsus de Guimaraens.

Principais obras

  • Broquéis (Cruz e Sousa);
  • Missal (Cruz e Sousa).

Saiba também como encontrar um bom curso de portugues online no Superprof!

Entre o Simbolismo e o Modernismo aconteceu o Pré-Modernismo.
O Pré-Modernismo foi um movimento de transição.

8/ Pré-Modernismo

Este é um período de transição entre o Simbolismo e o Modernismo, que só começa após a Semana de Arte Moderna. Com duração de 20 anos (1902 a 1922), ele foi o primeiro movimento literário brasileiro (conheça as matérias de português no segundo ciclo do ensino fundamental) criado e desenvolvido no país, pois não foi diretamente copiado de escolas européias.

Isso que não quer dizer que os escritores do Brasil não tiveram influências internacionais: eles beberam sim nas fontes das vanguardas que aconteciam na Europa nesta época (Expressionismo, Cubismo, Dadaísmo, Futurismo e Surrealismo).

Principais características

  • Regionalismo;
  • Positivismo;
  • Busca dos valores tradicionais;
  • Linguagem coloquial;
  • Valorização dos problemas sociais.

Principais autores

  • Euclides da Cunha;
  • Monteiro Lobato;
  • Lima Barreto;
  • Raul de Leoni;
  • Graça Aranha;
  • Coelho Neto;
  • Augusto dos Anjos.

Principais obras

  • Os Sertões (Euclides da Cunha);
  • Triste Fim de Policarpo Quaresma (Lima Barreto);
  • Recordações de Escrivão Isaías Caminha (Lima Barreto);
  • Canaã (Graça Aranha);
  • Malazarte (Graça Aranha);
  • Reinações de Narizinho (Monteiro Lobato).

9/ Modernismo

Como citado acima, o Modernismo começou concomitantemente com a Semana de Arte Moderna de 1922. No ano do centenário da independência do Brasil, o evento foi ideal para uma reflexão sobre a identidade nacional.

O pré-modernista Graça Aranha foi quem comandou a semana de apresentações, que aconteceu entre 13 e 17 de fevereiro. O objetivo do evento era chocar os presentes resignificando o conceito de arte e literatura.

Principais características

  • Preocupação estética com a escrita;
  • Textos deixam de ter as características tradicionais;
  • Pouca utilização de formas rígidas de escrita;
  • Textos no passado;
  • Textos regionalistas;
  • Narrativa surrealista;
  • Romance urbano e psicológico.

Principais autores

  • Graciliano Ramos;
  • Rachel de Queiros;
  • Érico Veríssimo;
  • José Lins do Rego;
  • Jorge Amado;
  • Clarice Lispector;
  • Carlos Drummond de Andrade;
  • Vinícius de Moraes;
  • Cecília Meireles;
  • Manuel Bandeira;
  • Mário de Andrade;
  • Oswald de Andrade;
  • Fernando Pessoa;
  • João Guimarães Rosa
  • João Cabral de Melo Neto.

Principais obras

  • Paulicéia Desvairada (Mário de Andrade);
  • Macunaíma (Mário de Andrade);
  • Itinerário de Passárgada (Manuel Bandeira);
  • Libertinagem (Manuel Bandeira);
  • Contos de Aprendiz (Carlos Drummond de Andrade);
  • Ou isto ou Aquilo (Cecília Meireles);
  • A Arca de Noé (Vinícius de Moraes);
  • Sagarana (João Guimarães Rosa);
  • A Hora da Estrela (Clarice Lispector).

10/ Tendências Contemporâneas

"Vale lembrar que muitas características da literatura contemporânea estão relacionadas com o movimento modernista, por exemplo, a ruptura com os valores tradicionais, entretanto, a identidade nesse momento não é mais uma busca, sendo revelada por uma crise existencial do homem pós-moderno." - Toda Matéria, Características da Literatura Brasileira Contemporânea.

Estamos em plena ebulição literária contemporânea. É sempre complicado e confuso analisar um movimento que ainda está se desenvolvendo, principalmente fazendo parte dele. Temos, então, a tendência a nos referirmos a escritores modernos que influenciaram a nova geração de autores contemporâneos. E demora muito para um estrangeiro aprender o português?

Sem dúvida, todos citados acima e mais alguns entram nessa lista!

Principais características

  • Mistura de tendências estéticas (ecletismo);
  • União da arte erudita e da arte popular;
  • Prosa histórica, social e urbana;
  • Poesia intimista, visual e marginal;
  • Temas cotidianos e regionalistas;
  • Engajamento social e literatura marginal;
  • Experimentalismo formal;
  • Técnicas inovadoras (recursos gráficos, montagens, colagens, etc.);
  • Formas reduzidas (minicontos, minicrônicas, etc.);
  • Intertextualidade e metalinguagem.

Principais autores

  • Ariano Suassuna;
  • Antônio Callado;
  • Adélia Prado;
  • Cora Coralina;
  • Ferreira Gullar;
  • Lya Luft;
  • Millôr Fernandes;
  • Murilo Rubião;
  • Paulo Leminski;
  • Rubem Braga.

Principais obras

  • O Verão e as Mulheres (Rubem Braga);
  • O pirotécnico Zacarias (Murilo Rubião);
  • Hai-Kais (Millôr Fernandes);
  • Poema Sujo (Ferreira Gullar);
  • Auto da Compadecida (Ariano Suassuna);
  • O Romance d'A Pedra do Reino (Ariano Suassuna).

Saiba como encontrar um bom professor para aulas de portugues para concurso.

Precisando de um professor de Português ?

Você curtiu esse artigo?

5,00/5, 2 votes
Loading...

Camila

Aventureira linguística, curiosa por natureza, artista por opção, viajante apaixonada e redatora por vocação.