O Canadá é o segundo maior país do mundo em termos de extensão territorial, e se estende desde o Oceano Atlântico, a leste, até o Oceano Pacífico, a Oeste. Isso faz com que sua fronteira ao sul com os Estados Unidos seja a mais longa fronteira terrestre do mundo!

Como você já deve saber, no Canadá as línguas oficiais são a língua inglesa e a francesa, decorrentes da herança do colonialismo europeu lá sofrido. Além delas, outras línguas também são praticadas em menor escala por imigrantes e povos aborígenes.

Considerado por muitas pesquisas como um dos melhores países do mundo no quesito qualidade de vida, ficando atrás apenas de poucos países como a Suíça e a Finlândia, o Canadá vem se tornando cada vez mais um dos destinos turísticos e de estudo da língua inglesa preferido dos brasileiros.

Se você está pensando em visitar o Canadá ou até mesmo em aprender inglês nessa nação, puxe uma cadeira, sente-se tranquilamente e mergulhe nas próximas informações!

Antes de embarcar para o Canadá, que tal fazer aula de ingles?

Você já pensou em aprender inglês em um país espetacular, muito seguro, pacífico, com ótima infra-estrutura e dono de um dos maiores padrões de vida do mundo? Então, venha conhecer melhor o Canadá!
Vitor
Vitor
Profe de Inglês
4.98 4.98 (52) R$60/h
1a aula grátis!
Teacher sil
Teacher sil
Profe de Inglês
5.00 5.00 (19) R$70/h
1a aula grátis!
Lucas
Lucas
Profe de Inglês
4.96 4.96 (18) R$35/h
1a aula grátis!
Felipe
Felipe
Profe de Inglês
5.00 5.00 (26) R$39/h
1a aula grátis!
Ricardo
Ricardo
Profe de Inglês
5.00 5.00 (26) R$45/h
1a aula grátis!
David
David
Profe de Inglês
5.00 5.00 (27) R$75/h
1a aula grátis!
Martins
Martins
Profe de Inglês
5.00 5.00 (64) R$140/h
1a aula grátis!
Fernando
Fernando
Profe de Inglês
5.00 5.00 (42) R$68/h
1a aula grátis!

Por que escolher aprender inglês no Canadá?

Um estudo divulgado pelo US News, em parceria com as agências Y&R's Bav e Wharton, analisou cerca de 80 nações e a opinião de mais de 21 mil pessoas ao redor do globo. Considerando esse estudo, o Canadá estaria como o segundo país do mundo em melhor qualidade de vida, ficando apenas atrás da charmosa Suíça.

A metodologia aplicada nesse estudo embasou-se em um conjunto de 65 atributos relevantes que podem ser usados para se descrever um país, especialmente para o sucesso de uma nação moderna. Além de ter se destacado na qualidade de vida, o Canadá obteve significativa pontuação também em áreas como cidadania e empreendedorismo, atingindo o quarto e sétimo lugares no ranking, respectivamente.

Confira abaixo em quais aspectos o Canadá se destaca:

  • Empreendedorismo: nação antenada, conectada com o resto do mundo; população instruída, empreendedora, inovadora; facilidade de acesso ao capital; força de trabalho qualificada, capacitada; expertise tecnológica e dono de negócios transparentes.
  •  Cidadania: um ótimo mercado de trabalho, acessível, economicamente estável, familiar politicamente estável; igualdade de renda; sistema de educação pública seguro e bem desenvolvido e sistema de saúde pública bem definido.
  • Influência cultural: sociedades culturalmente significativas em relação ao entretenimento, à moda, à felicidade; culturas influentes, modernas e de prestígio.
  • Aberto aos negócios: custos de fabricação burocráticos e baratos; ambiente fiscal favorável e, sobretudo, práticas governamentais transparentes.
  • Mudança: sociedades capazes de superar desafios, independente de haver ou não instabilidades e essa superação se dá de forma inovativa, diferente, dinâmica e única.
  • Poder: nação líder no contexto internacional, política e economicamente influente; fortes alianças internacionais e poderio militar.
  • Aventura: detém uma economia de turismo de aventura que, embora pequena, cobre significativa parte da indústria, representando hoje mais de 280 milhões de empregos em todo o mundo. Essa categoria levou em consideração atributos do país como clima agradável, hospitalidade, diversão e cenários turísticos panorâmicos.
  • Herança: sociedades culturalmente de muito fácil acesso; legado histórico e cultural significativos, excelente comida e mega diversidade em atrações turísticas.

Aproveite e espie nossas dicas sobre Nova Iorque, a cidade mais famosa do mundo, e o quê de fato você sabe sobre ela!

Vancouver é a maior cidade de British Columbia e o oitavo maior município canadense.

Um pouco da história do Canadá

A gente vai contar, de forma bem sucinta, um pouco da história do Canadá. Embora não seja consenso, a teoria com mais aceitação prega que a origem do nome Canadá deriva da palavra iroquesa Kanata, que significa aldeia ou povoado.

O povo iroquese, portanto, foi um grupo nativo norte-americano que vivia acerca da região dos Grandes Lagos, primariamente no sul de Ontário e nordeste dos EUA. Nômade, combinando horticultura e caça-coleta, a confederação iroquesa compunha-se de seis grandes tribos, anteriores à colonização europeia.

Surtos frequentes de doenças infecciosas trazidas pelos europeus como gripe, sarampo e varíola (para as quais os nativos não possuíam uma imunidade natural), combinado com outros efeitos do contato com o europeu, resultou em uma redução de 40% a 80% da população indígena do país após a chegada do europeu.

Quer aprender inglês como um nativo? Que tal um curso de inglês online?

A colonização europeia começou efetivamente no século XVI, período em que os britânicos e franceses estabeleceram-se pelo Canadá. Os britânicos não tiveram uma forte presença no antigo Canadá, e instalaram-se na Terra de Rupert. Essa área localiza-se no centro, oeste, e noroeste no país, e daria origem aos territórios do Noroeste, Manitoba, Saskatchewan e Alberta.  Já os franceses condensaram seus esforços na região dos Grandes Lagos, e do Rio São Lourenço, tão bem como a região que hoje compõe as atuais províncias de Nova Escócia e New Brunswick.

Houve muitos conflitos dispendiosos e invasões vindas das 13 colônias americanas, aliados ao fracasso britânico em assimilar os franceses até que, em 1830, a Confederação Canadense foi formada. Constituída pelas províncias do Canadá, New Brunswick e Nova Escócia a Confederação tornou-se politicamente independente do Reino Unido.

Que tal maiores informações sobre como aprender inglês na terra da Rainha?

A partir daí, lentamente aos poucos outras colônias britânicas aceitaram unir-se à Confederação como a British Columbia/Colúmbia Britânica, por exemplo. É bom lembrar que houve, sim, a geração de conflitos étnicos, socioeconômicos durante esse período, como as rebeliões de Red River (1869-1870), a de Saskatchewan (1885).

Toronto, em Ontário, no Canadá, é considerada o hub cultural da nação. É um centro internacional de negócios, finanças, arte, cultura, qualidade de vida e segurança do cidadão.

Top 12 simples razões para você amar o Canadá e ir para lá estudar

  1. A gente já bateu essa tecla várias vezes por aqui: o país está entre os 5 melhores países do mundo para se viver e trabalhar.
  2. É famoso pela sua sociedade muito segura, justa, pacífica e bastante hospitaleira. Além disso, o padrão de qualidade de vida no Canadá é muito elevado.
  3. Nessa nação, os estudantes tão bem como seus habitantes desfrutam de um dos mais belos e inspiradores ambientes naturais do mundo.
  4. O inglês do canadense comum é um inglês falado com clareza, o que facilita o aprendizado. Lembre-se também que o ensino é de alta qualidade, um curso de ingles no Canadá pode abrir muitas portas.
  5. Além de falado com clareza, o inglês cultivado no Canadá é um inglês correto, mais fácil de aprender, sem os sotaques encontrados na maioria dos outros países de língua inglesa.
  6. O aluno ainda tem a oportunidade de aprender a língua francesa como segunda ou terceira língua.
  7. Durante o inverno, qualquer adulto tem a oportunidade de aprender a praticar diferentes esportes, como skating, skiing ou o snowboarding.
  8. Os canadenses gozam de uma excelente qualidade de vida, como já dito, que está entre as melhores do planeta.
  9. Carros e ônibus são os meios de transporte mais em conta para viajar pelo país.
  10. Outra vantagem é que o dólar canadense é mais baixo, caso comparado ao câmbio de diversos países. Em outras palavras, é bem mais barato aprender e estudar inglês nesse país do que nos EUA.
  11. O visto de estudante não é necessário para um curso de inglês que seja inferior a seis meses.
  12. A hospitalidade do canadense é famosa no mundo inteiro e eles são pessoas sinceras e muito receptivas.

E aí, depois disso você ainda carrega alguma dúvida em relação a quão demais é estudar e aprender inglês no Canadá? Além da segurança e da alta qualidade de ensino, o Canadá apresenta um cenário quase que cinematográfico de belezas naturais inebriantes.

Como anda seu senso de aventura? Vamos pôr o pé na estrada?

Confira ainda dicas sobre a Austrália, uma possível e ótima opção de intercâmbio também!

Você já pensou em aprender a língua inglesa num ambiente muito seguro, dinâmico, culturalmente diverso e com excelente qualidade de vida?
Vitor
Vitor
Profe de Inglês
4.98 4.98 (52) R$60/h
1a aula grátis!
Teacher sil
Teacher sil
Profe de Inglês
5.00 5.00 (19) R$70/h
1a aula grátis!
Lucas
Lucas
Profe de Inglês
4.96 4.96 (18) R$35/h
1a aula grátis!
Felipe
Felipe
Profe de Inglês
5.00 5.00 (26) R$39/h
1a aula grátis!
Ricardo
Ricardo
Profe de Inglês
5.00 5.00 (26) R$45/h
1a aula grátis!
David
David
Profe de Inglês
5.00 5.00 (27) R$75/h
1a aula grátis!
Martins
Martins
Profe de Inglês
5.00 5.00 (64) R$140/h
1a aula grátis!
Fernando
Fernando
Profe de Inglês
5.00 5.00 (42) R$68/h
1a aula grátis!

Para estudar e viver melhor: considere o Canadá como opção

À essa altura, se você ainda não conhecia todas as vantagens de se estudar inglês no Canadá, agora não tem mais desculpa! Trata-se de um país espetacular, pacífico, super seguro, muito bem estruturado e com pessoas extremamente educadas, receptivas e que adoram o povo brasileiro.

Na realidade, há muito tempo que o Canadá se destaca entre os melhores países do globo para se viver, estudar e trabalhar. Esse país é notoriamente receptivo e muito hospitaleiro ao receber estudantes, imigrantes e turistas do mundo inteiro.

Por ser uma nação bilíngue, o país oferece cursos em todos os níveis de inglês e de francês para aqueles estudantes que desejam aprender uma ou ambas as línguas, e a preços muito atrativos, se comparados ao de outros países.

De forma geral, as escolas contam com um excelente nível pedagógico e possuem um estrutura desenvolvida e preparada para promover a integração do estudante com a cultura local. Além do aprendizado da língua, os estudantes têm a oportunidade de conhecer e de participar de variadas atrações culturais, artísticas, desportivas e turísticas.

É comum à grande maioria das escolas de línguas, a organização de um calendário com a programação diária de entretenimento, o que propicia a integração do novo aluno à comunidade local. Essas escolas também viabilizam experiências e vivências do estudante no cenário cultural canadense.

Confira outras ótimas opções de intercâmbio e turismo nesses melhores países de língua inglesa!

Em resumo, aprender inglês no Canadá oferece um leque muito interessante de vantagens cujos alguns dos pontos a gente abordou por aqui. A boa convivialidade entre os habitantes, a segurança do cidadão, a clareza da pronúncia do inglês canadense, o câmbio a favor e a elevada qualidade de vida são pontos que podem vir a ser determinantes na sua escolha pelo Canadá. E espero que sejam!

Desbravar o Canadá para aprimorar seu inglês

Se a Austrália encanta cada vez mais os brasileiros por suas belezas naturais e seu modo de vida, o Canadá é outro destino cotado entre os jovens que saem do país em busca de aventura. Infelizmente, o Canadá parou de oferecer o Working Holiday Visa para brasileiros desde 2014. Mas não desanime: isso não é impedimento para estudar e trabalhar por lá. Para cidadãos de países que não têm acordo para o WHV, é possível viajar por meio das Organizações Reconhecidas pelo país.

Quais os passos para ir para o Canadá pelas organizações reconhecidas?

Os critérios mudam em função de cada organização. São Universidades, empresas, associações que abrem suas portas para estrangeiros. Cada uma tem um processo seletivo específico e critérios diferentes de idade, de modalidade (voluntariado, estudo ou trabalho), entre muitos outros. A principal diferença é que o país impõe um número limite de vagas.

Além disso, estudantes de graduação e pós-graduação inscritos em suas universidades podem trabalhar por até 20 horas por semana, inclusive fora do campus da universidade, sem precisar de autorização do governo para isso. A medida vale para cursos com pelo menos seis meses de duração.

Aprenda inglês no Canadá: as vantagens do país

Quais as vantagens de estudar a língua inglesa no Canadá?
Que tal aprender inglês com esse cenário de fundo?

O Canadá é um dos melhores destinos para estudar inglês!

Se você conseguir ficar meses por lá... Sky is the limit! Você ainda pode decidir morar em uma cidade onde se fale inglês e francês, caso queira testar um pouco seus conhecimentos na língua do Astérix. Ou então imersão total no inglês!

Em geral, não importa a cidade que você escolher - Toronto, Ottawa, Calgary, Edmonton, Montreal, Quebec City, Vancouver e Victoria -, você vai sempre encontrar um melting pot extraordinário.

O mundo inteiro visita o Canadá, da Ásia à Europa. Então você vai encontrar por lá uma grande população de expatriados, assim como você. Os canadenses são muito receptivos na hora de acolher os estrangeiros. Sua integração será, portanto, bem-sucedida, o que irá facilitar ainda mais o seu progresso em inglês.

Aqui você vai melhorar a sua pronúncia, explorar uma rica cultura, com um povo simpático e no meio de um cenário natural exuberante!

Ficar no Canadá depois do seu visto expirar

Última informação sobre o Canadá. Se o seu desejo não é unicamente aprender o inglês, saiba que é possível ficar mais tempo no local. Na verdade, mesmo que seja forçado a voltar para o Brasil no final do visto que você obteve, existem muitas outras iniciativas e programas de acolhimento estrangeiro promovidos pelo governo canadense. Dê uma olhada e conheça todas as possibilidades!

Escolha o tipo de intercâmbio que você deseja com a ajuda de uma agência

Antes de qualquer outra coisa, e antes de se imaginar no país da mapple leaf, você tem que seguir algumas etapas. A primeira é saber por que você quer fazer um curso de inglês. Os elementos que precisam ser levados em conta são:

  • Seu nível: você quer progredir em inglês e preencher lacunas ou quer começar do zero?
  • Sua disponibilidade: você quer uma fórmula intensiva ao longo de alguns dias, ou deseja passar vários meses no país estrangeiro?
  • Suas preferências: qual cidade canadense?
  • Seus prazos: você vai viajar nas férias ou está em um momento apenas de estudos?
  • Seu orçamento: de algumas centenas a milhares de euros ou dólares, o curso de ingles no exterior pode ser caro.

Esses critérios são essenciais para determinar que tipo de agência especializada você contatará. Algumas oferecem as seguintes possibilidades:

  • Acampamentos de férias de verão ou inverno;
  • Preparação para exames oficiais de língua inglesa;
  • Cursos de inglês direcionados para crianças, adolescentes, adultos ou profissionais.

Em média, para falar inglês fluentemente, são necessárias 350 a 400 horas de treinamento...

Em paralelo, algumas agências também podem oferecer serviços adicionais, ideais se você estiver procurando por um curso de idioma exclusivo:

  • Imersão em uma família hospedeira;
  • Estágio de pesquisa em negócios;
  • Sistema de trabalho de férias ou voluntariado;
  • Uma escola de idiomas com vários idiomas estrangeiros, para se preparar para um exame.
Onde ficar durante o intercâmbio
Há agências que programam até mesmo a estadia do estudante.

Antes de escolher uma viagem de idiomas e uma agência para acompanhá-lo, é essencial fazer um balanço de suas necessidades. Desta forma, você poderá escolher a organização mais adaptada ao objetivo principal da sua estadia.

O orçamento também é importante para determinar a sua escolha: um intercâmbio, dependendo do formato, pode custar caro. O planejamento financeiro também é uma etapa indispensável para preparar-se para a sua viagem de estudos.

Agências que ajudam a organizar uma viagem de idiomas

Agências que proporcionam a ida do estudante a um país de língua inglesa são plataformas para cursos intensivos ou cursos individuais no país de destino. Geralmente, existem vários tipos de instituições:

  • Agências que oferecem cursos e programas educacionais;
  • Agências de correspondência entre famílias anfitriãs e jovens aprendizes;
  • Agências que organizam de A a Z o seu projeto de estudos;
  • Agências que são plataformas de troca de conselhos para ir para o exterior.

Cuidado: no entanto, ficar no exterior é um mercado lucrativo e muitas agências fingem ser boas interlocutoras, mas uma vez feita a reserva, simplesmente desaparecem ... É por isso que é altamente recomendável direcionar sua pesquisa para organizações reconhecidas, como federações linguísticas oficiais, organizações certificadas e escolas de idiomas internacionais que são "famosas" mundialmente.

Essas organizações geralmente oferecem vários destinos de língua inglesa, incluindo o Canadá. Os destinos costumam ser acessíveis a brasileiros e costumam ser recomendados de acordo com as vontades, perfil e necessidades do aluno. A ideia é que a sua viagem seja uma experiência fantástica, não somente no que está ligado a aprendizagem do idioma.

Em média, os alunos passam quatro semanas estudando, mas há pessoas que aderem a fórmulas mais sucintas (é possível fazer um curso de duas semanas, por exemplo), ou estendidas, nas quais o brasileiro passa meses ou até mesmo anos no país estrangeiro.

Da mesma forma, algumas escolas oferecem aulas de manhã, tarde ou finais de semana. Você tem que ser capaz de encontrar a fórmula que irá ajudá-lo a alcançar seu objetivo!

Há quem deseja mais autonomia ao montar o seu pacote, enquanto outros preferem modelos pré-estabelecidos.

As etapas para organizar os estudos da língua inglesa

Para organizar uma viagem linguística de acordo com as suas necessidades, é importante fazer uma comparação das diferentes agências de viagens no exterior. Olhe para aquelas que oferecem a fórmula mais adequada e compare os preços. Quanto mais tempo você fica, mais o preço por período tende a diminuir, mas às vezes os montantes se tornam muito altos!

Quanto custará a viagem?
Comparar preços é fundamental para fazer uma boa escolha.

Uma vez que este primeiro processo de pesquisa é feito, e você conclui a sua escolha, tudo o que você precisa fazer é se deixar guiar. Inicialmente, você terá vários procedimentos administrativos para executar, como:

  • A assinatura do seu contrato: o contrato de estadia com a família anfitriã e o seu compromisso de fazer os cursos com a escola escolhida;
  • Passaporte, candidatura e visto, para países que o exigem.

Outras medidas também precisarão ser tomadas com bastante rapidez:

  • Reserve passagens de avião para as datas da sua estadia (normalmente, quando o estudante pede o visto, precisar ter em mãos os bilhetes de ida e volta);
  • No caso de fórmulas feitas sob medida, encontre acomodação ou pousada;
  • Fotocopie e envie o seu contrato de trabalho, se houver.

É importante executar esses passos relativamente de antemão: a competição por estadias no exterior é bastante difícil. Entretanto, entrar em desespero e já sair assinando a primeira opção que aparecer pode fazer com que você se arrependa depois, ao ver que existem outras oportunidades!

Algumas agências oferecem pacotes prontos para uso em apenas alguns dias, mas tal facilidade tem um preço. Para outros países de língua inglesa, saiba que algumas agências têm listas de espera, por isso é melhor fazer a sua reserva o mais rápido possível, especialmente se você já tem em mente alguma data para estadia.

Por fim, também serão necessários alguns passos pessoais para preparação, como a compra de livros de leitura ou mesmo a realização de pequenos cursos de idiomas antes de deixar o Brasil, a compra dos acessórios necessários para viajar e morar no local, como roupas adequadas à temperatura.

Leia e estude
Livros de leitura a cursos prévios fazem parte da preparação para o intercâmbio.

E então, pronto para experimentar essa aventura? Se sim, deixe seu comentário abaixo contando para nós e de que forma você está preparando para colocar esse plano em prática.

Precisando de um professor de Inglês ?

Você curtiu esse artigo?

5,00/5, 1 votes
Loading...

Myla

Editora de Conteúdo, tradutora (Intérprete em workshops e eventos) e terapeuta. Nunca é tarde demais pra nada! Sobretudo para a gente realmente se descobrir de verdade pra gente mesmo!