Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

As refeições chaves da culinária brasileira

De Joseane, publicado dia 04/06/2019 Blog > Artes e Lazer > Culinária > Os pratos preferidos dos brasileiros

Sendo o Brasil um país gigante onde se convivem diferentes culturas, difícil seria escolher um único prato favorito dos brasileiros. Cada região do Brasil tem suas marcas culinárias registradas. O churrasco do Sul do Brasil, a moqueca no Nordeste, a feijoada no Sudeste, a vasta culinária do Norte!

Não existe um prato típico da culinária brasileiras mas vários pratos típicos de acordo com a região. Uma coisa é certa, a comida brasileira é rica e bastante diversificada. O Brasil é um prato cheio para quem gosta de comer e se deliciar com diferentes receitas, gostos e sabores.

Os grandes nomes da gastronomia brasileira que o diga! Impossível não ser criativo com uma cozinha tão diversificada. Temos a matéria prima necessária para alimentar a criatividade dos nossos chefes de cozinha.

Brigadeiro, cajuzinho, beijinho, empadão, salpicão, estrogonofe, empadinhas, tapioca, arroz doce, canjica…o Brasil dá um show quando o assunto é comilança.

Independente da região, alguns pratos fazem indiscutivelmente parte do cardápio preferido dos brasileiros. A seguir, vamos conhecer os pratos chefes da cozinha brasileira de Norte a Sul.

Churrasco: peça chave dos domingos no Brasil

Seja para celebrar um aniversário, para comemorar o resultado do jogo de futebol ou simplesmente para reunir os amigos e a família no Domingo, o churrasco é peça chave da gama culinária brasileira.

Todo brasileiro gosta de comer churrasco!

Melhor comida do Brasil O churrasco é sempre uma boa razão para reunir os amigos

Churrasco de picanha, de linguiça, de frango, de peixe e até de legumes. No Brasil o churrasco é muito mais do que um prato…se trata de um evento, de uma representação cultural.

Em alguns países o “barbecue” (churrasco) é somente o fato de fazer grelhar a carne/legumes na churrasqueira, diferenciando-se de outros processos de cozimento como o forno ou a panela. Já no Brasil, o churrasco é um tipo de evento, tem música específica para churrasco, acompanhamento de churrasco e a maior surpresa está na duração.

Um churrasco brasileiro não precisa acontecer na hora do almoço, aliás um churrasco não tem hora para começar e nem para terminar podendo se estender ao longo do dia! Enquanto tiver comida e bebida, o churrasco rola, aliás, muitas vezes o churrasco continua mesmo ao fim da comida (embora seja pouco provável que a comida acabe), com a introdução de jogos e, claro, com a presença da música e dos dançantes.

Em um verdadeiro churrasco brasileiro não podem faltar:

  • carnes (frango, carne vermelha, coração de galinha, linguiças
  • pão de alho
  • vinagrete
  • farofa
  • arroz
  • salpicão
  • legumes para grelhar (opção vegetariana)

Obviamente que além da comida a bebida é uma parte importante de um churrasco brasileiro. As campeãs são a cerveja e a caipirinha, mas refrigerantes e sucos leves também são muito bem vindos durante o churrasco.

Conheça os melhores chefes de cozinha da história.

Feijoada: a herança cultural brasileira

A feijoada é um dos símbolos da culinária nacional. Um prato que agrada gregos e troianos, a feijoada faz parte do cardápio dos brasileiros sem distinção.

A feijoada também é parte do cardápio turístico sendo referência nos guias de viagem, e um “must eat” para aqueles que estão visitando o Brasil e querem provar a cozinha brasileira.

Com o passar do tempo e com as novas exigências em termos de gastronomia, a feijoada passou a ganhar diferentes versões, incluindo a versão gourmet. Mas, se é para comer uma feijoada que seja a feijoada tradicional não é mesmo?

Aprender a cozinhar feijoada Seria a feijoada o verdadeiro “manjar dos deuses”?

Aqui vai a receita desse prato tradicional e queridinho entre os brasileiros, a verdadeira feijoada:

Tempo: 2h (+24h de molho)

Rendimento: 8 porções

Dificuldade: médio

Ingredientes da feijoada completa tradicional

  • 600g de feijão-preto
  • 200g de costelinha de porco salgada
  • 200g de carne-seca em cubos
  • 100g de orelha de porco
  • 100g de rabo de porco
  • 100g de pé de porco
  • 100g de lombo de porco salgado em cubos
  • Suco de 1 limão
  • 2 folhas de louro
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto
  • 1 cebola com 5 cravos-da-índia espetados
  • 8 xícaras (chá) de água
  • 1/4 de xícara (chá) de cachaça
  • 2 laranjas
  • 300g de linguiça calabresa, paio e portuguesa em fatias
  • 1 cebola em cubos
  • 5 dentes de alho picados

Modo de preparo

Deixe o feijão de molho em água por 6 horas. Deixe a costelinha, a carne-seca, a orelha, o rabo, o pé e o lombo de molho em água por 24 horas na geladeira, trocando a água por 4 vezes. Escorra, lave com o suco de limão e coloque em uma panela com água. Leve ao fogo médio, deixe levantar fervura, escorra e repita o processo para retirar o excesso de gordura.

Coloque as carnes em uma panela, adicione o feijão com a água do molho e complete com mais água. Leve ao fogo baixo. Acrescente o louro, sal, pimenta, a cebola espetada com os cravos, a cachaça e as duas laranjas inteiras, com casca furada com uma faca afiada. Deixe levantar fervura e cozinhe por 50 minutos, retirando a espuma que se forma na superfície, com uma colher. Coloque a linguiça na metade do cozimento. Teste a maciez das carnes com um garfo e retire conforme estiverem prontas.

Corte os pedaços de carne em tamanhos de 3cm. Quando o feijão e as carnes estiverem prontas, volte à panela todos os pedaços. Aqueça uma frigideira com o óleo, em fogo médio, doure a cebola e o alho por 5 minutos e misture na panela. Retire a cebola espetada e as laranjas. Deixe levantar fervura e sirva, se desejar, acompanhada de arroz branco e couve refogada.

Veja aqui os nomes dos melhores chefes de cozinha contemporâneos.

Coxinha: o melhor lanche para os brasileiros

Não se sabe ao certo de onde e como surgiu esse quitute tão amado pelos brasileiros, mas, uma coisa é certa, a coxinha é uma das preferências nacionais e número um das comidas de boteco.

Pratos da culinária tradicional brasileira Coxinha de galinha: uma paixão nacional

Feita a base de frango, farinha de trigo e batatas, a coxinha é parte indispensável dos aperitivos, das festas de criança, da pausa para o lanche. Você conhece algum brasileiro que não goste de coxinha? Aliás, você conhece alguém que tenha provado uma coxinha e não tenha gostado dessa iguaria?

Entre os brasileiros que, como eu, vivem fora do Brasil, comer coxinha é como retornar rapidamente ao país natal. Um quitute que representa a infância, a casa da mãe, os aperitivos da sexta a noite com os amigos…coxinha é vida!

É verdade que fazer coxinha dá um trabalho danado, por isso a melhor pedida é encomendar de alguma quituteira ou pedir ali mesmo no bar como aperitivo.

Se você ama coxinha e deseja aprender a fazer, veja aqui uma receita quase infalível dessa iguaria amada por todos os brasileiros.

Pastel: o queridinho dos brasileiros

Depois da coxinha, o pastel de feira é o melhor quitute da culinária do Brasil. O pastel pode ser apresentado em diferentes versões como: pastel de carne, pastel de queijo, pastel de frango com catupiry, pastel de pizza, pastel de banana com canela, entre outras versões gourmet.

Entre as comidas de boteco, o pastel é um dos soberanos juntamente com a coxinha e o bolinho de bacalhau. Reza a lenda que o pastel é derivado do tradicional Rolinho Primavera da culinária chinesa e do gyosa japonês. Há quem diga também que o pastel tem origem européia. Seja como for, o pastel de feira de massa fina, recheado e frito em óleo quente é certamente nosso e somente nosso.

A origem do pastel importa importa pouco, já que no Brasil essa iguaria é sucesso absoluto e amado por todos.

Você gosta de culinária? Veja aqui uma lista de programas de culinária para você acompanhar na Tv ou online.

Arroz e feijão: a mistura perfeita

A mistura que se completa e que agrega a mesa do brasileiro de todas as classes sociais. O famoso arroz com feijão é a base da cozinha brasileira e não pode faltar no cardápio do brasileiro.

Prato típico brasileiro Arroz, feijão e panqueca, uma delícia!

Muitos são os brasileiros que comem feijão com arroz todos os dias da semana no almoço ou na janta. Acompanhando pratos de carne, de peixe, frutos do mar, entre outros, na cozinha no brasileiro não pode faltar essa combinação de sabores.

Para que a mistura seja ainda mais saborosa e perfeita, alguns detalhes devem ser respeitados:

  • O arroz deve ser preparado com alho refogado e deve ficar “soltinho”, atenção para não cozinhar demais.
  • O feijão deve está bem cozido e refogado em alho e cebola (opcional), um pouco de bacon fará toda a diferença no sabor!

Em algumas regiões do Brasil a preferência se dá pelo feijão preto, outras preferem o feijão marrom e tem ainda o feijão branco. Quanto ao arroz, pode variar também entre o arroz parboilizado (onde os grãos são pré-cozidos) e o arroz branco, este último sendo mais saboroso e mais tradicional.

O arroz e o feijão é uma dupla quase inseparável sendo a marca registrada da cozinha brasileira.

Se você ama comer mas não é lá tão íntimo da cozinha, saiba que aprender a cozinhar pode ser mais simples do que se pensa! Se olhar a receita não é suficiente para você, faça algumas aulas de culinária e você vai se sair muito bem!

 

 

 

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar