Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Guia para aprender a desenhar bem

De Camila, publicado dia 20/09/2019 Blog > Artes e Lazer > Desenho > Curso desenho: dicas para aprender vários estilos

Cada estilo de desenho é diferente.
As possibilidades para desenvolvê-los são enormes.

Aprender a desenhar não é tão fácil quanto se imagina. Não basta pegar os lápis e fazer um esboço rápido para poder sair por aí dizendo que se é um ilustrador genial ou um mangaká profissional. Se alguns passam por cursos de desenho, outros aprendem o básico do desenho sozinhos, o que é totalmente possível!

Existem muitos tutoriais de desenho online que permitem a desenhistas amadores melhorarem suas habilidades e, consequentemente, tornarem-se mais criativos. Cada aula de desenho permite que o futuro desenhista aprenda técnicas de desenho e faça um uso adequado dos materiais disponíveis, sejam eles giz de cera, carvão ou canetas nanquim.

Para te dar aquela mão amiga na sua jornada de preparação para se tornar um excelente desenhista, Superprof elaborou esta matéria com uma visão geral dos vários tipos de desenhos artísticos.

De retratos de mangá às especificidades de um desenho de figura humana, confira abaixo alguns princípios básicos para começar a desenhar de maneira simples!

Curso de mangá: como desenhar personagens japoneses

Preparamos algumas dicas para te ajudar a se lançar no esboço de um mangá. Depois desta leitura, a arte de mangakás como Kishimoto, Toriyama ou Matsumoto não será mais nenhum mistério para você!

Aulas de desenho: características do mangá japonês

Os três principais tipos de mangá são:

  • Shonen (para meninos);
  • Shojo (para meninas);
  • Seinen (para adultos).

As histórias possuem estilos diferentes, pois elas visam atingir um público-alvo variado.

anatomia do corpo pode ser muito diferente de um mangá para outro. Exemplo: em um mangá Shojo, meninos e meninas são muito magros e esbeltos; já as personagens femininas dos mangás Shonen possuem frequentemente seios fartos…

Aprender a desenhar rostos e corpos de personagens

Nada melhor que iniciar um desenho pela cabeça e o rosto, não é mesmo?

cabeça deve ser de um tamanho muito grande e os olhos devem ocupar cerca de 50% do espaço do rosto – especialmente se você embarcar nas personagens femininas kawaii!

Para fazer isso, normalmente esboçamos um círculo para delimitar o espaço da cabeça, traços retos para demarcar os braços e as pernas, e triângulos para as mãos e pés. Com esse esqueleto, é possível ter uma visão geral da estrutura primária do personagem.

É melhor desenhar os detalhes do rosto depois de desenhar a forma do corpo, para que as proporções sejam respeitadas (e para que você não precise refazer tudo caso erre algo).

Pronto para aprender ainda mais sobre como desenhar mangás?

Aprendendo a desenhar objetos e detalhes de mangás

Seu mangá não pode ser composto de personagens que evoluem em um mundo vazio: é necessário fazê-los evoluir em uma decoração adequada.

É preciso saber se sua história acontece em um ambiente urbano, vegetal ou rural. Para tal, você precisa aprender algumas técnicas para conseguir representar edifícios, árvores, lagos, mar e assim por diante.

O ponto mais importante na hora dar detalhes ao seu ambiente é o nível de sombra: brincar com a luz é essencial para detalhar seus elementos, como troncos e pedras.

Algumas dicas para progredir no desenho do mangá

É totalmente possível atingir um resultado satisfatório quando seguimos certas regras básicas de construção da narrativa e dos desenhos.

Para iniciantes, uma maneira simples de desenhar algo que você não visualiza é procurando – e seguindo – exemplos na Internet. Exemplos em papel também podem, obviamente, ser muito úteis, já que nada melhor do que ter uma revista de mangá em mãos na hora de praticar! Sejam poses, objetos, ambientes ou efeitos visuais, você encontrará sua felicidade nos trabalhos disponíveis no mercado e no mundo virtual na hora de adaptar esses elementos.

No entanto, não copie completamente uma obra original. Se você quiser se tornar um bom cartunista que domine a técnica do mangá japonês, então você precisa encontrar seu próprio estilo. Não deu certo no começo? Não se desespere, pois é errando e praticando que se aprende!

Curso de desenho online: desenhar histórias em quadrinho

Para entrar na grande família de histórias em quadrinhos, aqui estão os primeiros passos a serem seguidos para aprender a desenhar seus próprios quadrinhos.

História em quadrinhos: um breve manual

Cada autor de quadrinhos começa sua criação em torno de um tema. A partir dele, a ideia, a história e o enredo são aprofundados. Baseado em tudo isso, os quadrinhos são criados de acordo com seu estilo e desejo.

De Tintin a Asterix e Obelix, passando pela Turma da Mônica, ou ainda os super-heróis da Marvel, o ponto de partida de uma HQ de sucesso é um conjunto de boas ideias.

Encontrando inspiração para criar uma história em quadrinhos

Quando faltar inspiração, o melhor a fazer é se inspirar de outros cartunistas ou ilustradores. Selecione alguns livros e quadrinhos que você leia, observe seus temas e identifique os estilos que você mais gosta.

Atenção! Isso não significa copiar inteiramente o trabalho de um cartunista. A ideia do seu quadrinho deve permanecer original para não ser acusada de plágio.

Estudar outros autores de histórias em quadrinhos tem o poder de desbloquear sua imaginação e criatividade!

Desenvolvendo uma sinopse detalhada da sua HQ

Uma vez estabelecido o universo do seu tema, é chegada a hora de criar uma sinopse. Assim como no mundo do cinema, a sinopse permite configurar a história do seu trabalho gráfico.

Dentro da sinopse, é essencial conter:

  • O detalhamento do enredo de sua história;
  • O detalhamento dos personagens;
  • O detalhamento da estrutura espaço-temporal;
  • O detalhamento do desenrolar da trama;
  • As reviravoltas da trama;
  • número de páginas que você deseja realizar;
  • Etc.

Character design: desenhando os personagens da sua HQ

Assim como a sinopse, o estágio de design de personagens economiza muito tempo na hora em que se atinge o estágio de ilustração. Os cartões contendo o design de personagens são peças gráficas que apresentam os mesmo a partir de um ponto de vista ilustrativo. Portanto, não se trata de descrever a personalidade física e psíquica do personagem, mas sim de traduzi-lo em uma imagem.

Desenhar para revistas em quadrinhos exige determinada técnica.

Aula de desenho: criando o storyboard dos quadrinhos

A criação do storyboard também faz parte dos primeiros passos da criação de uma HQ. Um pouco como o script de um filme, o storyboard permite detalhar quadro por quadro, apontando quais serão os elementos ilustrativos e o diálogo a integrar cada um deles.

Aulas de desenho online: continuando a realização da história em quadrinhos

Agora você já pode dizer que conhece os conceitos básicos para criar quadrinhos. Da sinopse ao storyboard, passamos por todas as primeiras etapas antes de chegar até aqui. Tudo o que você precisa fazer agora é desenhar dentro dos quadros, colori-los (ou não…) e publicar sua HQ.

Aula de desenho: como fazer uma caricatura

Quais são os segredos de uma boa caricatura? Como desenhar e exagerar um retrato? Confira as respostas para essas e várias outras dúvidas sobre a arte de fazer retratos cômicos.

Definição e um pouco de história da caricatura

Desenvolvida a partir do século XVI, a caricatura tornou-se mais acessível pela imprensa. Tal tipo de desenho é usado constantemente por cartunistas para criticar situações políticas, de conflito e qualquer outro tipo de acontecimentos relacionados às notícias atuais.

Para ver mais claramente, aqui está uma definição de caricatura de acordo com o dicionário Michaelis:

  1. Desenho ou pintura de pessoa ou fato que, por apresentar traços distorcidos, acentua ou revela seus aspectos grotescos.
  2. Reprodução grosseira e deformada de alguma coisa.
  3. Pessoa de aparência ou modos ridículos.
  4. Representação em que se acentuam e satirizam os aspectos cômicos e grotescos de pessoas e fatos.”

Curso de desenho artistico: conceitos básicos do desenho de retrato para caricatura

Para iniciar o desenho de uma face, um bom ilustrador começa desenhando um círculo. Tal círculo é, em seguida, dividido por uma linha horizontal e uma linha vertical. Esta é a base do desenho de retrato.

Essas primeiras linhas permitem escolher o eixo da face e depois estender a esfera para posicionar a mandíbula. A linha horizontal representa a parte superior dos olhos, enquanto a linha vertical serve como referência para o nariz e o eixo da boca.

Características mais importantes desse tipo de desenho cômico

A chave do processo de caricatura é a observação. Para um primeiro trabalho, não é preciso se apressar, pois não se trata de uma questão de tempo. Antes de mais nada, é muito importante tomar o tempo necessário para observar bem os traços faciais da pessoa a ser representada.

O mais eficaz é usar as características físicas da pessoa que pulem aos olhos assim que você a olhar. Por exemplo, você pode desenhar olhos azuis penetrantes se a pessoa caricaturada tiver olhos azuis. Se a pessoa tiver cabelos longos, você pode representá-los ainda mais compridos do que eles realmente são. Também pode ser através de um nariz protuberante, uma testa grande, lábios carnudos e assim por diante. Tudo vai depender do seu modelo.

Um bom caricaturista precisa saber desenhar bem!

Cursos de desenho: encontre seu estilo para desenhar uma caricatura

Para encontrar um estilo próprio, é preciso primeiro praticar. O treinamento regular permite sujar as mãos e fazer autocrítica para progredir. Para cada desenho feito, faça uma pequena avaliação anotando o que você gosta e o que não gosta no desenho.

Conforme você avança, seus desenhos melhoram e seu estilo se refina.

Todas as mídias para se desenhar uma caricatura

No desenho, muitas mídias podem ser usadas quando o assunto é a produção de um desenho:

  • Carvão,;
  • Giz de cera;
  • Caneta hidrocor (também conhecida como hidrográfica);
  • Caneta nanquim;
  • Tinta aquarela;
  • Tinta guache;
  • Lápis de cor;
  • Grafite,
  • Etc.

Cursos de desenho online: como praticar caricaturas?

Não entre em pânico se seu irmão ou amigo não quiser ficar horas na sua frente para que você possa transformá-lo em uma caricatura. Existem outras maneiras de treinar sem um modelo vivo.

Por exemplo, você pode escolher algumas fotos de seus parentes ou até mesmo de estranhos na internet e desenhar sua caricatura em silêncio da sua mesa de desenho. Este método é útil quando se é um total iniciante, pois não existe a pressão do tempo gasto ou das pessoas observando durante o trabalho.

Aprender a desenhar o rosto da figura humana

Abaixo, Superprof decidiu incorporar o papel de um professor ensinando desenho, e resolveu dar dicas sobre como desenhar um retrato realista.

Quais são as características de um retrato?

Seja na pintura ou na fotografia, o retrato é definido  da seguinte maneira:

Uma representação, de acordo com um modelo real, de um ser (especialmente de um ser animado) por um artista que tenta reproduzi-lo ou interpretar características e expressões características.

O retrato é, portanto, caracterizado pelo fato de representar uma única pessoa, sem nenhuma outra intervenção. Caso contrário, é chamado de retrato de grupo.

Ferramentas para começar a traçar um rosto

O mais aconselhável é começar por um retrato em preto e branco, pois ele permite uma melhor compreensão sobre os tons de cinza e a relação entre luz e sombra. Este também é um exercício muito interessante para aprender a dominar os relevos em um desenho.

Uma vez escolhido o modelo, você deve escolher a técnica de desenho a ser usada, pois ela desempenha um papel importante na escolha do suporte. Se você fizer um primeiro retrato em preto e branco, materiais como grafitecarvão vegetal ou até mesmo caneta esferográfica são uma boa opção.

Para fazer esse tipo de retrato, basta uma folha simples de papel tipo Canson.

Professores desenho: demarcando o eixo da face

As primeiras demarcações da base do desenho de rosto devem se parecer mais ou menos a esses exemplos.

Para desenhar uma face é preciso, primeiramente, desenhar um círculo. Em seguida, desenhe duas linhas, uma vertical e outra horizontal. Elas servirão de eixo para os olhos (horizontal), nariz, boca e queixo (vertical). para transformá-lo em uma esfera, como no desenho abaixo.

A primeira linha horizontal cruza a esfera ao meio, um pouco como o equador no globo terrestre. A segunda linha é vertical e também cruza a esfera pela metade. Esses marcadores permitem posicionar, mais tarde, os elementos da face.

Desenhe os principais elementos da fisionomia

Agora que as linhas de construção estão prontas, é preciso desenhar os contornos do rosto de acordo com a forma do modelo e os elementos que compõem sua face (olhos, orelhas, nariz, boca etc). Isso agregará um pouco mais de realismo ao retrato.

Aprenda a fazer cabelos durante o curso de ilustração

O cabelo é geralmente uma das partes mais complicadas de se representar. Para executá-lo com maestria, é preciso determinar em qual altura da testa ele se encontra e, em seguida, criar o seu limite.

O próximo passo é desenhar toda a massa de cabelos. Não hesite em criar movimento. Para fazer isso, desenhe algumas linhas suaves no cabelo para criar alguns grupos de mechas.

O ambiente do retrato

Para finalizar seu retrato, você pode optar por adicionar um ambiente de fundo. Pode ser uma paisagem em segundo plano ou uma cidade. Tal ambientação também pode ser composta por silhuetas ou animais; essa escolha fica a seu critério.

Duas outras técnicas para compor rostos

Você acabou de aprender como criar um retrato de A a Z. Mas o que apresentamos acima não é a única técnica que existe para se fazer um retrato.

Usar uma grade para reproduzir um retrato

Algumas aulas de desenho ensinam a reproduzir uma ilustração ou foto através da criação de uma grade. Essa técnica consiste em desenhar uma grade na foto do modelo e depois reproduzi-la em uma folha em branco. A grade serve como um ponto de referência entre o modelo e sua reprodução.

Retrato à mão livre: uma técnica mais fluida

Às vezes, alguns artistas também decidem fazer um retrato à mão livre, sem gradenem proporções.

Essa abordagem é feita de maneira mais livre. Ela funciona como se o desenhista tivesse uma bússola nos olhos, permitindo com ele represente o rosto exatamente como ele é visto na foto.

Fazer um desenho realista do rosto pode apresentar diversos desafios.

Diferentes maneiras de dominar o traçado de faces

Existem várias alternativas para praticar e aprender o básico do desenho. A primeira é, obviamente, a prática enquanto autodidata.

Você também pode optar por ingressar em uma escola de desenho, em cursos de desenho online ou ainda contratar um estúdio de desenho ou contratar um professor desenho particular.

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar