Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Aula de desenho online: iniciação aos traços de HQ

De Camila, publicado dia 13/09/2019 Blog > Artes e Lazer > Desenho > Curso de desenho online: desenhar histórias em quadrinho

“Ao acreditar em seus sonhos, o homem os torna realidade.”
Hergé

Segundo o site Ambrosia, o mercado brasileiro de histórias em quadrinho  não é grande o suficiente para que os desenhistas criadores de HQ dependam financeiramente única e exclusivamente dessa atividade.

Ainda segundo a mesma fonte, a França e a Bélgica são dois dos maiores produtores e consumidores de quadrinhos do mundo! No entanto, ninguém ultrapassa o Japão, único país do globo onde as vendas de gibis nas bancas não caíram nos últimos anos.

Então, para entrar na grande família de histórias em quadrinhos, aqui estão os primeiros passos a serem seguidos para aprender a desenhar seus próprios quadrinhos.

Confira também uma visão geral dos vários tipos de desenhos artísticos.

História em quadrinhos: um breve manual

Nascido no início do século 19, os quadrinhos que conhecemos hoje conquistaram o mundo. A primeira HQ foi feita pelo suíço Rodolphe Töpffer em 1827, e teve o nome de “Histoire de monsieur Jabot” (“A História do Sr. Jabot”). Essa arte de contar histórias cruzou o Atlântico, chegando aos Estados Unidos e seduzindo várias pessoas. Não demorou muito para que os quadrinhos se tornassem super popular no norte das Américas, e, consequentemente, seus personagens e super-heróis. Atualmente, o Japão que é o maior produtor de obras desse tipo. Senso assim, os mangás ocupam uma grande fatia do mercado mundial de HQ.

Seja qual for o país de publicação, a realização de uma história em quadrinhos segue mais ou menos os mesmos estágios da criação. De Tintin a Asterix e Obelix, passando pela Turma da Mônica, ou ainda os super-heróis da Marvel, o ponto de partida de uma HQ de sucesso é um conjunto de boas ideias.

Depois das nossas dicas, você vai virar um expert na produção de histórias em quadrinhos!

Cada autor de quadrinhos começa sua criação em torno de um tema. A partir dele, a ideia, a história e o enredo são aprofundados. Baseado em tudo isso, os quadrinhos são criados de acordo com seu estilo e desejo.

A criação de quadrinhos não exige necessariamente um curso de ilustração, curso de pintura ou curso de desenho técnico. A maioria dos escritores de quadrinhos é autodidata.

Para iniciar uma história em quadrinhos, é importante aprender sobre os estágios de produção e realização, sempre mantendo-se motivado, pois dificuldades aparecerão!

Preparamos também algumas dicas para te ajudar a se lançar no esboço de um mangá.

Encontrando inspiração para criar uma história em quadrinhos

Você sonha em criar sua própria história em quadrinhos e mostrá-la aos seus entes queridos? E talvez até publicá-las e vendê-las para um número maior de pessoas? Antes de começar a desenhar algumas pranchas e ir bater de porta em porta nas editoras, é preciso encontrar a ideia certa.

Alguns desenhistas possuem um processo de criação super fluido. Já outros têm mais dificuldades para colocar suas ideias no papel…e isso é super normal!

Quando faltar inspiração, o melhor a fazer é se inspirar de outros cartunistas ou ilustradores. Selecione alguns livros e quadrinhos que você leia, observe seus temas e identifique os estilos que você mais gosta. Atenção! Isso não significa copiar inteiramente o trabalho de um cartunista. A ideia do seu quadrinho deve permanecer original para não ser acusada de plágio.

Estudar outros autores de histórias em quadrinhos tem o poder de desbloquear sua imaginação e criatividade!

Para conseguir um número maior de exemplares, que tal ir à biblioteca? Ao ler seus escolhidos, observe as ideias que passam pela sua cabeça, pois isso permitirá que você configure gradualmente a estrutura do conceito do seu próprio quadrinho.

Os balões de diálogos são elementos fundamentais das histórias em quadrinhos.

Se você gosta de quadrinhos futuristas, preste atenção às decorações, cenários e figurinos que você goste, pois isso te ajudará a desenvolver um estilo próprio que tenha a ver com você.

Ir a um festival de quadrinhos também é uma ótima maneira de colocar os pés no mundo dessa arte. Muitas exposições apresentam o detalhamento do trabalho de desenvolvimento de uma história em quadrinhos, muitas vezes com quadros originais, bons a observados e admirados.

Se por acaso, algum dia você tiver a chance de ir a Bruxelas, então dê uma passada no Museu de Quadrinhos (“Musée de la Bande Dessinée“). Ele é como se fosse um festival permanente de HQ! O Brasil sediou uma grande exposição sobre o assunto no MIS (Museu da Imagem e do Som) em 2019, reunindo vários cartunistas nacionais. Infelizmente, a mostra em São Paulo foi temporária, mas várias informações ainda podem ser encontradas no site da instituição.

Depois de tanta pesquisa, você finalmente será capaz de escolher se o seu quadrinho será:

  • Bem humorado;
  • Realista;
  • De fantasia;
  • De ficção científica;
  • Documentário;
  • Autobiográfico;
  • Em preto e branco;
  • A cores;
  • Etc.

Descubra os segredos de uma boa caricatura!

Desenvolvendo uma sinopse detalhada da sua HQ

Uma vez estabelecido o universo do seu tema, é chegada a hora de criar uma sinopse. Assim como no mundo do cinema, a sinopse permite configurar a história do seu trabalho gráfico. Aqui está uma definição de acordo com a Wikipedia:

“Sinopse é uma escrita que descreve a totalidade ou um esboço de uma obra ou ciência.”

Escrever uma sinopse é muito útil para colocar suas ideias em ordem e quase indispensável para apresentá-las a um editor. Muitas vezes, ela é acompanhada por alguns quadrinhos já desenhados, para que o leitor tenha uma ideia da identidade gráfica que você deseja adotar para contar sua história em imagens.

Mesmo se você decidir publicar rapidamente sua revista em quadrinhos por conta própria, a sinopse é uma grande ajuda. Ela servirá como um tipo de guia para que você não se perca na sua história.

A sinopse pode ter de uma a seis páginas. No entanto, não há regras. O importante é que sua história seja compreensível e detalhada o suficiente para que você não precise pensar nela posteriormente.

Dentro da sinopse, é essencial conter:

  • O detalhamento do enredo de sua história;
  • O detalhamento dos personagens;
  • O detalhamento da estrutura espaço-temporal;
  • O detalhamento do desenrolar da trama;
  • As reviravoltas da trama;
  • O número de páginas que você deseja realizar;
  • Etc.

Esta etapa é realmente importante para que você não perca tempo quando começar a colocar a mão na massa e fazer os desenhos dos quadrinhos. Embora possa parecer entediante, pensar na maioria dos detalhes desde o início economizará muito tempo!

O esboço dos personagens é uma etapa a ser seguida na hora da criação dos seus quadrinhos.

Character design: desenhando os personagens da sua HQ

Assim como a sinopse, o estágio de design de personagens economiza muito tempo na hora em que se atinge o estágio de ilustração. Os cartões contendo o design de personagens são peças gráficas que apresentam os mesmo a partir de um ponto de vista ilustrativo. Portanto, não se trata de descrever a personalidade física e psíquica do personagem, mas sim de traduzi-lo em uma imagem.

Cada personagem é desenhado de formas e expressões diferentes: personagem da cabeça aos pés, retrato, perfil, movimento etc.

O objetivo é capturar o personagem em cada situação provável, para que ele sirva de modelo para o futuro. Isso é ainda mais útil quando o roteirista e o desenhista não são a mesma pessoa. O processo de criação de personagens permite que ambos concordem tanto com o esboço como com os pequenos detalhes.

Para criar pranchas de design de personagens, comece com esboços do personagem de corpo inteiro. É mais fácil ir do geral ao detalhe do que o inverso. Desenhar os diferentes personagens também é uma boa oportunidade para determinar o estilo do desenho (humorístico, realista etc.).

Independentemente da utilização de uma prancha digital ou técnicas mais tradicionais, é mais fácil atingir um resultado satisfatório na hora de criar seus personagens depois de aprender alguns conceitos básicos de desenho.

Confira também dicas sobre como desenhar um retrato realista.

Aula de desenho: criando o storyboard dos quadrinhos

A criação do storyboard também faz parte dos primeiros passos da criação de uma HQ. Um pouco como o script de um filme, o storyboard permite detalhar quadro por quadro, apontando quais serão os elementos ilustrativos e o diálogo a integrar cada um deles.

Para isso, são feitos esboços nos quais é possível encontrar também os balões de diálogos. Assim, é então necessário “recortar” a história de acordo com o número de páginas desejado.

O storyboard é um longo passo para os cartunistas. Os textos presentes nos balões devem ser coerentes e os desenhos não devem ser repetidos. Todas as tiras devem ser pensadas com o intuito de contribuir para a narração e cada desenho deve trazer novas informações.

Aulas de desenho online: continuando a realização da história em quadrinhos

Agora você já pode dizer que conhece os conceitos básicos para criar quadrinhos. Da sinopse ao storyboard, passamos por todas as primeiras etapas antes de chegar até aqui. Tudo o que você precisa fazer agora é desenhar dentro dos quadros, colori-los (ou não…) e publicar sua HQ.

A partir do storyboard realizado anteriormente, o cartunista precisa, agora, desenhar dentro de cada quadro detalhadamente. Não se trata de apenas organizar os balões, mas sim de “limpar” e dar “acabamento” ao desenho para que ele fique o mais próximo possível do produto final.

A Bélgica é um dos maiores produtores e consumidores de HQ, mas ainda não bate o Japão e seus mangás!

Com um desenho limpo e organizado, agora só basta você passar seu esboço à caneta e pronto: sua história em quadrinhos está pronta para ser publicada!

A partir de agora, tudo o que você precisa fazer é colocar nossas dicas em prática!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar