Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

A escrita árabe: descubra essa arte milenar!

De Fernanda, publicado dia 11/10/2018 Blog > Idiomas > Árabe > Como aprender a caligrafia árabe?

Se interessar pela cultura árabe e sua civilização é também reconhecer sua riqueza incrível.

Datando de mais de um milênio e vários séculos, a língua árabe (língua sagrada do Alcorão e do Islã) e sua caligrafia sempre fascinaram muitas pessoas.

Você provavelmente está se perguntando como é que as caligrafias chinesa, árabe e japonesa assumiram esta forma de arte de escrita tão bela?

E hoje em dia a impressora assumiu toda essa tarefa!

A caligrafia árabe, como a caligrafia chinesa ou japonesa, situa-se entre a escrita (o manuscrito) e o desenho.

Desde sempre o homem expressou essa vontade de desenhar lindas letras para escrever poemas e praticar seu idioma com sutileza.

Mas será que é possível aprender a língua árabe por meio da sua caligrafia?

Descubra esta arte da caligrafia ancestral e, acima de tudo, alguns métodos para aprender o árabe gratuitamente.

Árabe Clássico X Coloquial

Antes de começar a aprender a língua de Ismael, os estudantes precisam aprender sobre a variante de árabe que desejam aprender.

Existem duas formas de árabe:

  • Árabe literário (ou árabe padrão moderno ou árabe clássico),
  • Árabe coloquial ou dialetal.

O árabe literário é muito mais complicado de aprender do que o árabe dialetal. Na verdade, você vai precisar de coragem, motivação e muita dedicação para dominar todas as nuances. Esta forma clássica é uma língua semítica cujas raízes são baseadas em triconsonanticas.

O árabe clássico é usado universalmente por todos os países que têm o árabe como idioma oficial, como:

  • Marrocos,
  • Tunísia,
  • Arábia Saudita,
  • Os Emirados Árabes Unidos,
  • Egito,
  • Catar
  • Síria
  • Sudão etc.

Se você quiser estudar a cultura árabe, é melhor assimilar o árabe literário. De fato, essa forma é muito utilizada na literatura e nas negociações políticas. Para estudar a história ou linguística árabe, é melhor optar pelo árabe clássico.

Além disso, ao aprender primeiro o árabe clássico, o aluno vai ser capaz de assimilar o árabe dialetal com muito mais facilidade.

O árabe coloquial ou dialetal se refere às diversas variantes nacionais ou regionais que formam a língua oral. É, aliás, sobretudo uma língua oral, usada na mídia ou no comércio. O árabe coloquial é composto por estas diversas variantes, que por vezes são diferentes a ponto de serem mutualmente ininteligíveis, e muitos linguistas as consideram idiomas distintos. Sob o aspecto da gramática, do vocabulário, da pronúncia ou da sintaxe, ele difere do árabe clássico a tal ponto que um diálogo entre esses dois tipos de idiomas pode ser impossível.

O dialeto árabe é aconselhado a todos os estudantes que desejam ir morar, visitar, trabalhar ou fazer um estágio em um país árabe.

Se você fizer a escolha de morar em imersão como um nativo, será acima de tudo o dialeto árabe que vai prevalecer na sua vida cotidiana. Por outro lado, se você deseja se tornar um linguista árabe, o árabe dialetal não vai ser necessariamente muito útil para você.

Para dominar a escrita árabe, portanto, é melhor privilegiar o árabe clássico, a forma mais comum por escrito!

O sistema de escrita árabe é muito diferente do nosso: embora o alfabeto árabe tenha apenas 28 letras, o modo de escrever está em total contradição com nossos hábitos ocidentais.

Primeiro, a escrita começa da direita para a esquerda, ao contrário do português. As letras não são separadas umas das outras e formam uma e a mesma palavra. As vogais são frequentemente omitidas durante a escrita: a leitura é, portanto, quase impossível para um estudante iniciante. Letras maiúsculas também são inexistentes no início da sentença.

No entanto, a estética da escrita árabe é inegável: muitos estudantes se aventuram na arte da caligrafia para escrever um árabe correto, semelhante ao de nativos.

Aprenda árabe de graça: caligrafia, uma arte antiga!

Aprenda o árabe. Aprenda a traçar suas primeiras letras e palavras em árabe! Mas qual estilo de caligrafia árabe devo estudar?

Que poesia incrível afirmar que uma língua também é transmitida por meio do desenho e da caligrafia. Línguas que podem se gabar de uma arte tão delicada e bela não são muitas. Poderíamos mencionar caligrafia chinesa ou caligrafia japonesa, por exemplo.

A caligrafia árabe é uma arte de precisão e delicadeza incomparáveis ​​que não podem ser improvisadas. Cada letra árabe deve ser desenhada em uma ordem específica, de modo a insistir com o pincel em um lugar e terminar o sinal com a ponta do pincel (ou cálamo).

Naturalmente, uma escrita meticulosa de sinais árabes (ou orientais) tem uma história e origens que não são recentes. Devemos voltar vários séculos para encontrar vestígios das primeiras letras árabes. No ano de 512, mais exatamente, com a inscrição de Zabad, encontrada no deserto da Síria, no Oriente Médio. O árabe, a língua sagrada do Profeta Allah, o Alcorão e o Islã, derivado do aramaico e do nabateu, é então usado principalmente por escrito. Ele é a linguagem dos poetas. Ele é chamado de árabe clássico (ou literário), em oposição ao árabe coloquial (dialetos locais derivados do árabe literal).

Esta técnica de caligrafia é usada na arte do pergaminho com o cálamo e nas aulas modernas de caligrafia.

À beleza dos textos orientais é acrescentada a beleza dos escritos e letras, caligrafados. Quando queremos aprender o idioma e a caligrafia árabe, não devemos nos esquecer de que é uma língua com um passado muito rico. Uma linguagem que é acima de tudo literária e transmitida pela palavra escrita.

Árabe: os diferentes tipos de caligrafia

Onde aprender árabe? Qual pincel comprar para praticar a caligrafia árabe?
Entre o pintor, o desenhista e o poeta está o calígrafo!

Desenhar letras árabes com um pincel (ou cálamo, esse instrumento usado para escrever) às vezes é semelhante à pintura ou ao desenho. Para alguns, é algo quase místico. Não vamos nos esquecer de que o árabe (o árabe literário, para ser mais preciso) é a língua sagrada dos muçulmanos e do Alcorão (e do Islã). Aprender árabe gratuitamente por meio da caligrafia também pode ser um gesto religioso para alguns.

Quer começar o árabe rapidamente e passar pela caligrafia para isso? Primeiro de tudo, você precisa saber que existem vários tipos de caligrafia para escrever o idioma árabe, incluindo estes 4 principais:

  • Cúfico e nasqui:  Os dois estilos originais da escrita árabe foram o cúfico (kufi) e o nasqui (naskhi). O estilo cúfico recebe este nome por ter sido utilizado primeiramente, em caráter oficial, na cidade de Cufa, na Mesopotâmia, região correspondente ao atual Iraque. Caracteriza-se por ser anguloso e rígido. Os primeiros exemplares do Alcorão foram escritos com esta caligrafia, que se desenvolveu a partir da escrita siríaca. Também foi empregue nas inscrições que se encontram em vários monumentos. O nasqui é um estilo de escrita cursiva, com letras mais redondas e fluidas. Surgiu no século X, tendo substituído o estilo cúfico. Dois nomes associados ao seu desenvolvimento foram ibne Mucla e Ibne al-Bauab. Foi igualmente empregue para cópias do Alcorão, bem como em obras literárias.
  • Outros estilos: Para além destes estilos desenvolveu-se também o estilo thuluth ou thulth (“um terço”) que foi usado em inscrições de monumentos e nas cabeças dos capítulos do Alcorão. Dois outros estilos associados ao Alcorão foram o mohaqqaq e o rayhani. No Magrebe do século X surgiu um estilo próprio chamado maghribi que se caracteriza pelas suas curvas e linhas delicadas. As letras eram escritas com tinta negra ou castanha e os sinais diacríticos com tintas verdes, amarelas e vermelhas. Este estilo atingiu o al-Andalus, estando na base do desenvolvimento de um estilo local, o andaluzi.

No que diz respeito a estes estilos caligráficos, você também pode se informar mais junto ao seu professor particular de árabe ou em sua escola de idiomas.

Além disso, para uma aprendizagem complementar da língua árabe por caligrafia, que tal dar uma olhada no Youtube? Você vai encontrar muitos tutoriais disponíveis para aprender a ler.

Curso de caligrafia on-line para aprender a língua gratuitamente

Como estudar a língua árabe no Brasil? Não podemos negar a beleza e a estética das letras árabes …

“Árabe gratuito”, “Árabe Fácil”, “Árabe Online” ou “Árabe Iniciante” são provavelmente alguns exemplos de pesquisa que você fez online para finalmente descobrir como aprender árabe por meio da caligrafia (gramática, pronome, verbos, palavras, léxico, alfabeto, tradução, pronúncia, vogal, Cursos on-line de árabe, primeiros nomes …).

E se você confiasse em um calígrafo especializado para isso? Um professor de árabe, nativo e focado em árabe literário (e não árabe coloquial)?

O português é a sua língua materna e o árabe é uma língua estrangeira? Aprender a língua árabe, esta escrita milenar, na companhia de um professor, é obviamente a solução certa para progredir rapidamente. Mas se você preferir optar por cursos livres de árabe online, saiba que isso também é possível!

Não há necessidade de um professor de árabe certificado. Veja outras alternativas:

  • Em Firdaous.com você pode fazer aulas gratuitamente com uma boa introdução ao árabe. Aprenda os segredos do desenho, curvas, recursos e aprenda a escrever seu nome em árabe. O site é em inglês e francês.
  • No Youtube, finalmente, para aprender árabe gratuitamente graças aos vídeos. Muitos tutoriais foram elaborados para permitir que brasileiros e estudantes como você desenhem esses arabescos, belas letras árabes e aprendam a ler (você pode precisar de um teclado árabe para isso!).
Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar