Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Aprendendo a dançar valsa

De Joseane, publicado dia 25/11/2018 Blog > Artes e Lazer > Dança > Dançando a dois: quais os benefícios?

Você tem que dançar como se não houvesse ninguém te observando, amar como se nunca tivesse sofrido, cantar como se ninguém estivesse ouvindo e viver como se o paraíso fosse na terra. William W. Purkey

Valsa…uma dança clássica, chique, elegante. Uma dança que faz parte de momentos importantes na vida das pessoas…aniversários, casamentos, festas de gala. Uma dança compartilhada com um par. Dançar valsa em casal é um momento de partilha e comunhão de corpos e almas, por isso a valsa é tão requisitada e solicitada em momentos tão importantes.

Mas de onde vem essa dança leve e bela. Como surgiu a tradição da valsa?

Muitas outras dança são mais comuns do que a valsa, por exemplo, a famosa zumba, a dança de salão, o tango, o flamengo, o samba, o forró…

Mas a valsa não pode ser substituída nunca! Só ela pode ocupar o lugar que ela ocupa, a valsa é a valsa!

Valsa vienense, valsa inglesa, devagar, impetuosa, rápida, solene, diferentes estilos e variações, mas, uma coisa é certa: é preciso dançar a dois!

Por isso a valsa é uma excelente escolha para aqueles casais que querem praticar uma atividade juntos. E claro que, dançar juntos é um ótimo exercício de casal!

Então, conheçamos um pouco mais dessa dança clássica e consagrada que embeleza momentos importantes da nossa vida!

O que é a valsa?

Se você decidiu ter aulas de valsa, Saiba que você fez a escolha certa. Dançar faz bem para a saúde!

Seja uma aula de valsa particular ou aula de valsa em grupo é importante conhecer um pouco da história dessa modalidade de dança.

Sabemos que a valsa é uma dança clássica, de pompas, mas nem sempre foi assim!

Como dançar valsa? A valsa foi inspirada no minueto, dança alemã

Você deve está bem curioso agora né?

Pois bem, a valsa é uma dança de origem campestre e popular. Surgiu na Áustria e na Alemanha, no inicio do século XIX inspirada em danças como o minueto (dança na qual os pares dançavam separados) e o laendler (dança campestre de origem alemã). E antes que me perguntem, é importante pontuar que a valsa surgiu primeiramente como uma dança e só depois registraram as composições das valsas como música.

E aí, você achou que a valsa surgiu em palácios ? ledo engano!

É  claro que a origem da valsa só embeleza ainda mais essa dança, certo? Aliás, “valsa” é uma palavra de origem alemã “waltzen”, que traduzida quer dizer “dar voltas”, um termo que caracteriza muito bem essa dança particular.

A valsa se tornou bastante popular na Áustria nos anos 1780 antes de ter se expandido para outras partes da Europa. Apareceu num período onde as danças de salão estavam em alta e podem ser vistas como uma certa forma de “revolução” das camadas mais simples diante da alta sociedade. Na época, as danças de pares eram executadas com uma pessoa ao lado da outra e não um de frente para o outro.

Esse tipo de dança onde o homem e a mulher estão se olhando nos olhos acaba revoltando uma grande parte da população por ser considerada obscena e vergonhosa…. (sensível essa galera hein?)

Em alguns países europeus, na corte alemã e partes da Inglaterra por exemplo, a valsa foi proibida tamanho era o preconceito. Nas camadas populares, por outro lado, a dança ganhava cada vez mais adeptos.

Com a derrota de Bonaparte em 1815, foi realizado na Áustria o Congresso de Viena, que reuniu a nobreza e os políticos de diversos países, com o objetivo de restabelecer os laços entre os países europeus. Nessa ocasião, o músico austríaco Sigismund Neukomm com toda sua ousadia introduziu a valsa entre a nata da sociedade européia, o que garantiu, a partir de então, a presença desse tipo de dança nos palácios e cortes em todo o mundo.

Surgiram então algumas diferenças entre a valsa original, a vienense, e outras que nela se originaram, como a valsa inglesa, como veremos a seguir.

Curioso para saber como se passa uma aula de dança a dois?

Escolher o estilo de valsa que se quer aprender

É verdade que a valsa não é lá muito popular entre os jovens de hoje em dia, assim como não o é a música clássica. Mas tem coisa que não precisa ser popular para ser bom, certo? Aliás, algumas coisas precisam ser pouco difundidas para guardarem suas particularidades e charme, é o caso da valsa atualmente.

Dança valsa em casal Escolha o seu estilo, ache o seu par e dance valsa!

Aprender a dançar valsa é um luxo, mas graças a nossos professores particulares de valsa, esse luxo pode ser acessível a todos!

Então, basta escolher qual o tipo de valsa que mais te agrada, e começar a sua aula aula de valsa ainda hoje.

A valsa vienense

Dança clássica, com compasso ternário, progressiva e por isso dançada em torno da pista de dança. A valsa vienense é mais rápida comparada com a valsa inglesa, possui pouca variação de passos havendo maior leque de passo, ou seja, basicamente resume-se a uma dança de rotações contínuas pela direita e esquerda. A valsa vienense tem o rótulo de dança dos noivos, sendo o estilo selecionado por eleição e tradição na abertura do baile nos casamentos.

A valsa inglesa

Também definida como valsa lenta, a valsa inglesa é dançada em dois tempos, evoluindo dos clássicos três tempos da Valsa Vienense, ao substituir o terceiro tempo por uma pausa. A Valsa Inglesa difundiu-se na Europa durante a segunda guerra mundial graças à nova geração de dançarinos que procuravam uma forma mais natural e estilizada de dançar valsa. Segundo os dançarinos desse estilo de valsa, a sensação que se tem ao dançar é de que se está flutuando…lindo não é?

E ai, qual a sua preferência? Uma dança mais lenta e romântica, ou um estilo mais rápido? E por que não aprender os dois estilos?

Se você estiver muito motivado, também dá para aprender a dançar tango com professor particular!

Dançar valsa em casal em uma escola de dança

Existe muitas formas de aprender a dançar valsa em casal, sendo uma das mais recorrentes tomar aulas de valsa em uma escola de dança.

Onde aprender a dançar valsa O importante é aprender a dançar…

O professor de dança vai certamente ensinar alguns passos de base para você saber dançar a valsa. É preciso conhecer e aprender os passos antes de se lançar no salão. Geralmente aprende-se o passos e só depois aprende-se a se locomover no espaço.

O posicionamento do corpo e a postura são muito importante para dançar valsa. No entanto, essas técnicas fazem parte da finalização e vem depois do aprendizado dos passos.

Se você é um dançarino nato ou conhece outras danças de casal como o tango, a salsa, o forró, terá mais facilidades para aprender os passos da valsa e se locomover no ritmo da música.

Se está é a primeira vez que você está praticando uma dança em casal, é melhor ficar bem atento ao professor e aprender os passos pouco a pouco.

Tomar aulas de valsa em escola de dança pode ser desconfortável para alguns, já que normalmente as aulas são em grupo. A presença do grupo pode ser intimidadora e dificultar o seu aprendizado. Neste caso, a solução seria ter aula de dança com um professor particular!

Aprender a valsa em casal com ajuda de um professor particular

Aprender a dançar valsa com um professor particular pode ser bem legal e interessante sobretudo para os iniciantes na prática da dança. Aula de valsa para casal com um professor particular que vai se adaptar aos seus horários e necessidades, o plano ideal!

Aprender a dançar a valsa lenta Sinta a leveza de dançar valsa com a pessoa que você ama…

Se você quer aprender valsa para dançar em uma ocasião especial como o casamento, aniversário de 15 anos, bodas, o professor particular de valsa pode ajudar e muito!

Você e seu par só precisam estar de acordo com o estilo de valsa que vocês desejam aprender e aí é só conversar com o professor que preparará a coreografia de valsa.

Aprender a dançar valsa em casal é uma atividade bem bonita e interessante. Com a ajuda do professor particular de dança você vai descobrir algumas curiosidades sobre a arte de dançar e sobre a valsa especificamente.

Se você não tem certeza se a valsa é mesmo o que você precisa, o professor pode te ajudar a escolher outros estilos de dança que pode ser mais adaptadas ao estilo do casal!

A valsa no Brasil

A história da valsa no Brasil começou em 1816 quando o músico Sigismund Neukomm veio ao Brasi para ser professor de D. Pedro I, ao qual ensinou composição e harmonia, e da Princesa Leopoldina, a quem ensinou piano.

A valsa vienense, introduzida então no Brasil, fez sucesso não só entre a nobreza, mas em todas as classes sociais, dando origem, inclusive, a outros ritmos, como as populares serestas. Historiadores encontraram no diário de Neukomm, indícios de que as primeiras valsas compostas no Brasil foram de autoria de D. Pedro I.

A valsa é encontrada no repertório de alguns compositores brasileiros, como Villa Lobos, Carlos Gomes, Ernesto Nazaré, Chiquinha Gonzaga, entre outros.

Ainda hoje, no Brasil, dançar valsa é uma tradição insubstituível em bailes de debutantes, formaturas e casamentos.

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar