Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Aulas de gastronomia na capital carioca

De Camila, publicado dia 22/06/2019 Blog > Artes e Lazer > Culinária > Cursos de culinária no Rio de Janeiro

“O amor é tão importante como a comida. Mas não alimenta.” – Gabriel García Marquez

Todo mundo precisa amar e todo mundo precisa comer. Muitas vezes não escolhemos quem amar, mas a comida, ah, essa sim nós podemos escolher!

Melhor ainda é poder prepará-la de diversas maneiras para que nossas papilas gustativas estejam sempre em festa dentro da nossa boca!

Se você ainda não se considera um “ás” na cozinha, pois acha que só sabe cozinhar para sobreviver, então que tal dedicar algumas horinhas da sua semana fazendo um curso de culinária? Já pensou nisso?

Quem já sabe muito sobre cozinha também pode se dedicar a aulas específicas, que podem ser de cozinha asiática, francesa, mexicana, japonesa…

Para aqueles que sonham em virar profissionais da gastronomia, vários cursos técnicos, de capacitação e superiores podem ser encontrados na cidade do Rio de Janeiro.

O território brasileiro está cheio de aulas de gastronomia para todos os gostos!

Preparamos uma breve lista que pode te ajudar na missão de encontrar o curso de culinária ideal na Cidade Maravilhosa para o seu perfil!

Para quem quer começar do zero

Prosa na Cozinha

A chef Manu Zappa é a “cabeça” dos cursos oferecidos pelo Prosa na Cozinha. A profissional também organiza aulas que são ministradas por convidados de alto nível!

Se você é daqueles que acha que a cozinha é o melhor lugar da casa,  então você estará no seu território favorito durante todo o curso!

É em clima de confraternização que Manu Zappa ensina, de forma descontraída e informal, receitas que vão do tradicional ao contemporâneo.

As sessões são normalmente estruturadas seguindo o padrão de 3 pratos: entrada, principal e sobremesa. Tal sequência pode variar, no entanto, de acordo com os temas escolhidos para cada aula.

Para entrar em contato com o Prosa na Cozinha, basta ligar (21) 3449-1002 / 99777-2585 ou mandar um email para reserva@prosanacozinha.com.br.

E se você fizesse um curso de gastronomia online? No Superprof isso é possível!

Café em Pauta

O Café em Pauta oferece um leque de cursos, tanto para iniciantes quanto para aqueles cozinheiros de mão cheia que já estão em um nível mais avançado.

A cozinha do Café em Pauta é comandada pelo chef Flávio Chebabe.

O curso de culinária básica é composto por uma série de aulas para iniciantes, onde o aluno aprende a cortar, limpar, preparar e reaproveitar os alimentos.

Dicas de como comprar e armazenar os ingredientes também são passadas aos marinheiros de primeira viagem.

Este curso é ideal para quem não sabe absolutamente nada sobre gastronomia. Ele também é muito útil para quem já tem um certo domínio e deseja aprender novas técnicas.

O interessante é que o aluno não precisa participar de todas as aulas do curso, caso o assunto da sessão não lhe interesse, pois uma aula não é pré-requisito para a outra.

As inscrições podem ser feitas através dos telefones (21) 3798-3150 / 98862-7612 ou pelo e-mail flavio@cafeempauta.com.br.

Confira algumas dicas de locais onde você pode fazer cursos de culinária em BH.

Existem cursos para iniciantes, intermediários, avançados e até profissionais da cozinha. Existem opções de cursos de culinária para todos os perfis de aprendizes.

Na casa da Meguie

Meguie – também conhecida como chef Margarida – é carioca da gema, mas possui descendência portuguesa. No seu currículo estão cursos com Alain Ducasse, José Hugo Celidônio na Suiça, França e Portugal com Monica Pereira.

Sua escola é um espaço gourmet aberto aos alunos e amigos, onde ela propõe aulas nas quais os aprendizes praticam se divertindo.

Os encontros acontecem todas as quartas, de 12h30 às 14h30 e quintas de 19h00 às 21h00.

O menu da semana é sempre disponibilizado no site do curso.

As aulas podem ser reservadas pelo telefone (21) 3594-4878 ou por mensagem através do site.

Dê uma olhada na lista com algumas das várias opções de cursos presentes em Brasília que poderão te ajudar nesta “missão mestre cuca”!

Com o respaldo de chefs conhecidos

Henrique Fogaça

Se você gosta de assistir a programas culinários, então já deve ter visto ou ouvido falar no chef Henrique Fogaça. Isso porque ele é um dos jurados do famoso Masterchef Brasil!

Você ama cozinhar e sempre sonhou em fazer aulas com um mestre cuca famoso? Então a sua hora chegou!

No final de 2017, Fogaça começou a dar aulas de culinária que podem ser feitas por todos. O único detalhe que pode ser um pouco decepcionante é que o curso é online e não presencial.

Se isso não faz nenhuma diferença para você, então basta se dirigir à plataforma Curseria e procurar pelas aulas do curso “Cozinhe com Fogaça”.

Compostos de 16 aulas, os módulos exploraram o passo a passo da preparação de um prato, desde a escolha e o manuseio de utensílios, panelas e facas.

Está procurando por um curso de confeitaria sp?

Vários cursos básicos de gastronomia ensinam a manusear os utensílios. É melhor fazer um curso básico de culinária do que colocar fogo na sua cozinha.

Eles abrangem, ainda, outros pontos importantes na cozinha, tais como:

  • técnicas de corte de vegetais
  • caldos
  • ovos
  • massas
  • molhos
  • carnes
  • acompanhamentos
  • noções básicas de confeitaria.

A última aula consiste no momento de unir o sabor à apresentação, pois é nela que ele ensina como montar e apresentar o prato preparado.

Ficou interessado? Então é só acessar o site www.cozinhecomfogaca.com.br e fazer sua inscrição.

Confira algumas dicas de locais onde você pode fazer cursos de culinária em SP.

Com professores particulares

Contratar professores particulares de culinária permite que você aprenda a manejar seus próprios utensílios na sua própria cozinha!

Isso sem falar que você ainda pode convidar amigos e vizinhos para participarem das sessões de aprendizado na sua casa!

Outro ponto positivo deste tipo de aula é que o profissional prepara o curso de acordo com o seu perfil, ou seja, com um atendimento personalizado aos seus desejos gastronômicos.

Ficou interessado, mas não faz a menor ideia de onde encontrar tal tipo de serviço?

Superprof.com.br está aqui para te dar aquela mão amiga! Ao se dirigir à nossa plataforma, você só precisa buscar por “culinária” e “Rio de Janeiro” para se deleitar com o monte de opções que aparecerão na sua tela.

Você vai encontrar vários chefs e cozinheiros de alto calibre à espera do contato de alunos amantes das artes culinárias. Basta acessar nossa plataforma e escolher o curso de gastronomia mais próximo de você!

Quer um exemplo? Então confira o que alguns dos profissionais que se deslocam até a residência do aluno na cidade do Rio de Janeiro têm a dizer sobre suas prestações:

Gastronomia a quatro mãos. Passo a passo e juntos! Tudo com sabor! Ação colaborativa em que a prática de cozinha alia os conceitos teóricos e os conceitos culturais, e a história dos alimentos são encaixados no aprendizado. Passamos juntos pela experiência de escolha, compra de insumos, seleção de fornecedores, pré-preparo e finalização de menus.” – Gustavo, RJ

Chefe de cozinha executivo especialista em cozinha oriental e tradicional para todos os níveis. Aula focada em cozinha oriental, não apenas em mostrar a cozinha japonesa, mas sim demonstrar a cozinha oriental no geral, como a tailandesa, indiana e árabe.
Mostrar uma cozinha tradicional regional com preparações do dia a dia e o trivial para quem não tem habilidade com os preparos de alimentos.” – Marco Antônio, RJ

Não deixe de conferir também curso de confeitaria!

Professores particulares de culinária podem te ensinar a cozinhar na sua própria cozinha! Você já se imaginou fazendo aulas de culinária na sua própria casa?

Cozinha de A a Z: Culinária Brasileira, Comida de Boteco e Cozinha Internacional. Aulas personalizadas, projetadas de acordo com o aluno (conversa prévia) a fim de tornar o aprendizado mais dinâmico e positivo. Aulas Particulares ou em pequenos grupos, realizadas na residência do contratante ou em espaço pré combinado. Grupos com mais de 3 pessoas com valores diferenciados. Aulas participativas e com muita mão na massa…
Meu objetivo é ajudar a trilhar sua própria jornada no mundo da gastronomia, com dicas, sugestões e adaptações para tornar seu caminho mais agradável.” – Alessandra, RJ

Espie ainda nossa lista com alguns dos vários cursos de gastronomia ao alcance dos aprendizes da capital gaúcha.

Faculdades de gastronomia

Le Cordon Bleu

Quem diz “Le Cordon Bleu” diz França, certo? Errado!

Quem pensa que é preciso ir para Paris para fazer parte do seleto grupo de estudantes do Le Cordon Bleu está muito enganado. A famosa escola de gastronomia francesa possui uma filial na Cidade Maravilhosa, dando aos aspirantes a chef brasileiros a possibilidade de terem em mãos certificados e diplomas de culinária e confeitaria de reconhecimento internacional!

No Le Cordon Bleu, os alunos aprendem técnicas que podem ser adaptadas a qualquer cozinha, de qualquer país ou região. Tudo sob a orientação de chefs experientes e qualificados.

Quatro programas são oferecidos pela Le Cordon Bleu no Rio de Janeiro:

Grand Diplôme

Le Cordon Bleu Grand Diplôme é a qualificação que combina os clássicos Diplôme de Cuisine e Diplôme de Pâtisserie, com duração de 9 meses.

Durante o curso, o aluno aprende técnicas da clássica culinária francesa e de pâtisserie.

Diplôme de Cuisine

Para conquistar este diploma, é necessário que o estudante obtenha os certificados Basic Cuisine, Intermediate Cuisine e Superior Cuisine. O diploma tem duração de 9 meses, podendo também ser concluído em 6 meses, no caso do modo intensivo.

O Diplôme de Cuisine é reconhecido mundialmente por ser um dos programas de mais elevado nível de formação nas técnicas da clássica culinária francesa.

Diplôme de Pâtisserie

Composto pelos certificados Basic Pâtisserie, Intermediate Pâtisserie e Superior Pâtisserie, este diploma reúne técnicas da culinária francesa desde sobremesas clássicas até as mais modernas, que fazem parte da gastronomia contemporânea.

Através de aulas demonstrativas e práticas orientadas por chefs altamente qualificados, o aluno tem acesso às tendências da arte de Pâtisserie.

O Diplôme de Pâtisserie pode ser obtido em um período de 9 meses de estudo ou em até 6 meses, no modo intensivo.

A famosa escola Le Cordon Bleu possui uma filial na Cidade Maravilhosa! Que tal aprender as técnicas refinadas ensinadas pelo Le Cordon Bleu sem sair do RJ?

Cordontec Program

Este programa atende às necessidades de qualquer aprendiz que busque desenvolver as habilidades, o conhecimento e a aplicação profissional de Cozinha e Pâtisserie em um programa único de aprendizagem baseado em competências de “Aplicação para Restaurante”.

O programa tem duração de 2 anos de curso, quando o aluno recebe o Diplôme de Commis Cuisinier.

Curiosidades sobre a gastronomia e culinária cariocas

Além de ser uma inebriante cidade turística e considerada uma das mais bonitas do mundo, o Rio de Janeiro é “reconhecidamente um celeiro de invenções gastronômicas e foi palco de diversas criações hoje famosas em todo o país”, segundo o escritor Guilherme Studart.

Lanchonetes, restaurantes, bares ou confeitarias espalhados por bairros Tijuca, São Cristóvão, Laranjeiras, Benfica, Engenho Novo, Bangu e Copacabana recebem diariamente cariocas e turistas, circulando por esses espaços de forma democrática e dinâmica.

Se hoje os assuntos do dia a dia são lidados nesses espaços de forma informal pelos cariocas, à época em que a cidade era a capital do império, o conversar sobre política e assuntos quotidianos era realizado mais comumente nos cafés e confeitarias que existiam na Rua do Ouvidor ou na Avenida Central. Em ambas as épocas, no entanto, estava presente a criatividade carioca em adaptar as receitas, criando pratos com uma certa identidade própria.

E é a partir dessas receitas, acumuladas de gerações a gerações, que, podemos dizer, reside a memória da gastronomia carioca. Para o escritor Carlos Alberto Dória, a prática culinária é “algo tão essencial como a leitura, a escrita, a música e todas as atividades humanas que nos envolvem no cotidiano”.

Segundo o autor, vale a pena definirmos bem os termos: culinária relaciona-se com as práticas, métodos e procedimentos do fazer culinário. Já os prazeres à mesa, assunto da gastronomia, associam-se à harmonia de gostos e de sabores, às pitadas de tempero e “ao ponto certo do cozimento do alimento”.

Outra característica marcante da culinária carioca é o fato de trazer consigo pitadas da descontração da cidade, que se originou às margens da Baía de Guanabara. Além disso, a cidade sofreu forte influência portuguesa nos hábitos alimentares de sua população. Os muitos pratos com o bacalhau não nos deixam mentir e é bom lembrar dos famosos bolinhos de bacalhau, apreciado pela grande maioria!

Já a feijoada, segundo muitos estudiosos, surgiu na cidade. Segundo pesquisadores, a feijoada seria fruto de um prato cozido europeu, feito com feijão branco. Quando chegou aqui, in terras brasilis, a feijoada passou a ser feita com feijão preto, mais nutritivo, acrescido de uma variedade de carnos salgadas e acompanhado por farofa, em sua maioria, a farofa de ovos, além da laranja e couve. Pronto! Estava inventado um dos pratos brasileiros mais queridos de todos os tempos!

Aos finais de semana, em encontros com amigos e famílias, o churrasco reina absoluto entre os cariocas!

O contexto dos cursos de gastronomia carioca

Como nada existe no vácuo, que tal você entender melhor sobre a relação do carioca com a comida e, dessa forma, ficar mais antenado sobre o contexto no qual os cursos de gastronomia refletem as preferências dos moradores e da cidade, de forma em geral?

Bom, partindo desse ponto de vista, é bom notar que comida e música estão intimamente ligados na terra fluminense. Quem pensa em samba, pensa simultaneamente em feijoada, dizem muitos. E todo bom curso de gastronomia irá abordar com esmero esse prato, orgulho da cozinha carioca.

Caso você tenha ido à praia e não degustado o clássico combo chá-mate e biscoito Globo, volte correndo e faça questão de experimentar! Nenhuma experiência de imersão na vida quotidiana carioca passa sem esse ritual.

Lembre, ainda, que essa culinária se destaca pelo improviso e essa parte é bem verdade e nos cursos de gastronomia também. Se você não experimentou a sardinha frita com limão, você está perdendo muita coisa.

É curioso, uma prática que vem se alastrando por muitas capitais atualmente, teve início no eixo Rio-São Paulo: os domingos acompanhados do frango assado de padaria. Na maioria dos bairros, você encontrará filas na porta desses estabelecimentos, enquanto os frangos são lentamente tostados em máquinas giratórias. Geralmente são vendidos acompanhados de porções de batatas rústicas assadas, tropeiro, farofa e torresmo.

Outro hábito curioso doa cariocas é que eles adicionam catchup na pizza, só que não apenas nela. Eles têm a mania de colocarem catchup em praticamente tudo o que puderem. Já as quatro refeições diárias, isso nunca é seguido à regra. Na prática, os cariocas podem realizar várias refeições ao dia e dificilmente você irá encontrar outro povo que faz tantos lanches ao dia.

Cerveja gelada, o jogo no final de semana passando na tv e os amigos reunidos, todo esse cenário só pode significar uma coisa: churrasco! E nenhum outro evento é mais sagrado no Rio de Janeiro.

Além disso, em qualquer ponto da cidade, a comida de rua é imbatível! Existe uma super variada oferta de opções de todos os tipos e preços e alguns dos mais amados são os tradicionais cachorros quentes e hambúrgueres de rua, denominados pelo carinhoso nome de “podrão”.

Por fim, não se esqueça de visitar as consagradas barraquinhas de pastel e caldo de cana para experimentar esse imbatível combo carioca. Em outras palavras, esse é o batismo de todo morador essa cidade maravilhosa!

A culinária fluminense por regiões

O carioca não possui preconceitos quando o assunto é comida e, além da feijoada e dos pratos à base de bacalhau, o biscoito de polviho, a bebida de mate gelado, e o açaí com granola foram adicionados à culinária local, sendo pratos recomendados a turistas.

Existe ainda a influência dos imigrantes sírio-libaneses, que instalaram uma variedade de pratos típicos dessa culinária, como o kibe e esfirras de recheios diversos que se tornaram muito populares. Já a cultura boêmia da capital contribuiu para a expansão de bares e botequins pela cidade, onde pratos simples como filé com fritas, casquinha de siri e caldo de feijão são servidos quase que religiosamente todos os dias.

O chopp é a bebida tradicional da cidade, e chegou com a família real portuguesa, em 1808. Por ser leve e gelado, é uma ótima opção refrescante, principalmente no verão.

A culinária saudável e suas vertentes, como a vegana, tem se destacado no cenário carioca e vários são os estabelecimentos que oferecem essa modalidade.

Temos duas outras culinárias que têm se destacado na capital fluminense nesses últimos vinte anos, a culinária natural – o Rio de Janeiro é a sede da primeira escola de culinária saudável do país – e a culinária nipônica, adaptada aos gostos locais. Temakerias e rodízios de sushi são muito comuns pela cidade.

Outro prato super típico é o “filé a Osvaldo Aranha”, que vem acompanhado de arroz branco e farofa. A história conta que o famoso político gaúcho frequentava todos os dias o mesmo restaurante para comer esse mesmo prato, o que acabou levando o seu nome em homenagem.

Região Serrana

O clima ameno chamou a atenção da família real durante o império. A corte portuguesa ergueu palácios e fazendas na região, o que impactou a cultural local. A produção de cervejas na região teve início no século XIX. A primeira cervejaria do Brasil, a Cervejaria Bohemia, instalou-se nessa região. Na última década, um boom de cervejarias artesanais vem acotecendo na região, cobrindo uma rota de degustação cervejeira para os aficionados da bebida.

Região Serrana Sul

Próxima ao estado de Minas Gerais, possui, como esse, vários restaurantes e hotéis fazenda, com pratos típicos da cozinha mineira. Contudo, vale a pena destacar o distrito de Penedo, em Itatiaia. Devido a sua colonização finlandesa, apresenta pratos típicos desse país, adaptados ao gosto local.

Região dos Lagos

Diretamente ligada à cultura de pesca artesanal, cujos principais pratos típicos são à base de frutos do mar e peixe. Com a popularização do turismo internacional na região, sobretudo em Buzios, agremiou renomados ristorantes.

Costa Verde

A super importância turística da região resultou em uma gastronomia única, que liga o litoral carioca ao paulista. É muito comum encontrar restaurantes que inovam a culinária internacional aliando a ela ingredientes locais, como a banana da terra, a cachaça de excelente qualidade, e os frutos do mar pescados na baía da Ilha Grande.

Você sabia que Paraty é uma das principais regiões produtoras de cachaça artesanal do país? Segundo a Wikipedia, a produção da bebida iniciou-se no primeiro século da colonização, ainda em 1600, quando a cana de açúcar era o principal produto de exportação da colônia. Ainda hoje se é possível tomar cafés coados no caldo de cana, uma forma tradicional de adoçar a bebida, já que a cana de açúcar da região não era doce o suficiente para produzir açúcar refinado. Devido a isso, os alambiques improvisaram e se despontaram como uma produção alternativa.

Curtiu saber um pouco mais sobre a culinária e gastronomia carioca? Que tal você conferir também uma breve lista que Superprof preparou para os moradores de Fortaleza desejosos em aprender a dominar diversas habilidades gastronômicas.

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (média de5,00 sob 5 de 1 votos)
Loading...
avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Rogério Furtado Recent comment authors
Mas recentes Mais antigos Mais populares
Rogério Furtado
Convidado
Rogério Furtado

Muito, muito bom esse seu texto!
Ele é fiel a realidade.
Obrigado, pois me auxiliou a encontrar algo que procurava.
Abraços