"Nada desenvolve inteligência como viajar." - Émile Zola

A Espanha é o país favorito dos estudantes Erasmus, de acordo com um relatório da Comissão Europeia publicado em 2016, por ocasião do trigésimo aniversário do programa Erasmus+.

É verdade que a Espanha é um país que atrai visitantes do mundo inteiro: clima agradável na Europa, boa culinária, belas cidades, língua espanhola, modo de vida interessante ... Há muitas razões para os estudantes irem para a Espanha.

Se esse é o seu desejo também, siga este guia. Nós detalhamos tudo o que você precisa saber para se inscrever no programa europeu Erasmus na Espanha!

Estudar pelo Erasmus+: o que significa isso?

O que fazer na Espanha?
Por que ir para a Espanha? A maioria das personagens no filme Albergue Espanhol são participantes no programa Erasmus e o programa desempenha um papel central na trama. (fonte: Ohquejaimecefilm)

Erasmus+ é um programa de intercâmbio europeu que acontece nos diferentes países que assinaram o acordo: os 27 estados membros, bem como a Islândia, Liechtenstein, Noruega, Suíça, Croácia e Turquia.

Se a Espanha é o primeiro país anfitrião, a França vem em segundo lugar, seguida pela Alemanha e pelo Reino Unido.

O objetivo do programa é promover a mobilidade internacional. Assim, o ensino superior assume uma dimensão europeia e não apenas nacional. Para os estudantes, uma estadia no exterior garante uma melhor integração no mercado de trabalho, com habilidades profissionais e aumento de habilidades de linguagem.

Mas hoje, os estudantes internacionais não são os únicos preocupados com a mobilidade do Erasmus. Recentemente, o Erasmus abriu a todos os públicos e é agora chamado de Erasmus +.

Professores do ensino superior, funcionários da empresa, funcionários da universidade ou pessoas em reconversão profissional: todos podem se candidatar a um estágio Erasmus, fazer uma formação para adultos ou realizar uma missão de ensino.

Cada instituição de ensino superior com um estatuto Erasmus pode receber alunos e professores como parte do programa. Isto não se refere apenas a universidades, mas também a institutos, escolas, conservatórios e escolas secundárias.

Quer encontrar uma boa aula de espanhol?

Fernando
Fernando
Profe de Espanhol
5.00 5.00 (41) R$68/h
1a aula grátis!
Roger
Roger
Profe de Espanhol
5.00 5.00 (15) R$60/h
1a aula grátis!
Mailin
Mailin
Profe de Espanhol
5.00 5.00 (15) R$25/h
1a aula grátis!
Maria gabriela
Maria gabriela
Profe de Espanhol
4.99 4.99 (67) R$45/h
1a aula grátis!
Marioly
Marioly
Profe de Espanhol
5.00 5.00 (49) R$70/h
1a aula grátis!
Adelaide
Adelaide
Profe de Espanhol
5.00 5.00 (32) R$120/h
1a aula grátis!
Mariam
Mariam
Profe de Espanhol
5.00 5.00 (18) R$40/h
1a aula grátis!
Maria alice
Maria alice
Profe de Espanhol
5.00 5.00 (90) R$85/h
1a aula grátis!

Quais são os passos para se inscrever no Erasmus Espanha?

Para estudar no estrangeiro ao abrigo do Erasmus+, os estudantes devem estar matriculados numa instituição de ensino superior, em estudos que conduzam a um grau ou outra qualificação reconhecida de nível terciário. Os estudantes do primeiro ciclo devem estar matriculados, pelo menos, no segundo ano de estudos.

O período de estudos no estrangeiro deve ser relevante para as necessidades de aprendizagem e de desenvolvimento pessoal relacionadas com o grau do estudante e estar integrado no programa de estudos.

Para que o estudante possa fazer o intercâmbio ao abrigo do Erasmus+, a instituição de envio e a instituição de acolhimento devem estar ligadas por um acordo interinstitucional.

Além disso, ambas as instituições devem ser signatárias da Carta Erasmus para o Ensino Superior (se estiverem estabelecidas em países do programa). As instituições de países parceiros comprometem-se a respeitar os princípios desta carta quando assinam um acordo interinstitucional.

Por isso, comece o processo se informando no setor de relações internacionais da sua instituição para obter todas as informações necessárias, especialmente em relação aos prazos. A data limite para as inscrições são geralmente em março.

Vários documentos são necessários no ato da inscrição:

  • Uma carta de motivação  ( às vezes na língua de recepção),
  • Um pedido de bolsa de estudos,
  • Uma carta de recomendação de dois professores,
  • Uma fotocópia do seu histórico escolar.

Como regra geral, você precisa fazer três escolhas universitárias em ordem de preferência (na Espanha poderia ser Granada, Murcia e Salamanca).

O programa é bastante seletivo, em função da universidade escolhida e da sua área. Uma cota de estudantes é definida a cada ano por cada universidade anfitriã. Da mesma forma, sua instituição não pode enviar quantos alunos quiser.

Para ir à Espanha, o país mais requisitado em Erasmus, você vai ter de se esforçar bastante e mostrar sua motivação.

No entanto, se você não for selecionado na universidade de sua escolha, nada impede que você se inscreva diretamente na universidade desejada. Você não vai se beneficiar do programa Erasmus, mas poderá viver seu ano no exterior.

Claro, o pré-requisito para sair é validar seu ano acadêmico atual.

Faça aulas de espanhol online!

Com quanto tempo de antecedência você deve preparar sua candidatura?

A preparação de um dossier Erasmus e a sua aprovação levam tempo.

Melhor planejar e fazer tudo com um ano de antecedência. Isso lhe dá tempo para melhorar suas notas e aprimorar sua pronúncia do espanhol.

Em geral, a data limite para envio da candidatura é em março.

Onde estudar na Espanha?
Quais são os pré-requisitos para se inscrever no Erasmus? É melhor dominar o básico do espanhol para se inscrever no Erasmus!

Temos que dominar a língua espanhola para estudar na Espanha?

Os alunos que falam espanhol fluentemente serão favorecidos, portanto valorize suas aulas de espanhol!

Isto vale ainda mais para aqueles que pretendem fazer um curso na área de letras, língua ou literatura espanhola. A competição será ainda mais difícil, suas notas devem ser excelentes!

Assim, embora seja teoricamente possível participar do Erasmus na Espanha sem falar uma palavra da língua, na prática é mais complicado devido à concorrência.

Em alguns casos raros, no entanto, é possível: existem áreas como esportes ou exatas que o nível do idioma conta menos que outros critérios.

Como escrever a sua carta de motivação Erasmus?

Uma carta de motivação para o programa Erasmus não é muito diferente de outras cartas de motivação. Deve seguir um formato padrão numa página do Word e apresentar os pontos essenciais para convencer o júri a lhe conceder uma bolsa Erasmus.

Assim, você deve começar por uma introdução que explique as razões de sua candidatura, apresentar sua trajetória escolar, desenvolver seus argumentos (por que você e não outro?), concluir com uma frase de cortesia.

É interessante destacar seu desejo de melhorar seu nível de espanhol, integrar um novo ambiente universitário e desenvolver novas habilidades.

Quanto tempo dura o programa Erasmus na Espanha?

O período de estudos no estrangeiro pode ter uma duração mínima de três meses (ou um período académico/trimestre) e máxima de 12 meses.

Pode beneficiar de vários intercâmbios no estrangeiro ao abrigo do Erasmus+, quer como estudante quer como estagiário, mas o tempo total passado no estrangeiro (incluindo os períodos de estudos no estrangeiro) não pode exceder 12 meses num ciclo de estudos.

«Ciclo» refere-se ao nível de estudos conforme definido pelo Quadro Europeu de Qualificações(QEQ):

  • Primeiro ciclo (licenciatura ou equivalente) QEQ – 5/6
  • Segundo ciclo (mestrado ou equivalente) QEQ 7
  • Terceiro ciclo (doutoramento ou equivalente) QEQ 8

Para cursos de um ciclo, como medicina ou arquitetura, a estadia no estrangeiro pode ter uma duração máxima de 24 meses.

Precisa de cursos de espanhol?

Quais os benefícios oferecidos pelo programa Erasmus na Espanha?

Quanto custa um ano na Espanha?
Para financiar seus estudos, é possível pedir bolsas de estudo!

O estudante pode receber uma bolsa Erasmus+ a título de contribuição para as despesas de viagem e de estadia. A bolsa pode variar em função das diferenças de custo de vida entre o país de origem e o país de destino, do número dos candidatos, da distância entre os países em questão e da eventual existência de outras bolsas.

Os estudantes que efetuem um estágio, os estudantes de grupos desfavorecidos e os estudantes de regiões ou países do programa ultraperiféricos podem beneficiar de apoio adicional.

Os níveis do apoio concedido e as taxas fixas para intercâmbios entre países do programa e países do parceiros são publicados no Guia do Programa Erasmus+.

Os estudantes Erasmus+ estão isentos do pagamento de propinas, inscrições e exames e podem aceder gratuitamente aos laboratórios e bibliotecas da instituição de acolhimento. Contudo, poderão ser cobradas pequenas taxas para determinados custos, como seguros ou quotas das associações de estudantes.

Os estudantes podem receber outras bolsas da instituição de envio, do Estado ou de outras fontes.

Os estudantes poderão também reunir as condições para se candidatar a uma bolsa de estudo para um mestrado conjunto ou a um empréstimo para mestrado garantido pela UE para fazer um curso de mestrado com uma duração máxima de dois anos.

Como são os cursos de Erasmus na Espanha?

Como é um curso na Espanha?
Mergulhe nas tradições locais e faça uma experiência verdadeiramente hispânica!

Os cursos na Espanha são muito diferentes daqueles oferecidos no Brasil. Não espere passar longas horas em um sala enorme com um professor em modelo expositivo.

Na Espanha, as aulas são mais informais do que em outros países europeus. Os professores chamam os alunos pelo primeiro nome (eles sabem o nome deles!) e os quartos estão longe de serem silenciosos. Os alunos falam e não têm medo de errar. O debate é animado e o professor é frequentemente contradito e questionado.

Mas tudo isso faz sentido, já que as provas são entrevistas orais de 15 minutos, em vez de longas dissertações.

E se você tiver que entregar um trabalho redigido, não há prazo mínimo ou prazo. "Um de nossos professores ficou surpreso com o número de alunos que pediram desculpas por entregarem o trabalho atrasado. Disse que não teria tirado pontos se os recebesse dias ou mesmo semanas depois ", diz um estudante Erasmus da Universidade de Valência.

Também espere viver uma vida estudantil rica em baladas que não começam antes das 2h, sendo que as aulas começam às 8h30 ... Pois é, você vai realmente entender a necessidade das siestas diárias!

Se você for estudar na Espanha, descobrirá uma nova maneira de aprender, discutindo, expressando suas opiniões e participando ativamente de seu processo de aprendizado. A cultura espanhola também é muito rica. Espere muitas descobertas!

E mesmo que às vezes seja difícil ficar tão distante do seu país, todos os estudantes Erasmus são unânimes: se pudessem, fariam tudo de novo sem pestanejar!

Então, pronto para viver uma rica experiência Erasmus na Espanha?

Precisando de um professor de Espanhol ?

Você curtiu esse artigo?

5,00/5, 1 votes
Loading...

Fernanda

Apaixonada por educação, música e cinema, é especialista nos encontros e desencontros das línguas.