"Tenho as lembranças mais difíceis da Espanha, mas tenho pouquíssimas lembranças ruins dos espanhóis."- George Orwell

Os espanhóis são conhecidos como acolhedores e calorosos.

O país abriga mais de 100 mil expatriados brasileiros, principalmente nas regiões de Madri, Barcelona e Alicante.

Mesmo se a Espanha é um país familiar para nós em questões linguística, existem algumas diferenças e você terá que se acostumar com elas se pretende estudar na Espanha.

Ser estudante na Espanha: o nível de idioma exigido

Qual o nível de idioma exigido na Espanha?
Para aprender espanhol, uma dica é assistir a filmes na versão original.

Certamente na universidade que você pretende estudar os cursos são dados em espanhol, e você terá que seguir o currículo como todos os outros alunos inscritos.

Portanto, um nível A2 / B1 (intermediário) é o mínimo requerido.

Você pode perfeitamente fazer aulas de espanhol no Brasil antes de partir, no Instituto Cervantes, por exemplo.

Com um nível intermediário do idioma, você vai ficar mais confortável para estudar em sua instituição de ensino no exterior. Uma mudança de país já gera estresse suficiente no começo! Então eliminar a dificuldade da língua vai ser uma bela vantagem!

Algumas universidades podem exigir um teste de idioma como condição de acesso.

Cuidado se você escolher a região de Barcelona, ​​pois o idioma exigido é o catalão. Mesmo se na universidade os cursos forem ministrados em espanhol, você vai ter de aprender algumas frases catalãs para facilitar sua integração com os habitantes.

Fernando
Fernando
Profe de Espanhol
5.00 5.00 (41) R$68/h
1a aula grátis!
Roger
Roger
Profe de Espanhol
5.00 5.00 (15) R$60/h
1a aula grátis!
Mailin
Mailin
Profe de Espanhol
5.00 5.00 (15) R$25/h
1a aula grátis!
Maria gabriela
Maria gabriela
Profe de Espanhol
4.99 4.99 (67) R$45/h
1a aula grátis!
Marioly
Marioly
Profe de Espanhol
5.00 5.00 (49) R$70/h
1a aula grátis!
Adelaide
Adelaide
Profe de Espanhol
5.00 5.00 (32) R$120/h
1a aula grátis!
Mariam
Mariam
Profe de Espanhol
5.00 5.00 (18) R$40/h
1a aula grátis!
Maria alice
Maria alice
Profe de Espanhol
5.00 5.00 (90) R$85/h
1a aula grátis!

Qual é o padrão de vida na Espanha?

O salário médio na Espanha é de 1889 € brutos por mês (fonte: Le Petit Journal 2017).

Mas as disparidades são muito grandes entre os salários mais altos e os salários mais baixos. O salário mínimo é de € 735,80 por mês em 2018 na Espanha.

Não é novidade que Madri, mas também Navarra e o País Basco espanhol, acumulam os mais altos salários e, portanto, os mais altos padrões de vida.

Se você tiver que se preparar para a sua mobilidade internacional e descobrir como financiar sua estadia no exterior, você deve obter um orçamento um pouco mais elevado ao dos estudos no Brasil.

Segundo o site Expatistan, por exemplo, o custo de vida em Madri é cerca de 10% mais caro do que o custo de vida em São Paulo. Nesse site, é possível visualizar valores de alimentação, transporte, acomodação e compras, entre outros, de ambas as cidades.

Faça aulas de espanhol online!

Na Espanha o tratamento é informal

Os estudantes estrangeiros podem se surpreender com a proximidade imediata que os espanhóis têm desde a primeira troca.

Ao contrário dos franceses, que utilizam várias frases de cortesia como "Monsieur" e "por favor", na Espanha os habitantes se comunicam de maneira mais direta.

Assim, fique tranquilo ao estabelecer contato com os demais estudantes espanhóis e até com seus professores: os diálogos costumam ser mais informais.

Quer encontrar uma boa aula de espanhol?

Entenda a cozinha espanhola

Como se adaptar à vida espanhola?
O país de Cervantes oferece uma cozinha variada e apetitosa.

Fazer seus estudos superiores na Península Ibérica significa também se adaptar à cozinha espanhola. Esqueça do seu pãozinho francês no café da manhã e do seu arroz com feijão no almoço, e descubra a paella e as tapas!

A cozinha espanhola é mediterrânea: portanto, você vai encontrar muito azeite, alho, ervas, especiarias, mas também peixe e marisco.

Como no Brasil, cada região tem suas especialidades, permitindo que você experimente vários sabores durante seus estudos:

  • tapas,
  • paella,
  • cocido (uma espécie de sopa),
  • gazpacho,
  • chouriço,
  • tortilha (omelete feita a partir de batatas),
  • cochinillo asado (leitão),
  • churros,
  • natillas (creme de sobremesa com limão e canela),
  • leche frita (sobremesa frita).

A cozinha espanhola é bastante gorda: tudo é cozido ou frito no óleo!

Na Espanha, tudo acontece bem tarde

As refeições são normalmente realizadas algumas horas mais tarde do que as refeições brasileiras. O almoço é por volta das 14h e o jantar é por volta das 21h30. Mas fique tranquilo: os horários dos seus cursos na universidade são adaptados a essa mudança. A aulas de idioma e outras aulas começam em geral por volta das 9h e a pausa para o almoço geralmente se estende até as 16h.

As lojas também fecham mais tarde do que no Brasil. É comum conseguir fazer compras após as 22h. Mas cuidado: também significa que das 14h às 16h ou até 17h, as portas das lojas estão fechadas.

Da mesma forma, preste atenção ao uso indevido do termo "mañana" na Espanha. Esta palavra, que significa "manhã" e "amanhã", também pode ser usada para dizer "mais tarde", "na próxima semana" ou apenas "nunca". Por exemplo: não é possível encontrar um item em uma loja? Não entre em pânico! Será entregue "mañana" ...

Os espanhóis têm pouca preocupação com o tempo, assim os horários e datas são muitas vezes aleatórios e flexíveis.

Na Espanha, costuma-se dizer que a única coisa que começa na hora certa é a tourada. Naturalmente, esta frase é exagerada, mas reflete a pouca importância dada ao horário de abertura ou às consultas. A adaptação pode ser complicada no início para alguns estudantes, mas este hábito espanhol faz com que você se esforce para ficar mais zen e relaxado!

Como se matricular na universidade espanhola?
Por um semestre ou por um ano, fazer um curso em uma universidade espanhola permite que você conheça mais sobre a cultura espanhola da melhor maneira! (fonte: Pinterest)

Viva na Espanha: aprecie o futebol!

Durante seus estudos universitários, você verá que os espanhóis têm um grande senso de humor, mas, por outro lado, quando se trata de futebol, a coisa fica séria!

Como no Brasil,  na Espanha o futebol é uma religião e a grande disputa fica entre o time Barça e o time Real. Os espanhóis aguardam e torcem por seus times a cada final de semana.

Uma boa maneira de se integrar e aproveitar a vida estudantil em bares.

Quer fazer um curso de espanhol?

Acomodação na Espanha

Estudar no exterior também é uma oportunidade para fazer como no filme Albergue Espanhol e morar junto de outros estudantes internacionais.

Você vai precisar então de cerca de 200 a 400 € para pagar um alojamento compartilhado.

Você também pode fazer sua inscrição em uma residência universitária: por um mínimo de 300 € por mês, você ocupa um quarto no campus e tem suas refeições e limpeza incluídas.

Claro, os custos variam dependendo da localização do alojamento na cidade.

Indo para o exterior: o clima na Espanha

Por que ir para a Península Ibérica?
Muitos visitantes também escolhem a Espanha como destino pelo clima!

Estudar na Espanha também é desfrutar de um clima mais brando do que em outros países da Europa. A maior parte da Espanha tem um clima mediterrâneo, ou seja, quente e seco de maio a outubro, com pouca chuva.

Mas, claro, a Espanha é um país com variações climáticas: quanto mais você vai para o sul, mais quente fica, especialmente na Andaluzia (Granada, por exemplo), onde o ar é até difícil de se respirar no verão.

Perto de Madri, o clima também varia em função das montanhas próximas e não é incomum ter vento frio soprando na cidade espanhola no inverno.

Como curiosidade, quando fui para Madri na primavera, choveu muito... Em Barcelona, ​​Murcia ou na Universidade de Valência, você terá mais chance de ter sol o ano todo 😉

Quanto custam as universidades espanholas?

As taxas de matrícula e mensalidades variam de acordo com as Comunidades Autônomas, que fixam os valores todos os anos de acordo com um preço determinado a nível nacional. Então você não vai pagar o mesmo se se inscrever em Valladolid ou Salamanca.

A matrícula em um curso custa cerca de 900€  por ano em uma universidade pública e 1.500 € por um mestrado.

As universidades privadas estabelecem os seus preços livremente, sem nenhum limite: você pode pagar de 8.000 a 20.000 € por ano para um mestrado. O sistema de educação é parecido com o sistema anglo-saxão e os custos também se assemelham aos das instituições na Austrália, nos Estados Unidos ou na Inglaterra.

Para ajudar a financiar seus estudos, você pode recorrer às bolsas. A assistência para mobilidade é fornecida pela Bolsa Erasmus e as bolsas de estudo podem ser solicitadas ao Conselho Geral e ao Conselho Regional.

Você também pode encontrar um emprego em uma cidade estudantil em um bar ou restaurante para ajudar nas despesas. Nenhum pedido de visto de trabalho é necessário.

O reconhecimento do diploma na Espanha

Quais são as peculiaridades da Espanha?
Estudar na Alemanha, estudar na China ou estudar no Canadá significa se adaptar às diferenças culturais!

São muitas as opções de graduação, pós-graduação (stricto ou lato sensu), cursos de idiomas ou de extensão na Espanha.

Se você já frequenta um curso de graduação no Brasil, pode se informar no setor internacional de sua Universidade se a instituição possui parcerias com universidades espanholas. Isso pode facilitar um intercâmbio de curso ou até mesmo um mestrado ou doutorado sanduíche.

Segundo o site Eurodicas, a Espanha, através do seu órgão oficial de educação (Ministério de Educación) aceita estudos realizados no Brasil, sejam eles superiores ou não, desde que estejam aptos após passar pelo processo de convalidação e homologação no país. A validação de estudos na Espanha pode ser feita tanto para estudos universitários quanto para estudos não universitários (que precedem o ingresso no ensino superior), sendo assim, é preciso definir qual o objetivo da homologação, pois existem diferentes possibilidades que se adequam melhor a cada um.

Então, pronto para preparar sua longa estadia na Espanha e, especialmente, fazer sua matrícula em alguma universidade espanhola?

Precisando de um professor de Espanhol ?

Você curtiu esse artigo?

0,00/5, 0 votes
Loading...

Fernanda

Apaixonada por educação, música e cinema, é especialista nos encontros e desencontros das línguas.