Jornadas de até 60 horas semanais, empregos acumulados, bicos, nenhum tempo para família, muito menos para exercer atividades de lazer. O professor no Brasil, além de sofrer com a desvalorização da carreira e o desprestígio da profissão, ganha muito pouco. Essa é a dura realidade de grande parte dos profissionais da rede pública de ensino no país.

No entanto, apesar de conhecermos a crise educacional vigente no Brasil, sabe-se que a profissão de professor oferece boa empregabilidade. Ou seja, há muitas opções no mercado para quem quer atuar com educação.

Além disso, o professor tem à sua frente uma série de caminhos possíveis de carreira, em função da sua formação, experiência e área do conhecimento. Ele pode atuar na educação básica (educação infantil, ensino fundamental e médio), universidades (graduação e pós), seguir carreira como professor particular, ministrar cursos técnicos, cursos livres, reforço escolar e atuar no ensino a distância.

Rodolfo
Rodolfo
Profe de Solfejo
5.00 5.00 (1) R$60/h
1a aula grátis!
Adelaide
Adelaide
Profe de Inglês
5.00 5.00 (32) R$120/h
1a aula grátis!
Gustavo
Gustavo
Profe de Química
5.00 5.00 (36) R$100/h
1a aula grátis!
Diego
Diego
Profe de Alemão
5.00 5.00 (10) R$100/h
1a aula grátis!
Marília
Marília
Profe de Preparação vestibular científico
5.00 5.00 (4) R$38/h
1a aula grátis!
Marcel
Marcel
Profe de Inglês
R$45/h
1a aula grátis!
Marina
Marina
Profe de Atualidades
R$30/h
1a aula grátis!
Alexia
Alexia
Profe de Contabilidade
R$50/h
1a aula grátis!
Stefano
Stefano
Profe de Italiano
5.00 5.00 (6) R$90/h
1a aula grátis!
Isadora
Isadora
Profe de Yoga
5.00 5.00 (11) R$110/h
1a aula grátis!
Maria alice
Maria alice
Profe de Gestão contábil
5.00 5.00 (84) R$100/h
1a aula grátis!
Valbiana
Valbiana
Profe de Iniciação Musical
5.00 5.00 (9) R$65/h
1a aula grátis!
Najla
Najla
Profe de Matemática
5.00 5.00 (60) R$90/h
1a aula grátis!
Nancy
Nancy
Profe de Espanhol
5.00 5.00 (35) R$50/h
1a aula grátis!
Allex
Allex
Profe de Fotografia
5.00 5.00 (26) R$80/h
1a aula grátis!
Natiara
Natiara
Profe de Química
R$120/h
1a aula grátis!
Barbara
Barbara
Profe de Reforço escolar
R$50/h
1a aula grátis!

Quanto ganha um professor no Brasil?

Os salários variam muito de acordo com a especialidade e, sobretudo, com o nível de escolaridade. Professores com diploma universitário, como mestrado e doutorado, possuem salários muito mais altos do que a média nacional geral.

Veja alguns exemplos de piso salarial para professores (e os particulares?):

  • Piso salarial para o magistério: R$ 2.298,80, para professores da rede pública com formação em magistério, carga horária de trabalho de 40 horas semanais na educação infantil, no ensino fundamental e no ensino médio.
  • Piso salarial professor de escolas privadas: R$ 1.334,95, para professores da educação infantil até o 5o ano do ensino fundamental, com jornada máxima de 22 horas semanais, de acordo com o Sindicato dos Professores de São Paulo. Sindicatos de outras regiões podem ter valores distintos.
  • Piso salarial professor universitário: de R$ 7.621,46 a R$ 17.057,74, para professores titulares (a remuneração varia de acordo com fatores específicos do plano de carreira).
Qual o salário de um professor?
Você sabe quanto você pode ganhar dando aulas?

Média salarial nacional do professor

De acordo com a empresa Catho, um professor ganha, no Brasil, uma média de R$ 1.823. No entanto, é possível verificar que alguns profissionais podem receber um salário mais baixo, enquanto outros alcançam remuneração acima da média.

Segundo o documento Um Olhar sobre a Educação 2016, estudo conduzido pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OECDE), os professores brasileiros do ensino público fundamental e médio ganham menos da metade da média salarial dos professores da média de todos os outros países analisados.

O estudo também revela que os salários de professores universitários de instituições federais públicas no Brasil - entre US$ 40 mil e cerca de US$ 76 mil por ano (de R$ 133,7 mil a R$ 254 mil) - "são bem mais elevados do que em muitos países da OCDE e comparáveis aos dos países nórdicos, como Finlândia, Noruega e Suécia". Ou seja, possuir um diploma definitivamente faz a diferença!

Como ganhar um bom salário sendo professor

Não importa qual opção de carreira você escolha na área de educação:

  • escola particular,
  • setor público,
  • aulas particulares em casa,
  • tutor de ensino à distância...

O fato é que se você pretende receber um bom salário como professor particular ou cobrar pela sua hora aula, é fundamental ter um diploma universitário. E esse percurso acadêmico tem seu início no momento que você escolhe o seu curso. Há três alternativas caso você queira optar pela carreira de professor:

  • Licenciatura: voltada para professores dos ensinos fundamental e médio. Há cursos de licenciatura nas mais diversas áreas do conhecimento, como Filosofia, Sociologia, Geografia, Matemática, Física, Biologia... Os licenciados podem seguir seus estudos com o mestrado e o doutorado, lecionar em universidades ou ainda continuar a carreira como pesquisador.
  • Bacharelado: forma profissionais generalistas que podem atuar de forma mais ampla no mercado de trabalho. O bacharel também pode dar aula em cursos técnicos e, caso faça um mestrado, poderá trabalhar como professor universitário.
  • Tecnólogo: voltados para profissionais que procuram atuação em uma área específica do mercado de trabalho. Em função do curso, o tecnólogo poderá dar aula em cursos livres e técnicos de nível médio. O tecnólogo também pode seguir seus estudos e cursar pós-graduação, mestrado e doutorado.
Rodolfo
Rodolfo
Profe de Solfejo
5.00 5.00 (1) R$60/h
1a aula grátis!
Adelaide
Adelaide
Profe de Inglês
5.00 5.00 (32) R$120/h
1a aula grátis!
Gustavo
Gustavo
Profe de Química
5.00 5.00 (36) R$100/h
1a aula grátis!
Diego
Diego
Profe de Alemão
5.00 5.00 (10) R$100/h
1a aula grátis!
Marília
Marília
Profe de Preparação vestibular científico
5.00 5.00 (4) R$38/h
1a aula grátis!
Marcel
Marcel
Profe de Inglês
R$45/h
1a aula grátis!
Marina
Marina
Profe de Atualidades
R$30/h
1a aula grátis!
Alexia
Alexia
Profe de Contabilidade
R$50/h
1a aula grátis!
Stefano
Stefano
Profe de Italiano
5.00 5.00 (6) R$90/h
1a aula grátis!
Isadora
Isadora
Profe de Yoga
5.00 5.00 (11) R$110/h
1a aula grátis!
Maria alice
Maria alice
Profe de Gestão contábil
5.00 5.00 (84) R$100/h
1a aula grátis!
Valbiana
Valbiana
Profe de Iniciação Musical
5.00 5.00 (9) R$65/h
1a aula grátis!
Najla
Najla
Profe de Matemática
5.00 5.00 (60) R$90/h
1a aula grátis!
Nancy
Nancy
Profe de Espanhol
5.00 5.00 (35) R$50/h
1a aula grátis!
Allex
Allex
Profe de Fotografia
5.00 5.00 (26) R$80/h
1a aula grátis!
Natiara
Natiara
Profe de Química
R$120/h
1a aula grátis!
Barbara
Barbara
Profe de Reforço escolar
R$50/h
1a aula grátis!

Como ganhar renda extra como professor particular

Reforço escolar, acompanhamento do ano letivo, recuperação, aulas preparatórias para Enem e vestibular, revisão e produção de texto… Você sabia que dar aulas particulares pode ser uma atividade muito rentável?

Dar aulas particulares de matérias e conteúdos que você domine é uma excelente maneira de incrementa sua renda no final de cada mês.

Na tentativa dos pais em melhorar o desempenho dos filhos na escola, a procura pelo serviço de aulas particulares conheceu um grande crescimento nos últimos anos. Existem professores que chegam a cobrar mais de R$ 100 por hora/aula.

Apesar de o Brasil não ser conhecido pela qualidade de sua Educação em geral, os professores de português, física, informática ou música não precisam ter receio.

Para se ter uma ideia, podemos observar o valor médio cobrado pelos professores inscritos no Superprof (de todas as áreas do conhecimento): 51 reais. Imaginemos, por exemplo, que você consiga ministrar quatro aulas por semana, ou seja, 918 reais por mês. Nada mal, não é mesmo?

Além disso, segundo pesquisa realizada pelo Superprof, há um aumento de 2 reais por ano nas tarifas praticadas pelos professores.

Bom, fora isso, infelizmente, como em muitos setores, os homens ainda são mais bem remunerados que as mulheres. Mas essa realidade tende a mudar com a conscientização da igualdade de gêneros, em debate recente pela sociedade brasileira.

Uma das principais vantagens do professor particular (ganhe mais) é sua liberdade para estabelecer seu preço. Mas isso depende de diversos fatores, como por exemplo:

  • O nível do conteúdo: disciplinas da educação básica são menos bem pagas que conteúdos específicos (como literatura ou preparação de exames);
  • A duração das aulas: cursos de longo prazo e com uma frequência regular são mais eficientes. Saiba que quase todos os professores do portal Superprof oferecem a primeira aula gratuita; 10% deles oferecem uma redução nos valores a partir de 10 horas de aulas;
  • A qualidade do educador: um professor particular com 15 anos de experiência pode certamente cobrar um bom preço por sua hora aula. Do mesmo jeito, por outro lado, um estudante vai ter de concorrer com muitos outros e seguir as leis do mercado. A experiência pode influenciar muito no quanto você cobra!
  • A especificidade do conteúdo: matérias raras e em voga como relaxamento, pilates e mixologia  costumam ter valores mais altos. A formação dos professores e a particularidade do assunto são as razões principais.

Por ser um país extenso, e por sua desigualdade territorial e econômica, o Brasil comporta cidades com custos de vida diversificados.

Quais as vantagens financeiras de dar aulas particulares.
Como aumentar sua renda como professor particular?

Por isso, fique atento aos valores praticados na sua cidade e/ou região. Saiba que as capitais brasileiras costumam cobrar valores mais elevados. Em cidades de interior, a média de preços é mais baixa. Tudo depende da quantidade de professores na área e também do custo de vida local. Veja a média de valor da hora aula nas principais cidades brasileiras (todas as áreas do conhecimento):

  • São Paulo: 58 reais
  • Rio de Janeiro: 53 reais
  • Campinas: 53 reais
  • Vitória: 51 reais
  • Recife: 38 reais
  • Curitiba: 45 reais
  • Porto Alegre: 51 reais
  • Salvador: 46 reais
  • Brasília: 49 reais
  • Florianópolis: 57 reais
  • João Pessoa: 36 reais
  • Aracaju: 35 reais

Resumindo, levando tais cidades em consideração, conseguimos fazer uma média aproximada de preço por estado brasileiro, como mostramos na tabela abaixo.

EstadoPreço médio (hora/aula)
São Paulo55 reais
Rio de Janeiro50 reais
Espírito Santo49 reais
Pernambuco35 reais
Bahia44 reais
Distrito Federal49 reais
Santa Catarina55 reais
Paraná43 reais
Rio Grande do Sul49 reais
Sergipe33 reais

Além disso, outro fator que influencia na hora de definir o preço da sua aula particular é a área do conhecimento. O Superprof fez um levantamento da média de valores praticados por área, conheça algumas:

  • Aula de matemática: 48 reais
  • Aula de português: 48 reais
  • Aula de inglês: 53 reais
  • Aula de física: 48 reais
  • Reforço escolar: 47 reais
  • Aulas de espanhol: 53 reais
  • Aula de canto: 60 reais
  • Aula de piano: 67 reais
  • Aula de violão: 52 reais
  • Aula de informática: 49 reais
  • Aula de desenho: 45 reais
  • Aula de yoga: 80 reais

É preciso declarar os seus rendimentos como professor particular?

Não é somente quem possui um emprego formal que precisa declarar seus bens e rendimentos à Receita Federal. Os trabalhadores autônomos também precisam realizar a declaração anual de imposto de renda caso tenham tido rendimentos tributáveis cuja a soma foi superior a R$ 28.123,91.

A informalidade traz uma série de prejuízos para o trabalhador. Você, como professor particular (declarar sua atividade) que ainda é trabalhador informal tem muito a ganhar com a formalização. Existem diversas maneiras de você formalizar o seu trabalho.

  • Trabalhando como Pessoa Autônoma: você pode solicitar o RPA, ou seja, o Recibo de Pagamento Autônomo. É um documento que deve ser emitido pela fonte pagadora, ou seja, quem contratou os seus serviços, já que você que não está regido pelo sistema CLT – Consolidação das Leis Trabalhistas. São recolhidos os impostos INSS, IRRF e ISS. É justamente essa a desvantagem da modalidade: os descontos acabam prejudicando sua renda líquida.
  • Trabalhar em uma escola particular especializada: outra opção para os professores que desejam se formalizar é trabalhar como assalariados de uma empresa especializada em reforço escolar ou línguas. Dessa maneira, você será contratado em regime CLT – Consolidação das Leis de Trabalho. A contratação por CLT garante uma série de benefícios para o empregado, como vale-transporte, vale-refeição, férias remuneradas de 30 dias, 13º salário, aviso prévio, FGTS, seguro desemprego, licença saúde (opcional), licença maternidade, licença paternidade, 15 dias de salário em caso de acidentes, entre outros benefícios.
  • Criar uma micro ou pequena empresa pelo estatuto Simples Nacional: se você  possui um rendimento maior do que 60 mil por ano, pode optar pela empresa Simples Nacional. Nessa modalidade, além de não haver limites restritos de faturamento (o máximo de receitas brutas permitidas é R$ 3,6 milhões!), você poderá contratar mais funcionários se desejar.
Qual opção é a melhor para formalizar seu trabalho.
Quanto você pretende ganhar dando aulas particulares? Faça os cálculos e veja como regularizar sua situação.

Caso você decida se dedicar integralmente à atividade de professor particular, a melhor solução é se aderir ao estatuto do Microempreendedor Individual, mais conhecido como MEI. Conheça os principais benefícios em se tornar MEI:

  • Ter direito à aposentadoria. Quando você ficar mais velho, poderá contar com uma renda adicional.
  • Auxílio-doença. Quando você estiver doente sem poder trabalhar, continuará recebendo.
  • Auxílio maternidade, no caso da mulher.
  • Mais clientes e mais vendas. O professor particular poderá emitir nota fiscal e vender para empresas públicas e privadas.
  • Vai deixar de ser recusado por empresas preocupadas em gerar vínculo empregatício.
  • Descontos e prazos melhores junto a fornecedores pelo fato de ter um CNPJ.
  • Vai conseguir empréstimos bancários mais facilmente porque poderá comprovar sua renda.
  • Poderá ter um local fixo de trabalho e aumentar as chances de conquistar uma clientela fiel. (Quiosque, barraca, banca ou a própria casa)
  • Contratar um funcionário com taxas baixas para ajudar seu negócio a crescer.
  • Pensão aos filhos menores em caso de morte ou reclusão.

Dar aulas particulares: quais as etapas a serem seguidas?

Antes de dar aulas de música, de química, biologia ou aulas de francês é necessário identificar quais são seus conhecimentos e suas habilidades.

Como começar a dar aulas. Você já sabe quais as suas habilidades e competências como professor?

Identificar suas habilidades

Acima de tudo, é importante para fazer um balanço de suas habilidades para definir qual tipo de curso você pode dar. Para cada assunto, as expectativas podem mudar: reforço escolar, aulas preparatórias, aulas de música ou esporte, aulas profissionalizantes…

Como se tornar um professor?

Para fazer isso, aqui estão algumas dicas que lhe auxiliam na hora de identificar seus pontos fortes:

  • Faça uma avaliação geral da sua formação (bacharelado, licenciatura, curso técnico, pós…)
  • Considere todas as atividades que você exerceu (profissional ou não profissional).
  • Peça conselhos à sua família para entender melhor seu perfil e identificar seus pontos fortes.

Neste contexto, por exemplo, um estudante no primeiro ano da faculdade poderia dar aulas de reforço escolar para alunos do ensino médio ou vestibulandos. Já um doutorando pode ministrar aulas para universitários.

A ideia é fazer um balanço dos seus conhecimentos para definir qual seu campo educacional.

No plano pedagógico, experiência não é necessariamente essencial. O professor deve ter uma capacidade de ouvir e compreender as expectativas do estudante. Se você nunca tiver dado aulas particulares, uma hora vai precisar começar!

Em todos os casos, cada professor oferece aulas diferentes e de acordo com sua especialidade. Existe de tudo um pouco.

Para alguns, é um emprego professor de verão e para os outros, pode ser o começo de uma carreira brilhante na educação.

Além disso, tudo isso deve se encaixar e ser negociado junto aos pais dos estudantes ou junto aos alunos, ou seja, todos aqueles que desejam começar uma aula particular.

Dicas para se tornar um BOM professor

E quando você já é professor, fica ainda mais difícil se tornar perfeito para TODOS os seus alunos. É claro que todos somos diferentes. Sendo assim, cada um dos seus alunos possui um estilo próprio de aprendizado.

Quando seu estilo de ensino se adequar ao estilo de aprendizado de seu aluno, você definitivamente se tornará o melhor professor de todos os tempos!

É como estar na mesma onda com alguém. Mas é óbvio que todos os seus 30 alunos (ou 20 ou mesmo 10, na verdade não importa) nunca terão a mesma opinião sobre seus métodos de ensino, portanto, é impossível evitar mal-entendidos.

Nada melhor do que, além de se tornar um professor, se tonar um bom professor!

No entanto, você sempre pode se tornar um professor melhor para seus alunos, e a melhor maneira de conseguir isso é ouvindo-os com atenção. Por isso selecionamos 5 conselhos de alunos para professores, que ajudarão você a entender melhor seus princípios.

Portanto, se você quiser se tornar o melhor professor para seus alunos, é melhor não ignorar o que eles dizem.

Um bom professor é um professor assertivo

Seus alunos podem ter problemas, dias ruins, estresse ou até depressão. Se você perceber que alguns de seus alunos começa a piorar na qualidade dos estudos, não pense duas vezes antes de conversar com ele e dizer sobre a queda o rendimento.

Ajude seu aluno, pergunte sobre o que está acontecendo com ele, incentive-o a fazer melhor. Se você perceber que seu aluno está deprimido, talvez seja melhor encontrá-lo depois das aulas e descobrir exatamente o que está acontecendo.

Seja amigo deles, mas não vá longe demais

Os alunos simplesmente não gostam quando o professor começa a se comportar como um aluno. Mantenha-se profissional, ajude os alunos nos trabalhos escolares, ouça-os, converse sobre suas vidas, mas lembre-se de quem você é.

Mesmo se você for jovem e tiver quase a mesma idade de seus alunos, não há necessidade de usar, por exemplo, gírias, mesmo que você as use em sua vida cotidiana. Isso porque as chances de seus alunos o acharem rude e pouco profissional são altas. Sendo assim, esse não é o melhor método para obter uma boa reputação. Seus alunos simplesmente não o levarão a sério.

Faça com que suas aulas sejam relevantes para a vida deles

Se você deseja que seus alunos se lembrem de suas aulas, tente conectar as informações fornecidas com alguns momentos da vida de seus alunos. Você pode usar alguns deles como exemplo, descrevendo esta ou aquela situação. Isso porque é mais interessante para eles revisar conteúdos cativantes ao invés de entediantes (aqueles que você tenta explicar a importância das equações diferenciais para a nossa ciência, por exemplo).

Conteúdos que se conectem à vida dos alunos têm mais chances de prender a atenção deles.
Ensine de várias maneiras

Não tenha preguiça de usar o máximo possível de materiais diferentes para suas aulas. Os alunos acreditam que o melhor professor é capaz de ensinar de várias maneiras. Sendo assim, use livros, vídeos, músicas, apresentações, discursos e tudo o que possa ser interessante para seus alunos aprenderem melhor (você os conhece melhor, então você definitivamente terá ideias mais adequadas ao perfil deles).

Se você mostrar um vídeo, por exemplo, forneça alguns papéis com os fatos descritos nesse vídeo, e conte a eles todas essas informações. Você verá que abordagens como esta fazem com que seja muito mais fácil para seus alunos entender e absorver o conteúdo do material.

Seja um bom exemplo para seus alunos

Um aluno nos contou uma história sobre seu professor que sempre trazia comida orgânica saborosa e a compartilhava com os alunos que não traziam lanche. Ele parecia mais jovem e muito enérgico, e alguns alunos mudaram de ideia sobre o que era envelhecer, pois queriam apenas parecer um professor.

Este é um exemplo de professor que influenciou positivamente seus alunos. Se você seguir este conselho, seus alunos agradecerão.

Como encontrar seus alunos

Onde você pode distribuir anúncio de suas aulas. Por onde começar a sua carreira de professor particular?

Você deseja ser professor e já sabe em qual área do conhecimento vai se lançar. Agora só falta encontrar seus alunos! Nesta perspectiva, vamos apresentar os diferentes canais de divulgação dos seus serviços:

  • O famoso boca a boca: seus conhecidos e sua rede social (amigos, profissionais, vizinhos, etc …) são canais suficientes para encontrar os estudantes que procuram aulas. A não ser que você deseja dar aulas para muitos estudantes; para isso, este modo de comunicação é bastante limitado.
  • O anúncio na padaria: você provavelmente já viu algum quadro de anúncios em seu bairro. A desvantagem deste tipo de anúncio é a falta de credibilidade. Os alunos e os pais estão à procura de professores que inspiram confiança.
  • Inscrever seu anúncio em uma plataforma online: a Internet é hoje o meio de comunicação principal. No SuperPROF.com.br, dar aulas particulares é gratuito. Basta criar um anúncio que você será contactado pelos estudantes mais próximos de você. É rápido e eficiente: basta se cadastrar.
  • Se candidatar em um organismo de apoio escolar: é o jeito mais burocrático de conseguir emprego (você passa por um recrutamento de professores). Em primeiro lugar, envie seu CV (online / ou por correio). Se for selecionado, você passará por uma entrevista. Se atender aos requisitos (qualificação para dar aulas, experiência, etc ..), a agência irá contatá-lo para dar aulas na sua área. Os salários são baixos, dado o fato de que as organizações recolhem cerca de 50% do tempo de curso, além de taxas e impostos descontados do salário. Ser um professor nessas escolas pode não ser muito lucrativo.

Encontre também vagas professor de matemática rj, vaga professor curitiba aqui no Superprof!

Caso ensine outras matérias, saiba que há também vagas para professor de história rj ou ainda vaga professor biologia rj!

Precisando de um professor de ?

Você curtiu esse artigo?

4,69/5, 13 votes
Loading...

Fernanda

Apaixonada por educação, música e cinema, é especialista nos encontros e desencontros das línguas.