Um estudo da Cisco encomendado pela IDC demonstrou que a tecnologia de rede emergente requer trabalhadores qualificados em vídeo, nuvem, mobilidade, datacenter & virtualização, big data, segurança cibernética, Internet das coisas (IoT) e desenvolvimento de software. Além de habilidades técnicas e uma boa educação, os TI's devem apresentar outras habilidades como proficiência em inglês, trabalho em equipe, gerenciamento de projetos, criatividade e inovação, capacidade de comunicação...

O setor está constantemente à procura de novos talentos, geralmente muito especializados.

Seja na área de desenvolvimento de aplicativos, ou como um analista de redes ou de sistemas, ou fazendo gerenciamento de projetos de TI, você precisa ter habilidades específicas e instruções na área - seja com diplomas universitários, técnicos ou livres, ou até mesmo como autodidata.

O Superprof oferece um panorama do que você precisa saber antes de embarcar em uma aula em TI!

Os melhores professores de Informática Educativa disponíveis
1a aula grátis!
Everton
4,9
4,9 (12 avaliações)
Everton
R$59
/h
1a aula grátis!
Guacira
5
5 (21 avaliações)
Guacira
R$59
/h
1a aula grátis!
Weuler
5
5 (26 avaliações)
Weuler
R$50
/h
1a aula grátis!
Kleverton
5
5 (9 avaliações)
Kleverton
R$100
/h
1a aula grátis!
Jay
5
5 (11 avaliações)
Jay
R$60
/h
1a aula grátis!
Kaique
5
5 (43 avaliações)
Kaique
R$35
/h
1a aula grátis!
Regina
5
5 (10 avaliações)
Regina
R$60
/h
1a aula grátis!
Henrique
5
5 (7 avaliações)
Henrique
R$7
/h
1a aula grátis!
Everton
4,9
4,9 (12 avaliações)
Everton
R$59
/h
1a aula grátis!
Guacira
5
5 (21 avaliações)
Guacira
R$59
/h
1a aula grátis!
Weuler
5
5 (26 avaliações)
Weuler
R$50
/h
1a aula grátis!
Kleverton
5
5 (9 avaliações)
Kleverton
R$100
/h
1a aula grátis!
Jay
5
5 (11 avaliações)
Jay
R$60
/h
1a aula grátis!
Kaique
5
5 (43 avaliações)
Kaique
R$35
/h
1a aula grátis!
Regina
5
5 (10 avaliações)
Regina
R$60
/h
1a aula grátis!
Henrique
5
5 (7 avaliações)
Henrique
R$7
/h
1ª aula gratuita>

Aulas informática: 10 dicas importantes sobre a formação

Quer saber manipular um computador mas não sabe por onde começar? Confira nosso pequeno manual de termos básicos de informática!

Onde aprender computação?
Acabe com o seu preconceito! Informática é assunto fácil, interessante e divertido. Já pensou em procurar um professor particular para ajudá-lo?

Encontre seu curso de informatica basica ideal!

  • O que é memória RAM? A sigla RAM significa em inglês Random Access Memory.  Simplificando, é o lugar onde todas as informações são armazenadas, especialmente os dados (informações) que estão sendo processados. Na hora de adquirir um computador, um smartphone, um jogo, você deve sempre verificar qual sua capacidade de RAM, para que sua máquina tenha velocidade de execução e a capacidade de armazenar uma grande quantidade de informações.
  • O que é um endereço IP? O endereço IP é como um número de identidade: cada computador possui o seu, e ele é único. O endereço IP está ligado à placa de rede do computador. IP, que significa Internet Protocol, é um tipo de linguagem que permite que os computadores troquem informações se estiverem na mesma rede.
  • O que é um banco de dados? Navegar pela internet não seria possível sem ele. As informações que esse banco guarda são disponibilizadas para os usuários que podem visualizá-los ou atualizá-los. Seu papel é essencial, sobretudo ao pensar na quantidade de informações que a Internet trafega. Um exemplo de sistemas de gerenciamento de banco de dados é o MySQL.
  • O que é um servidor? Tudo o que existe na internet são informações. A finalidade de um servidor é hospedá-los. Os servidores são a espinha dorsal da internet hoje em dia. Se você colocar seu arquivo no iCloud, por exemplo, ele será armazenado em um servidor Apple.
  • O que é HTML? É uma linguagem escrita, como quando você digita em um editor de texto. Por meio de um texto específico, você dá indicações para seu computador sobre o tipo de fonte usada, o tamanho do texto ou as imagens a inserir.
  • Saber como usar o pacote Office é essencial! São grandes aliados na realização de operações simples de informática, como elaborar um relatório, uma apresentação, criar um site.
  • O que é um cookie? Os cookies são particularmente utilizados pelos sites comerciais: por exemplo, você está na Amazon e está querendo comprar uma torradeira. Você fecha a página mas, estranhamente, ao abrir o seu Facebook, o Youtube ou o Google, começa a visualizar anúncios de torradeiras. Essa é a função do cookie!
  • O que é uma VPNVirtual Private Network ou Rede Particular Virtual é um túnel seguro dentro da internet. A informação passa dentro deste túnel como incógnito. Eles só podem ser lidos por aqueles que possuem a chave.
TI é uma profissão atualmente sem crise.
Atualmente não existe crise na área de TI, pois quem entende do assunto é sempre muito requisitado no mercado.

Por que escolher aulas particulares com um professor informática?

As oportunidades na área de TI estão crescendo, mas nem todos têm desejo de estudar em um ambiente escolar ou fazer um workshop de informática do zero. Seja por falta de tempo ou por falta de conhecimento, estudar o ramo dos computadores pode ser um desafio surpreendente. Se você já tem o nível de bacharelado, se pretende aprender a usar o pacote office, outro software de escritório ou programar linguagens de computador mais complexas, saiba que existem professores particulares disponíveis e competentes.

Além de elaborar seus cursos de acordo com o nível do aluno, o professor particular desenvolve uma metodologia de ensino personalizada. É ele que se adapta ao perfil do aluno e não vice-versa - ao contrário de cursos tradicionais, como na universidade, onde o educador ministra uma aula para alunos ouvintes. Além de poder oferecer aulas online ou cursos por webcam, como um curso de excel online, por exemplo.

Sabe-se que a área de TI e Internet foi uma das poucas que sobreviveram à crise, mantendo o mercado ativo e em busca de trabalhadores competentes e qualificados. Por isso, é comum encontrar pessoas que desejam entrar na área depois de formados.

Mas tornar-se um desenvolvedor, programador, analista ou técnico sênior pode não ser tão fácil assim, sobretudo quando você não sabe muito sobre TI nem possui aprendizagem na área.

É aí que descobrimos a importância do papel do professor particular: ele pode fornecer as ferramentas necessárias para que você descubra essa nova área e quem sabe se torne um especialista em pouco tempo.

Fazer um curso de informática não é tão caro quanto você imagina. Enquanto um diploma em uma instituição especializada vai custar uma fortuna, um professor particular será mais acessível.

Em plataformas especializadas como o Superprof não há taxa de cadastro: você só paga o professor e, muitas vezes, a primeira aula é de graça. O preço da hora do seu professor particular varia de acordo com vários critérios:

  • A localização: em São Paulo você vai pagar mais caro do que em Curitiba,
  • O deslocamento ou não do professor: você pode optar por cursos via webcam, por exemplo, pois é mais barato. O mesmo se você se deslocar até a casa do professor,
  • O diploma e a experiência do professor: quanto maior o nível de estudos, quanto mais experiência ele tiver, maior será o valor da sua hora,
  • O nível do aluno: para um iniciante, os cursos serão mais baratos do que para um estudante experiente,
  • A especificidade do curso: conceitos básicos de edição de texto, programação, HTML, etc. exigem mais ou menos preparação para o professor.

Encontre uma boa aula de excel avançado ou iniciante no Superprof!

Os melhores professores de Informática Educativa disponíveis
1a aula grátis!
Everton
4,9
4,9 (12 avaliações)
Everton
R$59
/h
1a aula grátis!
Guacira
5
5 (21 avaliações)
Guacira
R$59
/h
1a aula grátis!
Weuler
5
5 (26 avaliações)
Weuler
R$50
/h
1a aula grátis!
Kleverton
5
5 (9 avaliações)
Kleverton
R$100
/h
1a aula grátis!
Jay
5
5 (11 avaliações)
Jay
R$60
/h
1a aula grátis!
Kaique
5
5 (43 avaliações)
Kaique
R$35
/h
1a aula grátis!
Regina
5
5 (10 avaliações)
Regina
R$60
/h
1a aula grátis!
Henrique
5
5 (7 avaliações)
Henrique
R$7
/h
1a aula grátis!
Everton
4,9
4,9 (12 avaliações)
Everton
R$59
/h
1a aula grátis!
Guacira
5
5 (21 avaliações)
Guacira
R$59
/h
1a aula grátis!
Weuler
5
5 (26 avaliações)
Weuler
R$50
/h
1a aula grátis!
Kleverton
5
5 (9 avaliações)
Kleverton
R$100
/h
1a aula grátis!
Jay
5
5 (11 avaliações)
Jay
R$60
/h
1a aula grátis!
Kaique
5
5 (43 avaliações)
Kaique
R$35
/h
1a aula grátis!
Regina
5
5 (10 avaliações)
Regina
R$60
/h
1a aula grátis!
Henrique
5
5 (7 avaliações)
Henrique
R$7
/h
1ª aula gratuita>

Aula de TI: quais diplomas existem na área da informática?

Não é possível dominar linhas de código e algoritmos se quiser se tornar um desenvolvedor ...
São muitas as linguagens de programação: isso requer bastante tempo de estudo, motivação e dedicação.

Mesmo que seja bem possível se formar na área de TI ou tecnologias digitais como autodidata, você vai enfrentar dificuldades na hora de encontrar emprego sem um diploma ou no mínimo uma certificação oficial. Para certas profissões, o empregador, na grande maioria dos casos, vai preferir o candidato que já é formado.

Além disso, estudar por conta própria requer muita motivação. As instituições de ensino superior e centros educacionais, além de fornecerem os tão valiosos diplomas, também trazem didática, transdisciplinaridade, networking, atualizações, pesquisas mais recentes sobre determinados assuntos... Definitivamente é o local certo para adquirir os conhecimentos necessários aos profissionais de TI de hoje.

No Brasil, os cursos profissionalizantes em Tecnologia da Informação são fenômeno relativamente recente, sendo validados pelo Ministério da Educação entre os anos de 2004 e 2005. Antes disso, os profissionais atuantes neste mercado tinham diplomas em áreas das ciências exatas como matemática e física, e utilizavam sua experiência e prática para adquirir os conhecimentos específicos da área. Atualmente encontramos uma série de sessões de ensino voltados para assuntos particulares como noções de programação, organização de informações e segurança de rede.

Por um lado, hoje é perfeitamente possível tornar-se webmaster, analista de sistemas, analista de suporte ou desenvolvedor web sem ter um diploma reconhecido pelo MEC como curso superior. Por outro, se o estudante procura por um conteúdo escolar mais sólido, com mais tempo de prática (estágios) e teoria, há muitas opções no mundo acadêmico, como o de Sistema de Informação.

Por fim, a grande dúvida: posso trabalhar com TI sem ter formação superior na área?

Poder, pode. Você sempre vai encontrar um exemplo de um empregado bem sucedido na área! No entanto, nossa sugestão é: se você tiver tempo, orçamento e motivação, faça um curso superior. Por quê? Pense no que falamos mais acima, na carência de especialistas qualificados, pense na crise, pense na concorrência, pense com a cabeça do recrutador... Definitivamente vale a pena investir. A boa novidade é que hoje em dia, muitas universidades, entre elas muitas públicas e gratuitas, oferecem várias opções de estudos superiores na área. Novas capacitações estão sendo criados todos os anos. E há também uma quantidade grande de aprendizados tecnólogos disponíveis. Dependendo de seus objetivos dentro da profissão, você pode optar entre um curso superior tradicional, um curso tecnólogo e cursos livres. Na Internet, há uma vasta opção de formações online e de curta duração. Escolha a sua!

Curso informática: quais são as profissões para quem se forma na área?

Para ajudá-lo a escolher sua educação em informática e saber o que estudar, aqui estão as profissões de informática em destaque hoje e os estudos necessários.

Aula de informática: quais são os valores?
Qual o ensino ideal para você conseguir garantir aquela vaga tão sonhada de emprego?
  • O analista de redes ou administrador de redes tem a responsabilidade de gerenciar a rede local em geral. O profissional deve possuir um diploma técnico ou superior em Redes de Computadores, Ciência da Computação ou equivalente, e/ou ser uma pessoa com grande experiência na área de informática. Deve ter conhecimentos sólidos em equipamentos e softwares, ou então certificações comprovadas tais quais as MCP, MCSA e MCSE, certificações profissionais da Microsoft. Há a formação Cisco-CCNA, que é vista como requisito obrigatório para garantir sua vaga em grandes empresas. Estudo recomendado: Ciência da Computação, Informática ou Engenharia da Computação ou até outro curso de informatica mas de nível técnico.
  • Já o analista de segurança informática desenvolve técnicas para que os riscos de ataque, invasões e roubos de informações sejam minimizados. Deve saber gerenciar equipamentos e softwares como firewall, antivírus, filtros de spam. O analista também faz a manutenção dessas ações, realiza a publicação da segurança entre os funcionários, treina as equipes responsáveis pelos sistemas e cria campanhas de conscientização junto a usuários e colaboradores. Estudo recomendado: Faculdade de Ciência da Computação, Informática ou Engenharia da Computação ou qualquer outra área de base matemática.
  • O analista de sistemas ou atualmente mais conhecido como sistematizador de informações, é aquele que tem como finalidade realizar estudos de processos computacionais para encontrar o caminho mais adequado para que a informação virtual possa ser processada. Este expert estuda os diversos sistemas existentes entre hardwares e softwares e o usuário final, incluindo seus comportamentos e aplicações. Estudo recomendado: Ciência da Computação, Informática ou Engenharia da Computação ou qualquer outro diploma superior na área de matemática.
  • O designer desempenha atividade de caráter técnico-científico, criativo e artístico para elaboração de projetos de design passíveis de serialização ou industrialização e que atendam, tanto no aspecto de uso quanto no aspecto de percepção, a necessidades materiais e de informação visual. Há muitas áreas no design, conheça algumas delas: Design Gráfico, Web Design, Design de Games, Design de Moda...  Estudo recomendado: ensino superior em Design, Comunicação, Expressão Gráfica...

Saiba como encontrar um bom curso de excel ou então um curso de informatica online aqui no Superprof!

Top 20 características de bons professores informática educativa

As pessoas que dizem que podemos lidar com a falta de professores de computação usando ‘facilitadores’, ou fazendo com que os alunos aprendam uns com os outros. Fato é que quem fala isso não sabe muita coisa sobre a aprendizagem e o ensino de informática. Um bom professor de informática básica, seja para ensino medio, fundamental ou mesmo educação infantil, fará tudo o que um chamado "facilitador" faria e muito mais.

Bons professores de informática dominam o conteudo das suas aulas.
Seja o software um excel, word, windows ou qualquer outro dentro do pack Microsoft Office, aqueles que trabalham na educação de informática - grátis ou paga, particular em casa ou em grupo em sala de aula em escolas especializadas - têm grande conhecimento de matemática e adoram ensinar.

Aula excel, word, power point, seja online em uma sala de aula virtual ou com a presença de professores ao lado do aluno, são mais aproveitadas quando educador responsável pelas atividades tem experiência em ensinar. Abaixo listamos vinte características encontradas nos melhores professores de informática do Brasil e do mundo:

  1. Eles amam o assunto e são genuinamente fascinados por ele e suas possibilidades;
  2. Eles se mantêm atualizados por meio de revistas, livros, programas de rádio e TV;
  3. Eles se mantêm atualizados através de pesquisas acadêmicas dentro do assunto;
  4. Eles buscam e participam de forma proativa em oportunidades de desenvolvimento profissional;
  5. Eles introduzem tópicos ligados a informações e atividades sobre coisas que eles já conhecem, a fim de estimular a reflexão sobre assuntos que não conhecem;
  6. Eles estabelecem atividades desafiadoras, não exatamente dentro da zona de conforto dos que aprendem (tecnicamente conhecida como a zona de desenvolvimento proximal). Por exemplo, eles pedem aos alunos não apenas para programar uma tartaruga para se mover do ponto A para o ponto B, mas também para construir um código para lidar com um evento inesperado durante esta jornada;
  7. Eles desenvolvem atividades com um contexto interessante e, de preferência, com alguma aplicação potencial no mundo real;
  8. Eles sabem o suficiente para serem capazes de responder às perguntas dos alunos. Se um aluno perguntar “Como posso configurar uma série de afirmações ‘SE’ em uma planilha excel de maneira mais eficiente?”, O professor deve ser capaz de dar uma resposta adequada, ou seja, praticamente útil;
  9. Ser um “facilitador” é utilizado como uma técnica para trabalhar em um contexto particular, não como uma posição padrão impensada;
  10. Ele terá a mesma postura citada acima diante do  chamado 'aprendizado por descoberta';
  11. Ele formará pares de estudantes de tal forma que um especialista em uma coisa ajudará o não especialista - e mudando os agrupamentos de conceitos / áreas em que os papéis de especialista e não especialista são diferentes, talvez até invertidos;
  12. Fará perguntas difíceis aos alunos, para estimulá-los a avançar e desenvolver o pensamento. Por exemplo, se um aluno escreveu um programa brilhante, um bom professor lhe perguntará como a interface poderia ser mais amigável para uso por não programadores, ou ainda perguntará se o programa pode lidar com tipos específicos de erros do usuário;
  13. Ele será altamente crítico, de uma forma positiva, é claro! Por exemplo, diante de uma planilha cheia de declarações "IF" aninhadas que são tão complicadas que é quase impossível olhar para ela e descobrir o que cada elemento realmente faz, ele deve estimular uma solicitação para encontrar uma maneira mais amigável de alcançar o mesmo resultado;
  14. Ele tem um banco de recursos aos quais os pupilos podem consultar, grátis, se precisarem.
  15. Ele ensina a classe em pelo menos algumas partes de pelo menos algumas aulas;
  16. Ele define o trabalho adequado fora da escola.
  17. Ele avalia o que os alunos fizeram, não apenas se apoiando na autoavaliação ou na avaliação por pares;
  18. Ele entende sobre aprendizagem e pedagogia. Francamente, qualquer um pode ser um facilitador: o zelador da escola que lhe permite dirigir um clube de informática depois da escola é um facilitador. Um professor precisa ser mais do que isso;
  19. Ele entusiasma e motiva os estudantes a aprender mais e a atingir níveis mais elevados. Esse é um processo ativo, não é algo que pode ser alcançado apenas "facilitando";
  20. Um bom professor, de qualquer disciplina, saberá dar o ritmo da aula, quando intervir se alguém precisar de ajuda e como impedir que alguns aprendizes atrapalhem a aula - ou seja, um bom professor saberá administrar uma turma de 30 crianças, jovens ou adultos fazendo várias tarefas diferentes.
Crianças aprendendo informática
Tanto crianças quanto adultos se beneficiam do contato com hardware e software para criar materiais úteis em outros campos de educação.

Ensino e aprendizagem de informática: como ser o melhor em TI?

Depois de passar pela escola de informática e dominar o conhecimento de softwares que vão muito além do básico windows e do Microsoft Pack Office com os famosos word, powerpoint, excel, você agora deseja ingressar na área de Tecnologia da Informação. O que as escolas de ciências da informação muitas vezes não ensinam é como ser um trabalhador de destaque dentro da área. Sendo assim, listamos algumas das principais características para quem quer ter sucesso ao trabalhar com TI não só no Brasil, mas no planeta todo.

Amar o desenvolvimento tecnológico

Quando uma pessoa está fazendo algo que realmente gosta, sua energia é contagiante.

As pessoas ao redor sentem isso e acabam querendo se envolver e se deixar levar pela experiência. Tudo isso de uma perspectiva de TI, obviamente, e isso pode acontecer com seu chefe, colegas, clientes ou equipe.

Igualmente, se não mais importante, é que quando você faz algo que ama, você o faz melhor. Isso mostra a qualidade do seu trabalho, seu compromisso com a tarefa e sua vontade de assumir atribuições desafiadoras.

Informações múltiplas na área da computação.
A área de TI é múltipla e possibilita várias frentes de atuação.

Compreender o negócio

Uma grande tendência em TI é seu alinhamento cada vez mais próximo com o negócio que ele atende. Mesmo no nível de CIO (Chief Information Officer, ou seja, o diretor de TI), você não pode ser apenas o técnico-chefe, você deve ser um expert de negócios forte que tem conhecimentos sobre TI.

Esse entendimento de negócios permite que você sirva com excelência à comunidade empresarial e seja mais inovador ao representá-la.

Saber falar tanto em linguagem técnica quanto não técnica

Você quer ver os olhos de uma pessoa que não é da área computacional completamente vidrados? Então fale com ela usando siglas técnicas e / ou comece a descrever os recursos de uma tecnologia em vez de seus benefícios comerciais. Dificilmente você verá uma expressão mais confusa do que a dela!

O problema com este cenário é que os usuários de negócios são as pessoas que você está tentando apoiar e, como resultado, podem ter uma entrada em seu próximo relatório de desempenho.

Dominar bem a base do conteúdo de informática

Se sua especialidade principal é a análise de negócios, você deve se destacar enquanto analista de negócios. Se você é especialista em comunicação de dados, deve saber tudo o que há para saber sobre roteadores Cisco e outros hardwares e softwares da área em seu data center. Se você é Gerente de Projetos ou Gerente de TI, deve saber como liderar projetos e liderar pessoas.

Não importa o conhecimento que você escolher, as pessoas qualificadas em TI respeitam a competência. A menos que haja circunstâncias atenuantes, como adequação organizacional, sua capacidade de desempenho será notada.

Aulas de informática sem sair de casa.
E se você recebesse aulas grátis de windows e outros programas tendo sua casa como sala de aula? Basta procurar uma vaga com um professor particular no Superprof pra tornar essa possibilidade real!

Compartilhar conhecimento técnico com outras pessoas

Parte de ser um bom integrante de uma equipe é a disposição de compartilhar seu conhecimento com outras pessoas. Ajudar os outros ajuda seu gerente a aumentar sua equipe, melhora sua reputação profissional, constrói lealdade para com você naqueles que você ajuda e o posiciona em níveis mais altos dentro da empresa.

Além disso, ensinar os outros realmente melhora a sua compreensão do tópico porque faz com que você veja as coisas da perspectiva de outras pessoas.

Gostar de aprender

Uma coisa sobre o universo tecnológico é que ele está sempre mudando. Os fornecedores de hardware e software atualizam continuamente seus produtos. Novas megatendências de TI aparecem como que milagrosamente, tornam-se o carro-chefe da indústria e, eventualmente, desaparecem como um legado desatualizado.

Por isso, é muito importante que você ame aprender, pois as ferramentas da sua profissão estão mudando continuamente.

Precisando de um professor de Informática Educativa ?

Você curtiu esse artigo?

3,00/5 - 7 nota(s)
Loading...

Fernanda

Socióloga e mestre em Letras Modernas pela Sorbonne. Entre França e Brasil, trabalho com jornalismo e projetos socioeducativos há 20 anos. Apaixonada por música, cinema e yoga. Acredito na cultura e na educação como pilares de transformação da sociedade.