Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Passo a passo para aprender a meditar

De Glicia, publicado dia 03/09/2018 Blog > Esporte > Yoga > Como se iniciar às técnicas meditativas?

A meditação é geralmente associada às práticas religiosas ou esotéricas, entretanto, o ato de meditar nada tem a ver com uma religião em especial, e tão pouco com misticismos.

Diferentes estudos na área de neurociências mostram como a meditação age no nosso cérebro e o impacto positivo que ela tem no bem-estar e a na saúde mental. A prática frequente da meditação ajuda a diminuir os efeitos negativos do estresse e aumenta o autocontrole.

Um outro mito em torno da meditação é a idéia de que ela é uma prática reservada aos adeptos do yoga. Na realidade, qualquer pessoa pode meditar. Para isso, ela só precisará de um lugar calmo e recluso, longe do barulho, para que possa se concentrar.

A meditação é, inclusive, excelente para as crianças, pois ela age em zonas do cérebro ligadas à aprendizagem, memorização, concentração e controle de emoções, podendo assim ser um alternativa no tratamento de distúrbios como a hiperatividade.

Mas, como aprender a meditar quando não se sabe nada sobre o assunto? Veja a seguir nossos conselhos para aqueles que desejam se iniciar à meditação sem ter que fazer aulas de yoga.

E se você tem interesse pelo assunto, não deixe de ler nosso guia completo para se tornar um yogi.

Entenda o que é a meditação

Se olharmos o significado da palavra “meditação” no dicionário encontraremos a seguinte definição:

Ação ou efeito de refletir profundamente sobre determinada coisa; resultado dessa ação.

aprenda a melhorar a concentração e o autocontrole através da meditação A meditação não tem a ver com religiões e pode ser praticada por qualquer pessoa.

De fato, a meditação pode ser definida como uma prática onde o indivíduo utiliza técnicas de concentração para focar sua mente em um pensamento ou atividade em particular, visando alcançar um estado de clareza mental e emocional.

Sua origem é tão antiga quanto a do yoga e remonta às práticas ancestrais indianas. Apesar de estar fortemente ligada às liturgias budista e hinduísta, ela está longe de ser uma prática reservada aos religiosos que vivem reclusos do mundo em monastérios.

Se trata de uma ferramenta que permite desenvolver o autoconhecimento e pode ser usada por qualquer pessoa que deseje despertar sua consciência, independentemente de crenças religiosas.

A meditação é acima de tudo uma maneira de se reconectar com o inconsciente e de adquirir atenção plena, se concentrando no momento presente. Meditar é tornar-se testemunha dos próprios pensamentos, emoções e sensações físicas, a fim de melhor aceitá-los e integrá-los ao nosso ser.

Você não aprenderá a meditar nos livros! Como qualquer outro conhecimento, é importante, sim, saber a teoria, mas é somente através da prática que você conseguirá perceber uma real evolução.

Leia nosso post completo e descubra todos os benefícios do yoga e da meditação .

Porque você deveria começar a meditar?

Meditar traz inúmeros benefícios para o corpo e para a mente. A maior vantagem é que ela pode ser praticada por todos e  não é necessário nenhum tipo de treinamento para aprender a meditar.

Meditar regula a quantidade de oxigênio consumido pelo cérebro e evita o uso desnecessário de energia, o que impacta diretamente sobre o desempenho físico e intelectual. As energias vitais que mantém nosso corpo funcionando corretamente são usadas de forma otimizada quando se pratica meditação.

cultive o hábito de meditar Prática ancestral indiana, meditar reduz os riscos de depressão e de doenças cardiovasculares.

Para pessoas que sofrem com crises de ansiedade, a meditação pode ser um excelente tratamento alternativo, pois ela proporciona relaxamento e ajuda a trabalhar o controle das emoções. Meditar pode, dessa forma, ajudar a combater a depressão e a síndrome de burnout.

Outro benefício proporcionado pela meditação é a melhora da qualidade do sono. Todos sabemos o quanto o sono é importante para o nosso organismo e o quanto a falta dele pode afetar nosso desempenho no trabalho ou nos estudos.  Quem medita frequentemente tem mais facilidade em pegar no sono e dorme melhor.

Por fim, mas não menos importante, a concentração também é otimizada através da meditação. Os exercícios de respiração aumentam gradualmente a capacidade de manter o foco e de realizar uma tarefa com maior precisão.

Além disso, a meditação ajuda também na perda de peso graças ao autocontrole que se reflete na alimentação. A compulsão alimentar é geralmente associada à ansiedade e a perda de controle sobre si mesmo.

Ao combinar uma reeducação alimentar com exercícios físicos e meditação, as chances de sucesso no processo de emagrecimento são maiores.

Ela estimula igualmente o sistema imunológico e reduz dores físicas como dor de cabeça, dor nas costas, sensação de fadiga e esgotamento; e diminui os riscos de doenças cardiovasculares.

Veja nossas dicas para escolher o melhor tapete de yoga .

Como se iniciar à meditação?

Agora que você deixou suas reticências de lado e está convencido dos benefícios que a  meditação proporciona, vamos praticar!

A primeira sessão de meditação pode ser um pouco complicada de se realizar. De fato, a meditação não se aprende da noite para o dia. Ficar sentado, sem se mover e se concentrar apenas na sua respiração pode ser difícil num primeiro momento, especialmente se você é uma pessoa que está sempre ativa.

para os iniciantes em meditação é indicado seguir algumas regras Encontrar um lugar onde você se sinta à vontade e longe de distrações é importante na hora de meditar.

Mas não desanime, a persistência é a chave do sucesso em qualquer coisa nova que nos comprometemos a fazer. Com a meditação não é diferente! O mais difícil quando começamos a meditar é conseguir esvaziar a mente e não “pensar em nada”. A própria idéia de não poder pensar em nada nos faz automaticamente pensar em mil coisas.

Existem vários métodos de meditação profunda e com a prática é possível meditar em qualquer lugar, a qualquer hora do dia e até mesmo sem fechar os olhos! Mas quando começamos, o melhor é seguir algumas regras simples para facilitar o aprendizado:

  • Encontre o bom momento: no início, tente meditar em diferentes momentos dos seu dia. Isso o ajudará a descobrir em que horário você está mais concentrado e, portanto, mais preparado para meditar;
  • Escolha um lugar calmo: como dissemos acima, com o tempo e a prática você será capaz de meditar em qualquer lugar, mesmo nos mais barulhentos. Todavia, quando se é iniciante, o ideal é procurar um lugar tranquilo, longe de barulhos e outras possíveis distrações. também e importante que você se sinta confortável, então o mais indicado é escolher um lugar familiar;
  • Defina a duração de sua meditação: é importante estabelecer um tempo mínimo e máximo que você dedicará à meditação. Também é importante respeitar esse tempo a fim de criar uma rotina. O recomendado é começar por 10 minutos de meditação por dia e ir aumentando gradativamente caso sinta necessidade;
  • Escolha uma posição confortável: embora seja possível meditar em diferentes posições, a mais indicada é a posição sentada, especialmente se você é iniciante. Feche os olhos ou fixe um ponto na sua frente e não se esqueça de manter a coluna alinhada;
  • Controle sua respiração: tomar consciência da sua própria respiração é a primeira etapa para a meditação. Concentre-se, respire profundamente e siga mentalmente o caminho que o ar faz até chegar aos seus pulmões;
  • Solte as rédeas da sua mente: você pode pensar em nada ou em tudo ao mesmo tempo. O importante é não se preocupar com os pensamentos, deixe-os circular livremente pela sua mente.

Tente analisar seu progresso a cada meditação, mas seja flexível e gentil consigo mesmo. Não se cobre muito e sinta-se feliz a cada pequeno progresso. Isso o ajudará a conservar a motivação e a trabalhar os pontos a serem melhorados.

Aprenda tudo que você precisa saber para praticar yoga sozinho!

Como praticar meditação mindfulness (consciência plena)

Muito se fala sobre mindfulness hoje em dia, mas o que é exatamente isso? O termo pode ser definido de diversas formas, porém a maioria das definições coincidem em dois aspectos:

  1. Estado de consciência plena, ou seja, uma consciência focada no momento presente, tanto no que diz respeito aos pensamentos quanto aos sentimentos;
  2. Atitude aberta e positiva com relação aos sentimentos e emoções, adotando uma postura livre de autocríticas.

a meditação ajuda a atingir o estado de atenção plena O mindfulness pode ajudá-lo a viver melhor e mais feliz.

É possível atingir o estado de consciência plena através da meditação. O exercício mental de consciência plena está relacionado a estar atento, lúcido e adotar uma postura livre de crítica. O objetivo é conhecer profundamente seus próprios pensamentos para evitar sentir-se atormentado por eles, e dessa forma poder administrá-los melhor.

Alcançar o estado de consciência plena requer muito esforço, pois é difícil atingir um grau tão alto de desprendimento das coisas que nos afligem de um dia para o outro. Para alcançar esse estado é necessário dedicar tempo para treinar sua mente.

No início, a respiração compassada pode ajudar a pessoa a meditar, mas esse não deve ser o único propósito da meditação, em especial quando se trata de mindfulness. Certos pensamentos podem se apresentar constantemente a você durante a meditação, o que indica que talvez algo o está incomodando e precisa ser resolvido.

Se sua mente divaga muito é sinal de que ocupada. Se, por outro lado, um pensamento volta inevitavelmente, é porque merece que você o aborde com atenção plena.

Os benefícios dessa prática meditativa são muitos. Ela tem, sobretudo, um efeito positivo em pessoas que sofrem de pressão alta, doenças cardíacas e dores crônicas. Também melhora a concentração e ajuda a superar a depressão, a ansiedade e os vícios. Ótimas razões para começar a praticar, não acha?

Pratica corrida também?  como o yoga pode te ajudar a correr melhor .

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar