Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Letras em mandarim, como conhecê-las?

Blog > Idiomas > Chinês > O dicionário dos ideogramas chineses

O mandarim tem “só” 2 bilhões de falantes. Então, se o chinês for sua língua materna ou se você é fluente nessa língua, entender, falar e escrevê-la já é um grande passo para dominar as línguas mais faladas no mundo.

O mandarim escrito data de mais de 4 mil anos! Ele foi mudando ao longo das dinastias que o país atravessou durante sua história.

Criado para transcrever o chinês oral, a escrita chinesa e seu alfabeto são muito particulares para os estrangeiros, para nós do Brasil, então… de origem latina… nem se fala! Sem contar que a língua tem vários dialetos e depende da região de onde é falada.

Durante muito tempo, os estrangeiros deram as costas para a língua chinesa, percebida como muito distante das línguas ocidentais. Hoje, a história é diferente…

Então, vamos descobrir como o alfabeto, a escrita dos caracteres e a fonético da língua chinesa podem ser aprendidos. Não importa o seu objetivo: uma simples viagem para a China, para um intercâmbio universitário ou ainda para uma entrevista de emprego determinante para a sua carreira.

O alfabeto em chinês

É essencial ter muita motivação para aprender o básico do chinês. A forma do caractere chinês guia o orador em sua pronúncia.

Mandarim fica fácil com determinação Quer falar e escrever os caracteres chineses?

Conhecido como sinogramas, os caracteres chineses – também conhecidos como hanzi ou ainda “caractere han” – têm a característica de serem completamente diferente do alfabeto latino, grego ou russo. Para aqueles que querem aprender a escrever chinês, há muito trabalho pela frente!

A fim de facilitar o acesso a sua língua, o governo chinês criou nos anos 50 um sistema de “transcrição fonética da língua chinesa” – também chamado de “pinyin”. Esse sistema permitiu o aprendizado dessa língua para falantes estrangeiros.

De fato, sem um alfabeto estritamente fonético, o chinês é considerado uma língua de formas. Ou seja, as palavras são ilustradas por símbolos individuais.

Aqui não há combinações de letras diferentes de um alfabeto para criar uma palavra. Mas uma associação de símbolos para aprender em seu curso de chines.

Representando um dos mais antigos sistemas de escrita conhecidos até hoje – esperando novas descobertas! – o alfabeto chinês tem um lugar importante, além de suas fronteiras como no Japão, por exemplo.

Portanto, esse sistema de escritura pode bloquear qualquer estudante estrangeiros com boas intenções. Mas calma, a língua também tem seus pontos positivos: o alfabeto chinês, as minúsculas são escritas como as maiúsculas e vice e versa.

Aliás, o incrível dicionário Kangxi (o dicionário do Imperador Kang Xi na dinastia Qing) tem mais de 47 mil caracteres chineses. Porém, os experts da língua dizem que o aluno deve aprender pelo menos 3 mil caracteres somente para ler os jornais.

O aprendizado dos símbolos é um desafio linguístico que, com a situação econômica da China, se torna cada vez mais comum e continua aumentando exponencialmente.

Aprenda a pronúncia de todas as letras em chinês

Para quem pensou na técnica de pronunciar tons diferentes em voz alta, você está certíssimo! Essa é uma excelente maneira de acelerar a aula de chines.

É necessário imergir no modo do pensamento chinês para assimilar o mandarim.

Para poder falar chinês fluentemente, a pronúncia da língua é um ponto chave. Ela vai permitir que as pessoas o entendam durante a sua viagem na China, seus estudos ou quando for morar no país.

Quando falamos chinês, vem a nossa mente uma língua cheia de melodia, ritmos e tonalidade. O aprendizado é reconhecidamente complicado para nós, de língua latina. Mas não se desanime!

Cada sílaba é composta por um som diferente no início e no fim. Por isso, cada uma influencia a pronúncia a adotar. Esses mesmos sons são formados por pequenos grupos de sílabas ligadas entre elas.

Essas sílabas, que não devem ser confundidas com palavras, são bastante limitadas na língua chinesa. Assim, enquanto há milhares em português, francês, inglês ou espanhol, existem apenas 400 sílabas em chinês moderno.

Faça aulas de chinês e arrebente nos negócios Nem as muralhas da China serão pareis para fazer você desistir do mandarim

Este fato é ainda mais surpreendente quando se fala em chinês tradicional. Cada ideia corresponde a uma única sílaba, um único caractere.

Na maioria das palavras chinesas são monossilábicas ou compostas de uma combinação de duas ou mais sílabas.

As vogais em chinês

Uma viagem para a China em imersão no mandarim é ideal para aprender a língua desse país tão exótico para nós. Para os falantes de português, o método pinyin é essencial para entender e interpretar os caracteres chineses.

Como em hebraico ou árabe, a gente utiliza sinais escritos acima das vogais nas palavras chinesas. Esses sinais indicam ao leitor o tom que deve ser usado para pronunciar uma palavra ou sílaba. O tom é uma característica puramente chinesa, que dá a originalidade dessa linguagem.

No curso de mandarim, aprendemos que existem quatro tons diferentes e um tom neutro encontrado em cada sílaba.

Representado por nenhuma vogal ou nenhum sinal distintivo de leitura, o tom neutro é pronunciado – como o nome sugere – de maneira suave e curta.

Os outros quatro tons oscilam entre cinco graus da voz. Um pouco como na música, onde teremos os barítonos e sopranos, esse elemento é um ponto essencial no chinês.

O nível 1 representa o nível mais baixo e vai até 5 para os tons mais altos.

Aqui estão algumas regras tonais em chinês:

  • Quando um terceiro tom é colocado na frente de outro terceiro tom, ele é pronunciado como um segundo tom.
  • Quando um terceiro tom é colocado antes de outro tom, ele desce, mas não sobe e se torna metade do terceiro tom.
  • Quando um quarto tom é colocado antes de outro quarto tom, ele é pronunciado como um segundo tom.

Como aprender a escrever o alfabeto chinês?

Visualizar caracteres chineses e escrevê-los pode ser um método para aprender rapidamente.

O digital e o e-learning facilitaram a aprendizagem do chinês considerado tão difícil.

A escrita chinesa pode intimidar muitos iniciantes na aula de mandarim. Escrever o alfabeto chinês desencorajou mais de um. Então, não seja mais um!

Com seus 5 mil caracteres oficiais – até mesmo 10 mil caracteres se incluirmos os sinogramas especiais e obsoletos – aprender mandarim requer muito trabalho pessoal.

Isso implica que o conhecimento de um caractere chinês é composto em vários pontos.

Aprenda mandarim com aulas online Onde o tradicional e o moderno estão lado a lado, China!

Primeiro, é crucial associar um significado à forma do caractere.

Depois, é importante saber como pronunciar e aplicar a entonação correta de acordo com o contexto em que o caractere é encontrado.

Saber escrever esse caractere sem ajuda e respeitando com precisão a ordem dos traços.

É necessário seguir um método de trabalho cujo o aluno ficará familiarizado com os sinogramas. Lembre-se que esse método deve ser agradável, sem ser muito acadêmico para diminuir o risco de abandono do aluno.

Em geral, a maneira mais clássica é abordar cada caractere chinês de forma independente. Esse método é utilizado em escolas de idiomas, no Instituto Confúcio e em associações culturais.

Para aprender chines, é necessário escrever os caracteres na ordem certa e repetidamente para memorizá-los adequadamente. Esse aprendizado de cor, tradicional ou cinestésico, é construído em torno de listas de caracteres classificados por dificuldades e permite ao cérebro conectar o movimento de cada escrita.

A maioria dos professores concorda que o aluno deve se concentrar em assimilar a escrita dos primeiros caracteres antes de aprender os outros.

É comparando os sinogramas chineses e lendo a escrita chinesa que o aluno pode progredir. O verdadeiro desafio está em poder decifrar lendo e lembrando quando, como e em que situação escrevemos esses caracteres.

Novos métodos surgiram recentemente e estão em total oposição à abordagem acadêmica. Eles são baseados no fato de que o principal objetivo de aprender chinês é saber usar essa linguagem com sabedoria como uma ferramenta de comunicação escrita ou oral.

Nas aulas de mandarim ou diretamente na China!

As 26 letras do alfabeto chinês

A 阿 ā
B 贝 bèi
C 色 sè
D 德 dé
E 饿 è
F 艾非 ài fēi
G 阿嘎 ā gā
H 阿什 ā shí
I 伊 yī
J 柔塔 róu tǎ
K 卡 kǎ
L 艾力 ài lì
M 艾米 ài mǐ
N 艾尼 ài ní
O 哦 ó
P 佩 pèi
Q 克 kè
R 艾和 ài hé
S 艾丝 ài sī
T 特 tè
U 乌 wū
V 维 wéi
W 大布柳 dà bù liǔ
X 希斯 xī sī
Y 伊普苏伦 yī pǔ sū lún
Z 贼 zéi

Como utilizar m teclado chinês?

A língua chinesa usa um sistema de escrita “logográfico”. Portanto, o ajuste de milhares de caracteres chineses na máquina exigiria uma engenharia muito mais complexa que as máquinas de escrever usando um alfabeto latino simples ou outros caracteres não-logográficos.

Faça aula da língua chinesa Veja a luz no final do túnel para o aprendizado de chinês

Uma gráfica chinesa comum usa 6 mil caracteres chineses. As máquinas de escrever chinesas e japonesas começam a aparecer somente no começo do século XX. Elas foram inventadas por Kyota Sugimoto e usam o kanji adotado do sistema de escrita chinês.

Caligrafia chinesa: a arte de escrever

Os calígrafos chineses usam pincéis de tinta para projetar suas obras de arte.

A forma, o tamanho, o alongamento e o tipo de pelo no pincel, a cor e a densidade da tinta, a velocidade da absorção e a textura da superfície do papel são os principais fatores físicos que influenciam nessa arte milenar.

 

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar