Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Saiba como fazer as letras em mandarim

De Carolina, publicado dia 31/03/2019 Blog > Idiomas > Chinês > Como escrever os ideogramas chineses?

A escrita chinesa parece muito difícil para nós, no Brasil, por causa das suas diferenças com o português e as línguas latinas.

Mesmo conhecendo bem o alfabeto romano, tendo conhecimento linguístico das línguas latinas e uma boa dose de motivação, há gente que se arranca os cabelos quando vê os caracteres chineses ou hanzi.

Mas acalme-se! Se você quer aprender chines, vá por etapas! Como vamos tentar explicar para você, é mais fácil assimilar esse “não-alfabeto” milenar sem desanimar.

Você não precisa pular toda a Muralha da China ou ir diretamente para a República Popular da China para aprender a escrever em chinês. Siga o guia!

Quer escrever bem em chinês? Confira curso de mandarim no Superprof!

Conheça a história da língua chinesa

Você com certeza já ouviu falar que o chinês é a língua mais falada do mundo, não é mesmo? O que você talvez não saiba é que o termo “língua chinesa” é um termo genérico, usado para se referir ao mandarim, dialeto de Beijing e considerado idioma oficial da China.

conheça a história do idioma da china e aprenda o alfabeto chinês A língua chinesa é uma das mais antigas do mundo.

Na China, o idioma chinês é chamado de Hànyǔ (汉语) ou Zhōngwén (中文). O primeiro termo significa “língua dos Han”, que é a etnia mais numerosa do país, representando quase 80% da população. Já o segundo termo significa “língua da China”.

O que nós comumente conhecemos como língua chinesa – seja o idioma falado, assim como o alfabeto chinês – na realidade faz parte da família das línguas sino-tibetanas. Essa família linguística é um conjunto de idiomas que compreende, além do chinês, o tibetano, o birmanês (língua oficial do Myanmar), e inúmeras outras línguas diferentes.

Procurando curso de mandarim bh?

No que diz respeito à história e evolução da língua chinesa, ela pode ser dividida em três importantes fases:

  • O chinês antigo
  • O chinês medievo
  • O chinês moderno

Segundo alguns historiadores, linguistas e filológos, as primeiras evidências de textos escritos em alfabeto chinês datam do século XIII a.C. Sabe-se, por exemplo, que  chinês antigo foi utilizado no I Ching, um dos textos sagrados do taoísmo.

As variantes encontradas atualmente no idioma surgiram com o chinês medievo, por volta do século VII d.C. Os dialetos surgiram primeiramente através de mudanças fonéticas regionais, ou seja, mudanças na pronúncia de algumas palavras.

As variações fonéticas ocorrem em diversas línguas, inclusive no nosso português brasileiro. No nosso país encontramos diferentes variedades linguísticas regionais e esse fenômeno é característicos de todas as línguas vivas.

O chinês moderno surgiu bem depois e se aplica à variante do dialeto do mandarim falado em Beijing, que atualmente é considerado a língua oficial da China.

Aprenda todos os ideogramas chineses fazendo curso de mandarim online!

Os diferentes dialetos do idioma chinês

Como nós mencionamos anteriormente, dentro do idioma chinês existem muitas variantes regionais. Essas vaiantes começaram a surgir a partir do século VII d.C, na fase chamada de chinês medievo.

Mas, essas variantes são dialetos ou línguas à parte? Difícil dizer, pois alguns linguistas as classificam como sendo, de fato, apenas dialetos. Já outros dizem que se trata de línguas independentes.

aprender a usar o alfabeto chinês e as variantes linguísticas A língua chinesa é muito complexa e possui 7 variedades, dentre elas o mandarim, língua oficial do país.

As diferenças entre dialeto e língua não são assim tão evidentes. Um dialeto é a variedade de uma língua, própria de uma região ou território. O dialeto está diretamente  relacionado com as variações linguísticas encontradas na fala de determinados grupos sociais ou étnicos.

Uma língua, por sua vez, tem por maior finalidade a comunicação. Ela permite estabelecer interações com a sociedade onde se vive, e mesmo com outras comunidades (quando se aprende a falar outras línguas além da sua língua materna).

Esta discussão é embasada pelo fato de que falantes de variantes diferentes do chinês muitas vezes não conseguem compreender um ao outro. Além disso, não existe consenso sobre o número de dialetos chineses existentes, o que demonstra o quanto a língua chinesa é diversificada

Veja as ofertas de curso de mandarim rj!

Hoje em dia os dialetos chineses são classificados em 7 grupos:

  • Mandarim
  • Wu
  • Gan
  • Xiang
  • Min
  • Hakka
  • Yue

Vejamos a seguir as principais características de cada um desses dialetos:

Mandarim

Mandarim significa “língua dos oficiais”. Durante a época imperial, os oficiais formavam a elite burocrática da China, assim os falantes do dialeto mandarim concentram-se em qualquer parte da China. A variante do dialeto falada em Beijing, capital chinesa, foi escolhida como língua oficial do país e é utilizada pelo tanto pelo governo, como nos principais meios de comunicação e nas escolas.

Wu

Trata-se de uma variante da língua chinesa falada predominantemente na cidade de Shanghai e nas províncias de Zhejiang e Jiangsu. Cerca de 80 milhões de chineses falam esse dialeto e a variante de Shanghai é a mais prestigiosa, chamada também de “shanghainês”.

Gan

A maior parte dos falantes do dialeto gan vivem na província de Jianxi. Ele é falado por cerca de 22 milhões de pessoas e dentre os vários dialetos da língua chinesa, o gan é um dos que mais se assemelham ao mandarim.

Xiag

O xiang é falado principalmente na província de Hunan, localizada na região central da China. Apesar de ter mais 40 milhões de falantes, o xiang tem sido muito influenciado pelo mandarim, especialmente no que diz respeito  ao vocabulário. Um dos falantes mais famosos desse dialeto foi Mao Zedong, líder da Revolução Comunista na China.

Min

O min é falado majoritariamente na província de Fujian, no sudeste do país (cerca de 70 milhões de pessoas). Além disso, esse dialeto também é falado em Taiwan, sendo que o dialeto taiwanês faz parte dessa variedade, embora o idioma oficial da ilha seja o mandarim.

Hakka

Trata-se de uma variedade linguística falada em diversas províncias do sul e sudoeste da China e conta com aproximadamente 30 milhões de falantes que vivem, em sua maioria, nas regiões montanhosas da China. O fato dessas populações viverem em regiões isoladas possibilitou o surgimento de alguns sub-dialetos regionais.

Yue

É uma uma variedade que ficou conhecida no ocidente pelo seu dialeto de maior prestígio, o cantonês. O yue é falado por cerca de 60 milhões de pessoas, principalmente nas províncias de Guangdong e Guanxi, mas também em cidades como Hong Kong e Macau, onde o cantonês é o idioma oficial.

Um fato curioso sobre esse dialeto é que ele é falado mundialmente nas diversas Chinatowns espalhadas pelo mundo todo. Isso se dá porque a grande maioria dos imigrantes chineses vivendo nessas comunidades fora da China vieram das regiões que falam essa variedade dialetal.

Encontre um bom curso de mandarim belem!

Como ocorreu o surgimento do alfabeto chinês?

A língua chinesa é hoje considerada uma das mais antigas que se tem conhecimento e é a única língua arcaica falada até os dias atuais. O alfabeto chinês está ligado à arte da caligrafia, que é uma das artes tradicionais chinesas.

A caligrafia teve início durante a dinastia Shang, por volta de 3 mil anos atrás. É uma tradição milenar, que influenciou diretamente os países vizinhos, e é dividida em cinco categorias: selo, oficial, formal, corrida e cursiva.

Como em todas os países, a língua é um fator que está diretamente ligado à nacionalidade e à cultura de um povo. O chinês está fortemente atrelado às tradições do país.

os diferentes tipos de escrita chinesa A grande diversidade cultural da China pode ser observada também em sua língua e escrita.

A China é um país que reúne em seu território uma grande diversidade de povos, culturas, línguas e de escritas diferentes. Para se ter uma idéia do quão diversa é a língua chinesa, nas cédulas de yuan (moeda nacional chinesa) pode-se ler a frase “Banco do Povo da China” em quatro línguas e sistemas de escritas diferentes.

O alfabeto chinês e seu sistema de escrita é também um dos mais antigos que se tem notícia. Alguns estudos apontam que o início da escrita chinesa deu-se no século XIII a.C. Todavia, a partir das descobertas de marcas em cascos de tartaruga de 8.600 anos, cientistas chineses e americanos passaram a considerar a hipótese de que as origens da escrita chinesa podem ser ainda mais antigas.

A título de exemplo, a grafia cuneiforme, uma das escritas mais antigas que conhecemos, surgiu há 5.200 anos, na Mesopotâmia!

O que mais chama a atenção na escrita chinesa são os caracteres, completamente diferentes dos caracteres latinos. Esses caracteres chineses são chamados de logogramas, ou ainda, ideogramas. Em outras palavras, se tratam de símbolos únicos que expressam um conceito concreto ou abstrato da realidade.

O logogramas são utilizados como sistema de escrita não apenas do chinês, mas também do japonês, coreano (Coreia do Sul) e de outros idiomas.

Acredita-se que suas origens são anteriores à dinastia Shang, no século XIII a.C., época em que justamente apareceram os primeiros registros escritos em chinês.

O chinês é uma família de línguas de grande diversidade e complexidade. Os dialetos chineses originaram-se da língua sino-tibetana, mas são totalmente diferentes entre si.

Vejamos a seguir algumas das principais formas de escrita chinesa.

Escrita mongol

O povo mongol vive principalmente na província conhecida como Mongólia. A escrita usada por eles deriva-se do antigo alfabeto uigur, que foi extinto no século XIX.

Essa escrita é, geralmente, grafada na vertical e é lida de cima para baixo, da esquerda para a direita. Embora ainda seja bastante utilizada na China, essa forma de escrita está ameaçada de desuso.

Escrita tibetana

A escrita tibetana é derivada da escrita hindu. Nela, cada símbolo corresponde a uma sílaba. Esse sistema é o mesmo usado em todas as escritas hindus, assim como para escrever a língua dzongka, do Butão.

Escrita uigur

Os uigures são povos de origem turca e que habitam no noroeste da China, na província de Xinjiang. Trata-se de povos muçulmanos e usam a escrita árabe adaptada à língua local.

Para que a língua falada e escrita tenha uma correspondência com o idioma uigur, eles modificaram alguns símbolos.

Escrita manchu

Atualmente quase extinta, a escrita dessa língua é derivada da escrita mongol, com algumas diferenças. Porém, assim como a escrita mongol, ela é lida de cima para baixo e da esquerda para a direita.

Escrita hanzi

O hanzi é o sistema de  escrita dos caracteres utilizados nas línguas do chinês. Utilizada pelos habitantes da região que corresponde ao sudeste da China atual, esse sistema nasceu por volta do século V a.C.

Cada caractere era equivalente a um significado próprio, mas, com a evolução da escrita e da própria língua, foram necessários dois ou mais caracteres para formar diversas palavras novas no vocabulário da língua chinesa. Essa escrita também é utilizada em vários dialetos chineses, como o cantonês, jin, wu, hakka, entre outros.

Como escrever seu nome em chinês?

Na China, a escolha do nome expressa um desejo dos pais,  desejo dos pais, uma moralidade, um heroísmo – como em todos os lugares do mundo – mas também pode ter relação com um evento ocorrido durante do nascimento da criança.

Assim, encontraremos nomes como “sol de inverno”, “flor da primavera”, “orvalho da manhã”…

Aprenda chinês in loco Faça aulas de mandarim e aprenda sobre a cultura chinesa

Composto principalmente por dois ideogramas formando um único caractere, exceto nas regiões do oeste da China, o primeiro nome chinês tem a distinção de ser temporário no nascimento da criança.

De fato, longe das grandes cidades, nas terras mais remotas da República Popular da China, a criança pode determinar a escrita definitiva em caracteres chineses de seu primeiro nome no início de sua escolaridade, com mais ou menos 6 anos de idade.

É importante notar, em termos de tradução pura, que é quase impossível traduzir um primeiro nome chinês para o português sem estudar a raiz e sua etimologia, às vezes milenar.

O método mais usado na China para dar um nome em chinês para alguém de língua latina é propor um em mandarim que tem a pronúncia parecida.

O nome não é totalmente em chinês, mas um nome orientalizado.

Descubra também como aprender o alfabeto chinês

Como escrever “feliz ano novo” em chinês?

O país da Grande Muralha é composto de muitos grupos étnicos que usam diferentes dialetos e, portanto, muitas maneiras de dizer feliz ano novo.

No Ocidente, quando falamos do novo ano, associamos automaticamente as palavras promessas para o ano novo, sorte, planos, ambições. Na China ou em grande parte do Oriente, o foco é trazer sorte e prosperidade: o Ano Novo é sinônimo de esperança.

É por isso que, com exceção de algumas áreas, a maneira de dizer feliz ano novo em chinês é focada na sorte e sucesso financeiro tão cobiçado.

Em geral, para desejar o bom ano, usaremos termos como:

  • 新年快乐 (xīn nián kuài lè)
  • 新年好 (xīn nián hǎo)

Com um bônus, porque a equipe do Superprof não está acostumada a fazer o trabalho linguístico pela metade, deixamos algumas expressões em chinês para apresentar seus votos em diferentes ocasiões:

  • Feliz aniversário
    生日快乐
    shēng rì kuài lè
  • Boas festas
    节日 快乐
    jié rì kuài lè
  • Feliz dia dos pais
    父亲 节 快乐
    fǔqīn jié kuài lè
  • Feliz dia das mães
    母亲 节 快乐
    mǔqīn jié kuài lè
  • Feliz dia dos namorados
    情人节快乐
    qíng rén jié kuài lè
  • Feliz Natal
    圣诞节 快乐
    shèng dàn jié kuài lè
  • Feliz ano novo (1)
    新年 好
    xīn nián hão
  • Feliz ano novo (2)
    新年 快乐 喜
    xīn nián kuài lè xǐ

Faça aulas de mandarim Até os animais são exóticos na China

  • Felicidade, prosperidade, longevidade
    福禄寿
    fú lù shòu
  • Que todos os seus desejos se realizem
    心想事成
    xīn xiǎng shì chéng
  • Seja feliz e próspero
    恭喜 发财
    gōng xǐ fā cái

Escrever em chinês no Word

Conhecer o significado de cada caractere é uma maneira memo-técnica de memorizar o hanzi.

Por que é mais fácil lembrar um conjunto de vários caracteres que um único caractere?

Frequentemente nos fóruns desde a criação do Microsoft Word e do software de processamento de texto em geral, a questão dos caracteres chineses para os cinófilos lusófonos é crucial!

Quer seja no Windows 10, Linux ou Apple, os alunos em chinês, português, francês, chinês e aspirantes a mandarim procuram usar o seu teclado para escrever em chinês.

Essa opção é essencial para todos os alunos que desejam criar seu currículo em chinês, uma carta de apresentação ou um pedido de visto para a República Popular da China.

Sem precisar de conhecimento técnico, o Microsoft Office Word fornece suporte para escrita em diferentes idiomas, incluindo chinês mandarim diretamente em seu software.

Em geral, e sujeito a possíveis alterações no Windows ou no Microsoft Word, se o computador não estiver conectado à internet, é necessário usar o CD de instalação do Windows para configurar o suporte do sistema para chinês.

Caso contrário, você pode instalar um “patch” especializado para instalar arquivos para idiomas do Extremo Oriente, como o utilitário “MS” gratuito: o “Chinese Global IME“.

Última dica para escrever hanzi em um processador de texto: muitas vezes, é possível simplesmente alterar o idioma na “barra de idiomas” do sistema operacional, colocando chinês ou “CH” em vez de português ou “POR”.

Onde aprender a escrever os caracteres chineses?

Além do Instituto Confúcio, equivalente à Aliança Francesa para o francês, o Instituto Cervantes para o espanhol, as escolas de idiomas ou faculdades, universidades no Brasil – muitas cidades oferecem aulas de hanzi.

Adaptado para todos os níveis, para todas as idades e para agendas muito ocupadas, essas organizações atendem a uma demanda crescente para aqueles que desejam fazer curso de mandarim.

Claro, você ainda pode usar a internet ou aplicativos móveis para praticar a escrita dos caracteres chineses gratuitamente, mas é melhor frequentar as sala de aula ou fazer aulas de chines com um professor particular para memorizá-los.

Aprenda a escrever caracteres chineses em São Paulo

Aprender mecanicamente sinais da língua chinesa ao acaso é como dar murro em ponta de faca.

É importante memorizar os caracteres mais comuns no início de seu curso de chines.

Faça aulas de mandarim Cidades super modernas na China

Embora há muita ofertas para fazer aulas de inglês espalhadas por todas as cidades do Brasil, São Paulo oferece um número considerável de institutos, organizações e associações que oferecem aulas de sinogramas chineses.

Aqui, nos concentramos nas escolas de idiomas, pois oferecem a mais ampla gama de opções, desde a escrita baseada em recursos à caligrafia para iniciantes, intermediários e avançados, e até mesmo para crianças.

  • Chinbra – Centro de Língua e Cultura Chinesa – Sala do Instituto Confúcio: o centro é reconhecido pelo governo chinês e utiliza o método Pinyin – o alfabeto romano facilitando o aprendizado para os brasileiros. A organização recebe alunos que queiram fazer aulas em grupo, individuais e oferece treinamento para empresas.
    Unidade Ana Rosa:
    Rua Domingos de Morais 770, Bl. 4 – Conj. 1
    CEP: 04010-100, São Paulo, SP
  • Nin Hao: essa organização oferece treinamento personalizado. Assim, para aqueles que desejam aprender chinês rapidamente, é possível fazer um intensivo para aprender a ler, escrever e aprender mandarim de forma geral.
    Alameda Campinas, 433 – Cj 91, Jd. Paulista – São Paulo, SP
  • Instituto Mandarim Yuan De: essa escola de idiomas oferece a possibilidade de treinar para o certificado HSK com uma abordagem educacional que já provou o seu valor.
    Rua Joaquim Távora, 1374 – Vila Mariana – SP

Aprenda a escrever caracteres chineses no Rio de Janeiro

Cosmopolita, a cidade maravilhosa tem muitas opções para quem quer fazer aulas de mandarim ou treinar para uma futura viagem à China, em intercâmbio universitário ou uma imersão em Xangai para o trabalho.

Veja aqui algumas escolas onde você pode fazer aula de mandarim:

  • Oi China: a poucos passos do Mercado das Flores no Centro do Rio de Janeiro.
    Praça Olavo Bilac, 28, sala 1410 – Centro – Rio de Janeiro.
  • Centro Cultural China-Brasil Yuan Aiping: esse estabelecimento oferece cursos de chinês para todas as idades, em grupo ou aulas individuais.
    Ela possui três unidades
    Centro
    R. da Quitanda, 199 – Centro, Rio de Janeiro – RJ
    Barra da Tijuca
    Shopping Downtown – Av. das Américas, 500 – bloco 21 – sala 203. Acesso pela Portaria C (Próximo ao Cinemark)
    Copacabana
    Av. Nossa Sra. de Copacabana, 1226 – Copacabana – Rio de Janeiro

Qual método para aprender a escrever caracteres chineses

O sistema de escrita chinês respeita uma hierarquia precisa, baseada em 3 fundamentos que o caracteriza. O método de aprendizagem da escrita chinesa hanzi integra esses elementos de forma progressiva.

A aparência gráfica de caracteres chineses

Durante uma introdução aos caracteres chineses, vamos nos concentrar nos “radicais”. Elementos gráficos simples e recorrentes. Uma vez que esses caracteres são conhecidos e facilmente localizáveis ​​em um texto, graças à experiência e muita prática, é mais fácil memorizar um sinal para reescrevê-lo.

Além disso, uma vez associados a pictogramas do mesmo significado, esses elementos simples podem criar outros caracteres chineses. Vamos falar sobre chaves – existem mais de 200 – como para a água, o homem ou o fogo.

Aprenda chinês e conheça a cultura A China é cheia de surpresas

Cada caractere chinês é composto de vários traços variando de 1 a mais de 20. Esses devem ser desenhados seguindo uma direção específica, mas também uma ordem determinada por vários milênios e atualizados até o último século.

Sua sucessão e sua direção definem o aspecto e o equilíbrio dos personagens. É também uma excelente maneira cinestésica de memorizar o gesto gráfico graças ao movimento.

Note que é essencial conhecer o número de linhas que compõem um caractere para pesquisar em um dicionário hanzi.

Finalmente, eles representam a base da caligrafia chinesa.

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (média de4,67 sob 5 de 3 votos)
Loading...
avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Maria Luiza Carvalho Recent comment authors
Mas recentes Mais antigos Mais populares
Maria Luiza Carvalho
Convidado
Maria Luiza Carvalho

Gostei das informações