O Yoga, segundo os estudiosos, é uma prática integrativa e holística milenar, nascida no Oriente há mais de 5 mil anos. Esse é o sistema mais antigo que se tem conhecimento que trabalha a integração entre nosso corpo, nossa mente e nossa espiritualidade, de forma simples e eficaz!

Hoje no mundo existem cerca de 50 milhões de praticantes yoguis que praticam algum método ou escola de Yoga. E esse número vem crescendo significativamente a cada ano, tamanho os benefícios duradouros que esse sistema oferece.

E, se você sempre quis praticar Yoga ou ainda não o pratica com a assiduidade com que gostaria, venha descobrir os benefícios dessa prática integrativa! Saiba que eles são diversos e profícuos, e vão muito além da simples habilidade de se relaxar o corpo.

Como praticar o Yoga

É sabido que o Yoga oferece diversos benefícios para a saúde, tanto para homens quanto para mulheres, ambos em quaisquer idades. Isso acontece porque essa prática trabalha o corpo e a mente de forma integrada, com exercícios e posturas que contribuem para o controle do estresse, ansiedade, dores no corpo e na coluna, além de promover um equilíbrio e bem-estar mais generalizados.

Contudo, para se aproveitar de todos os benefícios da atividade, costuma-se dizer que a prática por, pelo menos, 3 meses é necessária. Ao longo desse período o praticante iniciante começa a adquirir consciência corporal e passa a controlar com mais facilidade a mente e ela influencia o corpo e vice e versa.

Observe que existem aulas de Yoga para os mais diversos objetivos e gostos. Essa prática atende aqueles que desejam trabalhar mais o corpo físico, com uma atividade mais vigorosa e dinâmica, atende também os que querem soltar tensões físicas e emocionais e relaxarem de modo mais profundo. Além disso, a prática também atende aqueles que possuem algum problema de saúde ou que desejam fazer da prática sua atividade espiritual ou terapêutica.

Diversos podem ser os objetivos e as intenções de se praticar esse sistema holístico e integrativo. É fundamental que você tenha de forma bem clara para você mesmo qual ou quais os seus motivos pessoais para entrar por esse caminho.

Confira também o que você precisa saber para começar na prática do Yoga!

Sabemos que quem pratica Yoga com assiduidade vive uma vida longe da depressão.

Organize-se

Esse é um passo bem simples, mas de extrema importância. Você precisa se organizar caso queira praticar Yoga e abrir um espaço em seu cotidiano para isso, sem protelações.

Quantos dias por semana será a sua prática e por quanto tempo cada sessão?

Você irá praticar em um curso, um studio, escola especializada, sozinho, acompanhado, com um professor particular, ou através da internet? Essas são apenas algumas das possibilidades hoje existentes e é recomendável que você defina bem o que deseja segundo seus objetivos.

Quer fazer aula de yoga para iniciantes?

Comprometa-se

Lembre que seu comprometimento à prática é algo fundamental. Sem comprometimento nada irá se concretizar. De nada adianta praticar Yoga um dia por quatro horas e ficar mais de uma semana sem praticar sequer um minuto.

Muito mais vale práticas rápidas, entre 20 e 30 minutos, e frequentes, de 4 a 5 vezes por semana do que praticar muito tempo, mas sem assiduidade.

Comprometimento é muito mais do que simplesmente desejar fazer ou possuir algo. Você já parou para pensar que dizer para si mesmo "eu vou" fazer algo é muito diferentes de "eu quero"? Quando nos comprometemos de verdade, a nossa mente de cara já aceita a ideia e fica condicionada e comprometida a realizar a referida atividade.

Por outro lado, quando mantemos essa ideia apenas no plano mental, repetindo para nós mesmos "eu quero fazer Yoga" ou "eu quero aprender a meditar", a tendência é que a autossabotagem se instaure, manifestando-se através da procrastinação na nossa rotina diária.

Portanto, nosso conselho é que você, conscientemente, assuma para si mesmo o seu significativo e nada corriqueiro comprometimento de praticar o Yoga com frequência.

Aproveite e espie nossas dicas sobre como praticar Yoga em casa!

Tão importante quanto praticar Yoga com assiduidade para poder colher os seus benefícios, é praticá-lo respeitando o seu próprio ritmo. Não se esqueça disso!

Respeite os seus limites

Tão importante quanto se comprometer, de fato, à prática é aprender a respeitar os seus limites durante a mesma!

Comece devagar e com uma boa orientação de um profissional experiente. E tenha em mente que nada adianta tentar pular etapas e já fazer aquela postura de cabeça para baixo, se você mal começou na prática.

Observe também que tudo tem seu tempo e que desrespeitar os seus limites físicos e internos pode resultar em graus variados de dor e desconforto. Para quê se submeter a isso? Não vale a pena, certo?

Que tal conferir nossas dicas sobre aulas online de Yoga? Venha ver!

Esteja 100% presente e atento

Você sabia que é justamente por praticar os exercícios de Yoga de forma consciente e 100% presente o principal diferencial dessa atividade com qualquer outra por aí?

Permanecer no momento presente enquanto pratica os asanas é um dos maiores objetivos da prática. Não podemos nos esquecer que o Yoga é, de forma geral, um meio para preparar, para familiarizar o corpo e atingir o fim, que é a união do físico, mental, emocional e espiritual.

Permaneça respirando com a mente focada no presente e atento a cada movimento do seu corpo. Assim que perceber que está pensando em outras coisas que não a prática, retome sua atenção mental para a postura. Perceba a musculatura, a estabilidade interna e externa de seu corpo e note se existe tensão e onde.

Respire profundamente com atenção. É desse modo, atento a esses pontos que o asana agirá não apenas na esfera de seu corpo físico, mas também no seu campo mental e emocional. É, portanto, através dessas habilidades que você permite que transformações profundas do Yoga ocorram em sua vida.

A palavra Yoga provém do sânscrito e significa "união". Esse é um sistema integrativo que une as esferas corporais, mentais, emocionais e espirituais de qualquer ser humano.
Ana beatriz
Ana beatriz
Profe de Yoga
5.00 5.00 (26) R$130/h
1a aula grátis!
Veronica
Veronica
Profe de Yoga
5.00 5.00 (11) R$90/h
1a aula grátis!
Debora
Debora
Profe de Yoga
5.00 5.00 (7) R$90/h
1a aula grátis!
Andréa
Andréa
Profe de Yoga
5.00 5.00 (15) R$150/h
1a aula grátis!
Lívia
Lívia
Profe de Yoga
5.00 5.00 (18) R$150/h
1a aula grátis!
Âmala
Âmala
Profe de Yoga
4.93 4.93 (13) R$150/h
1a aula grátis!
Pablo
Pablo
Profe de Yoga
5.00 5.00 (7) R$50/h
1a aula grátis!
Isadora
Isadora
Profe de Yoga
5.00 5.00 (11) R$110/h
1a aula grátis!

7 Benefícios do Yoga que irão mudar a sua vida

1. Diminui o estresse e ansiedade

É sabido que a meditação praticada no Yoga contribui para que o praticante permaneça, e se concentre, no presente, desocupando a mente de problemas e pensamentos do passado ou futuro. Esse estado proporciona um maior equilíbrio emocional, uma sensação de paz interior mais duradoura e, de quebra, oferece um bem-estar e maior equilíbrio da mente para as situações do dia a dia.

Além disso, a prática do Yoga também auxilia no tratamento da depressão, pois tem como consequência uma sensação presente de relaxamento pelo corpo e mente. Ela aumenta a auto-confiança do praticante, incrementa o otimismo, a concentração, diminuindo a irritabilidade e melhora as relações interpessoais.

2. Promove condicionamento físico

Como essa é uma prática bastante física, com um trabalho consciente sobre o corpo, os exercícios, técnicas e posturas melhoram a resistência e o fortalecimento dos músculos. E trabalha toda essa área de forma mais ou menos intensa, dependendo do estilo e modaldade praticado – mas de forma constante e progressivamente.

Essa atividade auxilia e melhora o desempenho do corpo para demais atividades físicas e tarefas diárias. Ela também contribui para o aumento da massa magra e deixa o corpo em forma, com músculos mais tonificados e definidos.

A prática do Yoga resulta, também, no aumento da massa magra e regulariza a secreção de vários hormônios importantes pelo corpo, como a melatonina e o cortisol.

3. Alivia dores corporais

Ao praticar o Yoga, o indivíduo desenvolve, progressivamente, uma maior consciência corporal. Isso reflete em sua postura, já que ele terá maior percepção da forma como anda, como se senta, sobre a postura do momento e identificará também sinais de tensão no corpo.

Nesse sentido, é possível corrigir alterações, como contraturas, más posturas, a fim de que quaisquer alterações sejam resolvidas e a estrutura muscular do praticante permaneça o mais relaxada possível. Evita-se causar danos à coluna e às articulações do corpo.

Os exercícios de postura e alongamento também ajudam a liberar a tensão da rotina cotidiana e promovem maior flexibilidade aos músculos, aliviando dores na coluna, como lordoses, cifoses e escolioses, hérnias de disco, tão bem como fibromialgia e contraturas musculares, por exemplo.

4. Facilita o emagrecimento

Uma das principais razões que essa prática auxilia na perda de peso é porque ela ajuda a controlar a ansiedade e a vontade de comer. Daí acaba que o praticante consome menos calorias durante o dia.

E é claro que a intensidade através da qual a atividade é realizada ajuda, também, na balança. Modalidades mais dinâmicas, como o Power ou Ashtanga Yoga oferecem benefícios mais rápidos. Já modalidades mais tranquilas, como Iyengar ou Tantra Yoga também resultam em bons efeitos.

5. Controla a pressão e os batimentos cardíacos

Ao regular o sistema nervoso e melhorar a circulação sanguínea e linfática, os batimentos do coração e a pressão arterial, o Yoga, naturalmente, atua também de forma direta nesses sistemas. O coração e pulmões ficam mais protegidos e em forma.

Além disso, essa prática equilibra o sistema endócrino, controlando os níveis de certos hormônios, como cortisol e adrenalina.

Por volta dos anos 50 o Yoga chegou ao Brasil e ganha cada vez mais adeptos. Existem muitas vertentes variadas do Yoga. As diferenças estão nas variações das técnicas. Quem deseja praticar deve escolher a variante que for mais compatível com a sua personalidade.

A capacidade respiratória também melhora, já que existem exercícios focados na expansão dos pulmões e no controle da respiração. Você já deve ter percebido que o Yoga melhora o condicionamento físico de forma geral, mas atuando de forma diferente dos exercícios físicos convencionais, como musculação ou outros esportes.

6. Melhora a qualidade do sono

Além de causar relaxamento e tranquilidade, como já comentamos outras vezes, a prática yóguica facilita uma boa noite de sono, pois aumenta a secreção de melatonina, o hormônio que regula o ciclo do sono, deixando-o com mais qualidade e profundidade.

E uma das consequências diretas disso é o cultivo de um corpo relaxado, uma mente mais tranquila, um descanso mais eficaz à noite e mais energia e disposição no dia seguinte.

7. Incrementa o prazer no contato íntimo

O desempenho sexual também melhora com a prática do Yoga, já que a sensibilidade corporal e emocional do casal aumenta durante as trocas de contato íntimo. A atividade melhora a receptividade ao parceiro e a capacidade de cada um de relaxar conscientemente.

Através do controle da concentração, do foco e o alívio da ansiedade, certos problemas sexuais, como dificuldade de atingir o orgasmo, disfunção erétil, ejaculação precoce, tomam outra perspectiva e passam a ser encarados com outro olhar, de forma mais positiva e confiante. Essa mudança de olhar sobre a situação contribui, de fato, para a melhoria dessas incidências.

Que tal conhecer um pouco mais sobre as principais características das aulas de Yoga?

E aí, agora que você já está mais por dentro de tantos dos benefícios de se praticar o Yoga, vamos começar? Encontre uma modalidade com a qual mais se identifique e mãos à obra!

Precisando de um professor de Yoga ?

Você curtiu esse artigo?

0,00/5, 0 votes
Loading...

Myla

Editora de Conteúdo, tradutora (Intérprete em workshops e eventos) e terapeuta. Nunca é tarde demais pra nada! Sobretudo para a gente realmente se descobrir de verdade pra gente mesmo!