Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Saiba como conjugar perfeitamente o inglês!

De Fernanda, publicado dia 19/05/2019 Blog > Idiomas > Inglês > Dicas para dominar a conjugação inglesa

E se você se tornar um verdadeiro mestre das regras da conjugação em inglês graças a algumas dicas infalíveis? Já pensou!

A concordância dos tempos e a famosa regra do BE + ING podem, por muitas vezes, ser um freio na nossa aprendizagem do inglês, perturbando todos os códigos da nossa língua materna.

Na língua de Shakespeare, no entanto, basta um pouco de vontade e muita motivação para assimilar o básico da conjugação: as regras mais simples podem ser aprendidas em apenas alguns meses de estudo!

Então, por que não lembrar as noções mais importantes da conjugação desse idioma surpreendente com nossos sábios conselhos?

Faça fichas de conjugação em inglês

Para aprender as diversas modalidade da língua inlgesa, como inglês para negócios, inglês técnico, inglês acadêmico ou inglês fluente, a ficha de revisão é uma maneira muito eficaz.

E se você começar colocando as regras de conjugação no papel? Provavelmente isso irá ajudar muito e também contribui para que você organize melhor as suas ideias em sua mente. Vamos lá!

Quais são as melhores tabelas de conjugação em inglês? Comece colocando suas ideias no papel para organizar sessões eficazes de estudo!

A ficha de estudos do inglês deve ser construída usando recursos adaptados ao seu estilo de aprendizagem. Se você é daquelas pessoas que sempre elabora um resumo do assunto estudado ou se apenas lê o conteúdo repetidas vezes para fixação, descubra, antes de tudo, qual a metodologia de estudo mais ressoa em você.

Existem alunos que rendem mais estudando sozinhos, enquanto outros brilham estudando em grupo, compartilhando conhecimento com os amigos. Temos, ainda, aqueles que somente leem a matéria repetidas vezes. Ora silenciosamente, ora em voz alta ou intercalando entre ambas as práticas.

Existem também aqueles que criam mapas mentais a respeito do conteúdo e os revisam de tempos em tempos. Talvez você se sinta mais à vontade com a técnica da autoexplicação, na qual você mesmo explica o conteúdo para si, como se estivesse dando uma aula para outra pesssoa.

Todas essas e várias outras práticas contribuem muito no aprendizado do estudo, sobretudo se praticadas frequentemente, seguidas de revisões periódicas do que foi aprendido. Portanto, é de suma importância que você se conheça bem e saiba quais são as práticas de estudo nas quais você se destaca e quais as mais eficientes para você.

De início, comece revisando as suas aulas de inglês do ensino médio ou procure em seus livros de inglês o capítulo “conjugação”; embora a maioria das aulas de inglês ofereça suas próprias fichas/tabelas de conjugação, é essencial que você crie sua própria versão, colorida e sublinhada, para assimilar bem todos os tempos verbais.

Você pode criar suas fichas no computador ou no tablet, mas recomendamos que, nos casos daquelas conjugações mais cabeludas, você tome um pouco de tempo e as elabore em fichas, em letra manuscrita e adicione um esquema de cores para qualificar a importância daqueles itens mais relevantes ou que você tenha mais dificuldade.

As fichas de estudo são uma ótima ferramenta para alavancar o estudo do inglês, sobretudo em todas as áreas que vcê ainda sentir dificuldades. Fonte: Instazu.com – divulgação.

Com a ajuda de fichas de conjugação, você pode estudar tempos como:

  • O simple present,
  • O present continuous ou progressive,
  • O simple past,
  • O past perfect simples e past perfect continuous,
  • O past continuous ou past progressive,
  • O simple future,
  • O present perfect simple e o present perfect continuous,
  • O condicional, o infinitivo e o imperativo.

Sites de referência para aprender inglês, como Open English ou o EngVid, ou aplicativos como o Babbel, Duolingo, Busuu, podem lhe ajudar na elaboração das suas fichas de estudos!

Colocar no papel as regras da conjugação inglesa é eficaz para assimilar todos os verbos irregulares em inglês, um conteúdo muito temido por muitos alunos. Ao revisar as fichas semanalmente (3 a 4 vezes por semana), você vai levar alguns meses para dominar a questão.

Por fim, não se esqueça de adaptar as revisões ao perfil do aluno: se você tiver uma boa memória visual, por exemplo, use recursos com imagens, ilustrações ou flashcards.

Você pode contar também, como dito há pouco, com ótimos aplicativos para estudar inglês. Eles são atuais, dinâmicos, interativos, e prometem um aprendizado da língua seguindo essas mesmas características.

Existem várias vantagens de você utilizar algum aplicativo de ensino do inglês. É o uso da tecnologia a nosso favor.

Hoje é possível estudar nesses aplicativos como mais uma ferramenta suporte ao aprendizado. Veja, se você deseja realmente aprender uma língua, o uso do aplicativo pode vir a ser um bom começo, mas ele nunca deve ser a única fonte de estudo!

Caso seja assim, você pode vir a aprender apenas o básico, ficando um pouco aquém em certas áreas, sem atingir muito o domínio pleno de uma língua. Este, só vem com a vivência da mesma, com a imersão mais total possível na língua.

Dicas sobre os melhores aplicativos para se aprender inglês, com ênfase na gramática

Duolingo

Considerado um dos melhores e mais conhecidos aplicativos para aprender inglês disponíveis no mercado brasileiro hoje. Valendo-se de exercícios práticos em formato de jogo, o aluno progride nas fases conforme acerta as respostas.

É um aplicativo muito didático, com cara de vídeo game, dividido em níveis e as atividades propostas treinam, em sua maioria, a pronúncia, a escrita e a compreensão oral do idioma.

Existem vários aplicativos voltados ao ensino da língua inglesa. Para aqueles que precisam praticar mais a gramática, recomendamos o Learn English Grammar, desenvolvido pelo Consulado Britânico.

Babbel

Apontado como um dos melhores aplicativos hoje para se aprender inglês, o Babbel tem como principal objetivo ampliar o vocabulário do usuário. Portanto, você pode aprender um novo vocabulário usando uma lista de temas e situações cotidianas.

O aplicativo também ajuda na pronunciação, treinando a pronúncia correta através de uma ferramenta de reconhecimento de voz. Embora uma parte de acesso do Babbel seja paga, boa parte do aprendizado pode ser feita gratuitamente. Vale lembrar que o conteúdo pode também ser baixado para uso offline.

LíguaLeo

O interessante desse aplicativo é que ele foi feito para crianças, mas tem dispertado também o interesse dos grandinhos, pois é muito divertido! Sua interface é em português e as atividades são interativas, claro. E isso dinamiza a aprendizagem.

Outro ponto que o destaca dos demais é que esse é um dos aplicativos para aprender inglês que mais oferece recursos: dicionário, exercícios de leitura, escrita e gramática. Ele oferece ainda vários vídeos legendados em inglês.

Antes de começar a utilizar o app, o usuário realiza um teste para avaliar em que nível se encontra, fornece a idade, o tempo diário de que dispõe para estudo e seleciona alguns assuntos de interesse.

De acordo com essas informações, o aplicativo disponibiliza um plano de estudos personalizado. Desse modo, o aprendizado se torna muito mais eficiente, mais talhado às suas necessidades e também divertido.

Disponível para IOS, Android e Windows Phone. Grande parte dos conteúdos das lições é gratuito, e outra, claro, paga.

Learn English Grammar

Esse é um aplicativo ideal pra quem deseja praticar mais a gramática. Desenvolvido pelo Consulato Britânico/British Council, possui duas versões: uma para a variedade britânica do idioma e outra para a americana.

Apresenta quatro graus de dificuldade, que abrangem questões para desde os iniciantes até os avançados. Esse app é bem interessante, pois traz centenas de exercícios bem completos e é possível realizar provas e acompanhar o desempenho nas atividades.

É gratuito, existe uma versão também para computador e está disponível para Android e IOS.

The Phrasal Verbs Machine

Extremamente útil para ser utilizado por alunos que já detêm algum conhecimento sobre o idioma de Shakespeare. Como seu nome aponta, esse aplicativo é específico para o aprendizado dos phrasal verbs e seus significados.

Dotado de uma interface muito intuitiva, seu visual padrão conta com animações divertidas. Também oferece exercícios para estimular a fixação do conteúdo. Esse app foi desenvolvido pela Faculdade de Língua Inglesa da Universidade de Cambridge, uma das mais destacadas do mundo.

A única desvantagem que percebemos foi a de que o aplicativo resume apenas 100 expressões de phrasal verbs em inglês. Funciona nos sistemas para Android 2.2 ou mais recente e IOS6 ou mais avançados.

Busuu

É um dos mais antigos no mercado e favorece aqueles que são comunicativos e querem treinar a pronúncia. Note que o Busuu é uma rede social na qual falantes nativos interagem com os usuários-estudantes ao redor do mundo.

Além disso, é possível fazer exercícios, corrigir lições, e, certamente, aprender de forma ágil e rápida. Disponível para Android e IOS. Funciona também offline e, como a maioria de todos os aplicativos, oferece uma versão gratuita e também uma paga.

Animou? Experimente o aplicativo que mais te interessou e note o seu progresso no aprendizado da língua. Aproveite e conheça também nossas dicas para os cursos de inglês online.

Dominar os tempos verbais em inglês é fundamental para uma boa comunicação.

Por que conjugar em inglês pode despertar confusão para os brasileros

Dominar os tempos verbais do idioma do Bardo é essencial para que se estabeleça uma boa comunicação entre os falantes. Bom, se os tempos verbais em inglês são considerados mais fáceis do que os da língua portuguesa, por que pode vir a ser tão difícil para os brasileiros os empregarem de forma correta?

É simples, o nosso cérebro está moldado para o português. Daí, então, como evoluir nessas estruturas gramaticais em inglês e nunca mais errar?

Entenda que português e inglês são duas línguas diferentes. Confira, por exemplo, algumas dessas diferenças:

1. O português possui o modo subjuntivo. Exemplo: Se eu tiver/Quando ele quiser…

2. No portuga temos frases com o sujeito oculto, pois uma vez que a terminação do verbo normalmente sinaliza para nós quem é o sujeito. Por outro lado, se construirmos frases sem sujeito em inglês, não teremos como saber quem se responsabiliza pela ação. Veja esses exemplos:

Publiquei um livro infantil ano passado. (sujeito: eu, determinado pela conjugação do verbo.)

Published a child book las year. (Who? Quem publicou o livro? Com a ausência de um sujeito determinado – que em português poderiamos nos referir ao sujeito oculto – na estrutura da frase em inglês fica-se sem saber a quem nos referimos, portanto, desconhecemos o sujeito da frase e isso não é algo gramaticalmente aceitável.

3. Os verbos são conjugados para todas as pessoas, fazendo alteração, mantendo-se o radical. As frases negativas e interrogativas em inglês contêm verbos auxiliares e têm alteração na ordem das palavras. Note esses exemplos:

I have published a book./Eu publiquei um livro.

She has published a book./Ela publicou um livro – note que o verbo auxiliar mudou de have, 1ª pessoa singular, para has, 3ª pessoa singular.

O mesmo acontece na estruturação da frase em suas formas negativas e interrogativas. E essa é uma ordenação gramatical que não possuímos no português. Nós contamos muito mais com a concordância verbal e nominal e as regências verbal e nominal ao estruturarmos nossas sentenças. Observe:

I haven’t published a book./Eu não publiquei um livro.

She hasn’t published a book./Ela não publicou um livro.

Have I published a book?/(Eu) Publiquei um livro?

Has she published a book?/Ela publicou um livro?

Assista a filmes na versão original para melhorar sua conjugação em inglês

Quem disse que aprender línguas estrangeiras não pode ser divertido? Expressões idiomáticas, preposições e concordância verbal: os filmes ingleses são perfeitos para progredir em pouco tempo!

Como integrar naturalmente os tempos em inglês? Divirta-se revendo todos os clássicos do cinema britânico e norte-americano na versão original!

Comece assistindo filmes ou séries em inglês que você já conheça de cor. Assim, será muito mais fácil para encontrar as equivalências de vocabulário em inglês e reter a construção de sentenças na língua de Shakespeare.

Para encontrar um filme em inglês em versão legendada, nada mais simples: plataformas populares como o Netflix ou até mesmo o Youtube e os próprios DVDs, que sempre oferecem legendas em diferentes idiomas. Dê uma olhada nas opções para começar seu aprendizado natural e aprender a conjugar em inglês!

O tipo de visualização de filmes ingleses ou norte-americanos vai variar em função de seu nível de inglês:

  • Nível iniciante: assistir a filmes na versão original legendada em português.
  • Nível intermediário: assista a filmes na versão original legendada em inglês.
  • Nível avançado: veja filmes na versão original sem legendas.

Além de você ter um amplo leque de escolha para progredir em inglês, os filmes em inglês permitem que o aluno aprenda mais sobre a cultura inglesa ou a cultura norteamericana.

Os personagens dos filmes falam inglês formal, informal, usam referências culturais específicas do Reino Unido ou dos Estados Unidos… Uma maneira de fazer um curso de inglês gratuito com falantes de países de língua inglesa!

O que você está esperando para aperfeiçoar sua cultura cinematográfica e linguística? Começar a aprender inglês nunca foi tão fácil!

Conjugação em inglês: leia com frequência

Você achava que os livros de inglês eram exclusivos para alunos do ensino fundamental e do ensino médio? No entanto, tanto crianças quanto adultos podem ler regularmente o inglês para aprender novas palavras e melhorar a gramática!

Quais são os tempos passados ​​usados ​​no idioma Inglês? Por que não ler um dos seus livros ingleses favoritos na versão original?

A escrita em inglês é uma base para qualquer aprendizado de conjugação no idioma: uma ortografia incorreta das palavras ou um posicionamento incorreto podem ser sinônimos de fracasso em testes de inglês como o TOEIC ou o TOEFL.

Além de ser essencial para ser dominar perfeitamente o idioma, a leitura é uma ótima maneira de estimular sua memória visual e sua memória sensorial. Olhar para os verbos escritos e escrevê-los você mesmo é geralmente um recurso eficaz para assimilar as regras básicas da conjugação.

Existem várias maneiras de ler regularmente em inglês:

  • Leia jornais em inglês (instale aplicativos de diferentes mídias em inglês no seu smartphone),
  • Leia artigos da web em inglês,
  • Leia romances ingleses,
  • Leia biografias de personagens ilustres que falam inglês,
  • Leia histórias em quadrinhos ou gibis em inglês,
  • Leia blogs populares em inglês.

A leitura em outro idioma deve sempre ter um propósito cultural: conhecer os jornais ingleses para entender as notícias do mundo da língua inglesa, ou então ler as biografias para descobrir a história da Inglaterra ou dos Estados Unidos.

Que tal dar uma olhada nos sites de conjugação em inglês para encontrar textos na língua Shakespeare?

Com livros de referência e usando boas regras de conjugação em inglês, você se tornará rapidamente imbatível em verbos e vocabulário britânico!

Saiba que no Superprof há inúmeras ofertas de aula de ingles!

Fazer aulas particulares de inglês: foco na conjugação

Hoje em plena expansão, as aulas particulares são cada vez mais procuradas por adultos e jovens!

Com ênfase em escuta, troca de conhecimentos e didática personalizada, a aula particular se adapta a todos os perfis de alunos e preenche as lacunas linguísticas sem a pressão das aulas tradicionais.

O professor de inglês aproveita para praticar o idioma com o aluno: você não apenas vai encontrar as famosas fichas de estudos, mas também poderá treinar a sua pronúncia e o seu sotaque de inglês americano ao construir suas frases em inglês.

Ao procurar um professor de inglês, os alunos devem avaliar:

  • O preço do curso (o mais caro sendo em escolas de idiomas particulares),
  • Conteúdo do curso (tempo estudado, nível de ensino da língua inglesa),
  • Os diplomas do professor (estudante universitário, graduado, pós-graduado),
  • A experiência do professor (professor experiente ou estudante),
  • A localização geográfica,
  • Comentários e avaliações sobre o curso de inglês.

No Superprof, mais de 10.000 professores ministram aulas de conjugação em inglês por um valor médio de 50 reais! E muitos deles oferecem sua primeira aula gratuitamente.

Além disso, aqui, e diferentemente das instituições privadas de ensino, é o aluno que escolhe o perfil do seu professor. Essa fórmula permite que o aluno não apenas teste diferentes cursos, mas também escolha um professor de inglês realmente adaptado às suas expectativas.

Professores especializados em inglês podem se concentrar também em conjugação de verbos, por exemplo, ou em uma certificação internacional, bem como simplesmente no aprendizado geral da língua de Shakespeare (exercícios de gramática, fonética, pronúncia em inglês …) .

Em suma: perfeito para aprender verbos irregulares e tempos verbais em paz com um professor de inglês em casa!

Pratique conjugação do inglês com um nativo

“Não é tanto a ajuda dos nossos amigos que nos ajuda, mas a nossa confiança nesta ajuda” – Epicuro

Seja na língua espanhola, na língua italiana ou na língua alemã, um fato é certo: a melhor maneira de aprender uma língua viva é manter uma conversa com um nativo!

Como formar uma frase correta no idioma Inglês? Estudar as regras de conjugação do inglês nas ruas de Londres: um sonho, não?

Com programas de intercâmbio internacional, é mais fácil viajar para a Inglaterra ou os Estados Unidos a preços mais baixos e ainda estudar o idioma. Uma escolha feita por mais e mais alunos, ansiosos para progredir rapidamente na conjugação em inglês de maneira natural.

Descubra quais soluções estão disponíveis para você conversar com os falantes de inglês:

  • Organize uma viagem de estudo de idiomas em países de língua inglesa,
  • Participe de reuniões entre brasileiros e anglófonos
  • Junte-se a um clube de intercâmbio de idiomas na universidade,
  • Viva em um país de língua inglesa por alguns anos via intercâmbio,
  • Faça um estágio em um país de língua inglesa,
  • Encontre um correspondente online inglês ou norteamericano

A regra de BE + ING, perfect modal ou passado não será mais um mistério para você depois de uma estadia no exterior ou uma comunicação regular com um nativo.

Seu vocabulário irá enriquecer naturalmente e rapidamente; você vai conhecer todos os tempos verbais na ponta da língua e ainda não terá que passar pela tradução Português-Inglês antes de construir uma frase. Um sinal de que você está no caminho certo para se tornar bilíngue!

Contatar correspondentes ingleses ou norteamericanos por meio de plataformas on-line também pode ser particularmente útil para organizar um estudo de idioma no exterior. Todos os anos, milhares de brasileiros voam para o exterior para descobrir a cultura inglesa no local.

Por que não estudar os fundamentos da conjugação em inglês hoje para organizar sua futura viagem ao exterior? Você já pensou nisso? Conhecer um outro país é algo sempre enriquecedor para a almas e também, quem sabe, para a carreira!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar