Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Descubra as melhores cidades para visitar no Japão

De Fernanda, publicado dia 21/08/2018 Blog > Idiomas > Japonês > Cidades japonesas: os dez melhores destinos

Um provérbio japonês diz: “Começamos a envelhecer quando terminamos de aprender”.

Fazer uma viagem ao Japão para aprender japonês ou descobrir a cultura japonesa é o sonho de muitos ocidentais. Na verdade, a sociedade japonesa atrai o mundo todo pela sua cultura e geografia fascinantes.

De acordo com uma pesquisa encomendada pela Fundação Japão, há 3,65 milhões de pessoas no mundo aprendendo a língua japonesa com 49.000 professores japoneses.

Na terra do sol nascente, mais de 80% da população vive nas grandes cidades, cujas proporções são gigantescas.

Aqui está nossa apresentação dessas grandes cidades, para que você descubra os melhores destinos no Japão!

1. Tóquio-Kawasaki-Yokohama

Tóquio, a capital do Japão, com sua extensa área metropolitana, é uma das maiores cidades do mundo. Ela está localizada no centro da costa leste da ilha de Honshu e abriga 13,6 milhões de pessoas.

Aprenda o idioma japonês no local: não é só Tóquio! Tóquio, a maior cidade do Japão: você sabe onde encontrar as escolas de idiomas por lá?

As cidades de Yokohama – a segunda maior cidade do Japão – e a Kawasaki, contígua à capital, formam um cinturão urbano povoado por 5,2 milhões de pessoas.

Incluindo Tóquio, essas três cidades formam a área urbana mais populosa do mundo, com 42.794.714 habitantes (2016).

Principal centro econômico e financeiro do Japão, Tóquio também é sede de instituições responsáveis ​​por relações internacionais e relações diplomáticas, incluindo a Embaixada do Brasil no Japão.

É um dos portais do arquipélago japonês para todos os viajantes do mundo que vêm para fazer uma estadia no Japão.

Esta enorme megalópole japonesa fascina com sua mistura singular de tradição, religião xintoísta e modernidade: seu desenvolvimento deslumbrante também a torna uma das cidades mais caras do mundo.

Para os brasileiros que forem viajar para Tóquio, uma dica antes de partir: os japoneses falam pouco inglês, então será melhor aprender alguns kanji e hiragana antes de sair.

Nesta região, encontrar uma escola japonesa é relativamente simples:

  • Em Tóquio: você pode procurar pela famosa JCLI Japanese Language School,
  • Em Yokohama: o Yokohama Design College.

Se você quiser admirar o Monte Fuji, saiba que ele se localiza a apenas algumas dezenas de quilômetros da cidade de Yokohama. Pode ser alcançado por trem, a bordo do famoso Shinkansen.

Para viajar para o Japão, você precisará do visto japonês.

2. Osaka-Quioto-Kobe

A conurbação Osaka-Quioto-Kobe é o lar de quase 20 milhões de pessoas espalhadas por uma área de 13.033 km². Assim, é a segunda maior área urbana do país.

Osaka, Quioto e Kobe também são as três cidades mais populosas da região de Kansai, em uma gigantesca aglomeração chamada “Keihanshin”.

Com um Produto Interno Bruto (PIB) de US $ 341 bilhões – mais do que a Irlanda, Dinamarca, Hong Kong ou Cingapura e quase tanto quanto Israel – esta é um dos regiões mais ricas do mundo (e também uma das mais caras em termos de custo de vida local).

Escolha sua aglomeração para estudar: o dilema! Osaka, a capital cultural do Japão, também é uma cidade de jovens descolados.

Osaka é considerada a capital cultural do Japão – e também a capital da culinária japonesa – enquanto Quioto, muitas vezes descrita como a cidade mais bonita do Japão, é a antiga capital imperial do Japão (794-1868), do Shogunato à a restauração de Meiji).

Em 1994, a UNESCO inscreveu 17 templos, santuários xintoístas e castelos na Lista do Patrimônio da Humanidade. Se você tem interesse pela arquitetura japonesa, aqui é o lugar ideal!

Para aprender o idioma em Quioto, Osaka ou Kobe, aqui estão as escolas de idiomas:

  • Quioto: Dokodemo School, a mais antiga escola de estrangeiros para estrangeiros,
  • Osaka: Kansai College,
  • Kobe: Boa Lingua, para fazer uma estadia linguística.

Além disso, faça uma primeira viagem a Osaka e Quioto para explorar verdadeiramente o estilo japonês.

3. Nagoya

Localizada no centro de Honshu, na costa do Pacífico, entre Quioto e Tóquio, Nagoya tem 2,3 milhões de habitantes, mas sua área urbana inclui cerca de 10 milhões de habitantes.

Nagoya é a maior cidade da região de Chubu e também a cidade portuária mais importante da região. É considerada a quarta maior cidade do Japão e também enorme: sua área é de 326,45 km²!

Nagoya é passagem obrigatória para todos que visitam o Japão!

Entre março e abril, aproveite também flores de cerejeira, para paisagens-memórias típicas das fotos do Japão.

Para aprender a falar japonês em Nagoya, você pode solicitar aulas no Nagoya SKY Japanese Language Language Center.

Lá você vai aprender o alfabeto japonês, gramática japonesa e vocabulário.

4. Fukuoka-Kitakyushu

Cidades localizadas na ponta norte da ilha de Kyushu, Fukoka (1,5 milhão de habitantes) e Kitakyushu (960.525 habitantes) compõem a metrópole de Fukuoka-Kitakyushu.

Fukuoka é uma das cidades com a mais rica herança cultural, e frequentemente elogiada pela imprensa como estando no pódio das cidades mais dinâmicas do mundo.

Viajando no Japão para Kitakyushu para descobrir outra atmosfera. Na ilha de Kyushu, outra cidade gigantesca: Fukuoka!

Note que em Hakata – a cidade antiga que se fundiu com Fukuoka – existe um dialeto particular muito diferente do japonês padrão: hakata-ben.

Uma escola para aprender japonês em Fukuoka? Genki ACS, uma escola particular localizada em Tenjin, perto do porto de Fukuoka.

Em Kitakyushu, a outra grande cidade da região, o museu de mangá é uma das maiores atrações turísticas: o emblema de uma moda japonesa que ganha adeptos em todos os países do mundo.

5. Sapporo

Localizada na ilha de Hokkaido, a mais setentrional do arquipélago japonês, Sapporo é considerada a quinta cidade japonesa mais populosa e a terceira maior em termos de área.

Com 1,95 milhão de habitantes em 2015, é uma cidade muito fria no inverno (-4 ° C em média em janeiro e fevereiro, apenas 20 ° C em julho) e bastante fresco no verão.

As ilhas do Japão são fantásticas, pois permitem praticar mergulho em Okinawa – com o clima subtropical em Taiwan – ao mesmo tempo que desfrutamos da neve abundante em Hokkaido e Sapporo.

Além disso, os japoneses são conhecidos por serem mais acolhedores em Sapporo do que nas outras ilhas de Shikoku, Kyushu ou Honshu.

Em Sapporo, há duas escolas de idiomas para aprender japonês: o Japanese Language Institute of Sapporo e a Hokkaido Japanese Language Academy.

6. Hiroshima

Quem nunca ouviu falar de Hiroshima hoje, presente em todos os cursos de japonês e livros de história-geografia?

Esta cidade é famosa por fatalmente ter sofrido – com Nagasaki – o bombardeio atômico pelo exército americano em 6 de agosto de 1945, matando de 100 000 a 230 000 pessoas, de acordo com fontes (ninguém nunca foi preso ou processado por essas atrocidades …)! A metade da população foi exterminada em um segundo. A reconstrução do país foi admirável…

Hiroshima simboliza o trauma do Japão no final da Segunda Guerra Mundial, bem como a dominação infalível dos Estados Unidos. Faz parte da história do Japão.

Completamente arrasada e reconstruída após a guerra mundial, a cidade tem agora mais de 1,2 milhões de habitantes e é uma das maiores cidades do Japão.

É também um centro industrial visto no curso do japonês e próspero e importante porto do país.

Na ilha de Miyajima, não muito longe de Hiroshima, encontramos o santuário Itsukushima, conhecida por sua torii – o portão tradicional e icônico de Xintoísmo – parecendo flutuar pacificamente na água na maré alta.

Onde aprender japonês em Hiroshima? No YMCA de Hiroshima.

7. Sendai

Com uma população estimada em 1,06 milhão, Sendai é a maior cidade da região de Tohoku, localizada ao norte da ilha de Honshu. É, de acordo com o ranking, a 12ª cidade do Japão.

Sendai é famosa por ter sido duramente atingida pelo terremoto de 11 de março de 2011, pelo tsunami que se seguiu e pelo acidente nuclear de Fukushima como resultado do tsunami.

Foi o terremoto mais violento da história do Japão, um dos mais mortais do planeta já registrados, bem como uma catástrofe ecológica que é difícil de superar …

8. Shizuoka

Localizada entre Nagoya e Tóquio, a cidade de Shizuoka tem uma população de 716.000 habitantes e está localizada não longe do Monte Fuji. Shizuoka significa literalmente colina tranquila em japonês.

Vá de uma cidade grande para outra no arquipélago japonês. Conheça um dos emblemas modernos do Japão: o Shinkansen, trem de alta velocidade, ideal para viajar.

No entanto, a aglomeração é construída em uma área onde a sismicidade é muito ativa e vive com medo do risco potencial de tsunami, que é muito alto.

A cidade é famosa por hospedar os naturais de Tóquio em suas praias ou em suas fontes termais nas montanhas circundantes. O escritor japonês Yasunari Kawabata – como muitos outros – gostava de ficar lá para escrever.

9. Saitama

Localizada ao norte de Tóquio, Saitama tinha em 2010 cerca de 1.218.431 pessoas em 217,49 km².

Por que ir a Saitama, considerada um “subúrbio” de Tóquio?

Porque lá está localizada a Yono Gakuin Japanese Language School, uma escola de língua japonesa estabelecida há mais de vinte anos na paisagem urbana, oferecendo o ensino da língua, mas também da cultura e do estilo de vida da sociedade japonesa.

10. Niigata

Niigata está no top 15 das maiores cidades do Japão, com 808.268 habitantes. É a maior cidade ao longo da costa do Mar do Japão, ao norte do arquipélago.

A Universidade de Niigata é muito popular entre os estudantes japoneses que estudam direito, economia, medicina, ciência e agricultura.

Seja para ir morar no Japão ou estudar a língua japonesa, a terra do sol nascente tem muitos encantos para oferecer aos seus alunos. E as dimensões de suas cidades são extravagantes!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar