Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Quanto você vai gastar para viver no Japão?

De Fernanda, publicado dia 20/05/2019 Blog > Idiomas > Japonês > Quanto custa a vida japonesa?

“Viajar é a única coisa que compramos e que nos torna mais ricos.”- Citação anônima

Quer ir morar no Japão? De acordo com um estudo recente, 59% dos japoneses acreditam que os estrangeiros são um trunfo para o seu país. Para aprender japonês e descobrir a cultura japonesa, navegue pelo mapa do Japão, pegue o trem e experimente as águas termais! Mas saiba que você vai precisar reservar um valor para poder usufruir de tudo o que o país tem a oferecer.

Hoje em dia, o Japão tem um dos custos de vida mais altos do mundo. Então, mesmo que você tenha um bom salário, apesar de ainda ser possível economizar dinheiro (dependendo do emprego e do seu estilo de vida), viver no Japão consome boa parte da sua renda mensal.

Alojamento, meios de transporte, comida, entretenimento… Afinal quanto custa viver o Japão? Faça seus cálculos antes de viajar!

O preço do alojamento no Japão

Como em qualquer cidade grande, procurar um apartamento para alugar em Tóquio também é sinônimo de dor de cabeça!

Dependendo de onde você morar, o aluguel será seu maior gasto no Japão. Em Tokyo você pagará no mínimo ¥35,000/mês (1.300 reais) em um quarto compartilhado em uma sharehouse, por volta de ¥60,000/mês (2.230 reais) em um quarto privado em uma sharehouse, e em média ¥80,000/mês (2.900 reais) em um apartamento pequeno.

Não é muito motivador, não é mesmo?

Onde morar em Tokio? Onde ficar no Japão? | Encontrar um apartamento na capital não é fácil.

Você pode encontrar alojamento acessível no campo ou em outras cidades do Japão. Estudar ou trabalhar no Japão não significa apenas morar em Tóquio. Muitas cidades acolhem estrangeiros regularmente. Osaka, Kyoto, Yokohama, Fukuoka Nagasaki, Nagoya e assim por diante!

Nestas cidades é mais fácil encontrar um pequeno apartamento por cerca de 55.000 ienes (2.000 reais). Dependendo da localidade, você encontra casas ou apartamentos maravilhosos por 40.000 ienes (1.500 reais)

Depois de encontrar seu apartamento, você também deve levar em conta os encargos (água, eletricidade, internet, TV, etc.). Você pode contar com cerca de 12.000 ienes (450 reais) para encargos, além do aluguel. O mal isolamento das casas do Japão faz com que os japoneses precisem usar muito aquecimento ou ar condicionado.

Mas se você quiser evitar gastar o máximo que puder, pode procurar um colega para dividir o apartamento ou um quarto em uma casa de família. Esta solução não apenas reduz o preço do aluguel, mas também permite que você faça alguns amigos se você acabou de chegar ao Japão.

No caso de dividir o apartamento, você terá seu quarto privativo e compartilhará cozinha, sala de estar e banheiro com seus companheiros. Evite compartilhar seu alojamento apenas com brasileiros, pois assim você dificilmente irá falar japonês e, portanto, pode demorar para progredir no idioma.

Viver em casa de família facilita o progresso em japonês. No entanto, às vezes você tem que entrar no ritmo da família que o hospeda.

Para encontrar ofertas de companheiros de alojamento, você pode fazer sua pesquisa no site tokyosharehouse.

O custo do transporte na vida japonesa

Os japoneses usam muito transporte público. Metro, ônibus, trem, o sistema de transporte japonês é muito elaborado. Existem até pessoas que trabalham especificamente para ajudar todos a entrarem no metrô para ganhar ainda mais espaço.

Qual o custo de vida no Japão? Como se deslocar no Japão? Experimente o “Shinkansen”!

Em termos de custo, o transporte japonês pode ser, em alguns casos, muito mais caro do que no Brasil. O transporte japonês é gerenciado por várias empresas privadas. Não encontramos uma única organização pública. Alguns preços são baixos, enquanto outros explodem.

Para a mesma cidade, você pode solicitar um cartão de transporte que reduza os custos. No entanto, esta assinatura anual ou mensal é válida apenas em uma viagem. Frequentemente corresponde ao trajeto de trabalho dos japoneses. Conte com cerca de 499 reais para um bilhete mensal de transporte público.

Para descobrir o Japão em sua totalidade, você pode comprar um Japan Rail Pass (somente para visto de turista). Permite usar todos os trens no país para se deslocar de cidade em cidade. Com o Japan Rail Pass, você pagará cerca de 915 reais por uma viagem de duas ou três semanas. Este passe permite o uso de trens, ônibus e balsas ilimitados.

No entanto, se você tiver um visto de trabalho, deverá pagar ainda mais pelas viagens. O TGV japonês é reconhecido mundialmente por sua qualidade de serviço. Chamado de “shinkansen”, seus ingressos são caros. Conte por exemplo com 525 reais para uma viagem Tokyo-Osaka de quase 4 horas. Mas saiba que as taxas são relativamente estáveis.

Se você gosta muito de viajar de carro e não tem medo de dirigir no Japão, pode muito bem usar um. Embora as vagas de estacionamento sejam muito concorridas, o preço do combustível é relativamente similar ao preço brasileiro.

Comer no Japão: quanto custa?

Sushi, macarrão, e muito mais: a comida japonesa é variada e tem muitos fãs. Mas além dos pequenos pratos de restaurantes, qual orçamento reservar na prática para se alimentar diariamente no Japão?

Ao contrário do que se pode pensar, os supermercados são bastante caros na terra do sol nascente. Frutas e legumes são caros, ao contrário de carne e peixe.

Os japoneses vão regularmente ao restaurante para almoçar ou jantar. Com um ambiente descontraído, eles têm a vantagem de oferecer alimentação diariamente sem a necessidade de cozinhar, sem preços muito elevados.

Quanto custa viver no Japão? Quanto custa uma refeição no Japão? Experimente novos pratos!

Assim, por menos de 1.000 ienes é possível comer em diversos restaurantes deliciosos com porções generosas, e há redes bem famosas e baratas como Sukiya, Hanamaru, Matsuya e Yoshinoya, onde você pode almoçar por menos de 500 ienes. Por isso, por vezes é mais vantajoso comer em pequenos restaurantes de rua do que fazer as suas próprias compras.

A alternativa, para alguns, é comprar pratos em combinis (lojas abertas 24/24) por cerca de 23 reais.

Se você puder pagar, não hesite em pesquisar os mercados japoneses em busca de produtos frescos e locais. Você aprenderá a cozinhar com os ingredientes da região onde mora. Tempura, sushi, espetos fritos: os mercados japoneses permitem que os estrangeiros descubram a cultura culinária do país enquanto conversam com os vendedores.

Procurando por cursos de japonês online?

Quanto custa para se divertir no Japão?

Embora as saídas não sejam essenciais para viver, ainda é importante se divertir de tempos em tempos e descobrir seu novo país anfitrião. Sair é uma oportunidade de conhecer novas pessoas e interagir com os japoneses para entender melhor sua cultura.

O Japão é um país muito ativo, é quase impossível ficar entediado. Shows, exposições ou outros eventos são organizados regularmente ao longo do ano. É por isso que os japoneses estão acostumados a sair muito. Eles também preferem ver pessoas em vez de ficar em um pequeno espaço fechado.

Para saídas acessíveis, você pode ir ao restaurante com amigos ou em um karaokê. Uma excelente oportunidade de descobrir a cultura musical japonesa e aproveitar um bom momento.

Em geral, praticar esportes é caro no Japão. Por exemplo, você terá que pagar uma média de 320 reais por mês para desfrutar de uma academia. No entanto, algumas associações esportivas permitem cursos de judô ou outras atividades a preços mais acessíveis. Informe-se em sua prefeitura ou bairro.

Os fãs de compras ficarão encantados com os preços japoneses. É muito fácil encontrar lojas baratas ou brechós.

Se quiser terminar o seu dia no cinema para rever um filme no estúdio Ghibli, conte cerca de 73 reais por uma sessão.

Quanto custa o Japão? Onde sair no Japão? Pronto para o karaokê japonês?

Outras despesas para viver no Japão

Quando preparamos nosso orçamento para viver no Japão, sempre há gastos nos quais não pensamos.

Não se esqueça de se inscrever no sistema de seguro de saúde japonês. Para tal, o interessado deve se dirigir à seção do seguro nacional de saúde da prefeitura. Você pagará então cada mês suas contribuições com base em seu salário ou outra renda.

Este serviço permite que você seja reembolsado em até 70% das despesas médicas que você possa ter. Uma consulta no médico custa cerca de cerca de 200 reais. Por isso, não desvalorize esse benefício.

Você também terá que pagar seus impostos japoneses para estar regular no território. Informe-se assim que chegar para descobrir qual taxa é aplicada à sua situação.

Leve tudo em conta para preparar sua viagem ao Japão (troca de reais por ienes, encontrar um hotel ou um albergue para sua chegada, etc) e descobrir a cultura e paisagens japonesas (Monte Fuji, cereja, parque de bambus, etc.).

Conclusão: o orçamento médio para morar no Japão

Quanto eu tenho que reservar para morar no Japão? Uma vez no arquipélago japonês, que salário ganhar para viver bem? Quanto pagar por comida japonesa, hospedagem, transporte, seguro de viagem e por que não aulas de japonês (kanji, etc.)?

No Japão o salário costuma ser entre 200.000 ienes (6.000 reais) a 350.000 ienes (11.000 reais).

Claro que tudo depende do seu estilo de vida, como a escolha de moradia, refeições frequentes, compra de roupas, etc. Algumas pessoas conseguem viver com menos e outras precisam de mais.

Cabe a você avaliar como pretende morar no Japão. E acima de tudo, faça suas contas!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar