Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Como se virar na língua de Cervantes em todas as situações

De Fernanda, publicado dia 24/07/2017 Blog > Idiomas > Espanhol > 5 dicas para manter uma conversação em espanhol

O espanhol é uma bela língua (para escutar em podcast), praticada por mais de 500 milhões de falantes em todo o mundo.

Tanto para brasileiros como para ocidentais em geral, este é um dos idiomas mais fáceis de se aprender, porque tem raízes comuns às da língua portuguesa, bem como às do italiano ou do inglês.

No entanto, aprender uma nova língua não acontece do dia para a noite: é preciso tempo, investimento pessoal, dedicação, conhecimento básico da gramática espanhola, sintaxe, ortografia…

Mas o mais importante para falar espanhol corretamente é saber se expressar, tanto na escrita quanto na fala.

O espanhol é uma língua viva maravilhosa e, como tal, todos os estudantes devem praticar ativamente por meio de conversação.

Mas aí vem o dilema: como é que você começa a manter uma conversa em espanhol quando não sabe muito, quando o vocabulário é limitado, quando você gagueja de tanto medo de errar?

Aqui estão 5 dicas práticas para ajudá-lo a sair de qualquer situação embaraçosa e assim progredir em espanhol!

Ser capaz de se comunicar em espanhol com um nativo ou com hispânicos é essencial.

Para se virar sozinho, seja em uma viagem estilo mochilão ou em um encontro com amigos internacionais: é preciso dominar o vocabulário espanhol básico de sobrevivência.

Aprender a falar espanhol também é conhecer as expressões contidas em uma conversa em espanhol. Você nem sempre precisa do seu dicionário de português / espanhol.

Você basicamente vai precisar de palavras e frases-chave para se comunicar e conversar em castelhano. Você pode fazer isso tranquilamente sem precisar usar seus cadernos e suas anotações de aula.

Esteja ciente de suas dificuldades em espanhol

Todo mundo sabe: dominar uma língua estrangeira em poucas semanas é quase impossível e, mesmo que você já esteja nessa empreitada há mais tempo, saiba que ninguém vai condená-lo por seus erros, especialmente os nativos.

Se há um primeiro conselho para aqueles que estão começando a aprender espanhol é: reconheça seus limites e suas dificuldades.

Claro, é sempre frustrante não conseguir se expressar em espanhol da mesma maneira que nos expressamos em português. Mas às vezes você tem que ser humilde e reconhecer que existem limites.

Onde aprender vocabulário e expressões idiomáticas espanhol? Você acha que talvez seja muito cedo para ler Don Quixote em espanhol? Aprenda a descobrir suas maiores dificuldades!

Ao identificar o que você já sabe, o que você quer aprender e o que você ainda desconhece, você já está com meio caminho andado. Esse processo ajuda a direcionar os seus estudos e a ser mais eficiente.

E sobretudo, ao conversar com alguém em língua espanhola, não corra o risco de ser mal compreendido: isso pode abalar a sua autoestima e a confiança na hora de prosseguir com seus estudos. 

É fato: todos os estudantes passam por altos e baixos ao longo de um aprendizado: há momentos de glória, onde tudo vai bem e você absorve o conteúdo como uma esponja; e há momentos de estagnação, onde tudo parece impossível de ser aprendido. Há momentos, inclusive, que temos vontade de desistir de tudo!

Essas fases são perfeitamente naturais e devemos aceitá-las numa boa!

O fato de identificar na prática onde você está e o que ainda falta para aprender em espanhol bem é um dos segredos do sucesso na aprendizagem. Isso é chamado de autodiagnóstico.

Ao detectar suas dificuldades e o que ainda precisa estudar, você automaticamente faz um balanço do seu conhecimento de verbos, adjetivos e substantivos. Você passa a ter uma visão clara de si mesmo e este é um sinal de que você apto a aprender todos os aspectos da língua espanhola.

Não se preocupe com os erros de pronúncia 

Fazer aulas de espanhol e aprender uma língua que não é seu idioma materno significa cometer muitos erros ao longo da aprendizagem. 

Você dificilmente vai conseguir evitar os erros no começo: seja pelo desconhecimento de palavras, pelo emprego de falsos amigos ou estruturas da língua portuguesa; por erros de gramática, de conjugação, de sintaxe…

Os erros fazem parte do aprendizado; sem eles, você não consegue aprender, assimilar e progredir corretamente. O importante é não ficar abalado.

Saiba que é mais relevante o conteúdo do que a forma. Portanto, não importa o jeito ou a perfeição com a qual se expressou, mas o que quis dizer com aquilo.  Se você estiver viajando pela América Latina ou caindo na estrada pelo interior da Espanha, passando por cidades como Ceuta, Barcelona, ​​Santander ou Saragoça, você vai descobrir que existem mil maneiras de se comunicar.

Os erros linguísticos não são tão graves assim: o importante é que seu interlocutor consiga entendê-lo corretamente. Isso significa que você conseguiu transmitir sua mensagem com sucesso.

Então, é depois com a experiência, um bom dicionário e a prática nas aulas de espanhol que você vai progredir no vocabulário, nas inflexões, nos acentos tônicos espanhóis, na conjugação de verbos, etc.

Se você não consegue encontrar uma determinada palavra, tente o seu equivalente, seu sinônimo ou então tente construir locuções com verbos de ação como “fazer”, “ir”, “ser”, etc.

Você também pode utilizar pequenos truques, como aquelas listas clássicas, como frases úteis em espanhol, tal qual “Como você diz XX em espanhol? ” ou” Qual é a palavra empregada para YY? “.

Outra dica para aprender espanhol rápido é questionar o seu próprio interlocutor, perguntando “O que essa palavra significa?”. Por um lado, você demonstra um interesse na conversa e certamente ele ficará feliz em ajudá-lo. Por outro lado, para você é a oportunidade de aprender um novo vocabulário e descobrir as várias nuances da língua, talvez até mesmo para entender as gírias mais familiares.

Se o seu interlocutor é seu professor de espanhol ou um nativo da língua espanhola, sempre pergunte quando não entender algo e descubra se ele também pode ajudá-lo a corrigir seus erros. Ou pelo menos os mais graves.

Por fim: sim, é possível que aconteçam casos em que seu interlocutor fique frustrado ou chateado pela comunicação que não flui. Por isso, sempre deixe claro que você ainda está aprendendo, explique e peça desculpas.

“Me desculpe, eu sou do Brasil, eu não falo espanhol muito bem. Mas estou tentando aprender!”

Diga ao seu interlocutor que você está se esforçando para falar em espanhol

Quando você estiver frente à frente com seu interlocutor, fale como você está se sentindo.

Na verdade, em vez de correr o risco dos mal-entendidos ou de até mesmo ofender ou perturbar a pessoa, é melhor lhe dizer de cara que você está tendo dificuldades para falar fluentemente espanhol, de forma compreensível.

É um ato de coragem e de reconhecimento dos seus próprios limites: assumir publicamente que está se esforçando para se expressar em uma língua estrangeira. A pessoa irá certamente se sensibilizar pela causa e se demonstrará solícita.

Daí para frente é simples: diminua seus erros assistindo a vídeos espanhóis no Youtube!

Nós reforçamos: não se esqueça de que o mais importante não é dizer as coisas, mas transmitir a mensagem certa.

Seu interlocutor ficará mais tranquilo ao entender que você já conhece seus limites e irá ajudá-lo: ele terá prazer em fazer isso, quem sabe até ajudará na tradução de algumas palavras.

Comece falando no presente

Muitas vezes, quando aprendemos uma língua estrangeira como o espanhol, ouvimos palavras que nos parecem familiares, mas são ainda desconhecidas.

Este é o caso, por exemplo, dos verbos. A explicação é simples: o tempo mudou!

Um exemplo: seu interlocutor fala no passado, evoca pelo condicional uma situação hipotética e lhe convida para um encontro no dia seguinte.

Quando você aprender espanhol, um dos alicerces de aprendizagem é conhecer os diferentes tempos de conjugação dos verbos regulares e dos verbos irregulares.

Por isso, nosso conselho nesses caso é simples: comece falando sempre no presente!

Embora isso seja totalmente errado no aspecto sintático, numa conversa o primeiro passo é transmitir a sua mensagem.

Faça aulas de espanhol online. Dê um grau na expressão e compreensão oral com aulas de espanhol online!

Para saber como usar os tempos verbais, você pode:

  • Fazer aulas com um professor de espanhol que lhe dará listas de verbos nos diferentes tempos para você decorar.
  • Criar suas próprias listas de verbos com a ajuda de tabelas (coloque os tempos mais importantes, por exemplo: passado perfeito, passado imperfeito, futuro, condicional e presente)
  • Criar suas listas de vocabulário tentando integrar os termos em situações concretas.

Não entre em pânico e se concentre antes de falar em espanhol

Se você já fez tudo o que indicamos na etapa anterior e os resultados ainda não apareceram como você esperava, pare um pouco para pensar.

Respire fundo, não ceda ao pânico e relaxe.

Imagine o seguinte…. Você precisa traduzir uma palavra ou frase, ou você tem que entender espanhol rapidamente o que o interlocutor lhe disse e, de repente, você trava! Lembre-se sempre: resgate as noções de base dos seus estudos de espanhol!

Há sempre um caminho para desbloquear, tentar compreender e decifrar a palavra ou frase que você escutou.

Aprenda a se expressar com confiança

A dificuldade de aprender espanhol não é como um muro impenetrável; ao contrário: veja nessas situações difíceis uma oportunidade de encarar um desafio, procurar uma solução e driblar o problema com coragem e com os conhecimentos que você tem ao seu alcance. Você sempre consegue encontrar uma maneira de contornar a situação – explicando, imitando, articulando, gesticulando…

Pergunte diretamente ao interlocutor o que ele quis dizer, peça para ele falar mais devagar, para articular melhor.

Diga que você não fala espanhol fluente, mas que está tentando aprender a língua. Isso tudo traz confiança.

Como as aulas de espanhol podem ajudá-lo nesse processo?

Se de fato o seu nível não é suficiente para acompanhar uma conversa em espanhol, então pode ser interessante começar a fazer aulas com um professor experiente.

Seja em aulas de espanhol online, aulas à noite, em escolas especializadas ou de idiomas, ou com professores particulares: há sempre um profissional pronto para ajudá-lo a melhorar seu espanhol.

Um curso em espanhol para falar facilmente. Onde aprender a língua espanhola com qualidade?

Por que fazer uma aula de espanhol? Aqui estão alguns benefícios que ilustram essa iniciativa:

  • A oportunidade de falar e mergulhar totalmente em um ambiente de língua espanhola, sozinho com seu professor ou em grupo com outros estudantes – isso vai aumentar a sua compreensão auditiva.
  • Você tem o direito de errar: as aulas de espanhol ensinam você a refinar seu vocabulário para expressar de maneira compreensível. Aqui, vale errar feio, trocar palavras, tempo de verbo…. Tudo é aprendizado.
  • O professor é um profissional especialista em educação que vai utilizar toda sua experiência para ajudá-lo a progredir.

Lembre-se de que pode ser muito proveitoso combinar suas aulas individuais com sessões de filmes em espanhol na versão original! Fica a dica! 😉

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (média de5,00 sob 5 de 1 votos)
Loading...

1
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Wesley Recent comment authors
Mas recentes Mais antigos Mais populares
Wesley
Convidado
Wesley

Ótimas dicas. Vão me ajudar muito com certeza.