O forró é um ritmo musical muito conhecido no nordeste brasileiro, principalmente nos períodos de festividades juninas. Os artistas desse gênero tentaram contar a vida do homem sertanejo e a alegria do povo do sertão brasileiro em suas músicas. Com o tempo, foram criados dois tipos de forró, além do tradicional arrasta-pé, como o forró eletrônico e o universitário.

Com a criação do forró universitário e do eletrônico, esse ritmo musical se tornou ainda mais conhecido pelo país. Assim, o forró caiu nas graças de pessoas de todas as regiões do Brasil, principalmente com o sucesso de artistas como Wesley Safadão e Xand Avião. Com o aumento da popularidade do forró, esse estilo musical se tornou ainda mais forte na cultura e na história do país. Inclusive, muitas pessoas buscam fazer curso de dança para aprender dançar forro.

Se você deseja conhecer mais a fundo esse maravilhoso estilo musical, continue acompanhando este artigo! Separamos diversas informações que explicam a origem do arrasta-pé e que contam tudo sobre o forró.

Qual a origem do forró ?

origem do forró
A criação do forró ocorreu na década de 40 e se originou no Nordeste do Brasil. Com o tempo, se desenvolveram diversas ramificações, sendo criado outros tipos de forró, como o eletrônico e o universitário.

O forró é uma dança muito popular que se originou no Nordeste. A dança tem o acompanhamento de uma música que também é chamada de forró (também conhecida como forrobodó), o que torna a dança ainda mais animada, com acompanhamento da zabumba, da sanfona e do triângulo.

De acordo com pesquisadores do ritmo do forró, essa dança se originou no século XIX. Nesse período, as pistas de dança eram formada de barro, e por isso as pessoas dançavam arrastando o pé para que a poeira não levantasse, dando nome à dança de arrasta-pé (outro nome dado para a dança do forró).

Depois da criação do forró foram desenvolvidas diversas ramificações dessa dança, como forró universitário, forró pé de serra, forró tradicional e forró eletrônico. Por conta da sua importância, o dia nacional do forró é comemorado no dia 13 de dezembro. Os principais artistas de forró são estes:

  • Luiz Gonzaga;
  • Mastruz com Leite;
  • Beto Barbosa;
  • Zé Ramalho;
  • Dominguinhos;
  • Alceu Valença;
  • Genival Lacerda;
  • Chico Salles;
  • Limão com Mel;
  • Banda Calypso;
  • Jackson do Pandeiro;
  • Oswaldinho do Acordeon;
  • Calcinha Preta;
  • Frank Aguiar;
  • Sivuca.

Com o seu ritmo forrozeiro, esses artistas conseguem animar qualquer festa. Vale ressaltar que, além da animação, a dança do forró proporciona benefícios para a saúde, de forma a fortalecer os músculos - do abdômen, das pernas e dos glúteos - e reduzir calorias. Em geral, durante uma hora de aula de dança de forró é possível queimar mais ou menos 200 calorias.

Esse gênero musical possui influência de ritmos africanos e europeus, e forte relação com o xaxado, xote e baião. Por conta da sua animação, o forró é um dos estilos musicais mais populares do Brasil - principalmente no Nordeste do país. A onda de alegria, movimento e ritmo embala festas em todo o país até os dias atuais.

Nas aula de dança forro, os dançarinos posicionam os pés de forma paralela, abraçam o seu parceiro (colocando uma mão nas costas ou no ombro e a outra segurando a mão do parceiro) e alternam os passos, posicionando as pernas para frente e para trás. No "dois para lá e dois para cá" é possível dar voltas no salão de festas e curtir um bom forró a noite inteira.

Quantos tipos de forró existem no Brasil ?

sanfona no forró
Há três tipos de forró no Brasil, como: forró pé-de-serra, forró universitário e forró eletrônico. Todos eles fazem uso da famosa sanfona!

Em todos os estilos de forró é possível perceber que se tem o trabalho do equilíbrio, postura, corpo e respiração. Porém, há três tipos de forró diferentes que têm chamado a atenção de muitos dançarinos e conquistado o coração de muitas pessoas. São eles: forró pé-de-serra, forró universitário e forró eletrônico. Veja as principais características desses três tipos de forró:

Forró pé-de-serra

O forró pé-de-serra se originou em meados da década de 40 e possui a representação de grandes artistas, como Genival Lacerda, Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, Genival Lacerda, Marinês, Carmélia Alves, Trio Nordestino, Pedro Sertanejo e Adelmario Coelho. O forró possui um grande poder cultural e histórico e tem a cara do Brasil, pois nas músicas de forró é possível contar a história do povo brasileiro. No Nordeste brasileiro, as pessoas curtem o forró nas famosas festas juninas que ressaltam a tradição nordestina.

Esse é o conhecido forró tradicional que tem inspirações a partir do ritmo sertanejo. No forró pé-de-serra ocorre a utilização dos instrumentos básicos de forró, como o triângulo, a zabumba e a sanfona. Nessa dança, os passos de forró são formados por giros lentos e simples. Por conta da sua animação e importância cultural, há diversos festivais de forró pé-de-serra pela região nordestina! Se você deseja aprender dançar forró para curtir os festejos nordestinos, basta fazer curso de dança!

Forró universitário

violão de forró
Com o passar do tempo, o forró universitário começou a se tornar muito popular em todas as regiões do país. Atualmente, o Brasil possui grandes artistas de forró universitário!

O forró universitário surgiu anos depois da criação do forró pé-de-serra, tendo a sua origem em torno do ano de 1975. O forró universitário possui um estilo mais urbano - diferentemente do forró pé-de-serra que tem origens mais interioranas - e moderno, sendo criado por jovens do período da década de 70.

Esse tipo de forró tem grande influência do samba, pop, funk, reggae e rock, ou melhor, de um grande número de estilos musicais. Em comparação com o forró pé-de-serra, o universitário possui ritmos de dança mais complexos e os instrumentos utilizados são: bateria, contrabaixo, violão, órgão eletrônico e percussão. Estes são os principais artistas que se destacaram no forró universitário:

  • Alceu Valença;
  • Gilberto Gil;
  • Jorge de Altinho;
  • Falamansa;
  • Trio Rastapé;
  • Zé Ramalho;
  • Gilberto Gil;
  • Nando Cordel;
  • Forroçacana;
  • Elba Ramalho;
  • Geraldo Azevedo.

Forró eletrônico

O forró eletrônico teve o seu surgimento nos anos 90, com a inclusão de alguns instrumentos eletrônicos, como guitarra, contrabaixo e guitarra. Esse tipo de forró também é conhecido pelos nomes de forró estilizado e oxente music. Em geral, os passos do forró eletrônico são mais ousados que os demais e as roupas utilizadas são repletas de brilhos e cores.

Como aprender a dançar forró ?

Por conta da popularidade do forró, foram criados vários cursos para aprender dançar forró. A aula de dança é a melhor opção quando se tem vontade de aprender a dançar. Em geral, as aulas de dança de forró tendem a ser bastante animadas e convidativas, sendo ideal para quem gosta de animação e deseja fazer uma ótima performance. As danças de forró são compostas por sensualidade, malícia e cumplicidade.

Para aprender dançar forró é necessário conhecer os passos da dança. O principal deles é o conhecido "dois para a direita e dois para a esquerda". Porém, há outros tipos de passos de forró muito conhecidos como estes:

  • Giro do cavalheiro;
  • Giro simples;
  • Dobradiça, quando ocorre a abertura lateral na dança, como uma porta;
  • Comemoração, quando ocorre o balanço da perna do cavalheiro no meio da perna da dama;
  • Oito, quando durante a dança, a dama e o cavalheiro ficam de costas um para o outro;
  • Caminhada, quando o dançarino caminha para frente e para trás, ao invés de ir para os lados.

Na aula de forró é possível aprender todos esses passos de forma bastante alegre e divertida. Vale lembrar que o praticante pode aprender dançar forro em aula de dança online nos cursos disponibilizados em sites. Aprendendo a dançar forró com professor de dança é possível curtir muitos festivais e se divertir bastante!

Quais as melhores músicas para dançar forró ?

melhores músicas para dançar forró
Há maravilhosas músicas para dançar forró, e os principais artistas são Luiz Gonzaga, Dominguinhos e Falamansa.

Há excelentes músicas para dançar forró, mas nada como ouvir as tradicionais músicas do Luiz Gonzaga (um dos principais artistas do forró) para dançar um gostoso arrasta-pé. As principais músicas do Luiz Gonzaga para dançar forro são estas:

  • Vira e mexe (a música que fez Luiz Gonzaga - ou melhor, o rei do baião - estourar nas paradas musicais);
  • Dança mariquinha;
  • Pagode russo;
  • Vem morena;
  • A vida do viajante.

Quando citamos os forrós mais tradicionais, podemos falar também sobre as maravilhosas músicas de Dominguinhos - como "isso aqui tá bom demais", "eu só quero um xodó", "numa sala de reboco", peba na pimenta", "cintura fina" e "lisbela" -, de Jackson do Pandeiro - como "sebastiana" e "forró em limoeiro" - e do Trio Nordestino - como "forró pesado", "petrolina juazeiro" e "maracatu êta".

A banda Falamansa também possui boas músicas para dançar forro, como estas:

  • Xote da alegria;
  • Rindo à toa;
  • Xote dos milagres;
  • Oh! Chuva;
  • Confidência;
  • Avisa.

Em termos de forró mais modernos, é possível dançar forro com músicas de Wesley Safadão, Xand Avião, Mano Walter, Jonas Esticado, Solange Almeida, Calcinha Preta e Vitor Fernandes. Todas essas bandas e artistas possuem músicas muito dançantes, e por isso são muito tocadas nas aulas de dança. Portanto, se você deseja aprender dançar forro, se matricule em um curso de dança e se divirta bastante!

Precisando de um professor de Dança ?

Você curtiu esse artigo?

3,00/5 - 6 nota(s)
Loading...

Isabella

Graduada em administração de empresas e especialista em marketing de conteúdo. Apaixonada por educação, redação e mundo digital. Atua como redatora e conteudista.