"A coisa mais séria sobre o corpo humano são as abotoaduras."
Jules Renard, Jornal 1897-1910

Você sabia que colecionadores de botões são chamados de "fibulanomistas"?

Mas por que colecionar botões?

A resposta é simples: porque existe uma grande variedade de cores, formas, tamanhos e materiais destas peças disponíveis!

No início da história humana, os botões eram usados principalmente para fins estéticos.

"A presença de botões já foi confirmada há cerca de 3000 a.C. na Civilização do Vale do Indo, presentes também na Grécia e Roma antigas. Na Idade Média alguns países europeus limitavam a quantidade de botões por considerar ostentação excessiva.", explica o site Wikipedia.

Confira curso de corte e costura!

O seu curso de corte e costura online também te ensina a costurar botões!
Botões podem ser funcionais ou meramente decorativos.

Somente em meados do Século XIII que o botão começou a ser usado para fechar roupa, especialmente mangas de camisa.

Hoje, seja simplesmente para fechar o casaco, o jeans, ou para a personalização de uma peça de roupa, as opções de botões são infinitas! Aplicar um botão em uma roupa é, na maioria das vezes, uma habilidade de fácil execução, mesmo estando em um curso de corte e costura para iniciantes.

Com ou sem uma máquina de costura, se você seguir o guia que o Superprof preparou para você, fixar um botão na sua roupa favorita será tarefa fácil, mesmo se ao invés de curso corte costura você fizer curso de croche (crochê para iniciantes)!

Aprenda também como montar um guarda-roupas costurado inteiramente por você!

Os melhores professores de Costura disponíveis
1a aula grátis!
Haryane
5
5 (15 avaliações)
Haryane
R$60
/h
1a aula grátis!
Nawira
5
5 (9 avaliações)
Nawira
R$50
/h
1a aula grátis!
Marta
5
5 (12 avaliações)
Marta
R$60
/h
1a aula grátis!
Kamila
5
5 (27 avaliações)
Kamila
R$60
/h
1a aula grátis!
Ana ferreira
4,6
4,6 (8 avaliações)
Ana ferreira
R$40
/h
1a aula grátis!
Dani moura
5
5 (8 avaliações)
Dani moura
R$70
/h
1a aula grátis!
Denise
5
5 (10 avaliações)
Denise
R$50
/h
1a aula grátis!
Annette
5
5 (7 avaliações)
Annette
R$80
/h
1a aula grátis!
Haryane
5
5 (15 avaliações)
Haryane
R$60
/h
1a aula grátis!
Nawira
5
5 (9 avaliações)
Nawira
R$50
/h
1a aula grátis!
Marta
5
5 (12 avaliações)
Marta
R$60
/h
1a aula grátis!
Kamila
5
5 (27 avaliações)
Kamila
R$60
/h
1a aula grátis!
Ana ferreira
4,6
4,6 (8 avaliações)
Ana ferreira
R$40
/h
1a aula grátis!
Dani moura
5
5 (8 avaliações)
Dani moura
R$70
/h
1a aula grátis!
Denise
5
5 (10 avaliações)
Denise
R$50
/h
1a aula grátis!
Annette
5
5 (7 avaliações)
Annette
R$80
/h
1ª aula gratuita>

Moda: a história desse importante acessório da costura

Pois bem, mencionamos acima que o botão surgiu no século XVII. Mas como e onde tudo começou?

Botões e objetos parecidos com botões usados ​​como ornamentos ou selos em vez de fechos foram descobertos na Civilização do Vale do Indo durante sua fase Kot Diji (c. 2.800-2600 aC), mas também na Tumba das Águias, Escócia (2200-1800 AC), onde foi descoberto um botão Albertita preto, bem como em outros locais como na China na Idade do Bronze (c. 2000–1500 AC) e Roma Antiga.

Botões feitos de conchas foram usados ​​na Civilização do Vale do Indo para fins ornamentais em 2000 AC. Alguns botões eram esculpidos em formas geométricas e tinham orifícios perfurados para que pudessem ser presos à roupa com linha.

O botão mais antigo foi encontrado na região de Mohenjo-daro, no Vale do Indo, hoje conhecido como Paquistão moderno. A sua idade estimada é de cerca de 5000 anos, com uma face plana decorativa que se encaixa em um laço e é constituída principalmente por uma concha curva. No entanto, de acordo com o historiador e autor Ian McNeil, esses objetos não funcionavam como os botões modernos. Eles serviam mais como ornamentos do que como fechos e quase nunca eram dispostos em fileiras (como nas camisas de hoje), mas eram usados ​​isoladamente como enfeites decorativos.

O pescoço de um homem com gravata e um botão fechando sua camisa
Você sabia que antigamente os botões eram símbolo de riqueza?

Os botões também eram usados ​​pelos antigos romanos. No entanto, suas roupas esvoaçantes (que em geral eram feitas de uma grande quantidade de pano) exigiam botões pesados, ​​feitos de materiais fortes como madeira, chifre e bronze. Estes perfuravam grandes buracos feios nas vestimentas e logo caíram em desuso entre os fabricantes da Roma Antiga.

Curiosamente, os romanos também inventaram a fíbula como alternativa ao botão. Esta foi uma versão inicial do alfinete de segurança, embora o design tenha se perdido até ser redescoberto novamente durante a Era Industrial do século XIX nos Estados Unidos.

Foi na Idade Média que o uso do botão como um fecho funcional começou a se estabelecer. Na Europa, usar roupa justa ficou em voga entre os nobres e a realeza, e botões foram usados ​​para ajudar as vestimentas a se ajustarem melhor ao corpo dos usuários. Para as mulheres, são os seios que se acentuam, enquanto para os homens são os braços.

Na França do século XVI, as guildas de fabricantes de botões começaram a surgir. Essas guildas regulamentaram a produção de botões, bem como aprovaram leis sobre seu uso. Embora os botões da Idade Média já funcionassem, eles ainda eram vistos como um símbolo de prosperidade e prestígio. Somente aqueles que eram ricos o suficiente para comprá-los poderiam usar botões elaborados. Se você fosse pobre ou da classe baixa, estaria proibido de usar sua roupa com uma enorme quantidade de botões. Ou seja, o botão já nasceu com a simbologia do status social.

No entanto, a Revolução Industrial ajudou a popularizar e democratizar os botões. Pela primeira vez, os botões agora podiam ser usados ​​pelas massas e seu uso não se limitava apenas às classes superiores. Os botões agora podiam ser produzidos em massa a baixo custo.

Quando o século XX chegou, o preço dos botões caiu ainda mais com a introdução de um novo material - o plástico. O plástico é muito mais barato do que osso, bronze, chifre, concha ou metal - e, como tal, tornou-se o material perfeito para fazer botões.

Costurar um botão: os principais passos

Uma pequena dica antes de começar pela primeira vez na costura de um botão: é aconselhável deixar um espaço entre o botão e o tecido para facilitar o fechamento da casa na hora em que sua peça estiver pronta.

Isso porque, quando fechamos algo com botões, introduzimos a peça dentro da casa, levando uma camada a mais de pano a ser alojada atrás do botão. Se ele possuir uma costura muito apertada junto ao qual está costurada, você - ou o dono da roupa em questão - corre um sério risco de ter dificuldades para fechá-lo.

Para facilitar o seu trabalho e fazer com que você não deixe o botão nem muito apertado e nem muito frouxo, coloque um cartão (ou um papel de cartolina grosso) sob o botão antes de começar. Ao terminar a costura da peça, retire o papel e verifique como seu botão possui um espaço maior entre ele e o tecido após a utilização dessa astúcia!

Que tal um curso de corte e costura rj?

Material necessário para pregar um botão:

  • Botão (obviamente!);
  • Linha de costura da mesma cor que o botão (há um fio de botão especial, mais forte que o fio comum);
  • Agulha de costura;
  • Tesourinha de costura.
Uma agulha e um botão roxo
Fio, agulha - e um botão! - é tudo o que você precisa para pregar... um botão!

Confira algumas dicas de como costurar o seu próprio vestido!

Preparação

Depois de selecionar o botão e a linha, passe a linha pelo buraco da agulha. Planeje um bom comprimento de fio. Você pode ainda utilizar um fio duplo para economizar tempo e ter o botão firmemente costurado. Dê um nó no final do fio para que ele não saia da costura quando você puxar a linha.

Posicione o botão

Na peça, alinhe o botão com os outros e verifique se ele vai caber facilmente na casa de botão. Comece no interior do tecido, enfiando a agulha do avesso ao lado direito. Passe-o através de um dos furos no botão e puxe a linha.

Costura e reforço

Para um botão plano de dois orifícios, passe a agulha pelo segundo orifício e costure o pedaço de pano. Enquanto puxa a linha até o fim, segure o botão para que ele não se mova. Repita este gesto várias vezes passando pelo primeiro buraco, depois pelo segundo, até que o botão se mantenha bem firme no local desejado.

Veja aqui curso de corte e costura online!

Acabamento

No avesso da roupa, faça alguns pontos de um lado para o outro (para ter certeza que seu fio não se solte com o tempo). Em seguida dê um nó para fixar o ponto e finalizar o processo. Corte o fio em excesso.

O botão de 4 furos

Se você estiver costurando um botão de 4 furos, você pode passá-lo de um buraco para outro em um padrão diagonal ou paralelo. Se for um botão que você esteja reaplicando (que se soltou da roupa, por exemplo), veja qual padrão de gesto de costura foi utilizado para os outros botões. Isso garantirá uma uniformidade no visual da sua roupa reparada.

Utilizando máquina

É possível fixar um botão à máquina - normal ou de overlock - que tenham uma sapata especial para tal. Por isso, é muito importante marcar a localização do botão e verificar, antes de iniciar o processo, que a agulha se encaixa corretamente no primeiro orifício do botão.

Aprenda o básico sobre confecção de moldes!

As diferentes classificações de botões de costura

Embora os botões sejam usados ​​principalmente para apertar, seu uso inicial não era, na verdade, tão funcional. Os primeiros botões foram utilizados como selos, ornamentos e acessórios decorativos, e foi apenas no século XIII que os botões funcionais como os conhecemos hoje se tornaram moda.

Os botões modernos de hoje são geralmente classificados de acordo com:

  • Tamanho ou Número de linha
  • Material de Fabricação
  • Fixação
  • Técnica de Fabricação
  • Uso final

Classificação de acordo com o tamanho

O número da linha (expresso como “L” próximo a um número, como 12L, 14L, 16L e assim por diante) é a unidade de medida usada para botões; refere-se ao diâmetro de um botão. Quanto maior for o número da linha, maior será o botão.

Uma linha é equivalente a 0,635 mm ou 0,025 polegada. Usando esta figura, um botão 12L tem um diâmetro de 7,62 mm ou 0,30 pol., Enquanto um botão 50L tem um diâmetro de 31,75 mm ou 1,25 pol. O número da linha pode ser uma unidade de medida desconhecida para muitas pessoas, mas pode ser facilmente calculado depois de convertido para milímetros ou polegadas. Para obter mais informações sobre o cálculo de números de linha, consulte este artigo Como calcular o tamanho do botão por Linha.

Os tamanhos de botão comuns incluem 12L (geralmente usado em camisas de botão), 16L e 18L (os dois tamanhos de botão são vistos em camisas de colarinho) e 24L (para calças). Outros botões maiores do que esses geralmente não são usados ​​para fins de fixação, mas são instalados apenas para fins decorativos.

Classificação de acordo com o material de fabricação

Os botões também podem ser classificados de acordo com o tipo de material de que são feitos.

  • Chifre: chifres provenientes de animais costumavam ser um material tradicional de botão. No entanto, a corneta sintética feita de plástico está agora sendo mais amplamente utilizada em botões.
  • Metal: botões de metal são frequentemente vistos em couro e jeans, como calças e jaquetas.
  • Tecido: é um material essencial para os botões chineses (ou “sapos”, como são comumente chamados). Esses botões são geralmente vistos na roupa tradicional chinesa chamada Qi Pao ou cheongsam.
  • Plástico: o plástico é barato e fácil de fabricar. Como tal, eles são o material de botão mais comum no mundo (por exemplo, poliamida, poliacrilonitrila, poliéster). Você pode encontrar botões de plástico em todos os lugares, e eles são usados ​​tanto para fins funcionais quanto decorativos.
  • Madeira: a madeira é barata, mas tem uma vida útil curta. Botões de madeira raramente são usados ​​para fixação. Esses botões são comumente usados ​​apenas para decoração.

Embora os mencionados acima sejam os mais comuns, outros materiais que também são fabricados em botões incluem conchas, cascas de coco, pérolas, vidro, couro, cerâmica e marfim vegetal.

Classificação de acordo com a fixação

Existem também botões especiais que são classificados de acordo com a forma como são fixados na roupa.

Por exemplo, o botão achatado ou costurado (também chamado de botão de furo porque pode vir com dois ou quatro furos) é preso a uma roupa passando a linha pelos furos do botão.

Um botão com é possui uma peça conectora saliente na parte de trás, onde passa o fio.

Rebites e botões de pressão, comumente encontrados em jeans e couro, têm um método diferente de fixação. Os rebites são usados ​​para fins decorativos. Eles vêm em duas partes: uma parte é perfurada através da roupa, enquanto a segunda parte mantém a outra no lugar. Uma vez conectado, o pino é mantido permanentemente fechado. Os botões de pressão, por outro lado, estão diretamente presos ao pano. Eles podem então ser fixados e recolocados juntos pressionando ou separando as duas partes.

Botoes cinza com linha e agulha
A fixação do acessório é uma das técnicas mais importantes em um curso de costura

Procurando acesso ao maravilhoso mundo das técnicas de modelagem? Caso não estiver satisfeito como aluno em escola tradicional, saiba que é possível encontrar sua aula particular sobre molde!

Classificação de acordo com a técnica de fabricação

Diferentes botões passam por diferentes processos de fabricação, como galvanoplastia, pintura em spray, serigrafia, etc.

Por exemplo, alguns botões são galvanizados para dar a eles uma aparência metálica. Os botões de chifre são projetados com um efeito queimado para fins ornamentais. Os botões de nylon são maleáveis ​​e têm forte plasticidade e, como tal, muitas vezes podem ser fabricados de acordo com as especificações do cliente e personalizações necessárias.

Classificação de acordo com o uso final

Outro sistema de classificação é a classificação dos botões de acordo com o uso final. Por exemplo, os botões do casaco são muito diferentes dos botões que você normalmente encontraria em uma camisa, etc. Outros botões desse tipo incluem botões de cardigan, abotoaduras, botões de casaco, botões de jaqueta, botões de jeans, botões de terno, botões de camisa e outros.

Mais sobre os tipos de botão

Clássicos ou modernos, os botões oferecem uma grande variedade de cores, materiais e formas. Embora o plástico seja o material mais comum, existem botões em madrepérola, madeira, metal, coco e até mesmo strass e couro.

Para cada projeto de corte costura para iniciantes, um tipo de botão ideal poderá ser encontrado.
Existem uma pluralidade de botões para todos os gostos! Que tal se tornar um aluno dos cursos sobre como fixar botões e o básico desse conteúdo?

Veja sugestões de como confeccionar o seu próprio par de calças!

Sem tempo para frequentar uma escola de modelagem? Que tal aprender como fabricar sua própria blusa ou saia sem sair de casa? No Superprof você também encontra inscrições abertas para cursos online conforme sua necessidade e com professores qualificados

Botões chatos com dois ou quatro furos

Estes são os botões mais comuns, usados ​​para fechar um casaco, uma camisa, uma jaqueta, etc. Fácil de utilizar, ele existe em todas as cores, formas e estampas.

Botões sem furo (ou de pé)

Muitas vezes usado para fechar um casaco ou calças, os botões sem furo podem parecer mais difíceis de pregar do que botões chatos. Tal impressão se deve ao fato deles serem mais pesados ​​e se moverem mais.

No entanto, o princípio para se costurá-los permanece o mesmo: passe a agulha começando pelo avesso e, em seguida, passe-a pelo anel que se encontra na parte de trás do botão. Faça tal manipulação com cuidado, certificando-se de manter o botão bem próximo do pano.

Tal botão não precisa de espaçamento entre ele e a costura, já que o anel que se encontra na sua parte traseira garante o espaço para o bom acomodamento dos tecidos extras na hora do abotoamento.

Botões de pressão

Inventado em 1885 em Grenoble (França), o botão de pressão é composto por duas partes metálicas, uma das quais é engatada na outra através de... pressão!

Ele pode ser costurado ou rebitado na peça, através do auxílio de uma máquina especial ou de um alicate também desenvolvido para tal processo.

Botões imantados de rebite

Estes botões também são inseridos através de pressão e precisam ser aplicados utilizando uma máquina especial (também chamada de "matriz") para este tipo de peças (para não correr o risco de danificar o botão).

Estes são aqueles botões que ficam escondidos e são, normalmente, utilizados em bolsas e carteiras. Eles se fecham magneticamente, já que, como o próprio nome diz, são imantados (possuem ímãs nas duas partes da peça).

A página do "Ateliê Rê Heitor" no Youtube possui um vídeo com um tutorial super simples e claro sobre como aplicar este tipo de botão.

Botões "Brandemburgo"

Pouco conhecidos no Brasil, botão Brandenburg é assim chamado como referência à cidade alemã de mesmo nome.

Tal tipo de fecho é mais conhecido em países de clima mais frio que o nosso, já que são muito utilizado para fechar casacos pesados de inverno.

Ele é dividido em duas partes: um laço que se liga ao botão do lado oposto.

Botões de Brandemburgo podem parecer difíceis de se costurar, mas não são.
Quem viaja muito para terras frias já deve ter visto casacos com botões de Brandemburgo.

Você sabia que costurar uma bolsa sozinho não é complicado?

Botões extravagantes para personalizar suas roupas

O botão é usado para fechar, mas também para decorar e dar um estilo especial e único às suas roupas e acessórios criados!

Mais e mais lojas de armarinhos oferecem botões originais de todas as cores, formas, materiais e tamanhos.

Tais peças da costura básica te permitem customizar um jeans velho, uma jaqueta e até uma bolsa na qual o zíper esteja quebrado e você queira mudar a sua "cara".

Dentro de uma enorme variedade de modelos, é possível encontrar botões em forma de estrela, coração, abelha, folhas, caveira, etc, etc, etc.

Quer se preparar para um certificado na área da moda? O portal do Superprof tem inscrições abertas o ano inteiro, sem limite de vagas. Encontre seu profissional de ensino ideal conforme sempre sonhou!

Passo a passo: aplicar um botão de pressão

Existem dois tipos de encaixe: costura e rebitagem. Lembre-se que você não precisa ser um costureiro profissional para conseguir costurar um botão em um piscar de olhos!

Botões de pressão

Os botões de pressão aplicáveis em costura são fáceis e rápidas de se pregar.

Eles são compostos de uma parte "masculina" e uma parte "feminina" que devem ser posicionadas face a face uma com a outra para um fechamento eficaz e durável.

A parte masculina é costurada no topo da abertura e a parte feminina na parte de trás da peça. Os fixadores não danificam a peça e podem ser removidos facilmente.

Sempre foi o pior da turma em sua aula de design e moda? Faça cursos particulares!

Botões de pressão para aplicar

Os fixadores de pressão são muito práticos em projetos onde precisa-se de muitos encaixes. Eles já estão fixados em duas tiras de tecidos, uma com as partes masculinas e a outra com as partes femininas.

Você só tem unir essas duas bandas na abertura da peça escolhida.

Para isso:

  • Prenda a faixa que tem as partes masculinas na parte superior da abertura da peça, de cabeça para baixo, alinhando a borda da faixa à borda da abertura e a parte superior da faixa à parte superior da peça onde se encontra a abertura;
  • Costure a faixa à mão ou à máquina, com um ponto reto, começando e terminando cada costura com um nó;
  • Prenda a faixa que tem as partes femininas na parte inferior da peça, no local da abertura, alinhando a borda e a parte superior da faixa à borda e ao topo da abertura. Costure como no passo anterior.

As pressões para rebitar

Também chamadas de botões de pressão sem costura, essas peças são muito fáceis de colocar, porque não requerem nenhuma costura! No entanto, é necessário ter um alicate ou uma matriz especial para esta função.

É preciso ter muita atenção na hora da sua aplicação, pois uma vez realizada a perfuração, não se pode voltar atrás.

Procurando por aulas que te ensinem sobre a confecção de sua própria saia ou blusa? E que tal desenvolver um molde e aprender como fazer modelagem?

Saiba que no Superprof você encontra diferentes perfis de professores que podem personalizar sua aula e o conteúdo ensinado em função das suas necessidades e dificuldades. A inscrição no portal está aberta durante todo o ano. Para mais informações sobre as metodologias de ensino e as aulas particulares, faça seu acesso no site!

Precisando de um professor de Costura ?

Você curtiu esse artigo?

5,00/5 - 1 nota(s)
Loading...

Camila

Aventureira linguística, curiosa por natureza, artista por opção, viajante apaixonada e redatora por vocação.