Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Apoio escolar: tudo o que você precisa saber para mandar bem com os alunos

De Joseane, publicado dia 26/09/2018 Blog > Aulas particulares > Reforço escolar > Como preparar a sua primeira aula de reforço

Dar uma boa aula de reforço escolar requer muita organização, não dá para improvisar sob pena de passar por um mal profissional. Sabe aquela história de que a primeira impressão é a que fica? Então, é verdade!

A primeira aula de reforço escolar deve ser muito bem elaborada e a apresentação do professor deve ser impecável. Por qual motivo? Será na primeira aula que o aluno e a sua família vão decidir se continuam ou não com o professor, se ele atende as expectativas do aluno e se passa confiança para a família. A péssima notícia é: toda aula é a primeira aula!

Pois é meus amigos, a vida de um professor particular não é fácil. O tutor de reforço escolar é constantemente analisado pelo aluno e pela família e, considerando que a oferta é tão grande quanto a demanda, geralmente quando um professor não faz bem o seu trabalho, um outro já está na porta aguardando.

Mas sejamos positivos…confiamos na sua capacidade como professor e certamente você também confia, por isso escolheu essa profissão, certo? Para aqueles que são iniciantes e cuja confiança em si mesmo não anda lá tão alta, preparamos esse artigo para você:

Veja como se preparar para o seu primeiro encontro face a face com um aluno e como organizar a sua primeira aula de reforço escolar.

Primeira aula de reforço: esclarecer as condições de trabalho

A presença de um professor corresponde a uma parte do processo de ensino-aprendizagem. E embora o professor seja competente e motivado, outras coisas entram em jogo para que o aprendizado seja eficaz. Em sala de aula ou a domicílio, o ambiente possui bastante  influência sobre o aprendizado do aluno, contribuindo para o seu (in) sucesso no ensino.

Quanto cobrar em uma aula particular? Lembre-se que você tem valor, você estudou para isso…

Para evitar frustrações tanto da parte do professor quanto do aluno, algumas condições devem ser impostas.

  • o ambiente onde se passará as aulas deve ser propício ao aprendizado, isto é, calmo, limpo e agradável
  • o aluno deve está de acordo em receber as aulas, ser receptivo
  • os objetivos da família e do aluno com relação a aula de reforço devem ser claros
  • o professor deve ser justamente remunerado

É preciso que fique claro para todos os envolvidos que o acompanhamento escolar não se trata apenas da transmissão do saber. A aula particular se baseia também na relação de troca onde cada um dos sujeitos envolvidos deve se sentir bem, além de ter os seus valores e objetivos respeitados.

Dentre os alunos que apresentam dificuldades para aprender determinado conteúdo na escola, a maioria reclama da relação que mantém com o professor. Por uma razão ou outra, a relação social entre aluno e professor influencia no processo de ensino-aprendizagem, por isso sublinhamos a importância em se manter uma boa relação, baseada na boa comunicação e na transparência.

De um lado, um professor motivado, valorizado e justamente remunerado. De outro lado um aluno que reconhece as suas falhas e que está decidido a trabalhar para melhorar.

Qual o preço justo a pagar por uma hora de aula particular?

Essa questão nos é enviada diariamente por estudantes e famílias. O preço de uma aula particular normalmente é decidido entre o professor e o aluno/família do aluno diretamente.

Somente o professor pode julgar o valor do seu trabalho! Ele conhece a sua trajetória profissional, suas qualificações e seu investimento na profissão. Embora se fale em vocação, a profissão de professor exige muito investimento e esses profissionais devem sim ser bem remunerados.

Aqui no superprof você encontra o seu professor particular a partis de 30 reais. Lembrando que a maioria dos nossos professores oferecem a primeira aula de curso gratuitamente!

Professor, conheça os recursos necessários para dar aula particular!

Algumas regras comportamentais para se sair bem ao se apresentar para o seu aluno

Você mandou bem na descrição do seu perfil e recebeu o seu primeiro contato solicitando uma aula particular? Parabéns! Mas e agora, o que fazer, como proceder?

Se vestir para dar aula Tá, não precisa exagerar no look, mas também não vai de shorts e havaianas né?

Se apresentar na frente do seu primeiro aluno e da família deste pode não ser tão simples, sobretudo se você está apenas começando enquanto tutor de aulas particulares. Mas não há com o que se preocupar, seguindo as nossas dicas você vai sim causar uma boa impressão.

Primeiramente, ao receber a mensagem de que um aluno está interessado nas suas aulas particulares, não perca tempo e se mostre disponível contactando o aluno o mais rápido possível. Nesse primeiro contato mostre-se interessado pela causa do aluno, ouça as suas necessidades e problemáticas.

Em seguida, marque um primeiro encontro com o aluno para se conhecerem e também para fazer uma aula teste, onde você vai avaliar os conhecimentos do aluno. Note que muitos professores oferecem essa primeira aula aos alunos, ou seja, é gratuita. Lembre-se de se vestir adequadamente! Não há necessidade de colocar terno e gravata sob pena de assustar o aluno (risos), mas cuide para não parecer um praieiro!

Fale e se coloque diante do aluno e/ou da família deste de forma profissional. Lembre-se que como professor é esperado que você fale bem, com clareza e sobretudo sem erros! Seja empático, mostre-se interessado pela situação do aluno, disponha-se a ajudá-lo. Venda-se discretamente…

O que isso quer dizer?

Fale de você, coloque em evidência as suas qualificações e experiências, seu percurso acadêmico, etc…mas cuidado para não ir muito longe e esquecer do foco: o aluno.

Ao fim do encontro, deixe marcado a aula seguinte. Saiba onde dar a sua aula particular!

O dia D: avaliando o conhecimento do aluno

Deu tudo certo, você causou uma ótima primeira impressão e está pronto para começar a dar aulas para o seu aluno. No dia D qual é o primeiro passo?

O que fazer na primeira aula A primeira aula é o momento de testar os conhecimentos do aluno

 

Seja qual for a sua especialidade, aula de inglês, aula de espanhol, aula de francês, aula de alemão, português, matemática, história, música, geografia…é preciso saber em quantas anda o conhecimento do aluno. Um teste de nível é recomendado para os alunos de língua estrangeira e um teste de conhecimento para as demais categoria. Faça uma lista com algumas perguntas chaves que permitirão avaliar o conhecimento do aluno sobre o sujeito.

Conhecer o conteúdo programático da escola do aluno é essencial para que você possa centralizar as suas aulas. Quando se trata de uma aula pontual, por exemplo, antes da realização de uma prova, o aluno já conhece o seu ponto fraco e vai ser direto quanto à necessidade dele, mas, em se tratando de um acompanhamento regular de reforço escolar, o melhor é seguir o programa da escola.

Outra forma de centralizar a sua aula é solicitando as provas do aluno. Quando se tem as provas em mãos, o tutor de reforço escolar pode fazer uma análise mais precisa sobre as competências e dificuldades do aluno e poderá trabalhar em função disso.

Lembre-se que essa primeira aula também é uma ocasião para conhecer melhor o seu aluno. Não hesite em questioná-lo e se deixar questionar. O aluno está tão curioso para conhecer você quanto você a ele. Seja flexível e , se necessário for, estenda a aula um pouquinho mais…

A primeira aula não é o momento de ser rígido, mas também não dê a impressão de que o aluno pode tudo com você. É importante encontrar o equilíbrio, e o aluno precisa entender que a aula particular é um momento intensivo dedicado ao aprendizado, embora haja espaço para se criar uma relação de amizade.

Veja como acompanhar o aluno ao longo do ano letivo…

O reforço escolar: Como organizar as atividades a serem realizadas com o aluno

A primeira coisa que você, tutor de reforço escolar, deve saber é: seu trabalho é superar expectativas.

Atividades para fazer em sala de aula Se desdobre em 10, na aula particular o aluno tem que aprender…

Pesado né?

Pois bem, uma família que recorre a um professor particular, ela certamente não está completamente satisfeita com o aprendizado que o seu filho recebe na escola, ou, ela está tentando prevenir que o seu filho encontre dificuldades no seu percurso acadêmico. Uma opção ou outra não muda as expectativas da família com relação ao tutor de reforço escolar: é preciso mostrar resultados!

A parte simples é que no reforço escolar,a  sua atenção será voltada para apenas um aluno ou um grupo muito pequeno de alunos. Isso significa que, ao contrário do professor em sala de aula, você poderá acompanhar de perto o seu aluno e verificar a tempo quando um problema surge. Por isso a importância de manter uma boa relação com o aluno e sempre questioná-lo com relação ao que foi ensinado.

Para facilitar o aprendizado de determinado conteúdo, é importante explorá-lo a fundo. Como? Fazendo exercícios e atividades que ajudarão o aluno a memorizar o que foi ensinado. Por exemplo:

  • Faça exercícios regulares com o aluno
  • Incentive o seu aluno a expor, oralmente, o que ele aprendeu
  • Brinque usando quizz e outras atividades de mmemorização
  • Use recursos diversos, de áudio, de vídeo, desenhos, etc

Use e abuse da internet, muitos sites e aplicativos foram desenvolvidos como suporte de apoio a educação, coloque todas as possibilidades a seu favor e planeje uma super aula.

 

 

 

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Deixe um comentário

avatar