Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Quais os monumentos italianos mais imperdíveis?

De Fernanda, publicado dia 06/05/2019 Blog > Idiomas > Italiano > O que preciso conhecer na Itália?

A Itália é como uma alcachofra, que deve ser comida folha por folha – Metternich

Ah Itália … Apúlia, a Costa Amalfitana, Sicília, Palermo, Sardenha, Roma! Tantos lugares e pontos de interesse que fazem deste país um dos mais belos e interessantes da Europa! E isso é normal, já que este país, além de ser um destino dos sonhos comum dos brasileiros, também tem uma gastronomia apreciada por todos, entre pizzas, bife à milanesa, sorvetes e macarrão à la carbonara.

E a France Monde Express confirma tudo isso: o turismo italiano gerou um faturamento de 155,5 bilhões de euros, ou 9,7% do PIB em 2008. 1.006.000 empregos são então dedicados ao turismo, ou seja, 4,4% dos empregados italianos. Dados que ilustram bem o peso do turismo para o país: portanto, uma viagem à Itália, entre o Lago Maggiore, a Villa Borghese, a Lombardia, ou a Ponte dos Suspiros de Veneza é algo imperdível!

Mas diante de tanta riqueza, você às vezes pode ficar um pouco perdido, mesmo que o país não seja tão grande assim. Aqui está a nossa pequena seleção não exaustiva de monumentos imperdíveis ​​na Itália!! Aqui vamos nós!!!!

Os monumentos imperdíveis no norte da Itália

Preciso de um visto para visitar a Itália? A Itália tem muitos monumentos históricos impressionantes, mas também vários cenários de tirar o fôlego, um mais bonito que o outro!

Um homem que não gosta da Itália é sempre mais ou menos bárbaro – Félicien Marceau

O Norte da Itália é uma região muito, mas muito rica, com inúmeros monumentos para visitar, não importa onde você esteja. Essa riqueza, que às vezes pode ser desnorteante, é, na verdade, uma ótima maneira de descobrir a identidade de um país que navega entre a tradição e a modernidade.

A Piazza Maggiore de Bolonha

Em Bolonha, a Piazza Maggiore oferece uma excelente panorâmica da cidade, reforçada por uma atmosfera italiana, como se pode imaginar nos filmes. O mesmo vale para o porto de Gênova, que, a poucos quilômetros de distância, e em um ambiente completamente diferente (e outra cidade), oferece um panorama desta região marítima, a milhares de quilômetros de distância das nossas preocupações brasileiras.

Entre a rotina dos pescadores e os barcos de todos os tipos, aqui está a dolce vita! Apelidada de “A Grande Praça”, a Piazza Maggiore de Bologna, construída no século XIII, tornou-se o principal edifício da cidade, em torno do qual tudo acontece. Remodelado no século XVI sobre os desejos do Papa e do Cardeal Charles Borromeo, é agora um monumento imperdível no país da bota!

Palácio do Doge veneziano

Como falar do norte italiano sem mencionar Veneza, e do famoso Palácio Ducal de Veneza! A entrada é um pouco cara (17 € para adultos e 10 € para menores de 14 anos), mas é na sublime Praça San Marco que podemos admirar a sala do Grande Conselho, cujas pinturas dos mestres italianos Ticiano e Veronese vão encantar os amantes e os exploradores da arte. É também aqui que vamos encontrar a ponte dos suspiros!

Museu Nacional do Cinema de Turim

Vamos deixar o século XVI, e nos interessar ​​por uma cidade mais desconhecida para o público em geral e turismo de massa, mas não menos interessante: Turim. Aqui, é um soberbo museu nacional do cinema que será destaque do passeio! O museu está alojado no interior da Mole Antonelliana, um monumento bizarro e fascinante, símbolo da Cidade de Turim. Ir ao Museu do Cinema é como fazer uma viagem através do tempo e da história do cinema. Cada ambiente te faz sentir como se estivesse dentro do próprio filme. Um passeio único!

Você quer encontrar um curso de italiano?

A catedral de Siena

Aqui, novamente, podemos ver que o norte da Itália foi transformado no século XVI pela vontade do papa e do cardeal Charles Borromeo, com esta magnífica catedral, uma maravilha arquitetônica gótica e românica toscana do século XIII. Com vista para toda a cidade, sua cúpula é perceptível à primeira vista. No interior, não há quem não fique impressionado com o seu pavimento que consiste inteiramente em marchetaria de mármore figurativa.

Sua construção demorou mais de seis séculos até ser finalmente concluída, e com ela temos uma ideia da arte italiana como imaginamos: bela e sumptuosa. Também conhecida como Santa Maria Assunta, a Catedral de Siena também revela muitas obras históricas importantes, como a Loba e os gêmeos Rômulo e Remo. Segundo a lenda, Siena foi fundada por um dos filhos de Remo e por isso há pela cidade a loba alimentando os gêmeos, que teriam fundado ainda a cidade eterna.

O Duomo de Milão

Mais notoriamente, também podemos olhar para o Duomo, o famoso monumento que fica na praça de mesmo nome em Milão, e oferece, quando você sobe nele, um panorama maravilhoso de toda a cidade de Milão. Florença também tem sua cúpula, que é, além disso, a maior cúpula já criada pelo homem. Esta última também contém o maior afresco pintado do mundo, duas boas razões para visitar tudo isso!

Então, se você quiser ir para o norte da Itália, já sabe que não vai ficar desapontado! Diante de tanta beleza, riqueza e interesse histórico, esta parte do país é surpreendente e nos faz evoluir e divertir de um jeito único! Resta ver o que o resto da Itália tem para nós!

Os monumentos imperdíveis na Itália central

Qual é o tempo médio de permanência na Itália? Em algumas excursões, é possível visitar muitos pontos de interesse e monumentos italianos! Por isso, veja exatamente o que não quer deixar de fora de sua viagem!

As ruínas de Pompeia

Quando você vai um pouco mais ao sul do país, também não faltam monumentos e locais que despertam a curiosidade e o conhecimento. Começando com Pompeia, que infelizmente ficou famosa pela tragédia do seu vulcão. De fato, após a erupção do Vesúvio em 79, a cidade foi destruída e as ruínas se tornaram uma verdadeira maravilha histórica.

A Torre de Pisa

Outros destaques incluem o Coliseu Romano, construído sob o Império Romano, um Patrimônio Mundial da UNESCO e considerado uma das maravilhas do mundo. Mas falando em maravilha, a Torre de Pisa é também um monumento notável do centro do país, propício para as fotos mais originais, devido à sua aparência inclinada. Além disso, a sua arquitetura românica e a vista do topo valem o passeio!

Museu do Vaticano

O que visitar no Vaticano na Itália? Qualquer que seja sua visão de arte, você inevitavelmente ficará atraído pelo Museu do Vaticano!

Este grupo de museus (doze no total, cinco galerias e 1.400 salas!) localizado em Roma é uma das maiores coleções de arte do mundo, incluindo aqueles reunidos por diferentes papas ao longo da história. Por 17 € (ou 22 € se quiser entrar sem fila) é possível desfrutar desta enorme coleção. Mas atenção: uma boa dica é dividir a sua visita em dois dias e dar prioridade às grandes obras!

A capela Sansevero de Nápoles

Por fim, a meio caminho entre o centro e o sul da Itália, podemos mencionar Nápoles e sua Capela Sansevero. Acessível por 7 € para adultos, esta capela construída no século XVI é uma pérola da história e da arte. Não deixe de ver as estátuas, que devem ser apreciadas aproveitando a beleza do lugar. Então, pronto para uma pequena jornada napolitana?

O centro da Itália parece ser um lugar onde os monumentos se encontram e contribuem para tornar a região tão rica quanto interessante. Diante de tanta beleza e pontos de interesse, é fácil se perder por ali! O centro é tão rico quanto bonito, mas e o resto do país, especialmente o sul? Isto é o que veremos imediatamente!

Os monumentos imperdíveis no sul da Itália

Como visitar o coliseu italiano? Seja qual for a rota e o itinerário, a Itália nos deliciará de norte a sul, com seus monumentos, paisagens e regiões, todos tão diferentes uns dos outros.

A região da Apúlia

Finalmente, esta viagem não poderia acabar sem mencionar o sul italiano, com suas belas laranjas carnudas, região da Sicília e Apúlia. É também lá que podemos encontrar as trullis, casas tradicionais da região, com excêntrico charme pitoresco. O melhor lugar para desfrutar será Alberobello!

O vale dos templos sicilianos

A Sicília, parte integrante da Itália, não fica de fora quando se trata de oferecer belos monumentos. De fato, citemos, por exemplo, o vale dos templos que, na província de Agrigento, nos traz templos gregos muito bem conservados, bem como um soberbo panorama sobre o mar e sobre os arredores da região.

O teatro grego de Taormina

Ainda na Sicília, vale a pena visitar o antigo teatro grego de Taormina, e por uma série de razões. Começando pelo cenário, com vista direta para o Mar Mediterrâneo, onde o Etna e o lado siciliano se encostam. Um verdadeiro deleite para os olhos, perto deste teatro do terceiro século antes de J-C.

Pois bem! Um país rico e cheio de diversidade que pudemos descobrir aqui, em poucas linhas. A Itália é um país da Europa onde sabores, cordialidade e alegria andam de mãos dadas, e onde todos os monumentos oscilam entre uma tradição histórica e uma modernidade de pensamento. Uma viagem à Itália é como um doce: queremos comer de novo e de novo!

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar