Os italianos são franceses de bom humor - Jean Cocteau

Aprender uma língua estrangeira é sempre sinônimo de abertura, memorização, troca e, claro, cultura. Mas os brasileiros estão longe de serem os melhores nesse quesito. De acordo com uma pesquisa da Catho, site de busca de empregos, o domínio de um idioma estrangeiro pode aumentar o salário em até 52%. Mas, no Brasil, apenas 5% da população fala uma segunda língua e menos de 3% têm fluência em inglês.

Imagine o italiano, então? Bem, o idioma de Dante é tido como uma língua relativamente simples de se aprender, por ser próxima do que conhecemos linguisticamente. Certificados como CILS ou PLIDA nos permitem aprender a língua italiana de maneira simples e eficiente, além de comprovar o seu nível do idioma internacionalmente.

Mas como exatamente esses testes funcionam? E como aprender italiano graças a eles? Isto é o que veremos imediatamente! Avanti!

O que é CILS - teste de italiano?

Onde aprender italiano?
A Itália, sua cultura, sua gastronomia, sua língua... Esse sonho pode se tornar realidade, e os testes de certificação podem ajudá-lo nisso!

O CILS - Certificazione di Italiano come Lingua Straniera - é o teste de proficiência em italiano da Universidade de Siena. Ele pretende avaliar a capacidade de uma pessoa não nativa falar e escrever italiano.

Consequentemente, esse certificado serve principalmente para aqueles que desejam estudar ou trabalhar em uma empresa italiana ou com interesses econômicos no Brasil ou na Itália.

Para se qualificar para a certificação, não há necessidade de um diploma anterior. Simplesmente, é preciso ter o nível básico na língua de Dante Alighieri para ter o certificado no nível A1 ou A2, por exemplo! Vamos falar detalhadamente nos diferentes níveis abaixo.

Desde 1993, cerca de 100 mil pessoas passaram o CILS na Itália ou em outros lugares do mundo.

Aprenda italiano com curso de italiano online!

Os 6 níveis de CILS

Os diferentes níveis de certificação estão em conformidade com as orientações estabelecidas pelo Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas.

Cada um dos seis níveis incluídos no CILS tem sua própria referência, seus próprios requisitos e permanece autônomo em comparação com os outros cinco.

Como outros testes de nível de língua, como o TOIEC em inglês, o CILS enumera seus níveis de acordo com o seu domínio do idioma, variando de A1 para um iniciante e C2 para alguém com muito mais experiência em italiano.

  • O primeiro nível A1 (nível de introdução ou descoberta) é para pessoas que entram em contato com o italiano. A certificação A1 validará a compreensão e o uso de termos e expressões diários em um italiano muito básico (alguém falando lentamente com uma pronúncia bem compreensível). Assim, é preciso construir frases simples que respondam às necessidades ou realidades concretas, tais como se apresentar ou perguntar alguém onde mora ou quantos irmãos ele tem.
  • O nível A2 (nível intermediário ou de sobrevivência) atesta uma competência ainda em fase de construção, mas com um domínio dos fundamentos da língua italiana (vocabulário e gramática italiana básica). Esse nível de certificado demonstra a capacidade de entender e dominar expressões usadas com frequência ou a capacidade de trocar informações simples em um contexto específico (fazer um pedido em um restaurante ou perguntar o caminho para alguém).
  • Para alguém que quer passar no certificado C.I.L.S no nível B1 (nível intermediário), é preciso entender, em um idioma padrão, os palavras-chave de uma conversa sem necessariamente capturar todas as sutilezas. É poder se expressar em situações familiares, como lazer, trabalho ou mesmo escola ou universidade para os mais jovens. O nível B1 também atesta a capacidade de contar uma história, um desejo ou um objetivo em uma linguagem coerente, mas relativamente simples.
  • O nível B2 (avançado) é para pessoas que já possuem uma base sólida em italiano. Esse nível de certificado atesta a capacidade de capturar informações em um ambiente mais complexo (texto com muito mais léxico ou sotaque italiano mais difícil de entender), mas também a possibilidade de ter uma conversa espontânea com um falante nativo ou dar sua opinião sobre assuntos da atualidade e expressar uma opinião contrária ao seu orador.
  • A certificação no nível C1 (nível fluente) atesta um excelente domínio do idioma, bem como algumas noções da cultura italiana. O indivíduo é capaz de compreender grande parte da informação em textos longos e complexos, mas também pode se expressar sem a impressão de buscar suas palavras. O conhecimento de expressões italianas também pode ser testado. A avaliação não se baseia apenas no nível de vocabulário, mas também no não-verbal, como o domínio dos tons num discurso ou o controle da organização do discurso (para dar coerência geral ao discurso).
  • Finalmente, o último nível C2 (nível fluente) destina-se a pessoas que, sem esforço, compreendem tudo, ou quase tudo, que leem em italiano, podendo se comunicar e argumentar em temas específicos e complexos, como a história da arte na Itália e com um nível elevado de linguagem para entender nuances sutis de significado em assuntos complexos como um todo.
Fernando
Fernando
Profe de Italiano
5.00 5.00 (41) R$68/h
1a aula grátis!
Luana
Luana
Profe de Italiano
5.00 5.00 (39) R$120/h
1a aula grátis!
Armando
Armando
Profe de Italiano
5.00 5.00 (12) R$75/h
1a aula grátis!
Giuseppe
Giuseppe
Profe de Italiano
5.00 5.00 (44) R$85/h
1a aula grátis!
Maria alice
Maria alice
Profe de Italiano
5.00 5.00 (90) R$85/h
1a aula grátis!
Fabio
Fabio
Profe de Italiano
5.00 5.00 (64) R$85/h
1a aula grátis!
Alberto
Alberto
Profe de Italiano
5.00 5.00 (13) R$40/h
1a aula grátis!
Salvatrice
Salvatrice
Profe de Italiano
5.00 5.00 (32) R$85/h
1a aula grátis!

O que é o CELI - teste de italiano?

O CELI (Certificato di Conoscenza della Lingua Italiana) um das provas de proficiência em italiano que existem. O exame é certificado pela Università per Stranieri di Perugia. (curso italiano)

A inscrição no CELI é feita para o nível específico que você quer alcançar e os níveis são divididos em CELI 1, 2, 3, 4 e 5. Assim como o CILS, o CELI atesta a competência lingüístico-comunicativa em italiano como segunda língua e também vai dos níveis A1 ao C2.

Ele avalia quatro habilidades básicas e é dividido em quatro seções (competência oral, escrita, morfossintática e lexical, compreensão de textos escritos, compreensão de textos orais).

Saiba que o CELI 3 é o nível exigido para uma inscrição em uma universidade italiana sem precisar passar pelo teste de admissão para estrangeiros pospostos pelas instituições. Um certificado importante!

Onde aprender italiano?
Um diploma de proficiência no idioma pode abrir as suas portas para o mundo italiano.

Como são as provas do CILS e do CELI?

Para fazer o teste CILS, é necessário se inscrever em institutos que assinaram um acordo com a Universidade de Siena (Università per Stranieri di Siena), o que é o caso de muitos institutos culturais italianos.

Os preços variam de acordo com os institutos selecionados, mas ele pode custar de R$250 a R$350.

No CILS, cada um dos testes de nível é independente. No entanto, eles mantêm a mesma estrutura geral e insistem nos mesmos pontos: compreensão escrita e compreensão oral através de diálogos.

Para cada um dos 6 níveis, há um teste de escuta, um teste de leitura, uma análise das estruturas de comunicação, um teste escrito e uma prova oral. Claro, as exigências de cada prova vão variar de acordo com os níveis que variam de A1 a C2.

Para as certificações de nível A1 e A2, a marcação é de 60 pontos enquanto 100 pontos para os níveis B1, B2, C1 e C2.

Para validar o certificado, é essencial obter uma pontuação suficiente em cada um dos cinco testes.

A duração dos testes também varia de acordo com os níveis:

Nível                        Parte escrita                 Parte Oral
A1                                1h45 a 2h15                       10 min
A2                               2h05 a 2h45                      10 min
B1                                3h40                                   10 min
B2                               3h45                                    10 min
C1                                4h40                                   15 min
C2                                3h45                                   15 min

Já para se inscrever para o CELI, você também deve procurar os centros aplicadores mais próximos de você. A inscrição custa 100 euros.

A prova do CELI é dividida em duas partes: escrita (prova scritta) e oral (prova orale), que valem 140 e 60 pontos, respectivamente. A parte escrita, por sua vez, é subdividida em quatro partes, A, B, C e D: leitura, teste escrito com duas redações, competência linguística e compreensão oral.

Para ser aprovado no exame B2, por exemplo, é necessário obter no mínimo 84 pontos na prova escrita e 33 pontos no exame oral. Mais detalhes sobre a estrutura do exame e provas antigas podem ser consultados no próprio site oficial do exame.

A prova escrita dura 3 horas e 25 minutos, com um pequeno intervalo no meio, e a prova oral dura cerca de 15 minutos. A validade do certificado do CELI é indeterminada, mas os editais de mestrado na Itália geralmente pedem provas de proficiência em italiano obtidas a menos de 2 anos.

Por que fazer os exames CILS e CELI?

Onde aprender italiano?
O certificado PLIDA é um diploma da Sociedade Dante Alighieri, uma empresa registrada no Ministério dos Negócios Estrangeiros.

O CILS e o CELI são certificados que são úteis por vários motivos. Em primeiro lugar, e isso parece lógico, eles nos permitem dominar o idioma italiano da melhor maneira possível, e progredir em nosso próprio ritmo, em uma estrutura livre e reconhecida pelo mundo linguístico em geral.

Para se matricular em universidades italianas é exigida então a obtenção de um dos exames, e este diploma será muito útil para todos aqueles que desejam ingressar de uma maneira simples e eficaz no mundo do trabalho, mas também no ensino da língua italiana.

Muitas empresas e marcas italianas reconhecem o CILS ou o CELI como um recurso necessário para o desenvolvimento de bons relacionamentos comerciais.

Além desses dois exames, existem outros: o CIC (Certificato dell'italiano comercial ou Certificado de italiano comercial) e o PLIDA (Progetto Lingua Italiana Dante Alighieri ou Projeto de Língua Italiana Dante Alighieri), que são excelentes suportes e complementos a esses certificados.

O fato é que os certificados italianos são uma verdadeira porta de entrada para todos os nossos desejos, todos os nossos projetos e todas as nossas ambições! Seja trabalhando, conversando em italiano, viajando ou apenas morando na Itália, eles são ótimas oportunidades e ferramentas eficazes para alcançar nossos objetivos!

Então, pronto para mergulhar na dolce vita?

Precisando de um professor de Italiano ?

Você curtiu esse artigo?

5,00/5, 2 votes
Loading...

Fernanda

Apaixonada por educação, música e cinema, é especialista nos encontros e desencontros das línguas.