Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Inspiração nacional: conheça alguns dos grandes pianistas brasileiros

De Marcia, publicado dia 19/03/2019 Blog > Música > Piano > Nosso país também tem famosos do piano: confira!

Se considerarmos a lista dos maiores pianistas do mundo, tenderemos a pensar que a maioria deles tem origem em países europeus. Isso pode ser, de certa forma, relacionado a um conceito de que a arte é pouco valorizada em nosso país.

Entretanto, grandes talentos podem surgir em qualquer lugar do mundo, e nem sempre precisam de incentivos oficiais para se desenvolver.

Prova disso é que aqui no Brasil também temos grandes músicos, dentre os quais podemos destacar alguns pianistas que fizeram (ou ainda fazem) história.

Quer inspiração melhor do que saber que um grande pianista nasceu e cresceu em seu país, passou pelas mesmas dificuldades que você e ainda assim conseguiu superar tudo e realizar o sonho de se tornar grandioso e reconhecido naquilo que faz?

Pois bem… se é desse “empurrãozinho” que você está precisando para começar a fazer aulas de piano, continue lendo. Você certamente vai se surpreender com a história de vida desses grandes pianistas brasileiros.

João Carlos Martins

Nascido em 1940, João tornou-se famoso mundialmente, tendo encantado pessoas de toda parte com gravações das obras de Bach.

Maestro e piano O maestro e pianista João Carlos Martins é um exemplo de talento e superação.

Sua paixão pelo piano começou cedo, talvez pela convivência com o pai, José, que era fascinado pelo instrumento. Entretanto, o sonho do seu pai foi quebrado. Ele era funcionário em uma empresa na qual trabalhava na prensa. Em um acidente, teve o polegar decepado pelo equipamento.

Seu talento, entretanto, não se perdeu. Ele teve a oportunidade de revivê-lo nos filhos, um deles, João Carlos Martins. Desde criança, o menino teve acesso ao instrumento e começou a fazer aulas com a famosa professora Aida de Vuono. Aos 8 anos, venceu um concurso no qual precisava reproduzir obras de Bach.

Aos 11, já treinava cerca de 6 horas por dia. Fez aulas com o professor russo José Kliass e venceu um outro importante concurso, dessa vez em São Petersburgo.

A partir daí, vieram outros concursos internacionais, concertos e uma gravação completa da obra de Bach. Vale destacar também a inauguração do Glenn Gold Memorial de Toronto.

Entretanto, o destino também interrompeu-lhe sonho quando, em 1965 sofreu um acidente que afetou o nervo do braço, causando a atrofia de três dedos. O resultado? Um ano sem tocar. Mas ainda assim, não se deixou abater. De volta ao Brasil, tornou-se empresário de música e boxe, agenciando grandes nomes como o lutador Eder Jofre.

Também por causa de sua atividade, desenvolveu problemas osteomusculares, que o tiraram do palco por diversas vezes, e o obrigaram a submeter-se a sessões de fisioterapia.

Em 1995, em um assalto na Bulgária, João recebeu um golpe na cabeça, que o deixou com sequelas nos membros superiores e na fala. Só voltou a tocar com as duas mãos após alguns procedimentos médicos, que incluíram cirurgia.

Mais tarde, uma nova doença surgiria em sua mão esquerda, causando atrofia.

Sua trajetória inclui ainda a interpretação do hino nacional em uma importante partida e uma homenagem promovida pela escola de samba Vai Vai.

Em 2012, com uma nova cirurgia no cérebro, o grande músico recupera os movimentos da mão. Atualmente, ele faz parte de um programa que leva a música aos jovens carentes na Faculdade da Amazônia e continua encantando o mundo com seu talento e sua capacidade de superar as adversidades.

Nahim Marun

Trata-se de um pianista brasileiro reconhecido nacional e internacionalmente. Em 1995, recebeu o prêmio de “O solista do ano” e em 1999, foi indicado pelo Governo do Estado de São Paulo como “Melhor pianista do ano”.

Seu forte sempre foi a Música Contemporânea Brasileira, estreando trabalhos de grandes compositorescomo Almeida Prado e Ronaldo Miranda.

Sua formação começou em São Paulo mesmo e estendeu-se à Nova Yorque, onde ele concluiu o mestrado em música no piano, como bolsista na Mannes College of Music. Pela Universidade Estadual de Campinas, recebeu o título de doutor e realizou ainda um pós-doutorado em Paris, na França.

Suas gravações, entretanto, não se ativeram somente ao nosso país. Em 2001, uma gravação realizada em Gênova tornou-se conhecida também em outros países.

Em 2005, um evento denominado “Ano do Brasil na França” levou Nahim a ser um dos únicos escolhidos pelo nosso governo para representar em Paris. O CD gravado à época teve grande repercussão, chegando a receber prêmios nacionais e internacionais.

Hoje em dia, Nahim é professor de piano na UNESP (Universidade Estadual Paulista) e ministra cursos livres em todo o país, além de escrever artigos para a revista Per Musi.

Eliane Rodrigues

Nascida no Rio de Janeiro, Eliane construiu uma carreira sólida no piano, que a levou à Bélgica, onde reside e continua seu trabalho com o piano, atualmente.

Orientada pela mãe, Glória Rodrigues da Silva, a primeira bailarina do Teatro Municipal do Rio de Janeiro, descobriu cedo o seu talento para o piano: sua primeira aparição relacionada ao instrumento aconteceu quando tinha apenas 6 anos, como integrante da Orquestra Sinfônica Nacional.

A técnica do piano foi desenvolvida a partir de estudos com Arnaldo Estrella, entre outros grandes nomes do ensino da música. A combinação entre o talento nato e a dedicação lhe proporcionaram premiações internacionais, como a competição Van Cliburn, nos Estados Unidos e a competição Rainha Elizabeth, na Bélgica.

As apresentações, sempre aplaudidas, já aconteceram na Holanda, França, Bélgica, Estados Unidos… tendo voltado a apresentar-se no Brasil após 28 anos, na Sala Cecília Meireles, no Rio de Janeiro.

E por falar em Rio, Eliane foi também compositora de um concerto de quase uma hora, originário no Estado e reproduzido mundialmente.

Piano no exterior Eliane vive hoje na Antuérpia, Bélgica.

Atualmente, Eliane é mãe de três filhos e atua como professora no Conservatório Real de Antuérpia.

Nelson Freire

Nascido em 1944, Nelson Freire começou a tocar piano quando tinha apenas 3 anos de idade. A família se surpreendeu quando, à essa idade, ele já reproduzia peças tocadas pela irmã mais velha… após tê-las memorizado apenas “de ouvido”.

Seu primeiro recital aconteceu aos 5 anos e, aos 12 já conquistava um lugar de destaque no Concurso Internacional de Piano do Rio de Janeiro. Após estudar no Brasil, ganhou do então presidente Juscelino Kubitschek, uma bolsa de estudos para Viena. Mais tarde, vieram premiações em Londres e Lisboa, consolidando sua fama internacional, a partir da qual se seguiram concertos na Europa, nos Estados Unidos, em alguns países da América Latina e até mesmo em Israel e Japão.

Uma de suas gravações mais famosas é “24 Prelúdios de Chopin”, que recebeu o prêmio Edison Award. Foi considerado um dos 100 brasileiros mais influentes de 2009. Em 2003, foi lançado um documentário com a sua biografia.  Em 2016, recebeu o título de Honoris Causa, pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Atualmente, Nelson tem contrato assinado com a Decca.

Davi Campolongo

Já que estamos falando em grandes talentos nacionais, por que não apresentar-lhes um pianista mirim? Tudo começou quando o menino, então ator, foi selecionado para viver João Carlos Martins (do qual falamos acima) no filme “João, o maestro”.

Aos 10 anos à época, o garoto já havia feito algumas aulas de piano, mas o filme despertou-lhe o desejo de aprender a tocar “de verdade”.

Seu personagem no longa era introvertido e passou a sofrer bullying na escola após uma cirurgia para retirada de um tumor no pescoço. Davi é extrovertido e o bullying passa longe, até mesmo do seu círculo de amigos. Ainda assim, venceu o desafio e entender a realidade do maestro na infância para representá-lo.

Aliás, a história de vida de João foi uma das coisas que mais lhe chamou a atenção quando leu o roteiro do filme pela primeira vez.

João Carlos Martins e a equipe do filme, surpreendidos com seu talento, passaram então a incentivá-lo para que ele mergulhasse mais fundo mundo da música.

O caminho da música O menino buscou inspiração no maestro e este o incentivou.

Deu certo! Dez meses após se conhecerem, ele e o maestro já estavam tocando juntos em alguns eventos. Aliás, João é só elogios: ele chegou a dizer que o menino será o grande substituto de Nelson Freire e até dele mesmo no futuro.

Além do maestro, suas grandes fontes de inspiração são Bach e Mozart.

Hoje, aos 12 anos, sua trajetória já inclui até mesmo uma Medalha de Honra ao Mérito, conquistada na cidade de Praia Grande, em São Paulo.

Ana Azevedo

Ana começou a estudar piano aos 6 anos de idade. Aos 18, estava nos Estados Unidos participando do musical “Evita”, já como pianista profissional.

De volta ao Brasil, continuou seus estudos na Musiarte, onde se tornaria professora mais tarde. Suas apresentações incluem grupos de jazz e orquestra, tendo dividido o palco com grandes nomes da música, como Wilson Meirelles.

Em 1993, surpreendeu a todos, com sua apresentação no Museu do Ingá e no Museu da Chácara do Sol. Trata-se de um repertório de música alemã.

Como legado para a arte nacional, ajudou ainda a informatizar os acervos da Biblioteca Nacional e da Funarte.

Hoje em dia, faz parte do grupo musical Solari Jazz.

Viu só como o Brasil também conta com diversos talentos na música de piano? Espero que eles possam servir de inspiração para você que, por alguma razão, ainda não iniciou suas aulas de piano (ou anda meio desanimado com a teoria musical).

O grande segredo é não desistir. Adversidades podem aparecer pelo caminho, mas é preciso estar disposto a superá-las para prosseguir com o seu sonho.

Supere seus limites Desenvolver um talento implica em superar obstáculos e adversidades.

E por que não começar agora mesmo a procurar por um curso de piano?

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar