A bondade e a caridade,
ao lado do Amor,
são capazes de salvar vidas e o mundo...
Façamos a nossa parte,
espalhemos um pouco de tudo isso
e curaremos muitas feridas profundas.

Irma Jardim

Que profissão mais honrada a de guarda-vidas! Quantas pessoas já escaparam do pior graças à ajuda desse profissional?

Essencial nas praias e piscinas de todo o Brasil, o salva-vidas ou guarda-vidas executa um trabalho importantíssimo. Ele protege e avisa os banhistas dos eventuais perigos do mar, das piscinas e de outros locais propícios ao banho.

Ele também pode interferir em situações de risco como afogamentos, tentativa de suicídio, ferimentos, ataques de seres marinhos como tubarão, água-viva, etc.

Portanto, o profissional precisa ter boa forma física e psicológica para enfrentar os salvamentos mais desafiadores.

É essencial que ele tenha noções de primeiros socorros. Afinal, muitas pessoas que afogam precisam de ser socorridas imediatamente. Elas engolem muita água, seus sinais vitais podem estar comprometidos. Nesse caso, o guarda-vidas sabe exatamente como proceder: respiração boca-a-boca, massagem cardíaca, curativos, entre outros. Por isso, a importância de tais conhecimentos.

Além disso, ele deve conhecer bem cada local para evitar afogamentos e acidentes causados pelos atributos físicos como redemoinhos, profundidade, rochas, etc.

Uma profissão muito importante, mas pouco valorizada. Infelizmente, o salário de salva-vidas não é lá grandes coisas, apesar de exigir ensino médio completo, muitos conhecimentos e muita responsabilidade. Sem contar com a aula de natação...

Conheça a profissão de guarda-vidas
Todo parque, clube, condomínio com mais de 250 pessoas devem ter salva-vidas

A carga horária é em média 42 horas por semana e todos os dias: finais de semana, feriados, período de férias escolares. Saiba que as reuniões de família e com os amigos ficam um pouco comprometidas.

Mas a vantagem é que você trabalha de roupas de banho, em uma praia, piscina, rio, represa, cachoeira... Se for concursado, tem a estabilidade de ser funcionário. Se não for, pode trabalhar em temporadas como uma segunda opção? E dar aula de natação para adultos?

Quais são os investimentos para se tornar salva-vidas? O que é preciso para fazer uma formação?

Quer ter seu escritório literalmente na praia? Ser salva-vidas no mar? Veja aqui tudo que você precisa para se tornar um.

Os melhores professores de Natação disponíveis
Flávia
5
5 (19 avaliações)
Flávia
R$120
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Ciele
5
5 (20 avaliações)
Ciele
R$70
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Rafael
5
5 (18 avaliações)
Rafael
R$80
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Caroline martins
5
5 (11 avaliações)
Caroline martins
R$120
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Rosane
5
5 (19 avaliações)
Rosane
R$140
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Thiago
5
5 (14 avaliações)
Thiago
R$100
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Daniela
5
5 (8 avaliações)
Daniela
R$65
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Beatriz
5
5 (8 avaliações)
Beatriz
R$60
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Flávia
5
5 (19 avaliações)
Flávia
R$120
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Ciele
5
5 (20 avaliações)
Ciele
R$70
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Rafael
5
5 (18 avaliações)
Rafael
R$80
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Caroline martins
5
5 (11 avaliações)
Caroline martins
R$120
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Rosane
5
5 (19 avaliações)
Rosane
R$140
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Thiago
5
5 (14 avaliações)
Thiago
R$100
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Daniela
5
5 (8 avaliações)
Daniela
R$65
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Beatriz
5
5 (8 avaliações)
Beatriz
R$60
/h
Gift icon
1a aula grátis!
Vamos lá

Quanto ganha um guarda-vidas?

Se você quer ser guarda-vidas no mar, o caminho mais comum é prestar concurso para o Corpo de Bombeiros do seu estado. Você terá um posto de militar e terá as vantagens de ser um funcionário público.

Cada estado e edital exigem requisitos próprios. Em regras gerais, é preciso ser maior de 18 anos, ter ensino médio completo, não ter antecedentes criminais, estar em dia com as obrigações eleitorais, ter boa forma física e psicológica. Claro, ter feito aulas de natação e saber nadar direito são essenciais!

Se você tem todos esses requisitos, pode se lançar na carreira de salva-vidas. Já se inscreveu em um curso de natação?

Veja aqui a descrição da profissão de acordo com um edital do estado do Rio Grande do Sul: "O serviço de guarda-vidas, executado nos balneários públicos de águas internas e nas
praias de mar, por militares estaduais do Corpo de Bombeiros Militar do RS, militares
estaduais da Brigada Militar e guarda-vidas civis temporários contratados, tendo como
objetivo principal a realização da prevenção ao afogamento e o salvamento em
circunstancias que exijam a intervenção imediata do guarda-vidas, a fim de resguardar a
integridade física dos banhistas em situação de risco de afogamento."

Agora, vamos falar em um dos pontos menos vantajosos da profissão, o salário. Mesmo sendo muito importante para o bem-estar dos banhistas e arriscado, os guarda-vidas não tem um bom salário.

Quais são as vantagens de ser guarda-vidas?
Salvar vidas é muito gratificante, mas o salário é ruim

A média beira ao salário mínimo que é de aproximadamente R$ 1100,00. De acordo com o site salario.com.br, a média do salário de um salva-vidas é de mais ou menos R$1500. A carga horária é de 42 horas semanais. O salário pode subir até mais ou menos R$ 2.500 dependendo do tempo de experiência.

Porém, esse salário pode ser maior de acordo com os benefícios: férias remuneradas, 13º salário,
aposentadoria, seguro de acidentes de trabalho, auxílio-doença, salário-maternidade. Além de ticket alimentação e/ou restaurante, etc, vale-transporte, etc.

Outro ponto muito importante do salário de salva-vidas é o adicional de insalubridade que pode chegar até a 40% do salário. Aula de natação adulto também possui adicional de insalubridade?

Outra vantagem de ser guarda-vidas no mar é que você não precisa de gastar muito com roupas, uniforme, sapatos. O traje é de banho e não precisa de muita coisa. É claro que isso depende de onde você vai trabalhar: se é em um clube ou na praia.

Há muitas vagas para salva-vidas civis para temporada em estações balneárias. Você também pode optar por trabalhar durante o verão para ter certeza se quer fazer isso como profissão durante todo o ano.

Benefícios de ser salva-vidas

Como dissemos acima, ser salva-vidas é trabalhar em um ambiente descontraído: praia, piscina, rio, cachoeira. Já procurou o seu professor de natação?

Porém, a responsabilidade é grande e requer bastante atenção. Alguns segundos já são o bastante para alguém se afogar ou correr grande risco de morte.

Por isso, séries como "SOS Malibu", etc, dão a impressão que a profissão é moleza, mas não é! Mais uma vez, é muita responsabilidade e muito sacrifício por trabalhar finais de semana, feriados, férias escolares, etc.

Por que se tornar salva-vidas?

Você nada que nem um peixinho? Sua profissão é ser salva-vidas

A profissão é muito gratificante. Como o nome mesmo diz, salvar vidas não é para qualquer um. Infelizmente, o salário não faz jus ao grande valor que ela tem. Afinal, vidas não têm preço e o profissional também se arrisca a cada vez que salva alguém.

Diferente de muitas profissões, você terá certeza de estar fazendo algo útil e importante. Não há nada mais bonito que ajudar e salvar pessoas. Você dormirá com a consciência tranquila em fazer um trabalho tão recompensador!

Mas atenção, você deve gostar de água e de pessoas. Se for o caso, a profissão pode ser uma boa alternativa. Você também tem uma queda pela área de saúde? Ser salva-vidas é quase ser um profissional dessa área porque você deve conhecer bem os primeiros socorros: massagem cardíaca, respiração boca-a-boca, curativos, estancar sangramentos, desinfectar ferimentos, tranquilizar as vítimas entre outros estão no cotidiano desse trabalhador.

Para concluir, você ficará mais feliz em ser guarda-vidas se gostar do ambiente aquático, de ajudar e socorrer pessoas e não ligar em trabalhar fins de semana e feriados. O salário não é um verdadeiro atrativo para a profissão, infelizmente, apesar de ela ser muito gratificante.

Requisitos para ser um salva-vidas

Ser maior de 18 anos, ter boa forma física e psicológica, não ter antecedentes criminais, estar em dia com os deveres eleitorais, ter espírito de liderança, gostar de água e ser muito responsável.

Veja a lista de um edital do Corpo de Bombeiros quais são as condições para se candidatar as vagas. Assim, você terá uma ideia do que eles pedem para se tornar um salva-vidas.

Claro que esses são os requisitos de maneira geral. Cada vaga, edital, estado tem suas exigências. O melhor a fazer é se informar na sua cidade se há escolas de formação para salva-vidas ou concursos dentro do Corpo de Bombeiros do seu estado. Aliás, onde exercer a profissão de salva-vidas?

Mesmo se não os vemos muito por aí, há uma lei exigindo a presença de um ou mais "guardiões de piscinas" ou salva-vidas em piscinas de condomínio, clubes, etc. Por isso, você pode encontrar uma vaga onde menos espera! Você faz aula natação para continuar sendo um verdadeiro peixe?

Onde encontrar mais informações sobre a profissão?

A internet é sempre o portal para qualquer dúvida! Como já referimos acima, o primeiro passo pode ser fazer uma pesquisa e descobrir quais são as escolas mais perto de você que oferecem cursos de salva-vidas.

Quais são os perigos da água?
Relaxar é coisa de banhista. O guarda-vidas deve estar atento para qualquer imprevisto

Outro passo é saber se ela é reconhecida pelo Corpo de Bombeiros do seu estado. Isso pode ser importante na hora de procurar emprego. As escolas que são homologadas pelo Corpo de Bombeiros são mais fiáveis e o empregador vai ter mais confiança na hora de contratá-lo.

Se não, procurar se há concursos para bombeiro salva-vidas no seu estado e ver as condições para participar.

Sabe onde é a caserna do Corpo de Bombeiros da sua cidade? Dê um pulinho lá e converse com um bombeiro. Ele vai saber o que você deve fazer para se tornar um guarda-vidas.

Você também pode perguntar para um salva-vidas o que ele fez para se profissionalizar. Assim, vai direto ao ponto e não perde tempo. Além disso, pergunte para o salva-vidas quais são os prós e contras da profissão.

Já está convencido da tarefa? Quer mais informações? Não perca mais tempo! Comece já seus treinos na piscina, no mar, exercite o seu corpo e mente! Faça aula de natacao e não relaxe. Você vai precisar ser forte e resistente para seguir na carreira de guarda-vidas.

 

>

A plataforma que conecta profes particulares e alunos

1ª aula gratuita

Gostou desse artigo? Deixe uma nota!

5,00 (1 note(s))
Loading...

Carolina

Jornalista, pós-graduada em mídias digitais, mestre pela Sorbonne (França) em turismo, patrimônio e meio-ambiente. Minha formação em diferentes áreas permite que eu escreva com liberdade e interesse.