Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Como escrever um bom anúncio de aulas de apoio?

De Marcia, publicado dia 11/07/2019 Blog > Aulas particulares > Reforço escolar > Torne-se destaque nos classificados de reforço escolar

“A curiosidade das crianças é uma propensão natural que a ajuda a ir mais longe: não a perca.” Fenelon

Alguns pais aproveitam essa fase para matricular seus filhos em cursos, atividades extra-curriculares e aulas de reforço.

Só na nossa plataforma Superprof , há centenas de professores particulares dando aulas de diversos assuntos. Isso significa que, independentemente da matéria que você ensina, vai haver concorrência!

Para encontrar alunos, será necessário destacar-se e mostrar aos pais desses alunos que escolher você fará a diferença na vida escolar dos filhos.

Guiando as crianças Pais sempre buscam um professor que atenda às suas expectativas para com seus filhos.

Aqui estão algumas dicas para fazer isso.

Dê motivos para ser o escolhido

Desde o início do seu anúncio, você deve destacar suas qualidades e diferenças que o tornam melhor do que outros professores que dão aulas particulares.

Sem parecer pretensioso, você terá que mostrar que sabe do que está falando, que é competente e que está pronto para ajudar um aluno em suas dificuldades, adaptando as aulas no desenvolvimento de um programa de ensino personalizado.

Há professores, por exemplo, que iniciam seu anúncio afirmando que nenhum aluno é “ruim” em inglês. O que acontece é que nem todos encontraram sua melhor forma de aprender.

Nesse caso, o professor se apresenta através de uma observação simples, baseada em sua experiência: ninguém é incapaz em um determinado assunto.

Através de uma frase, ele mostra que tem experiência e um conhecimento profundo das dificuldades enfrentadas pelos adolescentes. Cria-se uma empatia, entende?

Aliás, o bom professor sempre se mostra empático para com seus alunos. Afinal, ele também já foi criança e adolescente e certamente enfrentou algumas dificuldades na escola.

Além disso, para ser escolhido, você precisa mostrar que confia em seu próprio trabalho, deve sentir-se capaz de ajudar esse aluno a superar suas dificuldades e ir da “turma da recuperação” para a dos “primeiros da classe”. Sim, isso é possível.

Você pode falar sobre o que te faz diferente, o que faz o aluno precisar de você para essa superação, seja pela diferenciação dos seus métodos ou pelo fornecimento de ferramentas que ajudarão esse aluno a otimizar seu tempo e obter melhor aproveitamento dos estudos.

Mencione os resultados de seus alunos em seu anúncio

Não é segredo que a questão das notas dos seus alunos e a evolução de cada um através do seu trabalho podem ser abordadas.

Embora essas notas dependam principalmente do envolvimento do aluno e da capacidade de progredir durante o ano letivo, você é parcialmente responsável por sua motivação e, consequentemente, por seu progresso.

Destaque as conquistas de seus alunos… se você já teve alunos, é claro. Não aconselhamos mentir!

Seja mais objetivo Não deixe de mostrar os resultados alcançados por seus ex-alunos.

Se você teve algum aluno que superou suas dificuldades e conseguiu ser aprovado em uma matéria que já tinha perdido as esperanças, por exemplo, isso pode ser citado. Alunos que passaram em vestibulinhos e vestibulares com sua ajuda também merecem entrar em seu portfólio.

Os pais estão procurando o bem-estar de seus filhos, mas também querem resultados, especialmente quando nos aproximamos do final do ano.

Transmita confiança aos pais

Para mostrar aos pais que seus filhos estão em boas mãos, é melhor começar com uma explicação da sua trajetória, afinal, onde você aprendeu a matéria que vai ensinar a eles? Você tem a formação necessária para assegurar que é realmente capaz de fazê-los evoluir.

O principal objetivo é tranquilizar os pais sobre suas habilidades através dos estudos, mas também de suas experiências.

Se você está acostumado a gerenciar um público de crianças do ensino fundamental, mas não tem experiência com adolescentes, será mais complicado escrever um anúncio para pais de alunos do Ensino Médio, por exemplo.

No entanto, você pode ainda apostar em sua metodologia.

Não hesite em indicar suas especialidades no anúncio

Não é porque você é um professor de escola que você é obrigado a ensinar todos os assuntos. É bem possível intervir de maneira geral na ajuda do dever de casa ou no curso metodológico de diferentes disciplinas. No entanto, também é apreciado ter uma especialidade na qual os pais poderão confiar.

Você tem diploma em letras modernas? Você poderá compartilhar sua paixão pela literatura e focar na escrita para motivar um aluno.

Você viveu 5 anos na Espanha? Por que não oferecer uma aula de diferentes matérias, mas falando apenas em espanhol?

Mostre seu potencial Cite as questões que o fazem ser diferente dos demais professores.

Você é bom com números? Compartilhe sua afinidade com a matemática e mostre como a organização pode ajudá-lo a trabalhar melhor e seguir em frente.

Fale sobre a organização do curso

Os pais querem saber como uma aula correrá para se sentirem tranquilos sobre sua capacidade de gerenciar o aluno durante as tarefas de casa, por exemplo. Querem uma segurança de que você realmente oferecerá suporte e não somente estará lá, inerte observando, enquanto o aluno trabalha.

Assim, aqui está uma ordem clássica que sua aula deve seguir.

  • Início da sessão: verificação do trabalho em andamento (tarefa de casa, exercícios) e resposta às perguntas do aluno sobre pontos do curso que não ficaram claros. Muitas vezes, as dúvidas não são percebidas pelo aluno durante as aulas. Mas ele as traz para a aula seguinte e você precisa ajudá-lo a superá-las;
  • Metodologia: a partir de um ponto mal assimilado, você pode retomar a metodologia. Se o aluno tiver um dever, revise com ele os principais pontos abordados e tente entender onde exatamente está o assunto não entendido. A partir daí, utilize suas técnicas para ajudá-lo a passar essa fase;
  • Exercícios: o aluno precisa de exercícios de fixação para aplicar os conceitos aprendidos. Muitas vezes, é na prática que se consolida o aprendizado. Não basta entender uma matéria: você precisa fazê-la funcionar!
  • Complementos: mostre seu conhecimento, dê exemplos típicos, ofereça desafios dos alunos, dê dicas e estratégias para superá-los. Você pode incluir em sua aula todos os elementos extra que julgar necessários para ajudar no progresso dos seus alunos.

Você é livre para dar ou não lições de casa entre uma sessão e outra. Se este for o caso, permita que o aluno entre em contato com você por email ou telefone se encontrar alguma dificuldade. Está aí mais um diferencial: colocar-se à disposição do aluno para tirar dúvidas mesmo fora do horário de aula.

Também pode ser interessante destacar os objetivos do curso de reforço que você oferece.

E existe uma “fórmula” relativamente clássica para se fazer isso:

  • Identifique as dificuldades que cada aluno enfrenta para alcançar uma progressão regular que se aplique a todos. Normalmente essa questão é personalizada, e nem sempre o que funciona para um aluno será bom para outro. O importante é ter sensibilidade e técnica para avaliar o perfil de cada um e adequar suas aulas;
  • Preencha possíveis lacunas de aulas e cursos anteriores, sempre buscando a assimilação do conteúdo. Muitas vezes, o aluno está com dificuldades em matemática na sétima série porque não assimilou bem a matéria da sexta. Sendo assim, vale a pena abordar alguns tópicos de base, sempre que perceber que eles ainda não estão claros para o aluno;
  • Ajude o aluno a recuperar a autoconfiança. Muitas vezes, o problema não é somente uma dificuldade escolar: ele pode ter fundo emocional, já que alguns alunos se sentem incapazes de progredir em determinadas matérias. Essa crença precisa ser mudada para que o aluno, de fato, melhore seu desempenho.

Coloque uma foto em seu anúncio

Se você quiser postar um anúncio em nossa plataforma Superprof, ou em qualquer outra similar, você precisa escolher uma boa foto de perfil.

Obviamente, essa foto precisa ser bem escolhida.

  • Nada de fotos na balada, com um copo de bebida na mão;
  • Também não vale escanear a foto do seu RG;
  • Sorria, sem exageros;
  • Escolha um fundo neutro;
  • Inspire simpatia!

Em qualquer plataforma online, os pais se sentem mais confiantes quando você coloca a sua foto. As pessoas sabem com quem estão lidando antes mesmo de entrar em contato com você. Uma boa foto pode fazer toda a diferença!

Reproduza suas principais palavras-chave

Este truque é válido apenas na internet. É claro que, se você publicar seu anúncio de aulas na padaria, o SEO será uma ferramenta totalmente desnecessária. Quem for até lá vai ler, e ponto!

Mas na internet, a concorrência é muito maior, portanto, certifique-se de usar palavras-chave relacionadas à sua profissão: aulas de reforço, treinamento escolar, ensino de (inserir a matéria), curso de apoio, aulas de suporte… e tudo o mais que julgar necessário para atrair a preferência dos pais.

Destaque alguns termos As principais palavras-chave precisam estar presentes no anúncio.

Se você tiver um site ou uma página comercial nas redes sociais, a mesma regra é válida. Lembre-se de que os mecanismos de busca de hoje em dia, ranqueiam os resultados de acordo com a percepção de determinadas palavras.

Viu só como escrever um anúncio de aulas de reforço pode ser fácil e rápido? Basta empregar algumas técnicas e os resultados vão surpreender você.

Na realidade, existem muitos critérios a serem levados em conta para se destacar em meio à concorrência que certamente existe ao seu redor.

Mas seguindo as nossas dicas, e buscando sempre ser sincero e bem-humorado em suas publicações, você, sem dúvidas, vai “chegar lá”.

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar