Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

As grandes obras do Metropolitan Museum of Art

De Ana, publicado dia 30/07/2019 Blog > Artes e Lazer > Desenho > Por que escolher visitar o Museu MET?

Mais conhecido como The MET, o Museu Metropolitano de Arte, é um importante museu localizado na cidade de Nova Iorque, Estados Unidos.

O Metropolitan Museum of Art abriga uma relevante coleção de pintura europeia dos séculos XII ao século XX.

Espaços dedicados à pinturas e esculturas de artistas norte americanos e exposição de armas, instrumentos musicais e indumentária.

Além de obras da arte antiga, romana, egípcia, grega e assírio-babilônica e arte oriental.

Certamente, os mais importantes movimentos artísticos estão representados no The MET como simbolismo, realismo, naturalismo, impressionismo, expressionismo, pontilhismo …

Entre os artistas, podemos  citar Cézanne, Delacroix, Pissarro, Van Gogh, Renoir, Degas, Manet, Ingres …

No artigo de hoje, o Superprof traz uma lista das 10 melhores obras de arte do Museu Metropolitano de arte para você colocar Nova York no seu roteiro de viagem.

1. Washington cruzando o rio Delaware por Emanuel Leutze

Washington cruzando o rio Delaware é uma pintura a óleo sobre tela feita pelo pintor americano de origem alemã Emanuel Leutze, em 1851.

Experimente conhecer o Museu Metropolitano de Arte, em Nova Iorque. Nada é mais americano do que a estátua da liberdade…

Mas você ainda não viu a pintura Washington cruzando o rio Delaware, no Museu Metropolitano de Arte, em Nova Iorque. Viu?

Então …

Emanuel Gottilieb Leutze foi um artista especializado em pintura histórica, especialmente na história dos Estados Unidos e descoberta de Cristóvão Colombo até a Guerra de Independência Americana.

O artista ficou reconhecido por pintar o ataque que marcou o ponto crucial na Guerra da Independência, alcançando grande sucesso nos Estados Unidos e na Alemanha, local onde Leutze pintou a tela.

A pintura retrata a travessia de George Washington ao rio Delaware, em 1776, no ataque aos mercenários durante a batalha de Trenton, Nova Jersey.

A pintura imortalizou o ponto crucial na Guerra da independência.

Por ser uma arte tão simbólica para os Estados Unidos, é possível encontrar várias réplicas do quadro espalhadas pelo país, até mesmo na Casa Branca.

Embora a pintura tenha algumas imprecisões históricas, como o fato da batalha ter acontecido à noite, o artista é livre para fazer a obra de acordo com a sua criatividade.

A famosa licença poética, né!

2. A morte de Sócrates por Jacques-Louis David no MET

A morte de Sócrates é uma pintura óleo sobre tela, feita pelo francês Jacques-Louis, feita em 1787.

A tela foca no evento histórico: a execução do filósofo grego Sócrates.

Segundo Platão, em Fédon, Sócrates foi acusado de corromper a juventude de Atenas, negar as divindades ancestrais e por falar sobre falsos deuses.

Sócrates foi forçado pela corte de Helie a beber cicuta!

Entretanto, o filosofo ao invés de fugir quando teve oportunidade, usou da sua sentença a morte por ingestão de cicuta para deixar de última lição aos seus pupilos. Assim, encarou a morte com tranquilidade.

Esta magnífica obra pode ser vista no Museu MET!

3. MET Tour: A mulher com papagaio por Gustave Couber

A Mulher com Papagaio é uma pintura óleo sobre tela, feita pelo pintor famoso realista Gustave Coubert, em 1866.

A pintura retrata uma mulher nua, apenas com um lençol branco cobrindo levemente a sua região intima, deitada sobre os lençóis e observando um papagaio pousado em sua mão esquerda.

Uma mulher nua e nada mais do que isso!

A tela não faz nenhuma referência ao mito ou alegoria para justificar a nudes na pintura, por este motivo não agradou a crítica no Salão de 1866.

Os críticos de arte julgaram a pintura como não acadêmica, pois não atendia as exigência das normas academicista.

Entretanto, Gustave Coubert desejava exatamente isso: chocar a burguesia, abalando as convenções artística da época.

Encontre sua aula de desenho online!

4. Ponte sobre o lago de nenúfares por Claude Monet

Nenúfares é uma série de aproximadamente 250 pinturas que representam o jardim de flores, feitas pelo impressionista francês Claude Monet.

Monet pintou aproximadamente 250 obras que representam um jardim de flores. As tão famosas nenúfares do jardim de Claude Monet.

Monet é um dos pintores mais famosos na França!

A tela Ponte sobre o Lago de Nenúfares, feita em 1899, representa a lagoa do lírio do seu jardim em Giverny.

Vale frisar que Monet possui outras séries de pinturas sobre outros temas definidos, como a Gare Saint Lazare e Les Rouns.

Você pode admirar Manet no Museu de Orsay também!

5. Madame X por John Singer Sargent no Museu de Nova York

Madame X é óleo sobre tela de beleza incomparável, feita em 1884. A tela é de autoria do famoso pintor norte-americano John Singer Sargent, nascido na Itália.

A obra representa a figura de um corpo inteiro feminino, a pose da americana Virginie Amélie Avegno Gautreau. Famosa por sua beleza e por frequentar a alta sociedade francesa.

A tela não foi encomendada, mas a pedido do próprio pintor Sargent!

A primeira versão da tela era da linda Madame Gautreau mostrando sua jovialidade, seu porte altivo e aristocrático, em um belo vestido de cetim negro, generoso decote e uma das alças do vestido caído sobre o braço.

A alça revelava e encobria o mesmo tempo, gerando um efeito de mulher segura e muito sensual.

No entanto, a obra causou profundo impacto negativo ao ser apresentado no Salon em 1884.

Sargent tentou “consertar” a má impressão causada desenhando a alça do vestido na posição normal.

Mas só em Londres conseguiu retomar sua incrível carreira de retratista, expondo orgulhosamente sua obra Madame X no seu ateliê.

Não hesite em visitar também o museu do Louvre, em Paris!

6. A pintura de Francisco de Goya: Don Manuel Osório Manrique de Zuniga, criança

A tela Don Manuel Osório Manrique de Zuniga, criança é uma obra-prima do artista espanhol Francisco de Goya, feita em 1787.

A obra retrata um menino de provavelmente 3 ou 4 anos de idade, com trajes na cor vermelha, alguns animais de estimação.

Essa tela foi encomendada pelo próprio pai do menino, Vicente Joaquín Osório de Moscovo y Guzmán, o conde de Altamira.

Goya escolheu um ponto de vista bastante curioso para representar o menino: estático feito um fantoche!

Entretanto, o que mais intriga os críticos é a simbologia das cores e os animais presentes no retrato.

Os animais domésticos podem simbolizar muitas coisas, entre elas: acreditam que o gato pode simbolizar a negatividade e os pássaros engaiolados trazer a simbologia da alma inocente.

Outras obras:

  • Os desastres da guerra;
  • Os fuzilamentos de três de maio;
  • Três de maio de 1808 em Madrid;
  • Saturno devorando um filho …

E como não ficar encantado com tamanha qualidade artística do pintor.

Por que não tentar reproduzir seu próprio autorretrato durante uma aula de desenho?

7. Aristóteles contemplando o busto de Homero por Rembrandt

Aristóteles com o busto de Homero é uma pintura a óleo sobre tela feita pelo ilustre Rembrandt, em 1653.

A tela retrata Aristóteles contemplando o busto esculpido de Homero.

Aproveite para conhecer a pintura de Aristoteles contemplando o busto de Homero no MET. Quando um sábio contempla outro sábio.

Neste trabalho , Aristóteles é retratado vestindo e uma corrente de ouro trajes do século XVII e colocando a mão sobre os busto do grande poeta Homero.

O tom misterioso da tela carrega muitos significados, o que leva os estudiosos de arte a terem diferentes interpretações.

Mas isso é Rembrandt, um dos maiores artistas de todos os tempos, e mestre do barroco holandês!

8. Os Músicos: uma pintura  do mestre do barroco no MET

Os Músicos é uma pintura óleo sobre tela, feita pelo italiano Michelangelo Merisi da Caravaggio, em 1595.

Esta obra do mestre do barroco italiano encontra-se no Museu Metropolitano de Arte, em Nova York!

A pintura retrata quatro rapazes, três deles tocando diferentes instrumentos musicais e um deles vestido como cupido.

Acredita-se que o personagem ao fundo da tela seja o autorretrato de Caravaggio. E a figura central com o alaúde seja o amigo de Caravaggio Mario Minniti.

Embora a obra tenha sido encomendada pelo cardeal Francesco Del Monte, a tela não é uma pintura religiosa.

O cardeal pediu a tela porque apoiava um tema muito em alta na época: o renascimento da música.

9. Mulher com um jarro de água por Johannes Vermeer

A obra também conhecida como jovem mulher com um jarro de água é um óleo sobre tela, feito em 1658 pelo pintor holandês Johannes Vermeer, em estilo barroco.

A figura central da pintura é de uma mulher abrindo a janela com uma mão e carregando um jarro com a outra mão.

Assim como em outras telas do pintor, a mulher é representada com uma fisionomia preocupada.

A face preocupada da mulher encontra-se em contraste com a harmonia dos tons de tinta escolhidos pelo artista.

A obra encontra-se em exibição no The MET.

10. Trabalho Americano: Autumn Rhythm Number 30 de Jackson Pollock

Ritmo de Outono número 30 é uma pintura abstrata expressionista em tinta esmalte sobre tela, feita pelo artista americano Jackson Pollock, em 1950.

Autumn Rythm Number 30 é considerado um dos trabalhos mais notáveis do artista.

Por quê?

A técnica de Pollock, a pintura envolvia uma técnica diferente de trabalho, isto é, as telas eram colocadas diretamente no chão, ali ele pingava e despejava tinta em latas ou usava bastões, escovas, entre outras coisas, para controlar o fluxo de tinta que jogava na tela.

Aproveite para aprender técnicas de desenho se inspirando nas melhores pinturas do museu MET. Você pode apreciar outras obras de arte, além da arte abstrata do museu metropolitano de arte.

Entre 1947 e 1952, Pollock fez aproximadamente 700 obras em estilo abstrato expressionista, virando influência decisiva no movimento de Arte Contemporânea.

Confira outras obras notáveis do artista::

  • Mural
  • Naked Man with Knife
  •  Lavender Mist: Number 1
  • N.° 5, 1948
  • Blue Polles: Número 11

Há quem diga que Ritmo de Outono parece expressar raiva, mas como toda arte abstrata, você pode apreciar pela sua originalidade.

E não se esqueça de apreciar outros trabalhos expostos no museu The MET, como Kandinsky, Gauguin, Corot …

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
avatar