Aulas particulares Idiomas Música Apoio Escolar Esporte Artes e Lazer
Compartilhar

Vertical, digital ou de cauda: como escolher?

De Fernando, publicado dia 08/10/2017 Blog > Música > Piano > Quais as dimensões de um instrumento musical para minha sala de música?

Seja qual for a marca ou o uso que se faz do piano, para estudo ou para prática de quem já tem conhecimento, um piano sempre será um móvel volumoso e muito pesado. E, basicamente, existem dois tipos de piano: o piano de cauda e o piano vertical (também chamado de piano de armário).

Em ambos casos, este instrumento de cordas, em que cada uma delas produz som após ser atingido por um martelo, tem uma estrutura de ferro fundido, que garantem sua estabilidade e robustez, uma mesa de som e um teclado.

Mas como escolher um piano para comprar sem explodir seu orçamento? Se sua ideia é progredir, aprender a tocar piano ou se tornar um especialista em peças dos grandes pianistas clássicos, como Chopin, Schubert, Mozart, Beethoven, Rachmaninov, Tchaikovsky, aqui selecionamos algumas informações importantes para ajudar.

Sua residência não pode ter qualquer piano Para aprender ou encantar seus visitantes, ter um piano em casa é um investimento

O que é um piano?

Comecemos por definir o nosso tema: O piano é um instrumento musical de cordas. As cordas vibram quando atingidas por um martelo e produzem o som. Os martelos se distancia das cordas assim que as atingem, deixando-as vibrar livremente.

Os primeiros relatos sobre pianos datam do século XVIII e ele passou por diversas alterações até chegar aos modelos atuais. Um piano vertical quer dizer que o som  é produzido pela vibração das cordas, que são esticadas em uma armação vertical, golpeadas por martelos feltrados e operados pressionando as teclas no teclado.

 

O piano também está equipado com uma série de pedais, o que permite alongar o potencial expressivo das notas. O teclado de piano padrão consiste em 88 teclas, com 36 teclas pretas – mais curtas e planas – e 52 teclas brancas.

Como o quadro é vertical, as cordas são esticadas verticalmente e cruzadas. Ele é muito utilizado em vários estilos musicais no ocidente, como no jazz, em performances solo ou como acompanhamento.

O piano não é um instrumento com grande mobilidade e possibilidades de transporte limitadas, mas o piano vertical tem a vantagem de poder ser colocado contra uma parede sem prejuízos sonoros. Num apartamento ou sala de estudo, é preciso muito menos espaço do que o piano de cauda ou um piano de concertos.

Um piano vertical terá uma melhor ressonância em um apartamento ou em um espaço relativamente pequeno . Isso acontece porque a reverberação de notas é diretamente proporcional ao tamanho da peça (lembre-se do tamanho dos pianos dentro das igrejas).

Mas antes de comprar um piano vertical, precisamos entender a diferença entre ele e o de cauda e os pensar nos diferentes tipos de pianos direitos que existem.

Diferenças entre um piano vertical e um piano de cauda

Ao escolher o modelo do piano pense também no preço Muitas vezes, pianos de cauda não são compatíveis com o ambiente doméstico

 

As diferenças entre piano de cauda e piano vertical são simples de entender e resultam de vários fatores que afetam a maneira de tocar e especialmente a sonoridade do instrumento musical:

  • A forma do instrumento: um piano vertical é muito mais compacto do que um piano de cauda, ​​cuja mesa de som é horizontal,
  • O volume do piano: um piano de cauda pode exigir uma sala de 25 m² apenas para ele.
  • O som: o piano de cauda oferece um som poderoso,
  • Mecânica: sob o efeito da gravidade, os martelos caem naturalmente para um piano de cauda, ​​enquanto é necessário usar molas para afastá-los das cordas em um piano direito,
  • O toque é mais natural e mais fluido em um piano de cauda,
  • Um piano de cauda pode ter até 98 teclas, mais notas de baixo e oitavas do que um piano vertical,
  • Um piano de cauda, ​​portanto, oferece maiores possibilidades de interpretação e nuances do que um piano vertical.

Por todas essas características,  portanto, são considerados melhores, mas também bem mais caros. E eles acabam sendo incompatíveis com as casas atuais e seus espaços limitados e pequenos.

Que tal procurar um bom piano vertical para chamar de seu?

Piano vertical: diferentes tipos

Existem três tipos principais de pianos verticais, cuja gama varia de acordo com o uso, as necessidades e o nível de prática do pianista.

Aqui está um breve panorama dos diferentes tipos de pianos direitos.

O Piano de Estudo

Ideal para crianças e iniciantes, é um piano em que se aprende os primeiros passos no piano.

Este tipo de piano é adequado para o despertar musical das crianças mais jovens porque é pequeno, mas sua qualidade musical não é tão apreciada. Serve realmente como uma porta de entrada para outros pianos melhores.

 

Por que escolher um piano de nível de entrada para seus filhos?

Na infância, os gostos podem mudar rapidamente. Portanto, é inútil investir muito em um piano bom se você não sabe por quanto tempo o seu filho desejará tocar o piano.

O piano de estudo é, portanto, ideal para um primeiro instrumento até que uma verdadeira paixão seja confirmada pelo aprendiz de pianista para a música e, portanto, uma ferramenta antes da compra de um piano correto e de boa qualidade.

O Piano de Expressão

Para os pianistas, esta gama de piano direto possui uma caixa de som mais sofisticada, cordas mais longas e busca imitar a qualidade de um piano de cauda, ou seja, uma sonoridade bem apurada e que agrada os amantes do piano.

Essa é a gama mais comum no mercado para ser encontrada e possui preços compatíveis com a qualidade do som e do material usado para a construção do piano.

Optar por este tipo de piano direito oferece ao pianista um bom sentimento, uma verdadeira elegância no som e realmente permite avançar.

O piano de Concerto

É, como o nome sugere, um piano de ponta, destinado a pianistas profissionais que tem a música como seu trabalho.

Este tipo de piano é caracterizado por:

  • A precisão e a clareza do som,
  • A qualidade do toque, o tocar do piano,
  • A interpretação de interpretações e nuances.

No entanto, manter este instrumento é difícil e o preço do piano pode subir consideravelmente na loja de música!

Em qualquer caso, é possível comprar um piano usado , para limitar o custo de seu investimento.

Escolher o piano certo exige mais do que vontade Case o piano com o estilo da sua casa

Existem também os pianos digitais – não confunda com os teclados digitais! – que simulam toda a sensação de um piano, como peso das teclas e até mesmo são envoltos por uma caixa similar a dos pianos tradicionais, mas possuem como diferencial a possibilidade de ajustar o volume e usar fones de ouvido.  Em último caso, é uma possibilidade para quem precisa manter a prática, mas não pode fazê-lo, por exemplo, por regras entre vizinhos que exijam isolamento acústico para esse tipo de atividade (mas isso também pode ser feito com um piano acústico tradicional equipado com um  silenciador, o que facilita você a soltar sua criatividade com um som menos potente).

Qual é o peso de um piano?

Antes de comprar um piano e instalá-lo pela primeira vez em sua casa ou simplesmente pensando na sua movimentação, sempre existe um ponto de atenção: o peso do piano.

Com sua caixa de ferro fundido, o instrumento musical pode pesar até 600 quilos! Por isso é tão importante sempre avaliar bem qual será a sua localização antes de investir em um piano – você não vai querer ficar trocando de lugar sempre, acredite!

O piano vertical pode pesar entre 120 e 300 quilos, os mais comuns para apartamentos estão na casa dos 200 quilos. Certamente, um piano vertical menos do que um piano de cauda, ​​que dificilmente pesa menos do que 500 quilos.

Para instalá-lo dentro em casa, será necessário que a equipe especializada tenha alguma superfície com rodas e faça uma boa avaliação e plano para transportar o piano

Qual o tamanho de um piano armário?

Geralmente, quando você diz que tem um piano em casa, as pessoas já pensam que você deve morar em um grande apartamento ou casa espaçosa. Sim, mesmo o piano vertical, é um volumoso instrumento de cordas.

Mas se as pessoas muitas vezes possuem uma sala gigantesca reservada apenas para uma televisão, qual a razão para não se ter um espaço para instalar um instrumento musical? É uma questão de gostos e prioridades, não é mesmo?

Se pensarmos bem, uma TV de tela grande não é muito menor do que um piano! A altura varia de acordo com o tipo do seu piano (entre 100 e 130 cm), mas a largura sempre será entre 147 e 154 centímetros.

E lembre-se que uma grande vantagem do piano vertical, ao contrário do piano de cauda, ​​é que ele pode ser instalado na parede contra as costas do instrumento, o que facilita muito o seu posicionamento em qualquer espaço da casa, seja sala, quarto ou espaço de estudo.

o vertical ou de armário é a melhor opção para sua casa Escolha o melhor piano para que ele seja útil e belo em sua casa

Além de ser um agradável instrumento musical para praticar, ideal para a prática diária e treino de destreza e velocidade, complementando as aulas de teclado ou piano, o piano também serve de decoração para sua casa, um ponto de destaque de qualquer sala de estar.

 

Compartilhar

Nossos leitores adoram esse artigo
Este artigo te trouxe as informações que procurava?

Nenhuma informação ? Sério ?Ok, trabalharemos o tema num próximoNa média, ufa !Obrigado. Deixe suas dúvidas nos comentários.Estamos muito felizes em te ajudar ! :) (média de5,00 sob 5 de 1 votos)
Loading...

Deixe um comentário

avatar